Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Fui enganado, mas me dei bem!

Por: PolicialSafado - Categoria: Grupal
aumento peniano

Bom, este será o meu primeiro conto (real), e aconteceu antes de eu entrar para a policia, eu trabalhava de açougueiro em um mercado, e trabalhava com muitas mulheres lindas, mas uma sempre me chamou a atenção, pois era loira, seus 18 anos, um corpo delicioso, pernas grossas, bunda redondinha e empinada, seios fartos; ela trabalhava na seção ao lado da minha, seção de frios e laticinios, e os balcões eram entreligados, e para acessar a camara fria ela teria de passar pelo açougue para ir e sempre que passava se esbarrava em mim me provocando.
Bom eu sou um cara que nunca fui de ficar frequentando academias, já era alto na epoca, hj tenho 1,93, mas sempre tive um pouco de barriga, mas nada muito chamativa, mas o que chamava e ainda chama a antenção em mim, são meus olhos verdes e o volume nas minhas calças, pois tenho um pau de 17 cm, porém bem grosso, e no uniforme do açougue a calça era colada, assim como a minha farda é hj.
mas voltando ao relato, um dia sem muito movimento no mercado, a Alessandra( a loira dos frios) veio e ficou conversando comigo e em determinado momento a Monica, uma negra linda, que era a encarregada da Alessandra, pede para ela buscar uma peça de mussarela na camara fria, momento em que ao passaro por mim, fez questão de passar de costas como se conversasse com a Monica e esfregou seu belo traseiro no meu pau, deu para perceber que era provocação, pois devido a minha altura ela teve de levantar e ficar na ponta dos pes para poder esfregar bem aquela bunda deliciosa em mim, depois de um momento, escuto ela me chamando pedindo ajuda dentro da camara fria.
Ao entra me deparo com a visão dela se contorcendo tentando pegar uma peça de mussarela que se encontrava nas prateleiras mais altas, estava nas pontas dos pés, com a bunda bem arrebitada e a camisa do uniforme havia subido um pouco e deu para ver sua barriguinha deliciosa.
Ela pediu para eu pegar para ela e no momento em que me aproximei, ela me deu um beijo, muito delicioso e me apertou contra seu corpo e, eu como sou muito safado, fui logo pegando aquela bunda deliciosa e apalpando os seios dela, mas naquele momento não deu para fazer nada, pois logo ouvi o meu encarregado vindo em direção a camara fria.
Eu peguei a peça de mussarela para ela e logo saimos, não antes de receber outro beijo dela e ela me disse que queria continuar aquilo fora do ambiente de trabalho e eu disse que era preciso combinar, pois precisava inventar uma historia para minha noiva, e trocamos o numero de celular para podermos ir conversando e combinar algo.
Depois deste episodio eu percebi que algumas meninas do mercado ficavam me encarando e olhando de forma diferente, me comendo com os olhos de desejo, eram mais quatro meninas, a Monica (negra, seios fartos, coxas grossas e uma bunda que nunca vi daquele tamanho), a Sandra ( uma morena baixinha, corpo bem delineado, mas não muito volumoso, seios pequenos mas uma bunda pequena e redondinha), a Adriana (Loira, gordelicia, sabe aquelas mulheres que estão um pouco acima do peso, mas são muito gostosas, Seios fartos, bunda deliciosa), a Sandra e a Adriana eram da seção do Hortifrute, que é de frente ao açougue, e a Carolina (morena, uma bunda deliciosa mas pouco seios) que era encarregada dos caixas, elas viviam nos intervalos do serviço conversando junto da Alessandra e todas ficavam me encarando e rindo, sabe aquelas sorridos safados que so as mulheres sabem dar, então desde jeito.
Em um fim de semana,a ALessandra pediu para eu a encontra apos o serviço pois queria continuar o que tinhamos começado na camara fria e eu estava com muito tesão neste dia, pois ela havia me provocado muito, então durante um intervalo eu liguei para minha noiva e como era fim de mes, disse que fui selecionado para ajudar no balanço da loja, como acontecera de outras vezes, e que sempre acabava de madrugada, ela aceitou e disse que no outro dia nos nos veriamos, ai diante disso eu combinei com a Alessandra a hora e o lugar para nos encontrarmos.
Saimos do serviço e como combinado nos encontramos em uma praça proximo a casa da Alessandra, uma praça que tem varios lugares propicios para uma boa preliminar, e foi assim que começamos, fomos para um banco em um lugar com pouca iluminaçã e mais deserto da praça, ficamo snos beijando e nos apalpando, eu consegui levantar a camisa dela e chupar um dos seios deliciosos, ficamos assim, pois não dava para avançar muito na praça e ela me disse que não tinha ninguém na casa dela e que era para irmos para lá e, assim foi feio, saimos pela praça abraçados eu com a mão na bunda dela e ela também apertando a minha.
Ao chegar na casa vejo que td esta escuro, ela vai na frente, abrindo as portas e rebolando deliciosamente, assim que entramos ela trancou a porta e fomos para a sala, não antes de eu pegar ela de jeito e dar um beijo delicioso, tentei tirar a camisa dela, pois estava louco para mamar naqueles seios, mas ela não deixou, me fez sentar no sofá e pediu para ir tirando a roupa, pois ela iria ao banheiro para me fazer uma surpresa, tratei de tirar a camisa e ficar so de cueca, mas meu pau estava tão duro que estava saindo por cima, aparecendo a cabeça.
Momentos depois, ela volta com uma roupa mais a vontade, porém, a minha surpresa não era a roupa, mas as outras meninas que estavam me esperando, a ALessandra estava de baydoll, branco, sem sutiã, com uma calcinha fio dental preta, atraz dela vinha a Monica com uma suitiã meia taça e calcinha fio dental vermelha, contrastando com a pele negra dela, a calcinha era tão pequena que mal dava para ver naquela bunda deliciosa, logo apos veio a Sandra e a Adriana, ambas so de calcinha e logo mais atraz a Carolina, esta com um espartilho branco com meias três quartos tambem brancas, presas por uma cinta liga e calcinha branca, fiquei maravilhado com aquela visão das cinco mulheres deste jeito, meu pau pareceu ficar mais duro ainda, elas me disseram que ficavam me vendo no serviço e que observaram o volume na minha calça e estavam com vontade de experimentar, mas nenhuma delas tinha coragem para fazer algo, até que a Alesandra tomou a iniciativa e elas combinaram e o meu dia havia chegado.
A alessandra e a Monica tomaram a iniciativa de tirar a minha cueca, mostrndo o resto do meu pau, nisso a Carolina se sentou ao meu lado e me deu um beijo bem molhado, e eu senti a Monica e a Alessandra começarem uma de cada lado a lamber e hora uma hora a outra chupava o meu pau enquando a outra lambia minha bolas, durante um breve momento em que a Carolina liberou a minha boca, observei a Adriana e a Sandra se beijando e tirando as calcinhas, fazendo um meia nove, com uma chupando a buceta da outra, e eu voltei para beijar a Carolina e sugar seus seios, que apesar de pequenos eram deliciosos, em determinado momento, a Carolina também desceu e foi dividir meu pau com a Monica e a Alessandra, e vou dizer, que visão maravilhos, três mulheres lindas me chupando e outras duas se chupando na minha frente.
A Adriana parou de chupar a Sandra e pedindo licença para as outras três que se aproveitarma bem do meu pau, veio chupar ele, e vou te dizer que delicia de chupada, ela engolia ele todinho, e ainda conseguia lamber minhas bolas, a Sandra não se fez de rogada e veio compartilhar meu pau com a Adriana, momento em que a Alessandra veio e subindo no sofa que me encontrava me concedeu a visão deliciosa de sua buceta melada de tesão, e antes de começar a chupar aquela deliciosa buceta, vi a Monica e a Carolina se chupando, deliciosamente, comecei a chupar a buceta da Alesandra e sugar o meu que escorreia desta deliciosa mulher, chupava com vontade e enfiava dois dedos na buceta fazendo ela repolar e gemer deliciosamente.
Em determinado momento, a Adriana parou de me chupar e a Sandra acertou meu pau na sua buceta e começou a cavalgar, foi entrando devagar com ela dizendo com muito tesão que era grosso mas que ela iria aguentar pois estava delicioso, e a Adriana veio e tomou o lugar da Alessandra, me entregando a buceta para chupar, mas na posiçõ que ela veio a Sandra que estava me cavalkgando começou a lamber e sugar o cuzinho da Adriana ao mesmo tempo em que eu chupava sua buceta e a Alessandra começou a lamber minhas bolas e a enfiar o dedo no cú da Sandra que começou a rebolar muito desta forma, ela gozou logo e foi subistituida pela Carolina, que assim que a Sandra e a Adriana sairam de cima de mim, aproveitei que ela estava de 4 chupando a buceta da Alessandra neste momento e fui enfiando devagar na sua buceta, nossa ela começou a rebolar gostoso, pois eu estava enfiando o pau com vontade na sua buceta e a Alessandra estava por baixo chupando a buceta dela, a Monica ficou por cima da Carolina, pois dava certenho para eu lamber a buceta dela, e se inclinando sobre a Carol, me forneceu o delicioso nectar de tesão que já escorria por suas pernas, e vou te dizer, aquela bunda enorme na minha frente, eu parti para chupar como criança que chupa um doce que estava com muita vontade de comer, emfiei minha cara naquela bunda deliciosa e alternava entre a buceta e o cú dela e ao mesmo tempo fodia gostoso a Carol de 4 por baixo, a Alessandra continuava no trabalho de lamber o meu saco e a buceta da Carol e em determinado momento, eu não estava aguentando de tanto tesão, retirei o pau da buceta melada da Carol, logo apos ela gozar e com a Alessandra ainda na mesma posição gosei na boca dela, que engolio todinho a minha porra.
Pedi um tempo para me recuperar, mas continuei a chupar aquelas bucetas que agora haviam se sentado no sofa uma ao lado da outra e enquando eu mudava de buceta em buceta iam abrindo as pernas para eu chupar as suas bucetas e enquanto não era a vez delas ficavam uma tocando siririca para a outra.
Logo meu pau estava duro de novo, ainda mais depois da Adriana dar um trato novamente nele, o que logo eu recompensei, pois coloquei ela deitada e comecei a introduzir o meu pau com força na sua buceta, como ela estava pedindo.
Fodi aquela buceta com força, que ela gozou muito com meu pau e logo em seguida, foi a vez da Carol de ser fodida, mas ela pediu para eu sentar de novo no sofa e me deliciando com a imagem deliciosa de sua bunda, sentou-se de costas para mim, devorando devagar meu pau com sua deliciosa bucata, ela subia e decia com uma maestria maravilhosa, ela gozou muito fazendo assim.
Olhei para a Monica e disse que so faltava ela e ela me olhou de volta dizendo que com ela seria muito mais especiale ficando de 4 pediu para socar fundo na buceta dela, e nesta posição a bunda dela parecia ainda maior do que era, estava deliciosa, ela pedia para eu dar uns tapas em sua bunda, o que eu obedeci de pronto, ela rebolava e empinava a bunda deliciosamente, e eu não havia percebido que a Alessandra havia saido da sala e voltado com uma cinta com um pinto postiço, que a Monica começou a chupar com muita vontade e rebolava muito mais com meu pau em sua buceta, ai ela pediu para eu foder seu delicioso cú, o que para mim foi uma ordem, coloque a cabeça do meu pau naquele rabo delicioso e com um pouco de dificuldade por ser grosso, ele adentrou naquela tentação maravilhosa, em determinado momento ela pediu para eu parar e veio me chupar, sentindo o gosto de seu cú, e disse que nunca havia gozado pelo cú como fez neste momento e com a Alessandra se deitando, ela subiu e cavalgou ela, colocando o pinto postiço todinho na buceta e se inclinando me ofereceu seu cú novamente, dizendo que seria a primeira dp que ela iria fazer, nossa vou dizer para vcs, que delicia foi foder novamente aquel cú gostoso, ao mesmo tempo em que aquela negra deliciosa era fodida por um pinto postiço na buceta, ela gozou novamente e não aguentando mais, coloquei as cinco juntas uma com o rosto proximo ao da outra e gozei, deixando o rosto delas todo melado de porra.
Apos isso me senti no sofa para descançar um pouco e vi que elas começaram a se beijar e uma a limpar a minha porra do rosto da outra não deixando nada cair no chão e para meu delirio, elas começaram a se chupar e uma a enfiar o pinto postiço na outra, que depois de um tempo, percebi que já haviam varios na sala, depois de ver elas gozando mais uma vez, desta vez sem a minha participação, a não ser por uma chupada ou lambina na buceta delas, fomos todos tomar um banho para cada um tomar seu rumo.
No outro dia, era so sorrisos e piscadas umas com as ouras e para mim, e sempre que tiveram oportunidade passavam proximo a mim e ou ofereciam a bunda para uma deliciosa encoxada ou passavam e apalpavam meu pau por cima da calça.
Tive mais experiencias com estas mulheres, sozinhas e juntas, mas fica para um proximo conto.

Comentarios

Que sortudo em? 5 de uma vez e sedentas por rola, ai sim em? 😊

Por:jonyquest em 01/05/2016 06:37
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2022 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados