Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 1

Por: BeleAntonio - Categoria: Traicao

Toda história tem um começo e essa é o começo da minha, o que passo a relatar aqui nessa primeira parte é o início de tudo; me chamo Isabel, Bel para os amigos, hoje tenho 40 anos, mais o fato que vou relatar aconteceu a mais ou menos 3 anos atrás, sou casada a 23 anos com o Antônio, me casei com 17 anos, virgem, meu esposo é o melhor marido do mundo, dedicado, romântico, um bom amante, pelo menos eu achava isso até 3 anos atrás, rsrsrs, temos um filho de 22 anos hoje, moramos em uma cidade de porte médio no interior do estado estado de São Paulo, somos profissionais liberais e muito comhecidos na nossa cidade; bom na verdade desde o início do meu casamento percebi algo no meu marido, ele adorava ver outros homens me desejando e quando isso acontecia o tesão dele aumentava muito, transavamos muito mais gostoso, no início eu só percebi isso, mas com o passar dos anos ele começou a comentar sobre um ou outro homem que ele tinha percebido que me paquerava, no começo não gostava muito do assunto, afinal ele era meu marido e parecia que só tinha desejo quando via que outro macho também me desejava, mas com o passar do tempo fui gostando da idéia e mesmo sem muito jeito comecei a me insinuar mais para alguns homens, claro tudo de maneira discreta pois não queria ficar falada na minha cidade e claro que isso aumentou o nosso tesão; quando fizemos 10 anos de casado fomos para um hotel fazenda e logo na primeira noite meu esposo me presenteou com o junior, um pênis de borracha de uns 18 cm, quando vi aquilo disse que ele era um pervertido e que jamais iria usar aquilo em mim, porém naquela mesma noite durante o jantar do hotel fui tremendamente assediada por um dos funcionários, um rapaz bem jovem que chegou até a me mandar um bilhete dizendo que era uma pena eu ser casada e que o perdoasse mais ele tinha me achado uma delícia, confesso que fiquei em chamas, quando chegamos ao quarto eu fui pra cima do Antônio e comecei a chupa-lo enquanto tirava minha roupa, para diminuir a história, ele me colocou de quatro e antes que eu percebesse socou o junior todo dentro da minha buceta que já estava toda molhada e enquanto ele tirava e colocava aquela pica de borracha de dentro de mim dizia baixinho no meu ouvido:- PODERIA SER A PICA DO GARÇOM NÉ AMOR, VOCÊ BEM QUE IA GOSTAR.Naquela hora senti um pouco de raiva, que raios de marido eu tinha que dizia aquilo pra mim? Ele achava que eu era alguma puta? Porem o tesão era tanto que apenas aproveitei e gozei muito com o junior, enquanto o meu marido batia uma punheta até gozar, o fato é que depois daquela noite o junior se tornou nosso amante por longos anos; e durante todo esse tempo cada vez mais meu marido me incentivava a alimentar a idéia de transar com outro homem; até que nossas conversas foram ficando cada vez mais franca sobre o assunto, Antonio dizia que me amava muito mais que a vida toda tinha essa fantasia de ver sua esposa transando com outro homem e me perguntava se eu não tinha a vontade de conhecer outro pau que não fosse o dele, eu sempre me recusava mais logo estava embarcando na fantasia do meu esposo, não no sentido real, mas fantasiavamos muito, chegamos a fazer parte de um grupo de casais liberais na Internet onde os maridos trocavam fotos de suas esposas, isso me deixava muito excitada porém nunca passava para a realidade até o dia que tudo aconteceu de uma forma inesperada:A 3 anos atrás mais ou menos bem na data do aniversário do meu esposo resolvemos sair para comemorarmos, meu filho tinha viajado e estavamos sozinhos, como era em uma sexta feira decidimos ir até uma pizzaria, meu marido então disse que como era seu aniversário ele iria escolher a roupa que eu iria, me lembro muito bem ele escolheu um calça legging preta bem justa que marcava bem minha bunda e minha buceta, sapatos de salto bem alto e uma blusa de alcinha e ao me ver vestida assim ainda me disse:- TENHO A CERTEZA QUE HOJE VOCÊ ACABA CEDENDO E DANDO ESSA BUCETA GOSTOSA PRA OUTRO, SERIA O MEU MAIOR PRESENTE. Ouvindo isso dele fiquei logo molhadinha e sai pensando pela primeira vez em realmente ceder a fantasia dele, mas teria que ser alguém que fosse de confiança e claro que me desse prazer, chegamos na pizzaria que por sinal estava lotada, sentamos em um local bem no fundo e pedimos dois chopps, quando o garçom veio trazer os chopps trouxe também uma caipirinha de vodka:- AQUELE RAPAZ ALI PEDIU PARA LHE ENTREGAR SENHOR. E apontou o local. E LHE MANDOU OS PARABÉNS. Olhamos para onde o garçom havia indicado, era o Paulo, primo do meu marido; Paulo era 5 anos mais novo que o Antonio,  tinha se separado recentemente, não era do tipo de homem muito atraente,  mas era um bom papo, na época fazia acadêmica no mesmo horário que o meu e até que estava bem fisicamente,  resolvemos chama-lo para sentar junto com a gente, logo ao nos cumprimentamos ele me olhou de cima a baixo e disse para o meu marido:- ME PERDOE PRIMO, MAS A ACADÊMICA ESTÁ FAZENDO MUITO BEM PRA SUA ESPOSA.Na hora vi os olhos do meu esposo brilharem e li no seu rosto o que passava na sua cabeça. - REALMENTE PAULO. Disse ele. A BEL ESTÁ UMA DELÍCIA E PRECISA VER ELA SEM AS ROUPAS.Fiquei meio sem jeito com as palavras do meu marido e ainda mais que seu primo não tirava os olhos da minha buceta na maior cara de pau.- EU IMAGINO. Respondeu passando a língua nos lábios.  COMO IMAGINO.Nos sentamos e começamos a conversar assuntos sem importância; Paulo tinha se sentado bem no nosso meio e sempre que podia fazia a questão de esfregar sua perna na minha, porem tenho a certeza que meu marido via isso, pois aos poucos foi conduzindo a conversa para querer saber o que os amigos do primo dele achavam de mim na acadêmica:- QUER SABER A VERDADE? Perguntou Paulo ao meu marido no momento em que na maior cara dura colocou sua mão na minha coxa. ACHAM ELA UMA DELÍCIA E ME DESCULPE PRIMO EU TAMBÉM ACHO QUE VOCÊ ESTÁ BEM SERVIDO DE MULHER.Dizendo isso ele alisou minha coxa na maior cara de pau e meu esposo fingindo não ver nada, foi aí que tomei uma decisão. - PORQUE NÃO VAMOS PARA CASA, LÁ TEM CERVEJA E PODEMOS TERMINAR ESSA CONVERSA LÁ

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
Avatar do perfil BeleAntonio
Por: BeleAntonio
Codigo do conto: 13230
Votos: 0
Categoria: Traicao
Publicado em: 30/08/2017

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 2

FELIZ ANIVERSÁRIO CORNO 3

NO MOTEL COM O PAULO 1

NO MOTEL COM O PAULO 2

UMA PICA NOVA 1

UMA PICA NOVA 2

DELÍCIA DE AMANTE 1

DELÍCIA DE AMANTE 2


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados