Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

A Garota da casa do campo

Por: BeccaCosta - Categoria: Lesbicas

Quando eu tinha 16 anos eu sempre viajava com minha família para uma casa de campo que ficava no interior de sp, eu tinha um namorado que transava comigo sempre porém ele não tinha vindo comigo.
Chegando na casa uma filha do caseiro veio receber minha familia. Assim que olhei para ela eu enchi de desejo, fiquei com a bucetinha molhada e pulsando. Ela era pequena (1;55cm) tinha os cabelos longos pretos e estava vestida com um macacão e umas botas, achei aquela garota a coisa mais linda do mundo mesmo ela não tendo uma beleza de chamar a atenção, no mesmo instante ela havia olhado para mim e eu fiquei envergonhada por ter sido pega admirando ela, e por eu nunca ter sentido aquilo, tesão por aquela garota de botas.
Ela chegou perto de mim e disse que me ajudaria com as malas até meu quarto, só conseguia concordar com a cabeça enquanto ao mesmo tempo imaginava ela sem roupas. Quando chegamos no meu quarto ela me perguntou se eu queria algo e começamos a conversar, ela me disse que se chamava Luana e perguntei se ela namorava e ela havia me contado que ela não queria isso agora. Toda vez que ela falava, ela mordia os labios e eu ficava me perguntado como seria beija-la. Nesse momento ja sentia minha calcinha ficar toda melada e quando ela saiu eu me joguei na cama, abri minhas pernas e comecei a me masturbar, fiquei imaginando como seria a buceta dela, e como queria na minha boca, enfiei dois dedos na minha buceta enquanto massagiava meu clitóris, estava tão molhada que meus dedos entravam bem fácil. Não me lembro de ter gozado tão gostoso me masturbando quanto aquele dia.
No dia seguinte decidi dar uma volta pelo quintal enorme que ficava naquela casa e fui até um celeiro que estava sem cavalo e sem nenhum animal, só estava cheio de feno e umas ferramentas velhas de carpintaria, eu havia escutado passos atras de mim e era Luana fechando a porta do celeiro, ela disse que fumava maconha escondido ali e então começamos a conversar, ela mandou eu me sentar no feno e logo em seguida ela se sentou ao meu lado. Conversamos mais um tempo e então ela colocou a mão na minha perna, no mesmo momento eu fiquei vermelha e senti um calor percorrer o meu corpo, fiquei molhada e excitada, comecei a esfregar as pernas lentamente até que ela me disse:
- ontem quando eu sai eu tinha esquecido uma blusa e quando eu abri a porta devagar eu vi você se masturbando então não quis incomodar.
Ela sorriu e eu fiquei mais vermelha ainda, até que ela pegou minha mão e colocou em seu peito sobre a blusa e disse: -também me masturbei ontem pensando na forma como você me olhava.
Entao ela começou a me beijar, ela foi enfiando sua mão por dentro de minha calça de moleton até chegar na minha buceta que estava latejando de tesão, estava molhada e então ela enfiou um dedo, abri as pernas para entrar melhor enquanto nos beijavamos lentamente, depois tiramos todas nossas roupas, deitei naquele feno com as pernas bem abertas e ela meteu a cara na minha buceta, quando ela passou a lingua eu gritei de tesão, ela chupava bem gostoso, sua lingua massageava meu clitóris e ela dava uns chupões que fazia eu revirar os olhos de tesão, então ela começou a socar os dedos na minha buceta enquanto me chupava e eu ia a loucura, até que ela se virou e se posiciou sobre mim num 69 delicioso, a buceta dela era grande e rosada com os pequenos lábios para fora dos grandes lábios e eu comecei a chupar com vontade, penetrava ela com minha lingua e dava tapas na bunda dela enquanto ela falava pra nao parar que ia gozar, gemia enquanto chupava aquela deliciosa buceta molhada. Ela saiu de cima de mim e colocou uma perna por baixo da minha e a outra por cima, começamos a esfregar nossas bucetas molhadas e grudentas, ela agarrava meu cabelo enquanto eu chupava o peito dela, ela esfregava sua buceta na minha com mais vontade até que gozei, eu tive um orgasmo maravilhoso e Luana se contorcia com sua buceta na minha, fiz ela ficar de quatro e comecei a chupar a buceta dela, lambia e chupava seu clitóris até que ela gozou. Ficamos abraçadas no feno nos beijando por uns minutos, até que colocamos as roupas e fomos tomar banho, onde tudo se repetiu. Foi o meu primeiro sexo lésbico e foi sensacional, toda vez que viajava eu sempre via ela e transavamos, ela dormia na minha cama e na maioria das vezes ela me acordava chupando minha buceta.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

Avatar do perfil BeccaCosta
Por: BeccaCosta
Codigo do conto: 13898
Votos: 0
Categoria: Lesbicas
Publicado em: 14/05/2018

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

Meu primeiro Bi


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2018 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados