Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

MEU CUNHADO ME VESTE COM ROUPAS DE SUA ESPOSA E ME COME ASSIM

Por: Giltozzi - Categoria: Bisexuais

Depois que meu cunhado Rodolfo me comeu pela primeira vez em uma chácara, os dois queríamos sempre repetir a brincadeira onde pudesse acontecer. Ficamos mais amigos e passamos a assistir jogos de futebol juntos na minha casa ou na casa do meu cunhado, de preferência quando as esposas não estivessem. Aconteceu de Laura, minha concunhada, viajar e Rodolfo ficar sozinho no final de semana. No sábado fui para a casa dele e avisei Célia, minha mulher e irmã de Rodolfo que só voltaria à noite. Nenhuma das duas desconfia que nos tornamos amantes e que eu sou a fêmea de Rodolfo. Estamos cada vez mais entrosados na hora da foda e ficamos mais à vontade quando estamos juntos sozinho.
Laura é alta, quase da minha altura (1,70m) e nesse sábado Rodolfo pediu para eu vestir calcinha e sutien da esposa. A princípio achei a ideia ridícula, mas quando ele me mostrou as peças que havia separado achei sensuais, decidi experimentar e vesti o conjunto preto. Rodolfo adorou e seu pau ficou duro na hora com aquele fetiche. Depois trouxe um par de sandálias de Laura e pediu para eu calçar. Ficaram um pouco pequenas, mas como eram abertas me equilibrei nos saltinhos da sandália e comecei a andar assim na frente de meu cunhado que estava pelado. De sandálias de salto eu era obrigado a rebolar e foi aí que Rodolfo, de pau duro, me abraçou e me beijou, posso dizer, apaixonadamente enquanto suas mãos foram uma para meu pau e outra para minha bunda.
Eu estava tão à vontade daquele jeito, com as peças íntimas de Laura que pedi a Rodolfo para abrir o guarda-roupa dela para eu ver. Escolhi então um vestidinho curto, rodado e um tanto folgado que ficou um pouco apertado no meu peito mas perfeito na parte de baixo. Rodolfo disse que eu fiquei maravilhosa e me deitei na cama deles. Rodolfo levantou o vestido que eu vestia, abaixou a calcinha, beijou meu cuzinho, lubrificou-o com gel que também passou em seu pau e começou a meter em meu cu aquele pau que eu amei desde a primeira vez que me penetrou na chácara. Rodolfo enterrou seu pau em mim e disse: “Cléber, você é mais gostoso que a Laura. Adoro comer seu cu que é uma delícia”. Respondi: “E você, meu cunhado, é o meu macho e quero dar para você por toda minha vida. Quero ser sua esposa, sua putinha, sua Laura se você quiser, com todas as roupas dela se você quiser que eu vista”.
Rodolfo sempre segura no meu pau quando me come e me morde as costas e eu acho isso delicioso. E vira meu rosto e me beija na boca, com a língua dentro da minha. E assim gozamos, eu com o pau enterrado no cu e ele esporrando dentro de mim. Depois ficamos assim grudados com meu cunhado por cima de mim até quase cochilarmos. Nesse sábado em que vesti roupa da Laura pela primeira vez Rodolfo comeu meu cu por duas vezes quase seguidas, de tanto tesão que ele ficou. Foi delicioso e combinamos que sempre repetiremos isso, eu e meu macho que é também meu cunhado querido, meu amante que fez de mim sua fêmea.
Nossas esposas admiram nossa amizade mas de nada desconfiam porque na frente delas somos muito discretos. E Célia fica feliz porque sabe que estou com seu irmão. Jamais vai imaginar que quando estou com Rodolfo eu me torno sua mulher e portanto nesses momentos sou também ‘cunhada’ de minha esposa... Nada dá mais tesão que viver essa situação ambígua de ser marido da irmã e mulher do cunhado.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario Giltozzi
Por: Giltozzi
Codigo do conto: 17485
Votos: 0
Categoria: Bisexuais
Publicado em: 02/12/2019

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

TIO VALDEMAR COMENDO MINHA ESPOSA

QUASE CORNO: UM CONTO MÓRBIDO

UMA SEMANA COM O PINTOR ME COMENDO

GOL DE PLACA NA MINHA SOGRA

O VIZINHO VIOLONISTA COMEU MINHA MULHER

O COROA TARADO COMEU MINHA MULHER

EXAME DA OAB E MEU PRIMO DEU AULA LÁ EM CASA

COMENDO A DIARISTA DA PRAIA

AMOR SÓ DE MÃE E COMO É BOM!

MEU CUNHADO COMENDO O CU DA MINHA MULHER

MINHA PRIMA BEBEU SEM MODERAÇÃO E EU ENTREI EM AÇÃO

O PADRE QUE GOSTAVA DE LEVANTAR A BATINA

REPRESENTANTES COMERCIAIS REALIZAM ‘LUA-DE-MEL’

O CORRETOR ‘PEGOU’ DONA CLÁUDIA

COMO O TENENTE VIROU CORNO

UM TEMPORAL NO GUARUJÁ ME FEZ VIRAR CORNO!

EU, AMANTE DE MINHA AVÓ DE 68 ANOS

O ELETRICISTA SE LIGOU NA MINHA MULHER

OS TIOS COROAS SÃO OS MAIS PERIGOSOS

COMO ME TORNEI BISSEXUAL

MINHA TIA LETÍCIA PAGANDO O QUE ME DEVE

AS APARÊNCIAS ENGANAM E COMI A PROFESSORA DE HISTÓRIA

DOIS CUNHADOS E UMA DUPLA PENETRAÇÃO NA CUNHADA

A SEXÓLOGA ENSINOU E MINHA MULHER ME COMEU

CHEGOU A MINHA VEZ DE COMER O CU DA MINHA CUNHADA

EUNICE, MINHA VIZINHA, ATÉ QUE NÃO É DE SE JOGAR FORA

EU E RAQUEL CONSOLANDO NOSSO AMIGO RAFAEL

O PADRASTO COMEU A ENTEADA E A MADRASTA DEU PARA O ENTEADO

O VIZINHO VOYEUR E MINHA ESPOSA SONIA

MEU SOBRINHO VAI JOGAR NA ESPANHA E APRENDEU ESPANHOL COM MINHA MULHER

MEU CUNHADO COMEU MEU CU NA CHÁCARA

MEU COLEGA DE TRABALHO CONQUISTOU E COMEU MINHA MULHER

O MOÇO DA OPERADORA VEIO FAZER A INSTALAÇÃO E MEU MARIDO VIROU CORNO

MARCOS, MEU IRMÃO, COMEU MINHA MULHER

COMO MINHA MULHER APRENDEU A DAR O RABO


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados