Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

PRIMEIRA VEZ, E COM UMA BONECA. (real)

Por: casauser85493 - Categoria: Travesti

       Essa história, é verídica, e ocorreu comigo há 5 anos, quando eu tinha apenas 18 anos, e ainda era virgem, o que era uma vergonha para mim, e queria perder logo. Tudo isso aliado ao fato de ter ido morar naquele condomínio... Leiam e entenderão.        Eu havia acabado de ir para a faculdade, fui morar em um condomínio, não vou dar o nome ou a localização, mas, vou dizer que era em São Paulo capital. Na porta que ficava na diagonal da minha, morava uma mulher muito bonita, gostosa, maravilhosa, chamada Cláudia Bresc****(as 3 últimas letras foram cortadas por razões éticas.        Ela era loirinha, tinha curvas absolutamente perfeitas, pele clarinha, e, deixava sempre visível uma tatuagem de dragão no seu ombro direito, pois, usava sempre roupas justas e curtas. tinha um rosto bonito, olhos castanhos esverdeados e nariz fino. Tinha uns 1,70m de altura e no máximo uns 63kg.        Certo dia, ela voltou para casa às 19:00 horas, com uma roupinmha apertadinha, e me disse um "oi" com uma voz rouca e sensual. Eu fiquei sem-reação, elasorriu e entrou em seu apartamento. à partir daquele dia, eu sempre ficava a esperando às 19:00 horas para ouvir e responder o oi.        Porém, eu resolvi, criar coragem e num dia, que ela estava com uma minissaia com estampa do exército, com franjas na parte debaixo, e, uma miniblusa que mais parecia um sutiã, pois dava para perceber que ela não usava nada por baixo e era indiscutivelmente curta. Era com estampa do exército também.        Eu entrei na frente dela e disse "oi" antes, ela encostou suas pernas 100% visíveis nas minhas, e ela me respondeu oi e me convidou para ir em seu apartamento em uma hora. Eu tomei uma banho, me arumei, passei perfume, e fui.        Chegando lá, ela estava deitada no sofá, com sua bundinha linda poara cima. Fomos para o quarto dela, no caminho todo, ela ia me encochando, eu não imaginava o porque, mas, logo entenderia.        Ela tirou seus tamancos subiu na cama, tirou seu "sutiã", deitou-se, me mandou deitar ao seu lado, foi o que fiz. Ficmos mais ou menos meia-hora nos beijando e abraçando, até que ela me mandou tirar a roupa. Eu tirei, ela me mandou ficar de lado e de costas para ela.        Eu vi a minissaia sendo jogada para fora da cama, e ela, começou a me encochar, e, eu senti algo mais na minha bunda, senti seu PÊNIS, me virei, e vi era grande, tinha uns 17cm. Ela disse: "Vamos, me deixe, vai ser bom". Eu, deixei, estava apaixonadíssimo por ela e não deixei nem isso me afetar.        Ela me comeu, depis, ficoude joelhos na cama, sobre meu pescoço, e me mandou chupar sua "ferramenta". Depois, me mandou ficar de quatro, e foi pra trás de mim, me comendo novamente. Depois de tanta espera, ela ficou de quatro na minha frente e me mandou comê-la. Depois que eu gozei, ela me mandou sentar no colo dela, e me comeu de novo.        Depois dessa noite, perdi minha virgindade, obviamente, e continuamos a nos visitar. 3 anos depois, quando me mudei, não deixei de pegar o telefone dela, hoje, casado com uma mulher, 6 anos depois, ainda me encontro com ela todos os dias. Não sei o quanto eu transo com ela, sei que é muito mais do que com a minha esposa.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario casauser85493
Por: casauser85493
Codigo do conto: 2510
Votos: 0
Categoria: Travesti
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2018 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados