Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

MEU PRIMO ESPECIAL DECIMA PRIMEIRA PARTE

Por: betoleandro - Categoria: Incesto

CONTINUAÇÃO DA DECIMA PARTE:
                                                                                                                                     OI PESSOAL, ESTOU DE VOLTA, O QUE ESTA ACONTECENDO AQUI NA FAZENDA, NA ESTA ESCRITO EM LUGAR NENHUM, NO QUE SE REFERE A SEXO PODE NOS CHAMAR DE FAMILIA DEPRAVADA, MAIS EU NÃO ME IMPORTO, AFINAL TUDO QUE QUEREMOS É SACIAR O DESEJO SEXUAL, NÃO IMPORTA QUEM NOS PROPORCIONE O PRAZER, O QUE INTERESSA É GOZAR, GOZAR, GOZAR INTESAMENTE, É EXATAMENTE ISSO QUE ESTA ACONTECENDO COMIGO, PARA QUEM AINDA NÕ VIU MEUS CONTOS ANTERIORES, SOU NICOLE, TENHO 19 ANOS, PELE BRANCA, CORPINHO TENTADOR, SEIOS PEQUENOS E COXAS BEM TORNEADAS, COMO COSTUMA FALAR O PESSOAL DA FACULDADE, SOU UMA PEQUENA MAIS QUE GOSTOSA, MAIS VAMOS AOS FATOS, CONFORME FALEI NO CONTO ANTERIOR, EU GRITAVA TANTO FUDENDO COM ROBSON, POIS ELE TINHA ENFIADO INTEIRINHO SEU CACETÃO DE JUMENTO EM MINHA BUCETINHA, EU QUE NÃO IMAGINAVA AGUENTAR NEM A METADE DO SEU CACETÃO, DEIXEI ELE ENFIAR ATE OS CULHÓES FICAREM BATENDO NA ENTRADINHA DA MINHA BUCETA, COM MEUS GRITOS VOVÔ RUI ACORDOU, VEIO A AO NOSSO QUARTO E FICOU VENDO A NOSSA FODA ANIMALESCA, AO VÊ-LO SE MASTURBANDO SENTI MUITA VERGONHA, MAIS TAMBEM UMA CERTA VAIDADE EM PROVOCAR EM MEU AVÔ EREÇÃO, E LHE PROPORCIONAR O PRAZER DE UMA PUNHETA, PRINCIPALMENTE NUM HOMEM DE 65 ANOS SE COMPORTAR COMO UMA ADOLESCENTE, POIS BEM DEPIOS DE CRUAZAR COM ELE NA SALA, POIS TINHA IDO BEBER AGUA, ELE ME CHAMOU PARA ME FALAR DE QUE ESTAVA TUDO BEM, SAÍ DA SALA PISANDO ALTO DE VERGONHA, MESMO VOVÔ TENDO ME CONFIRMADO DE QUE TUDO ESTAVA BEM, EU AINDA ME SENTIA EMBARAÇADA, CHEGANDO A MEU QUARTO, FUI FALAR COM ROBSON MAIS ELE JA ESTAVA DORMINDO, EU JA ESTAVA QUERENDO FUDER NOVAMENTE, A IMAGEM DO SEU CACETÃO ENTRANDO NA MINHA BUCETINHA, JA ESTAVA ME CAUSANDO MAIS TESÃO, FIQUEI UM POUCO FRUSTADA, POR IR DORMIR SEM MAIS UMA GOZADA, ENTÃO TIREI MEU SHORT, FICANDO SO DE CALÇINHA E BLUSA, ME OLHEI NO ESPELHO ADMIRANDO MINHA BUNDINHA ARREBITADA COM A CALCINHA PEQUENA QUE DEIXAVA A PARTE SUPERIOR MOSTRANDO MEUS PENTELHOS FARTOS E ENTRANDO ENTRE MINHAS NÁDEGAS, A IMAGEM DO CACETÃO DE ROBSON NÃO ME SAIA DA MENTE, SERA QUE ESTOU APAIXONADA PELO MEU PRIMO CACETUDO, SE ISSO ACONTECER SERÁ O COMPLEMENTO DO MEU DESEJO, TUDO QUE EU PROCURAVA NA MASCULINIDADE ENTREI NO MEU PRIMO, IRIA DORMI NA VONTADE DE GOZAR MUITO, MAIS TINHA CERTEZA DE QUE NO OUTRO DIA A GENTE VOLTARIA A FAZER TUDO DE NOVO, ME DEITEI DE BRUÇO, COMO GOSTO DE DORMI, ADORMECI LOGO, NÃO SEI QUANTO TEMPO DORMI, MAIS NÃO TINHA SIDO POUCO, ACORDEI OUVINDO O CANTAR DOS PASSAROS, ENTÃO IMAGINEI QUE O DIA JA ESTAVA CLAREANDO, SO QUE PERCEBI DE QUE ALGUEM ESTAVA EM MINHA CAMA, PENSEI O ROBSON VEIO FICAR COMIGO, SENTI SUA MÃO ALIZANDO MINHA BUNDA POR DENTRO DA CALÇINHA, SEU DEDÃO TENTAVA ME PENETRAR, FINGI DORMI, MAIS NÃO DEIXEI DE INCLINAR A BUNDA PARA CIMA, ME VIRANDO DE PROPOSITO, SENTI O DEDÃO ENTRANDO EM MINHA BUCETA, MAIS O DEDO ERA BEM GROSSO, DEIXEI ME ACARICIAR, ERA GOSTOSO O ENTRA E SAÍ, AI NÃO RESISTI E GEMI BAIXINHO HANNNNNN, O DEDO FOI TIRADO, QUASE PEÇO PARA CONTINUAR, MAIS QUAL NÃO É MINHA SURPRESA, EM VÊS DE UM DEDO, SENTI QUE MAIS DE UM DEDO VOLTOU A ENTRAR NA MINHA BUCETA, POIS PRENCHEU A MINHA BUCETA, DESTA VÊS GRITEI UUIIIIIIIIIII, AI PERCEBI DE QUE MEU COMPANHEIRO FOI SE ERGENDO DO MEU LADO, TIVE VONTADE DE ME VIRAR E AGARRAR MEU VISITANTE MAIS RESOLVI CONTINUAR FINGINDO ESTA DORMINDO, SO QUE MEU VISITANTE CRUZOU AS PERNAS EM VOLTA DE MINHAS COXAS SE DEITANDO SOBRE MEU CORPO, SEU CORPO ERA PESADO, AI PERCEBI DE QUE NÃO ERA O ROBSON, GELEI, NÃO PODE SER, SO TEM EU , ROBSON E VOVÔ EM CASA, ABRI O OLHO E VI QUE A PERNA ERA DE COR MAIS ESCURA, DO QUE O ROBSON, ENTÃO ERA O VOVÔ, SENTI O CACETÃO MUITO GRANDE DESLIZANDO PELA MINHAS NÁDEGAS, AQUELE CORPO GRANDE ESTAVA SEM ROUPA, SEU PAUZÃO ME ROÇAVA GOSTOSO, AI FUI ME DERRETENDO TODA, IA APROVEUTAR AQUELE MOMENTO DELICIOSO, QUE GAROTA NÃO GOSTA DE SER ACORDADA POR UM MACHO LHE DANDO PRAZER, AI SUSPENDI MAIS MEU BUMBUM, ELE SABIA DE QUE ESTAVA ACORDADA AÍ ME FALOU NO OUVIDO, NÃO RESISTI A SEU BUMBUM, POSSO CONTINUAR, PODE SIM, TÔ ADORANDO, PENSEI QUE ERA O ROBSON, FOI DISSE ELE, DEPOIS DE ONTEM QUASE NÃO DORMI, PENSANDO EM VOCE, QUASE VENHO FICAR CONTIGO, MAIS ME CONTIVE, ENTÃO ME FAÇA SUA MULHER LHE FALEI, DEIXA EU ME VIRAR QUERO QUE MAIS TÃO GRANDE ESTA ROÇANDO EM MIM, A LUZ DO DIA QUE ENTRAVA O QUARTO BEM CLARO, ELE FOI SAINDO DE CIMA DE MIM SE DEITANDO A MEU LADO, QUANDO VI AQUELE CACETÃO ARRIADO SOBRE SUA COXA PASMEI, NÃO ME CONTIVE E EXCLAMEI, VÔ SEU CACETE É UMA ABERRAÇÃO, EU QUE PENSAVA QUE O ROBSON TINHA O MAIOR CACETE, O SEU É MAIOR E MAIS GROSSO AVE MARIA, PARECE MAIOR DO QUE VI ONTEM A NOITE, ELE SORRIU E FALOU, VOCE GOSTA DELE, SE GOSTO VÔ, É LINDO, SO NÃO SEI SE VOU AGUENTAR UMA COISA DESTE TAMANHO, AÍ SEGUREI ELE COM AS DUAS MÃOS, PARECIA UMA MORTADELA DESTAS DE TAMANHO MÉDIO, COLOQUEI MINHA MÃO SOBRE A CABEÇONA, SEU VOLUME ENCHIA A MINHA MÃO, SUBI EM SUA COXAS, ME SENTANDO NELAS, NÃO SOLTAVA SEU CACETÃO QUE NÃO ESTAVA TOTALMENTE DURO, ELE ME FALA, ME CHUPA, OLHEI PARA ELE, SEUS OLHOS BRILHAVA, TINHA UM SORRISO NOS LÁBIOS, QUE DEMONSTRAVA SATISFAÇÃO, LHE SORRI, ELE LEVOU SUAS MÃOS ENORME ATE MINHA CABEÇA, ME ACARICIANDO MEU ROSTO, ERA UMA CARICIA DE TERNURA, COMO ELE NUNCA TINHA FEITO, ENTÃO BAIXEI A CABEÇA, LAMBI AQUELA CABEÇONA ARROCHEADA, NÃO TINHA CHEIRO RUIM, SOLTAVA UM LIQUIDO MEIO ADOSSICADO SABORIEI, ABRI A BOCA, MEU DESEJO ERA ENGOLI TODA AQUELA MÃO DE PILÃO, FIQUEI SO NA VONTADE, QUASE NÃO CONSEGUI ENFIAR MAIS QUE A CABEÇONA, MINHA BOQUINHA PEQUENA NÃO CABIA, AI SENTI SEU CACETE PULSAR EM MINHA MÃOS, FICANDO MAIS DURO, NÃO PERDI TEMPO, QUERIA ENFIAR AQUELE PAUZÃO NA BUCETA, SE ENTROU O DE ROBSON, ESTE TAMBEM IA ENTRAR A BUCETA ESTA ABERTA JA FAZIA TEMPO, ONTEM COM O ROBSON DEIXOU ELA ARREGAÇADA, MINHA VONTADE ERA TANTA QUE NEM TIREI A CALÇINHA, AFASTEI ELA PARA O LADO, ME LEVANTEI PARA PODER SENTAR NAQUELE CARALHO DESCOMUNHAL, VOVÔ AO ME VÊ SE PREPARANDO PARA SENTAR EM SEU CACETÃO DISSE ME FASCINA MINHA PEQUENA, SUAS PALAVRAS FORAM UM INCENTIVO, FUI ARRIANDO O CORPO, SEGURANDO SEU CACETÃO, AO ENCOSTAR A CABEÇONA NA ENTRADA DA MINHA BUCETA, PERCEBI DE QUE EU ESTAVA MUITO MOLHADA, PASSEI OS DEDOS NA BUCETA, DEIXANDO-OS TODO MELADOS, AI ENSABOEI A CABEÇONA COM MEU LIQUIDO PARA FACILITAR MAIS A ENTRADA, FUI BAIXANDO O CORPO, A CABEÇONA SE ALOJOU ABRINDO OS LABIOS, ERA IMPRECIONANTE, SE EU NÃO ESTIVE COM TANTO DESEJO COM CERTEZA IRIA DESISTIR, MAIS O DESEJO ERA MAIOR, AI ME LEMBREI DA HISTORIA DE ROBSON DE QUE ELE TRAZAVA COM A FILHA DA EMPREGADA, SE ELA AGUENTA EU TAMBEM VOU AGUENTAR, SEU ENTROU, AI GRITEI AAIIIIIIIIIIIIIIIIIII CARALHÃO, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, DEVE TER ENTRADO UNS 12 CM, COMO ERA GROSSO, UM CAVALO TERIA FEITO IGUAL, ME INCLINEI SOBRE ELE ME ABRAÇANDO, ELE ALIZOU MINHA BUNDA E FALOU, FICA PARADINHA ATE SE ACOSTUMAR, COMO PODIA UM CACETE SER TÃO GROSSO, MINHA BUCETA JA ESTAVA ACOSTUMADA A OUTROS CACETES, MAIS MESMO ASSIM PARECIA SER A PRIMEIRA VÊS, FICAMOS ABRAÇADOS, ELE ME BEIJAVA A CABEÇA,E AGORA SEU DEDO ACARICIAVA MEU CUZINHO FIQUEI DELIRANTE COM O CONTATO DO SEU DEDO, AI APROVEITEI PARA EMPURRAR O CORPO PARA TRAZ NA TENTATIVA DE DEIXAR ENTRAR MAIS SEU CACETÃO, NÃO IMPORTAVA SE IA DOER OU NÃO, EU QUERIA ME ESPETAR EM SEU CACETÃO, ELE PERCEBENDO MINHA MANOBRA COMESSOU A SE MOVER, PARECIA QUE TINHA UMA GARRAFA DE COCA DE 2 LITRO ENTRANDO EM MIM, ESTA TODA ALARGADA, SEU CACETE ENTRAVA E SAIA, , COMESSEI A SOLTAR GRITINHOS, HAANNNNNNN, HAAANNNNNNNN AI VOINHO VOCE ESTA ACABANDO COM SUA NETINHA, QUE CACETE ENORME, NÃO SEI SE ENTRAR TODO, MAIS JA ESTOU QUASE GOZANDO, ME ARROMBA, NÃO TENHA PIEDADE, QUERO TUDO, TUDINHO, AI ELE SUSPENDEU O CORPO, SEU CACETE ENTROU QUASE TODO, SENTI UMA PRESSÃO GRANDE DENTRO DE MIM ELE TINHA ENCOSTADO NO MEU UTERO, GRITEI UUUUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIÉ DEMAIS, NÃO ACABA NUNCA DE ENTRAR, VOU GOZAR, VOU GOZAR, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
BOTA MAIS, MAIS, VEM, VEM
ELE PAROU SE MOVER, PEDIU PARA EU SAIR DE CIMA DELE, EU ESTAVA QUASE GOZANDO, FUI SAINDO SEU CACETÃO VAI DA BUCETA ME DEIXANDO ALIVIADA PELA PRESSÃO QUE FAZIA, MANDOU EU FICAR DEITADA, VEIO POR CIMA, SEGURANDO SEU CACETÃO COMO SE FOSSE UM TROFEL, SEGUREI EM SEU CACETÃO LEVANDO PARA A ENTRADA DA BUCETINHA, ELE AGORA ESTAVA MAIS EUFORICO, QUANDO SENTIU QUE A CABEÇONA ESTAVA NA ENTRADA, DEIXOU O CORPO ARRIAR SOBRE O MEU PRENDENDO MEU BRAÇO ENTRE NOSSOS CORPOS, SEU CACETÃO GANHOU CAMINHO, NÃO RESISTI E GRITEI, VAI DEVAGAR, DEVAGAR, MAIS QUEM DISSE QUE ELE ME OUVIU, ENTROU TANTO QUE SENTI SEUS PENTELHOS SE UNIREM AOS MEUS, AI SUSPENDI AS PERNAS CRUZANDO EM SUAS COSTAS, ERA TUDO QUE ELE QUERIA, SOCAVA COM TANTA FORÇA, QUE NOSSOS CORPOS FAZIAM BARALHO AO SE CHOCAREM, O GOZO FOI QUASE QUE DE IMADIATO, PEDI, BOTA TUDO, TUDO, AIIII VOINHO, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII VOINHO, QUE LOUCURA, ME MATA, ME ESFOLA, DEIXA SUA PORRA AI DENTRO, VEM, VEM, ELE URROOOOOOOUUUUUU COMO UM ANIMAL, ERA DEMAIS A QUENTURA DE SYUA PORRA DENTRO DE MIM, FICAMOS ABRAÇADOS, RESPIRAVAMOS FORTES, PASSADO UM TEMPO SENTI QUE SEU PAU, JA NÃO ESTAVA TÃO DURO, ELE FOI SE LEVANDO, FIQUEI OLHANDO SEU CACETÃO IR SAINDO, DE MIM, COMO UM HOMEM PODE TER UM CACETE TÃO COMPRIDO, AO SAIR CHEGOU A TOCAR NO LENÇOL DA CAMA, PENSEI ONDE TENHO TANTA PROFUNDIDADE PARA AGASALHAR TAMANHA PICA, ELE SE DEITOU A MEU LADO, APERTANDO MINHA MÃO, ENTÃO ME DISSE. MINHA QUERIDA. ESTA FOI UMA DAS MELHORES FODA DA MINHA VIDA, VOCE TEM UM VULCÃO AI DENTRO, ESTOU SENTIDO O PAU QUEIMANDO, ENCOSTEI MINHA CABEÇA EM SEU OMBRO, ALIZANDO SEU PEITO LARGO E CABELUDO, DEPOIS DE UM TEMPÓ, ELE FASLOU, PRECISO IR VÊ O PESSOAL TRABALHANDO HOJE EU ME ATRAZEI, ME BEIJOU E SAIU, AO FICAR SOZINHA FUI AVALIAR, O ACONTECIDO, PRIMEIRO ROBSON, AGORA VOVÔ RUI, QUE MAIS ME FALTA ACONTECER, SEI QUE DE AGORA PRA FRENTE VOU QUERER SEMPRE ESTA NESTA FAZENDA, BEIJOS ATE BREVE...............FIM

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario betoleandro
Por: betoleandro
Codigo do conto: 13073
Votos: 0
Categoria: Incesto
Publicado em: 25/03/2017

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

MINHA ENTEADA TARADA

Um Orangotango Arrombou Minha Filha

MEU AVÔ ESPECIAL 32CM

Meu avô 32 cm segunda parte

DE VOLTA A FAZENDA, AGORA COM O CAVALO

Vovô me viu fundendo com o Cavalo

O ORANGOTANGO 2ª PARTE

OS FILHOS DE PEDRO, MAGNIFICOS

PRAZER NA PRAIA COM PAPAI

VOVÔ 32 CM EM MINHA CASA

MINHA PRIMA E VOVÔ DO CACETÃO

NATAL COM VOVÔ RUI

UMA ANTA ME ARROMBOU

MINHA SOBRINHA PIMENTINHA

MINHA SOBRINHA PIMENTINHA SEGUNDA PARTE

MINHA FILHA KELLY A SURPRESA

MINHA FILHA KELLY SEGUNDA PARTE

MEU PONEI ANORMAL

VOVÔ FOI SUPERADO, ESPANTOSO

VOVÔ FOI SUPERADO ESPANTOSO SEGUNDA PARTE

A NETINHA MASSAGISTA

A NETINHA MASSAGISTA SEGUNDA PARTE

A NETINHA QUE VEIO DO JAPÃO

A NETINHA QUE VEIO DO JAPÃO - SEGUNDA PARTE

MEU AVÔ, MEU TESÃO

MEU TIO QUASE ANIMAL

VIDA NOVA COM MEU TIO

VIDA NOVA COM MEU TIO SEGUNDA PARTE

VOVÔ RUI E O PEÃO JOAQUIM NOS FUDERAM

MEU AMANTE INVISIVEL

MEU AMANTE INVISIVEL SEGUNDA PARTE

MEU AMANTE INVISIVEL TERCEIRA PARTE

MEU AMANTE INVISIVEL QUARTA PARTE

NA FAZENDA COM MEU TIO

UMA TARDE COM MEU TIO

DELIRIO COM MEU TIO

O PEÃO JOAQUIM ME ARROMBOU

ACORDEI NA PICA DO MEU TIO

MEU AMANTE INVISIVEL, 5º PARTE

UM TIO MUITO ESPECIAL

MEU PAI INCOMPARAVEL

O MENINO EM CORPO DE MENINA

MEU TIO ESTAVA ME OLHANDO

DOMADÔRA INSACIAVEL

DOMADÔRA INSACIAVEL 2ª PARTE

UM PRIMO MUITO ESPECIAL

Meu Primo Especial Segunda Parte

MEU AMANTE INVISIVEL SEXTA PARTE

MEU AMANTE IVISIVEL SETIMA PARTE

MEU AMANTE IVISIVEL OITAVA PARTE

MEU PRIMO , O PRAZER MORA EM CASA

MEU PRIMO , O PRAZER MORA EM CASA SEGUNDA PARTE

MEU AMANTE INVISIVEL 9 PARTE

MINHA ENTEADA TARADA PARTE 2

MEU AMANTE IVISIVEL 10 PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL TERCEIRA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL QUARTA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL QUINTA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL SEXTA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL SETIMA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL OITAVA PARTE

MINHA SOBRINHA PIMENTINHA TERCEIRA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL NONA PARTE

MEU PRIMO ESPECIAL DECIMA PARTE

UM CAVALO ESPECIAL

MEU PRIMO ESPECIAL DECIMA TERCEIRA PARTE

A FILHINHA DO PAPAI

MEU PAI DO CACETÃO

O PEÃO JOAQUIM E SEU CACETÃO DE CAVALO

MEU TIO FUDEDOR

VOVÔ ME FUDEU TAMBEM

CARNAVAL COM MEU TIO

CARNAVAL COM MEU TIO SEGUNDA PARTE

MEU IRMÃO, ME LEVOU AO PARAISO


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados