Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Ontei foi delicioso, ele deixa eu fazer o que quero... e viajo

Por: Luly - Categoria: Fantasias
Testo Power

Foi dia dos namorados e meu tesão estava lá em cima. Logo cedo acordei e fiz café para o meu marido. Levei na cama e acordei o safado. Eu fui preparada e estava só com uma camisa, como ele adora. Acordei ele e tomamos café. Falei que ele ia chegar mais tarde no escritório e tirei a bandeja, apaguei a luz e fui para a cama. Meio escuro, tirei minha camisa e ele conseguia enchergar meu corpo moreno de 1,67m, 60 quilos, peitos belos e duros com biquinhos igual pedra, e minha xana bem capozuda, lisinha, já molhada e querendo sexo, muito sexo. Fui para baixo do edredon.

Entrei e puxei a cueca dele, tirei inteira e seu duro como sempre, aquele pinto bonito que ele tem, no tamanho que eu adoro, não é gigante, é grande e gostoso, grosso e quente. Mamei com gosto, acariciei as bolas e chupei elas também. Ele gemia e se contorcia, fui subindo e passei a cabeça daquela rola nos biquinhos dos meus peitos, então olhei para ele, beijei a boca e peguei naquele pau delicioso, com a mão encaixei ele na minha bucetona, só a cabecinha e comecei a devorar, engoli inteiro e senti ele quente, muito duro.

Fiz com calma, com amor, com tesão, apoiei minhas mãos na cabeceira da cama e meus ficaram prontos para serem chupados. Ele fez, gostoso, com calma, sua língua quente acariciava os biquinhos, e depois mamou feito uma criança com fome. Eu fiquei paradinha, com aquela rola toda dentro de mim, sentindo as bolas na entradinha e ele mamando. Sem me mexer, senti o tesão vindo forte e um gozo. Ele mamando, segurando minha bunda, apertando, me fez gozar, forte, senti escorrer. Ele gemeu com a minha buceta pulsando.

Me chamou de deliciosa, linda, gostosa, e vadia. Quando escutei vadia, pensei: vou ser agora. Ele adora que falo meus desejos, e comecei a cavalgar gostoso. Ele me segurando pela cintura me chamava de safada, sem vergonha, deliciosa e maravilhosa, e o que eu quisesse ele dava. Pensei no rapazinho que tive um caso, trepando com ele, e comecei a falar, chamar seu nome, disse que queria muito dar pra ele, e meu marido disse que eu podia, quando quisesse, lembrando dele gozei novamente.

Não conseguia parar de sentir aquela rola em mim, gostosa, e chamava por ele, me levantei sobre meu marido e cavalgando, segurando meus peitos, imaginando aquele garoto me fodendo, com força, com vontade, me admirando, gozei e eu marido disse que ia gozar também, fiz ele gozar, me encher de porra, sugava seu pau com a minha buceta lavada de gozo meu e dele. Ele gemia forte, me abraçou e me beijou, só com o beijo quase me fez gozar de novo.

Me levantei, o pau estava muito duro ainda, e comecei a chupá-lo, sentido o gosto de toda aquela porra, minha e dele, eu mamei e punhetei, sem parar e ele disse que ia gozar de novo, eu mamei, sem deixar cair uma gota, chupei gostoso. Me levantei e mandei ele ir tomar banho e trabalhar que à noite teria mais.

Ele apenas me disse que eu era gostosa demais e me queria sempre assim, mesmo pensando em outro. Eu disse que pensei, mas queria mesmo era dar para o meu marido, sei que ele gosta quando faço isso, quando mostro tesão por outro e transo com ele.

Também gostei muito de trepar com aquele garoto, mas estou possuída pelo desejo de dar para o meu homem, meu macho, que me dá tudo que quero e ele eu não posso perder. Os outros são os outros e quando quiser posso tê-los também, mas por enquanto é esse meu homão da porra que quero, e meti muito mais à noite com ele, depois eu conto. Beijocas meus amores. Se quiserem, me enviem mensagens que dou mais detalhes.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados