Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

MARCOS, MEU IRMÃO, COMEU MINHA MULHER

Por: Giltozzi - Categoria: Cornos-Cuckold
Kid Bengala Libid gel

Estávamos na cama, eu e Isabella, quando ela me falou: “Vou te contar uma coisa, que não sei se você vai gostar de saber. O Marcos está dando em cima de mim...” Isabella é minha mulher, 48 anos, 1,64m, cabelos curtos lisos e corpo bem ajeitado mesmo depois do casal de filhos gêmeos que tivemos. Somos casados há 26 anos e há pelo menos cinco temos conversado sobre as fórmulas para manter aceso o nosso apetite sexual e fugir da rotina na qual os casamentos normalmente caem. Sempre sugiro que Isabella tenha alguma aventura caso apareça alguém que a seduza, alguém que desperte nela o tesão, a vontade de foder. Em quase todos os lugares em que vamos e em que homens olham para minha mulher, me vem aquele desejo de ela se sentir atraída. Mesmo amigos e parentes eu já imaginei querendo comer Isabella e ela aceitando, mas até agora nada, até que ela me falou sobre Marcos, meu irmão.
Marcos está com 40 anos, é dez anos mais novo que eu e seria a última pessoa de quem eu suspeitaria que olhasse para Isabella com aquelas intenções, mesmo porque se conhecem desde que ele era menino, quando comecei a namorar minha mulher. Fomos padrinhos de seu casamento que infelizmente terminou há um ano e parece que foi depois disso que meu irmão descobriu os encantos da cunhada. Até aí tudo bem e, como eu disse, gosto de vê-la alvo de olhares e comentários atrevidos, mas com meu irmão a coisa toda muda. Depois que se separou, Marcos passou a vir mais em casa e ultimamente é rara a semana em que não aparece e eu achando que ele nos visitava porque estava só precisando de companhia. De certa forma está mesmo mas depois do que Isabella me contou, a companhia que Marcos quer é a de Isabella e de preferência na cama. E não o culpo não, porque minha mulher é daquelas capazes de levar um homem a cometer loucuras pois além de ter bom coração, ser generosa e simpática, Isabella é muito gostosa.
Perguntei a Isabella o que afinal Marcos fez ou disse a ela que a levou a imaginar que ele está dando em cima dela. Minha mulher disse que de uns tempos para cá meu irmão se tornou mais afetuoso com ela nos cumprimentos, com abraços mais apertados, apertados demais mesmo e beijos no rosto mais prolongados. Depois passou a ser mais insistente nas mensagens de whatsapp, com bom dia diários que passaram a ser também seguidos de boa noite, muitas vezes acompanhados por coraçõezinhos vermelhos. Até que na tarde do dia anterior Marcos foi mais longe e ligou para Isabella dizendo que estava com saudade dela e que iria aparecer para vê-la para matar a saudade. E apareceu mesmo antes de eu chegar em casa e Isabella me contou o que se passou:
      -- O Marcos começou dizendo que tinha inveja de você porque você havia casado com uma mulher maravilhosa que era eu. Depois falou que se tivesse tido a sorte de se casar com alguém como eu jamais teria se separado. Argumentei que ele é um homem bem sucedido, inteligente e que não vai demorar para aparecer a pessoa que vai fazê-lo feliz. Sabe o que ele me respondeu? Disse que já está diante dela, ou seja diante de mim, sua cunhada que, juro, nunca o provoquei, nunca fiz nada para que ele me visse dessa maneira. Até hoje eu não te contei nada, Joel, porque achava que poderia superar essa situação constrangedora demostrando a ele que gosto de você e mostrando meu desinteresse numa aventura como essa. Mas eu não poderia mais esconder isso de você porque ele é seu irmão e meu cunhado.
Fui apanhado de surpresa e confesso que à medida que Isabella foi me contando tudo eu, estranhamente, fui ficando tesudo e ao final estava de pau duro. Isabella ficou esperando que eu lhe dissesse alguma coisa mas, ao invés disso, abracei-a, beijei-a, abaixei sua calcinha e comecei a fodê-la. Ela então perguntou: “Joel, você ficou excitado em saber que Marcos está querendo me comer?” Respondi que nem sabia direito o que eu queria, mas que fiquei com um baita tesão. No meio da transa, eu sobre Isabella, perguntei a ela se teria coragem de dar para o meu irmão. Isabella disse que tudo iria depender do momento porque ela gosta muito do Marcos, isto desde que ele era garoto.
No meio da transa comentei com minha mulher que atração por cunhado e cunhada não chega a ser algo normal pois é coisa que acontece demais e que eu não via isso como algum absurdo. E que no caso do Marcos, por ele estar há um ano separado e a proximidade conosco fez com que ele passasse a notar que Isabella é mesmo uma mulher muito atraente. Isabella sorriu quando eu disse isso e me perguntou se deveria evitar ou corresponder ao assédio do meu irmão. Respondi que se ela sentisse vontade de dar para ele, se sentisse tesão por ele, por mim estaria tudo bem desde que ele não ficasse sabendo que eu estava a par da relação deles. Eu ainda estava com o pau dentro de Isabella enquanto conversamos tudo isso e só depois gozamos muito gostoso pois estávamos ambos superexcitados com o diálogo aberto e a possibilidade de a situação se tornar real.
Moramos em São José do Rio Preto e nossos filhos Pedro e Luísa estudam Medicina em São Paulo e só vem para casa a cada duas ou três semanas. E eu tinha viagem de trabalho para a Holanda, viagem de 15 dias devendo embarcar no sábado à noite. Isabella comentou comigo que Marcos não iria dar folga para ela nesses 15 dias e respondi que os teriam bastante tempo para se entenderem e tempo para ela decidir se queria ou não transar com Marcos. Isabella então me perguntou se, caso isso viesse a acontecer, se poderia ser na nossa casa mesmo. Não fiz nenhuma objeção, desde que Pedro e Luísa não estivessem em casa também. Marcos já sabia da minha viagem e me levou de carro junto com Isabella ao aeroporto da cidade, de onde embarquei para São Paulo. Em seguida Marcos foi com Isabella para nossa casa e nesse sábado mesmo comecei a virar corno, conforme Isabella me relatou.
Nas mais de doze horas de viagem entre São Paulo-Amsterdã, num voo direto, passei o tempo todo pensando no que fariam Isabella e meu irmão nos 15 dias em que eu estaria fora. Se ele conseguiria convencê-la a foder com ele, se ela iria gostar, se eles se tornariam amantes, como eu iria reagir se essa situação se tornasse realidade. Quando cheguei ao hotel, já no dia seguinte, eu e Isabella nos falamos através do Skype e ela fez um relato minucioso do que foi a noite de sábado ao lado de Marcos, em nossa casa, em nossa cama:
      -- Quando chegamos em casa nos sentamos na sala, conversamos um pouco e o nervosismo de Marcos era visível assim como eu também estava nervosa. Abri uma cerveja para nós e Marcos então veio se sentar perto de mim dizendo que a viagem de seu irmão fez com que pudéssemos ficar sozinhos e isso era algo que ele queria demais. Colocou então a mão sobre a minha, apertou-a e em seguida me beijou e eu correspondi ao beijo porque estava com vontade de beijá-lo naquele momento. Nos levantamos, nos abraçamos e senti que Marcos estava com o pau duro enquanto suas mãos percorriam minhas costas e minha bunda. Disse a ele que iria tomar um banho e fomos para nosso quarto. Minutos depois sai do banheiro só com a toalha e Marcos me esperava nu com o pau duro olhando para mim, ele e o pau dele.
      -- Abaixei-me, beijei seu pau, acariciei e chupei com gosto. Virei-me e Marcos passou a chupar minha buceta também e ficamos nos chupando loucamente. Em seguida deitei-me para recebê-lo e Marcos me penetrou me dando uma sensação deliciosa, um prazer que há muito tempo eu queria sentir. Ele me disse que me queria desde adolescente, que se masturbava pensando em mim e que muitas e muitas vezes enquanto transava com sua ex-esposa imaginava que estava me comendo. Tudo isso me excitou demais e me fez gozar várias vezes, até que gozamos juntos. Marcos sabe que depois da cirurgia que fiz posso transar sem medo de engravidar. Ele então me perguntou se poderia dormir comigo aquela noite e eu disse que queria ele comigo a noite toda.
No domingo conversei novamente com Isabella e como a diferença entre o fuso horário é de quatro horas, Marcos já não estava em casa e minha mulher me contou pelo Skype que nessa noite Marcos a fodera mais três vezes e também comera seu cuzinho. Pela manhã ele foi para sua casa mas retornaria para o almoço. Pedi a ela que me pusesse diariamente a par de tudo que acontecesse entre eles mas sem que Marcos soubesse. Pedi a ela que me contasse como foi quando ele a enrabou e ela narrou:
      -- Enquanto fodíamos com ele por baixo, Marcos passou a colocar o dedo no meu cuzinho, primeiro um, depois dois deos e percebeu que eu praticava anal com você. Então me virou, beijou meu cuzinho demoradamente, invadiu-o com a língua e eu lhe dei o gel. Marcos penetrou meu cuzinho com tanto carinho, tão demoradamente que me deu prazer a cada milímetro que seu pau avançava dentro de mim, sem dor, só prazer. Com a mão excitava meu clitóris e passou a aumentar o ritmo me levando ao delírio. Quando ele gozou me apertou com tanta força que achei que iria me quebrar ao meio. Ao final disse que iria querer me comer atrás todas as vezes. Respondi que foi uma delícia e que eu havia adorado.
Marcos passou a dormir em minha casa todas as noites. Isabella teve o cuidado de manter contato com os filhos para que não ocorresse nenhuma surpresa desagradável. Marcos e Isabella viveram uma verdadeira lua-de-mel transando como recém-casados com ambos saciando seus desejos e eu, distante mais de dez mil quilômetros, também muito feliz em saber que minha mulher finalmente tem um amante que a faz feliz e mais ainda porque esse amante é meu irmão. Quando retornar conversaremos todos juntos sobre como continuar com esse prazer dividido entre eu, meu irmão e minha mulher.

Comentarios

PÉSSIMO...

Por:Joleg em 19/10/2020 06:01
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario Giltozzi
Por: Giltozzi
Codigo do conto: 17514
Votos: 3
Categoria: Cornos-Cuckold
Publicado em: 06/12/2019

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login



tesao de vaca
Mais contos desse usuario

TIO VALDEMAR COMENDO MINHA ESPOSA

QUASE CORNO: UM CONTO MÓRBIDO

UMA SEMANA COM O PINTOR ME COMENDO

GOL DE PLACA NA MINHA SOGRA

O VIZINHO VIOLONISTA COMEU MINHA MULHER

O COROA TARADO COMEU MINHA MULHER

EXAME DA OAB E MEU PRIMO DEU AULA LÁ EM CASA

COMENDO A DIARISTA DA PRAIA

AMOR SÓ DE MÃE E COMO É BOM!

MEU CUNHADO COMENDO O CU DA MINHA MULHER

MINHA PRIMA BEBEU SEM MODERAÇÃO E EU ENTREI EM AÇÃO

O PADRE QUE GOSTAVA DE LEVANTAR A BATINA

REPRESENTANTES COMERCIAIS REALIZAM ‘LUA-DE-MEL’

O CORRETOR ‘PEGOU’ DONA CLÁUDIA

COMO O TENENTE VIROU CORNO

UM TEMPORAL NO GUARUJÁ ME FEZ VIRAR CORNO!

EU, AMANTE DE MINHA AVÓ DE 68 ANOS

O ELETRICISTA SE LIGOU NA MINHA MULHER

OS TIOS COROAS SÃO OS MAIS PERIGOSOS

COMO ME TORNEI BISSEXUAL

MINHA TIA LETÍCIA PAGANDO O QUE ME DEVE

AS APARÊNCIAS ENGANAM E COMI A PROFESSORA DE HISTÓRIA

DOIS CUNHADOS E UMA DUPLA PENETRAÇÃO NA CUNHADA

A SEXÓLOGA ENSINOU E MINHA MULHER ME COMEU

CHEGOU A MINHA VEZ DE COMER O CU DA MINHA CUNHADA

EUNICE, MINHA VIZINHA, ATÉ QUE NÃO É DE SE JOGAR FORA

EU E RAQUEL CONSOLANDO NOSSO AMIGO RAFAEL

O PADRASTO COMEU A ENTEADA E A MADRASTA DEU PARA O ENTEADO

O VIZINHO VOYEUR E MINHA ESPOSA SONIA

MEU SOBRINHO VAI JOGAR NA ESPANHA E APRENDEU ESPANHOL COM MINHA MULHER

MEU CUNHADO COMEU MEU CU NA CHÁCARA

MEU CUNHADO ME VESTE COM ROUPAS DE SUA ESPOSA E ME COME ASSIM

MEU COLEGA DE TRABALHO CONQUISTOU E COMEU MINHA MULHER

O MOÇO DA OPERADORA VEIO FAZER A INSTALAÇÃO E MEU MARIDO VIROU CORNO

COMO MINHA MULHER APRENDEU A DAR O RABO

JAIRO, CASADO, 48 ANOS, DEU O CU PRA MIM

O CRUEL DILEMA DE UM CORNO

EU E MINHA IRMÃ, UM AMOR DELICIOSAMENTE PROIBIDO

EU E MINHA IRMÃ, AGORA ME DANDO TAMBÉM SEU RABINHO

30 ANOS DEPOIS OS PRIMOS VOLTAM A SE COMER

MEU AMIGO ARROMBOU O CU DE MINHA MULHER

APRENDI A TOCAR VIOLÃO SENTADO EM UMA ROLA

MINHA ESPOSA SAINDO TODO DIA... MEU CUNHADO COMENDO ELA

VALTER PLANTANDO A PALMEIRA NA NOSSA CHÁCARA E NA MINHA MULHER

O COLEGUINHA QUE ME DAVA O CU TODOS OS DIAS

CLÁUDIO, O RAPAZ DA BUNDA MAIS LINDA QUE EU JÁ VI

MINHA JOVEM SOBRINHA DA BUNDINHA CARNUDA

CARLINHOS, TÉCNICO EM ALARME E EM OUTRAS COISAS

O ENCONTRO A SEIS QUE VIROU SWING

TROCA DE CASAIS IMPERFEITA

O NAMORADO DE MINHA MÃE ME COMEU

PASSEI A SER O NAMORADO DE MINHA MÃE

EU E MEU PRIMO NA BANHEIRA DE CASA

A SURUBA A SEIS QUE VIROU SWING

O FOTÓGRAFO QUE COME MINHA MULHER

DONA ODETE, A MADURA CASADA QUE ME INICIOU

NESTA FAMÍLIA NINGUÉM PERDOA NINGUÉM

CASAIS DE CUNHADOS MORANDO JUNTOS É UM PERIGO!

DEMOROU MAS ACONTECEU: UM AMANTE PARA MINHA MULHER

OS CUNHADOS QUE SE TORNARAM AMANTES

A PRIMEIRA VEZ DE MINHA MULHER COM OUTRO HOMEM

ESTOU COMENDO MINHA FILHA DE 22 ANOS

O FILHO DE SEU TONHO COMENDO O ADVOGADO

A PRIMEIRA VEZ QUE SE DÁ O CU JAMAIS SE ESQUECE

MEU GRANDE AMIGO COMEU MINHA MULHER

CORNO NO ‘MÉNAGE A TROIS’

VINTE ANOS COMENDO MINHA MÃE

NOITE DE SWING E EU COMI MINHA IRMÃ

EU, MARCOS, ME APAIXONEI POR CARLINHOS, MEU CUNHADO


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados