Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Primeira vez no swing

Por: tork - Categoria: Fantasias

Oi pessoas meu nome é Karla tenho 38 anos, loira,modéstia a parte sou bem gostosa, malho,gosto de estar sempre bronzeada enfim me cuido muito, sou bem segura mais um pouco ciumenta, sou casada com Jadson um moreno lindo! de também 38 anos. Sempre tivemos uma vida sexual ativa, fazemos oral, anal, enfim de tudo, mas sempre entre quatro    paredes. Como Jadson é muito safado sempre quer mais, de uns tempos pra cá começou a me convidar pra irmos em um clube de swing e eu sempre negando não sei se por medo ou ciúmes,   mas como sou curiosa comecei a ler e me aprofundar no assunto.Descobri que dentro do clube não é não! que você só faz o que quiser, que pode só olhar se quiser , enfim nos deixam bem à vontade. A partir daí resolvi fazer uma surpresa pro meu marido e decidi me produzir toda. Bronzeei a semana toda pra fazer aquela marquinha bem pequenininha ,me depilei todinha deixando apenas um triângulo em cima da minha pepequinha, como o Jadson gosta. Coloquei um vestido preto claro porque toda mulher se sente segura de preto! mas ao contrário do que sempre usei, esse vestido era longo com duas aberturas na frente das cochas que ia dos pés até um pouco acima da pepeca,eu já tinha usado uma vez mas era com shortinho por baixo,
dessa vez estava sem o shortinho com uma calcinha fio dental preta e ainda por cima transparente tão estreita que mal cobria os lábios da minha pepequinha. Nos seios ele era comportado mas com as costas toda de fora. Eu estava me sentindo mais nua que quando usava meus mini vestidos, mas queria ficar bem sexy pois, a ocasião pedia. Quando Jadson chegou queria me comer ali mesmo mas apesar de já estar toda molhadinha me contive e disse que poderia rolar alguma coisa se fosse naquele clube que ele estava me chamando à dias e se ele me deixasse bem a vontade, Jadson apesar de ser safado é também um pouco ciumento, mas concordou.      Os dois    excitadíssimos! mas também nervosos. Chegamos no clube, pedimos bebidas e realmente não era aquele bicho de sete cabeças que estava pensando, parecia uma balada normal, mas tínhamos chegado cedo, resolvemos beber e dançar. Mais tarde começa um show de striptease de um galego, não sou chegada em homens brancos mais aquele era muito bonito, e como já estava bem alegrinha com a bebida me empolguei e curti muito o momento,aquilo tudo era novo pra mim, nunca tinha visto outro homem nu, ainda mais naquelas circunstâncias,      fiquei excitadíssima com a situação. Jadson foi meu primeiro e único marido.
Então foi a vez da morena entrar no palco, ela era muito sexy e tirava a roupa com muita sensualidade mas Jadson me confidenciou que já tinha visto outros strip quando era solteiro.
Então fomos conhecer os outros ambientes do clube. Passamos em um quarto tinha um casal transando sós mas com a porta aberta, em outro eram vários casais em uma cama enorme na maior suruba,   depois fomos ao dark room um quarto onde não se vê um palmo à frente do nariz, resolvemos entrar pra sentir a sensação. Escutávamos apenas alguns gemidos e susurros.    Começamos a nos beijar e a coisa foi esquentando Jadson foi chupando meus seios, tirou minha calcinha chupou também minha pepequinha me levando ao delírio. Ahhh que sensação gostosa e ao mesmo tempo estranha fazer aquilo na frente de outras pessoas mesmo estando escuro. Começo a chupar o pau do meu marido, de repente sinto uma mão levantando meu vestido,
falei para o Jadson e ele me disse que se não quiser não deixa! Num primeiro momento tirei aquela mão! mas insistiu! foi subindo e chegou na minha pepequinha, não sei se por causa da bebida mas fui deixando de repente sinto uma língua! Ahhhh que delicia!quanto mais aquele estranho aumentava os movimentos com a língua passando no meu cuzinho, na minha pepeca em tudo mais eu chupava meu marido com vontade até que não aguentou gozou na minha boca e eu suguei tudinho até a última gota. Huuummm que delícia nunca tinha engolido esperma! Meu tesão estava a mil então não aguentei e gozei também na boca daquele desconhecido, que loucura! Nunca pensei que tivesse coragem de fazer uma coisa dessas! enquanto ele se preparava pra me penetrar eu disse não! saímos dali e fomos nos limpar.
Quando voltávamos para o salão nos deparamos com o glory hole que é um quarto cheio de buracos na parede onde as pessoas enfiam o que quiserem, ou as mãos para tocar as pessoas do outro lado ou o próprio pênis para quem quiser tocar ou chupar confesso que fiquei curiosa mas não tive coragem de entrar! quem sabe numa próxima!
Voltamos ao salão pegamos mais duas bebidas chamei o Jadson pra dançar mas ele não quis e se sentou ao lado de uma loira muito bonita e bem bronzeada com um mini vestido branco e começaram a conversar. Então comecei a dançar sozinha,   
detalhe: eu estava sem calcinha!
só de andar já aparecia minha pepequinha imagina dançando!Então o marido da loira volta e se apresenta! Ele é bem mais velho que ela mas muito elegante, pergunta cadê a esposa então Jadson aponta pra mim me chamando se apresenta novamente e antes de me sentar ele pergunta educadamente se é nossa primeira vez no clube, se o Jadson deixa e se eu quero dançar com ele!   
Jadson diz que sim, se eu quiser!
Fomos e ele me disse que já frequentavam o clube a pelo menos 5 anos e tal....... ele foi me envolvendo com sua conversa sempre em meus ouvidos quando notei ele já estava com suas mãos em minha bunda, olhei para o Jadson e a loira também estava sussurrando em seus ouvidos, não gostei! mas tudo bem ele também não falou nada do Wilson com a mão na minha bunda. De repente Wilson me vira de costas pra ele e começa a roçar aquele pau duro na minha bunda, vai descendo lentamente meu vestido até a cintura deixando meus seios expostos pra todos verem, com uma mão aperta meus seios e com a outra massageia meu clitóris até não conseguir segurar e gozar de novo nas mãos de outro desconhecido que loucuuuura cheguei de novo ao ponto que nunca imaginei chegar! ainda mais na mesma noite!
Quando olhei e vi a loira bem desinibida sem calcinha com o vestido levantado até a cintura pagando um boquete pro Jadson, pedi licença a loira que depois descobri que se chamava Kely, tomei de volta meu posto, comecei a dançar e tirar meu vestido sensual e lentamente ficando peladinha na frente de todos, comecei então a cavalgar meu marido como uma louca cheia de tesão ,logo Wilson e Kely se juntaram a nós, Kely começou a elogiar minhas marquinhas e a passar as mãos em meu corpo, de início não gostei mais aquilo tudo era envolvente, acho que a magia do local, a bebida, a curiosidade, o nervosismo e acima de tudo o tesão a flor da pele contribuíam para que eu aceitasse tudo aquilo.
Ainda com o pau de Jadson atolado na minha pepeca Kely começou a lamber meu cuzinho alternando entre o saco e dando umas mordidinhas na minha bunda até que num movimento rápido virei de costas para o Jadson e fui sentando bem lentamente naquela tora alargando meu cuzinho centímetro a centímetro e Kely chupando meu clitóris, aahhhhhhhhhh que delícia! não consigo descrever que sensação deliciosa é essa, só você fazendo pra saber!
Bom pessoas, já deu pra imaginar como terminou nossa noite né, essa foi minha primeira experiência em um clube de swing e foi maravilhosa, tive orgasmos intensos,na verdade múltiplas experiências e múltiplos orgasmos em uma noite só. Obrigada pela atenção! Bjs a todos!

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario tork
Por: tork
Codigo do conto: 11400
Votos: 0
Categoria: Fantasias
Publicado em: 12/04/2016

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

exibicionismo de uma esposa recatada na praia

exibicionismo de uma esposa recatada no clube

Esposa tímida fez strip na casa de swing

Fiz massagem na yoni sem meu marido saber

A primeira dp de minha esposinha

exibicionismo e fantasias de um casal


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados