Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

DELÍCIA DE AMANTE 1

Por: BeleAntonio - Categoria: Cornos-Cuckold

Bem, após a minha "decepção" com o César, relatei aqui para mostrar duas coisas, nem sempre encontramos amantes estupendos as vezes nos decepcionamos e o tamanho da pica não é a coisa mais importante, o mais importante é o macho saber usar o que ele tem; mas vamos ao que interessa, fiquei uns três ou quatro meses só transando com meu esposo e as vezes com o Paulo, seu primo, até que conheci, através do meu próprio esposo, o Fábio, ele era uma representante comercial da Capital, 42 anos, 1,80 de altura, cabelos grisalhos, sorriso lindo, um belo corpo e muito simpático e gentil, logo que o conheci me encantei por ele e na mesma hora já disse ao meu marido que queria transar com o nosso novo "amigo", isso já deixou o Antonio todo cheio de tesão,  pois estava muito querendo ver um novo macho fodendo sua esposinha querida; foi assim que na segunda visita que Fábio nos fez demos um jeito para que ele se atrasasse e ficasse para dormir na cidade, então o convidamos para jantar; naquela noite coloquei uma calcinha muito sexy e um jeans bem justo, salto alto e me perfumei toda e lá fomos nós, eu e meu marido, nos encontrarmos com o meu futuro comedor, encontramos com ele no restaurante onde indicamos, durante o jantar me insinuei bastante pra ele, a ponto dele ficar um pouco constrangido, foi no final do jantar que meu marido se levantou e foi ao banheiro nos deixando sozinhos na mesa.- ME ACHOU ATRAENTE, FÁBIO? - COMO ASSIM? Perguntou ele meio confuso. CLARO VOCÊ É UMA MULHER BONITA, MAS É CASADA.- ISSO NÃO É PROBLEMA ALGUM. Disse eu enquanto passava a acariciar sua coxa por debaixo da mesa. MEU MARIDO TEM O SONHO DE VER OUTRO MACHO TRANSANDO COMIGO E SE VOCÊ QUISER PODE SER VOCÊ. Foi nesse exato momento que meu marido retornou a mesa, se sentou tranquilamente e foi logo perguntando. - PELO QUE VEJO ELA JÁ TE FALOU QUAIS SÃO AS NOSSAS INTENÇÕES, E AÍ TOPA?- CLARO. Respondeu Fábio. SE VOCÊ ESTÁ DE ACORDO VAMOS ENTÃO. Pagamos a conta e saímos os três no nosso carro, eu fui logo sentando no banco de trás com  o nosso "amigo", resolvemos ir até a nossa edicula, nem bem Antonio saiu com o carro, eu e o Fábio já começamos a nos agarrar no banco de trás do carro, ele tinha um beijo gostoso, molhado, delicado porem extremamente másculo, enquanto me beijava fazia carinho nos meus seios por sobre a blusa, senti minha bucetinha molhar na hora, percebi que aquele homem sabia como excitar uma mulher, lentamente ele abriu minha blusa e tirou um dos meus seios para fora do sutiã, começando a massagear meu mamilo com os dedos, logo ele estava durinho como um botão,  Fábio foi descendo a boca pelo meu pescoço até chegar ao meu seio, sugou meu mamilo com delicadeza fazendo meu corpo estremecer de tesão,  enquanto isso ele foi abrindo minha calça, abri ben minhas pernas para facilitar que sua mão entrasse por dentro da minha calcinha e seus dedos tocassem o meu clitóris,  Fábio começou a massagea-lo com uma grande habilidade, arrancando de mim alguns gemidos de prazer.- ELA É MUITO TESUDA AMIGO. Disse meu marido se virando um pouco para trás. PODE VER QUE SUA BUCETA JÁ TÁ TODA MELADA DE TESÃO. Enquanto o dedo de Fábio escorregava para dentro da minha xotinha ele voltou a me beijar, dei un jeito e abaixei minha calça até os joelhos, isso facilitou ainda mais para que o dedo dele me penetrasse, aproveitei também para alisar o cacete dele por sobre a calça,  sim já estava duro como ferro, ele mesmo se encarregou de abrir o zíper e tirar sua pica pra fora e enquanto ele me batia uma siririca eu batia uma punheta pra ele.- ISSO DELÍCIA. Disse ele no meu ouvido.  BATE UMA PRA MIM, TÔ LOUCO PRA GOZAR. Ficamos ali um masturbando o outro, os nossos gemidos invadiram o carro, acredito que meu marido estava maluco de tesão de nos ouvir gemer e sem poder observar muita coisa pois estava dirigindo. - ESTAMOS CHEGANDO. Disse ele. Mas para falar a verdade nem eu nem o Fábio estavamos interessados nisso, naquele momento o que nos interessava era o nosso prazer, tanto que continuamos ali dentro do carro nos masturbando, só nos tocamos quando Antonio abriu a porta do carro e disse.- PORQUE NÃO VÃO PARA O QUARTO, É MAIS CONFORTÁVEL. Saímos do carro, mais o tesão era tanto que nem ajeitamos as roupas, fomos para o quarto nos com as roupas do jeito que estavam, me sentei na cama com o Fábio em pé bem na minha frente, soltei o seu cinto e abaixei sua calça junto com a cueca, o pau dele surgiu livre, o pau mais lindo que eu já tinha visto na vida, fiquei louca pra chupar aquele pedaço de carne, e foi isso que eu fiz, enfiei ele todinho na minha boca, isso fez com que ele desse um urro de tanto prazer, permaneci alguns segundos com a aquela pica enterrada na minha boca, sentindo ela pulsar lá dentro.- QUE BOCA GOSTOSA SUA MULHER TEM! Disse ele para meu marido que estava ao lado dele já sem a calça e se masturbando. - APROVEITA, PORQUE HOJE ELA É TODA SUA. Respondeu meu corninho para o meu mais novo comedor.Fábio segurou minha cabeça com as duas mãos e delicadamente passou a tirar e por sua pica dentro da minha boca, eu por minha vez tocava uma siririca pra mim, não demorou muito e eu gozei gostoso, Fábio então fez algo que até então nem um dos outros dois, nem o Paulo e nem o César haviam feito, ele se afastou um pouco, e olhando para meu marido disse:- BEIJA A BOCA DA SUA PUTA. Antonio olhou para ele meio sem entender, mas ai o Fábio falou com muita autoridade. BEIJA CORNO, SENTE O GOSTO DO MEU PAU NA BOCA DELA, VAI LOGO CARALHO. Aí meu marido obedeceu prontamente, se abaixou e nos beijamos, Fábio pegou minha mão e me fez ficar acariciando sua pica enquanto eu beijava meu marido. - AGORA TIRA TODA A ROUPA DA SUA MULHER PRA EU VER. Ordenou ele. E A OFERECE PRA MIM VAI COMO UM BOM CORNINHO. Antonio me ajudou a tirar a calça, os sapatos e a blusa, tudo sob o olhar do nosso "amigo", quando finalmente eu já estava completamente nua ele me deitou na cama e me fez abrir bem as pernas, com os dedos abriu ainda mais minha buceta e disse para o Fábio:- OLHA QUE BUCETINHA MELADA E GOSTOSA ELA TEM, VEM ENFIAR SUA PICA NA MINHA ESPOSA, VEM.Notei que o Antonio estava adorando ser subjugado pelo macho que ia comer sua mulher, Fábio se aproximou e passou a esfregar sua pica na minha buceta, eu estava com tanto tesão que acabei gozando só dele esfregar seu pau no meu clitóris.- TÁ VENDO CORNO. Disse Fábio. ELA GOZOU SÓ DE EU ESFREGAR MEU CACETE NA BUCETA DELA, ABRE BEM A BUCETA DA SUA ESPOSA QUE AGORA EU VOU FODER ELA TODINHA.Meu marido abriu o máximo que pode minha xota e o pau do Fábio escorregou para dentro até o final, ele então tirou quase todo e socou novamente com força e novamente e novamente, sentia seu saco bater com força na minha buceta, continuou me fodendo com força me fazendo gemer de tanto prazer, realmente ele era um belíssimo comedor, eu gozei mais uma vez, ele então tirou seu pau todo melado do meu gozo e me fez chupar e depois mandou meu marido me beijar novamente. - ISSO CORNO, SENTE O GOSTO DO GOZO DA SUA PUTA MISTURADO COM O GOSTO DO PAU DO MACHO DELA.Antonio estava que não se aguentava mais de tanto tesão,  me beijava apaixonadamente,  Fábio então falou:- FICA DE QUATRO SUA PUTA E ENQUANTO EU TE FODO CHUPA O PAU DO CORNINHO, AFINAL ELE TAMBÉM MERECE GOZAR.Eu então fiquei de quatro, Antonio se deitou e eu passei a chupar o pau dele, e como estava duro, senti as mãos de Fábio abrirem minha bunda e quando eu esperava o pau dele na minha xota o que recebi foi uma deliciosa chupada e como ele sabia chupar uma buceta,  sua língua percorreu todos os cantos da minha xota e depois subia pela minha bunda até o meu cuzinho, raramente alguém lambia meu cuzinho, Antonio nunca foi muito chegado nesse tipo de sexo, eu então descobri que adorava ter uma lingua no rabo, logo gozei novamente, o safado do Fábio percebendo que eu estava adorando aproveitou para enfiar um dedo no meu cu enquanto chupava minha buceta, quase que instintivamente comecei a rebolar com o dedo dele socado no meu rabo, nem conseguia mais chupar meu marido de tanto que eu gemia, mas isso pouco importava para ele, pois ele estava adorando ver sua esposa se desmanchando de tesão com outro macho, gozei outra vez e percebendo que eu gozava, Fábio aproveitou e socou sua pica na minha buceta e fodeu com tanta rapidez que nem bem acabei de gozar, gozei novamente. - VAI PUTA, FALA PRO CORNO O QUE EU SOU.- AIIIIIIII!!!!!.......UMA DELÍCIA DE MACHO......UMMMMM.......QUE PICA GOSTOSA ELE TEM AMOR!Antonio não aguentou me ouvir falar isso e começou a gozar, Fábio me segurou pelos cabelos me impedindo de chupar o pau do meu marido.- SÓ QUE GOZA NA SUA BOCA HOJE SOU EU. Disse ele sem parar de me foder. PORRA HOJE SÓ A MINHA, NA SUA BOCA, NA SUA BUCETA E ATÉ NO SEU RABO, SAI DAI CORNO DEIXA EU FODER SUA ESPOSA DE ACORDO AGORA.Antonio se levantou rapidamente, Fábio me vez ficar bem empinada e segurando forte na minha cintura não parava de meter seu pau na minha buceta, nós dois gemiamos muito, nem sei quanto tempo e nem quantas vezes eu gozei, sei que tomei uma surra de pica como nunca havia tomado na vida, até que ele cravou sua pica bem no fundo da minha buceta e começou a gozar.- FALA PRO SEU MARIDO O QUE EU TO FAZENDO.- AMOR ELE TÁ ME ENCHENDO DE PORRA.Fábio então tirou sua pica bem devagar da minha buceta e a levou até minha boca, sua piroca estava toda melada de porra, ele me fez chupar tudo até seu pau ficar limpinho, depois virou para o meu marido e disse:-QUER BEIJAR ESSA PUTA GOSTOSA AGORA? Antonio ficou meio sem jeito. SE VOCÊ NÃO QUER EU QUERO. E me beijou bem gostoso sem se importar com minha boca toda suja de porra. POR ISSO QUE VOCÊ É CORNO MEU AMIGO, FOI CASAR COM UMA MULHER GOSTOSA E PUTA, AGORA NÃO DÁ CONTA MESMO, MAIS ESSA NOITE ESTÁ SÓ COMEÇANDO.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

Avatar do perfil BeleAntonio
Por: BeleAntonio
Codigo do conto: 13267
Votos: 1
Categoria: Cornos-Cuckold
Publicado em: 19/10/2017

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 2

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 1

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 3

NO MOTEL COM O PAULO 1

NO MOTEL COM O PAULO 2

UMA PICA NOVA 1

UMA PICA NOVA 2

DELÍCIA DE AMANTE 2


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados