Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

A SEXÓLOGA ENSINOU E MINHA MULHER ME COMEU

Por: Giltozzi - Categoria: Bisexuais

Todo homem gosta de comer o cu de uma mulher, seja da sua esposa ou de outras que surjam no seu caminho. Porém nem toda mulher sente prazer de receber uma vara cabeçuda no rabinho e muitas aceitam o sacrifício só para satisfazer seu homem. A empresa na qual trabalho contratou a sexóloga Lívia Marques. para uma palestra aos funcionários e na atenta plateia estavam pessoas de ambos os sexos. Durante sua fala Lívia (que é muito gostosa, por sinal), abordou o tema da sodomia, agora chamado apenas de prática de sexo anal. Lembrou ela que em muito países a sodomia ainda é considerada crime e que no passado chegava a ser punida com pena de morte. Por outro lado, disse ela, o sexo anal era muito praticado na Grécia e Roma antigas, berços da Civilização, onde o homossexualismo era considerado normal. Em Esparta, como se sabe, era até incentivado entre os guerreiros.
Explicou a sexóloga que o grande número de bissexuais que existe atualmente no mundo ocidental se deve ao fato de os homens terem assumido o prazer que sentem ao serem tocados no ânus, local de muita sensibilidade. E mais que isso, pelo fato de o homem, ao contrário da mulher, possuir próstata. Disse a sexóloga que é nesse contato mais profundo que o homem atinge o prazer e passa a apreciar ser penetrado. Já a mulher, segundo Lívia, pode sim gostar de ter seu ânus penetrado, mas que, normalmente, atinge o orgasmo quando simultaneamente tem seu clitóris excitado.
Minha esposa Marisa por vezes tentou fazer o chamado ‘fio terra’ comigo mas nunca permiti porque meu machismo falava mais alto. Aquele receio de a esposa imaginar que eu poderia ser gay por gostar da brincadeira. Mas Marisa sempre reclama quando eu como seu cuzinho, dizendo que não é confortável para ela, mesmo eu dizendo que muitas mulheres adoram dar o cu. Após a palestra refleti bastante sobre o que foi exposto com tanta convicção pela sexóloga e confesso que me veio a vontade de experimentar para saber se, de fato, ocorre aquele grau alto de excitação quando um homem é penetrado. Conversei com Marisa sobre isso e ela disse que achava que a sexóloga sabia o que dizia e que naquela noite mesmo iria fazer ‘fio terra’ para ver seu gostaria.
Chegou a noite, eu meio sem graça meti o pau na buceta de Marisa como se fôssemos fazer um ‘papai e mamãe’ normal. Ela sem perda de tempo molhou o dedo na boca e o colocou no meu cu fazendo o dedo entrar bem devagarinho. Deu um tremendo tesão sim, tanto que ela percebeu e em seguida colocou mais um dedo o que doeu um pouco. Marisa então disse: “amor, para ser penetrado de verdade tem que ser um pau que eu não tenho ou aquele consolo que está faz tempo na gaveta”. E minha mulher pegou o consolo que mede 16 cm e tem o diâmetro de um pau normal, nem muito grosso nem muito fino. E a cabeça não é como aquelas chapeletas que mais parecem um cogumelo. Marisa então brincou: “Agora, Luizinho, prepare o seu coração querido porque você vai levar este pau inteiro no seu cuzinho virgem...”
Deitei-me de bruços, bunda empinada e travesseiros por baixo. Estava com o cu piscando de vontade e Marisa percebeu meu tesão anal. Então ela passou gel no meu cu, enfiando nele um dedo inteiro para me provocar. Senti o geladinho do gel Marisa tirou o dedo e começou a penetração com o consolo estourando minhas pregas, me fazendo gritar de dor e pedir para parar. Ela sadicamente disse rindo: “Quando eu peço para você parar, por acaso você para meu amor? Não para e ainda enterra com mais força não é? Agora sente como é levar no cu, Luizinho querido”. E foi enterrando aquela piroca de borracha dentro de mim que fechei os olhos e vi estrelas, mas resolvi ser ‘macho’ e aguentar a dor. Quando Marisa enterrou mais um pouco vencendo a resistência do anel interno do cu eu dei um grito e ela perguntou se queria que ela tirasse. Disse que não e que era para ela continuar com a tortura. Marisa enterrou todos os 16 cm no meu cu e ainda brincou: “Está gostoso, meu viadinho?”
Depois que meu cu estava todo tomado por aquele mastro de borracha eu senti uma ardência e ao mesmo tempo um prazer quando Marisa apertava o consolo contra minha próstata provocando a excitação que a sexóloga gostosa havia falado. Com o consolo todo dentro do meu cu minha mulher se deitou sobre minhas costas e o prazer foi ainda maior com ela beijando minha nuca. Com uma das mãos comecei a mexer em sua buceta, Marisa também foi ficando mais excitada e passou a me masturbar, pedindo para eu não gozar na cama, mas sim dentro dela. Pedi para Marisa deixar o consolo no meu cu, ela se deitou e meti meu pau em sua buceta. Com a mão segurando o consolo ela fazia um movimento de vai-e-vem, até que não aguentamos e gozamos feito loucos. O tesão de Marisa aumentou ao saber que eu estava adorando levar no cu, algo que ela sempre teve vontade de fazer. Isso ela me confessou quando ‘desengatamos’.
Dessa noite em diante Marisa sempre ‘come’ meu cuzinho me dando prazer e posso dizer que nossa vida sexual ficou muito, mas muito melhor. Marisa adora me ‘enrabar’ e sempre é ela que pega o consolo quando vamos transar. Nem preciso pedir. Mas o chato é que agora, de vez em quando durante o dia, ela passa a mão na minha bunda e safadamente me fala baixinho: “Posso comer teu cuzinho hoje, amor?” A resposta é sempre positiva porque é uma delícia ser comido pela própria esposa. Graças à sexóloga da televisão eu abri minha mente e Marisa abriu meu cu para esse prazer que muitos homens evitam ter. Não sabem o que perdem!

Comentarios

Cara, minha mulher precisa ouvir essa sexóloga. Sou louco pra ela me comer . fredcomedorr

Por:Fredcomedorr em 23/11/2019 03:33
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario Giltozzi
Por: Giltozzi
Codigo do conto: 17412
Votos: 3
Categoria: Bisexuais
Publicado em: 20/11/2019

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

TIO VALDEMAR COMENDO MINHA ESPOSA

QUASE CORNO: UM CONTO MÓRBIDO

UMA SEMANA COM O PINTOR ME COMENDO

GOL DE PLACA NA MINHA SOGRA

O VIZINHO VIOLONISTA COMEU MINHA MULHER

O COROA TARADO COMEU MINHA MULHER

EXAME DA OAB E MEU PRIMO DEU AULA LÁ EM CASA

COMENDO A DIARISTA DA PRAIA

AMOR SÓ DE MÃE E COMO É BOM!

MEU CUNHADO COMENDO O CU DA MINHA MULHER

MINHA PRIMA BEBEU SEM MODERAÇÃO E EU ENTREI EM AÇÃO

O PADRE QUE GOSTAVA DE LEVANTAR A BATINA

REPRESENTANTES COMERCIAIS REALIZAM ‘LUA-DE-MEL’

O CORRETOR ‘PEGOU’ DONA CLÁUDIA

COMO O TENENTE VIROU CORNO

UM TEMPORAL NO GUARUJÁ ME FEZ VIRAR CORNO!

EU, AMANTE DE MINHA AVÓ DE 68 ANOS

O ELETRICISTA SE LIGOU NA MINHA MULHER

OS TIOS COROAS SÃO OS MAIS PERIGOSOS

COMO ME TORNEI BISSEXUAL

MINHA TIA LETÍCIA PAGANDO O QUE ME DEVE

AS APARÊNCIAS ENGANAM E COMI A PROFESSORA DE HISTÓRIA

DOIS CUNHADOS E UMA DUPLA PENETRAÇÃO NA CUNHADA

CHEGOU A MINHA VEZ DE COMER O CU DA MINHA CUNHADA

EUNICE, MINHA VIZINHA, ATÉ QUE NÃO É DE SE JOGAR FORA

EU E RAQUEL CONSOLANDO NOSSO AMIGO RAFAEL

O PADRASTO COMEU A ENTEADA E A MADRASTA DEU PARA O ENTEADO

O VIZINHO VOYEUR E MINHA ESPOSA SONIA

MEU SOBRINHO VAI JOGAR NA ESPANHA E APRENDEU ESPANHOL COM MINHA MULHER

MEU CUNHADO COMEU MEU CU NA CHÁCARA

MEU CUNHADO ME VESTE COM ROUPAS DE SUA ESPOSA E ME COME ASSIM

MEU COLEGA DE TRABALHO CONQUISTOU E COMEU MINHA MULHER

O MOÇO DA OPERADORA VEIO FAZER A INSTALAÇÃO E MEU MARIDO VIROU CORNO

MARCOS, MEU IRMÃO, COMEU MINHA MULHER

COMO MINHA MULHER APRENDEU A DAR O RABO

JAIRO, CASADO, 48 ANOS, DEU O CU PRA MIM

O CRUEL DILEMA DE UM CORNO

EU E MINHA IRMÃ, UM AMOR DELICIOSAMENTE PROIBIDO

EU E MINHA IRMÃ, AGORA ME DANDO TAMBÉM SEU RABINHO

30 ANOS DEPOIS OS PRIMOS VOLTAM A SE COMER

MEU AMIGO ARROMBOU O CU DE MINHA MULHER

APRENDI A TOCAR VIOLÃO SENTADO EM UMA ROLA

MINHA ESPOSA SAINDO TODO DIA... MEU CUNHADO COMENDO ELA

VALTER PLANTANDO A PALMEIRA NA NOSSA CHÁCARA E NA MINHA MULHER

O COLEGUINHA QUE ME DAVA O CU TODOS OS DIAS

CLÁUDIO, O RAPAZ DA BUNDA MAIS LINDA QUE EU JÁ VI

MINHA JOVEM SOBRINHA DA BUNDINHA CARNUDA


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados