Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Finalmente dei para o meu garoto

Por: Luly - Categoria: Traicao

Sou uma mulher casada há mais de 20 anos, e com o tempo o relacionamento, por melhor que seja, desgasta, cansa, fica chato. Por isso comecei a ter um relacionamento virtual, mas era um garoto de 19 anos, e eu com 44, fiquei encantada. Ainda bem que aparento bem menos, e modéstia à parte, sou bonita e gostosa
Meu marido sempre deu tudo o que eu precisa: amor e muito prazer, mas tinha chegado a hora de mais, queria uma paixão. `Por isso comecei a trocar algumas mensagens com um garoto em uma comunidade de jogos e fomos avançando. Chegamos a fazer sexo virtual e ele me falava que ficava enlouquecido de pensar em me transar comigo. Minha xana também ardia, piscava e a solução era trepar gostoso com meu marido, mas pensando nele. Até meu marido ficava espantado às vezes porque eu trepava muito bem, e outras vezes não.
Até que meu marido descobriu e ficou triste, chateado e tudo mais, só que eu pedi perdão e ele aceitou. Mas ele é mais safado que eu e disse que eu deveria provar algo novo. No começo foi estranho mas fiquei pensando. E continuei meu relacionamento virtual, mas louca para encontrá-lo. Até que a oportunidade surgiu.
Marquei um encontro com ele, com a autorização do meu marido e fui encontrá-lo em um bar. Queria conhecê-lo antes de tudo. Lá ele estava lindo, cheiroso e os olhos brilharam quando me viu. Fui do jeito mais gostosa que podia. Calça jeans apertada, blusinha de alça sem sutiã e salto. O garoto enlouqueceu quando me viu. Ao chegar ele me esperava na mesa e ao me cumprimentar me agarrou e me deu aquele beijo, demorado, ardente, gostoso. Quase perdi o fôlego. Ficamos em um canto do bar, um local bem reservado, discreto, escurinho, para casais mesmo. Conversamos, bebemos, rimos e ele sempre segurando a minha mão. Me fez juras de amor e disse que eu ia ser dele de qualquer jeito. Pedi para que ele não alimentasse essa esperança, pis eu era casada, com família e filhos e não estava disposta a largar meu marido, era só uma ventura. Ele se negou e disse que iria me conquistar. Após mais alguns beijos ele me chamou pra dançar e fomos. Era uma pista no bar bem escurinha. Ele me agarrou com força e me beijava e eu sentia aquela rola dele, dura, esfregando em mim, até que ele me olhou nos olhos e disse que não imaginava como que eu fosse tão bonita e gostosa. Disse que não aguentava mais, estava louco por mim. Voltamos para o nosso cantinho escuro e sem eu perceber, ele colocou o pau pra fora e colocou minha mão nele. Era grande, quente, duro. Olhei para os lados e os casais se beijavam e se acariciavam, ninguém notava uns aos outros. Comecei a acariciar seu pinto, ele me acariciava os peitos por baixo da blusa até que me encostou e subiu minha blusa e começou a beijar. A essa altura minha buceta estava latejando de tesão.
Senti vontade de chupar aquela rola. Aquela boca quente me enlouqueceu e eu perdi a noção de onde estava. batia uma punheta pra ele gostoso, até que ele me beijou novamente e disse que me queria, que queria beijar meu corpo, minha xaninha e queria sentir dentro de mim. Eu desabotoei minha calça e disse para ele sentir como eu estava. ele enfiou a mão e sentiu minha buceta molhada, passou o dedo e colocou dentro um pouco. Tocou no meu grelo e voltou a me chupar os seios. Achei que ia gozar, mas falei para sairmos dali.
Saímos e ele disse para irmos até a casa dele, que era bem pertinho e não tinha ninguém, seus pais e irmã tinham viajado e só voltariam no domingo. Fui sem pensar.
Realmente era bem perto e chegamos em 5 minutos. Entramos e ele foi me agarrando. Eu tirei a sua camisa e ali na sala mesmo me ajoelhei e abri sua calça. Puxei aquele pau pra fora e chupei como se fosse o último. Ele gemia e dizia que queria me comer mas eu chupei muito. Acabei de tirar a sua roupa toda e coloquei ele sentado no sofá. Tirei a minha e os olhos dele brilhavam e quando estava totalmente nua ele disse que eu era gostosa demais pra ele. Sentei naquele pinto e comecei a cavalgar, me apoiando o encosto do sofá, ele beijava meus pitos deliciosamente até que gozei, gemi, gritei, e não parei. Trepamos muito ali mesmo e nessa posição fiz ele gozar, dentro de mim, sem camisinha, sentindo aquela rola quente e aqueles jatos de porra. Ele gozou gostoso também, gemendo muito e alto. Me levantei e fui até a cozinha beber água. Ele chegou por trás de mim e queria mais. Me encostou na mesa e enfiou por trás, com força, socando forte, como um louco, e eu ali, com as duas mãos apoiadas na mesa, com a bunda arrebitada e ele enfiando rápido, desesperado e me fez gozar de novo. Isso durou mais uns 10 minutos até que ele gozou de novo.
Senti a porra escorrendo e pedi para tomarmos um banho. Fomos ao quarto dos pais dele e tomamos um banho gostos. Lavei bem minha xana e o pau dele.
Quando saímos do banheiros, ele ainda de pau duro, me agarrou e me beijou ardentemente. me deitou na cama e veio por cima de mim dizendo que queria mais. Abri as pernas e ele enfiou toda a sua rola. Senti entrar tudo, as bolas baterem em mim. Ele metia rápido, com força, chupava meus peitos, e depois de me fazer gozar mais uma vez, me colocou de quatro. É a melhor posição que tem. Ele socava, co vontade, fundo e me pediu meu cuzinho. Eu neguei, disse não, ele se deitou sobre mim e continuava e me foder, e me sussurrando no ouvido, beijando minhas costas, eu enlouquecida nem sentia o mundo, era só tesão, até que ele tirou o pau e encostou no meu cuzinho, eu assustei e disse não, mas ele me implorou e não consegui resistir. Ele metia devagar, dóia mas eu não estava a fim de que ele parasse, até que eu senti todo aquele cacete dentro de im.Depois de alguns minutos me acostumei e ele começou a socar com força. Ficamos de lado e ele com aquele pinto maravilhoso arrombando meu cuzinho. Comecei a tocar uma siririca e ele viu e tirou minha mão. Ele socava no meu cuzinho, mamava nos meu peito e acariciava meu grelo. Eu fui ficando em um estado de êxtase tão incrível que comecei a gozar e gritar, gemia, gritava, e sentia aquela rola em mim, aquela mão no meu grelo e gozei, gozei e pensava que não ia mais parar. Foi tão forte que ele gozou junto. Encheu meu cuzinho de porra. Fiquei desmaiada por uns 10 minutos. Ele do meu lado só beijando meu corpo e falando que me amava e que eu era linda.
Consegui restabelecer minhas forças, coloquei minha roupa e saí apressada. Senti muitos prazeres com meu marido, mas como aquele, nunca.
Fui embora pensando. Cheguei em casa e meu marido não estava. Foi melhor. Pude tomar um banho, deitar e relaxar. Sentia meu cuzinho ardendo e minha xana também, mas com um prazer que ninguém pode descrever.
Na madrigada meu marido chegou e me acordou e perguntou como foi. Faei tudo, todos os detalhes. Ele me perguntou se eu ainda queria mais e disse que não, que já bastava, tinha provado, adorado, mas agora seríamos só nós dois.
Dormimos e no outro dia logo cedo ele quis transar comigo. Não neguei fogo, afinal tudo aquilo que tinha sentido foi graças a ele também, que me ama e me quer bem. SEM ESSE HOMEM NÃO SEI VIVER, É ELE QUE EU AMO. Agora tenho uma surpresa pra ele, mas conto depois que eu fizer. Bjos

Comentarios

você deve ser uma delícia de mulher, daquelas que a gente transa e nunca mais se esquece, queria muito te conhecer

Por:Marcos1001 em 09/04/2018 11:23

opa tudo bem? tenho 23 anos e estou muito enterrasado em vc em saber se isso e real e tudo se puder entra em contato cmg guttosiqueira22 . quero apenas conversa la eu te passo meu whats ou me facebook pessoal ok ate

Por:gutto em 10/04/2018 07:12

ola tudo bem nao sei se passei meu email certo meu nome e gutto teno 23 anos e me apaixonei pela historia de vcs mais informacoes tipo zap face fotos somente no meu email eu informo guttosiqueira22

Por:gutto em 11/04/2018 01:36

Amei seu conto, e quero isso para o meu casamento. Tenho dúvidas me contacte por favor. 24 anos casado.

Por:Rauli em 25/05/2019 04:26

Amei seu conto, e quero isso para o meu casamento. Tenho dúvidas me contacte por favor. 24 anos casado.

Por:Rauli em 27/05/2019 07:26
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados