Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Na vidraçaria

Por: meinhasoquete - Categoria: Travesti

Oiiiiiiiiiiii,Vocês que não sabem quem eu sou,vou me apresentar.Travesti,branca,1.69 de altura,seios pequenos,bumbum 100cm,empinadinho,coxas grossas.Tenho como marca registrada minhas meinhas soquetes(mais de 30 pares).Uso-as com tamanquinho,sandalinhas e claro Tênis.
Trabalho como cabeleireira aqui em São Paulo,mas adoro sair de noite e dar.
Interessante ,quando agente gosta de algo como isso vem atrás,né.Estamos reformando o salão e resolvemos trocar os espelhos.Após vários orçamentos e....cantadas.....Humberto um tesudo piauense resolveu nos atender,mas segundo minha amiga de salão ele queria era me comer e não nos atender.
Sábado a tarde ele liga,eram mais ou menos 3 horas da tarde.Falou se eu poderia vir na vidraçaria para ele me mostrar se o vidro de canto era como ele estava montando.Como movimento estava abaixo do normal,fui,putissima mas fui.
Estava assim vestidinha:tamanquinho de madeira com saltinho,meinha soquete branca e rosinha,calcinha fio dental branca,mini-saia jeans(bem surradinha e sex) camiseta branca.Peguei o carro e fui.Quando cheguei na vidraçaria a porta estava fechada,mais puta ainda liguei para ele,e ele disse que estava dentro trabalhando e a porta de acesso estava só encostada.Sai do carro,entrei na vidraçaria,o local estava um forno,quando fechei a porta ele atrás de mim estava nu e disse: “Vou te fude ate não agüenta mais”. Falei “ Ops,perai” mas olhei para seu cacete brilhante e duro, gente deu água na boca e coceira no cuzinho .
Ele me acuou num canto e me encoxou encaixando seu cacete entre minhas coxas suadas,enfiou a língua na minha orelha e falava um monte de besteira.
Tirei a saia e de quatro sobre um imundo sofá ele lambia e enfia a língua no meu cuzinho,já doidinha chupei seu cacete.
Ele ai me ageitou em cima de uma bancada e após colocar um preservativo me possuiu,eu olhava e via aquele animal pelos espelhos me comendo.Gozou gostoso e me comeu mais duas vezes.Sai de lá eram quase 10 da noite,arrombadinha e feliz .

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario meinhasoquete
Por: meinhasoquete
Codigo do conto: 5022
Votos: 1
Categoria: Travesti
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

Saída inesperada

Dei e nem sei nome

Meu Gari delicioso

Em Paraty

Onibus do prazer

Carnaval quente

Sabado quente

Na garagem

Chuva e caos em sampa

Primeira Vez( A pedidos)

Caminhão velho,metida boa

A surpresa

Noite no litoral

Motoboy doidão

Na guarita

No interior de bike


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2018 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados