Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

NO CINEMA COM PAPAI

Por: Priscila - Categoria: Incesto


Olá outra vez....vou contar a vocês uma outra história que ficou na minha lembrança.....

Quem lê meus contos, sabe que mantenho até hoje um relacionamento muito gostoso com meu pai. Pois bem, então vamos aos fatos.....

Estava em casa, acabara de voltar da Faculdade, quando o telefone toca: era meu pai, me convidando para irmos ao cinema, no centro da cidade, a fim de assistirmos a um filme pornô. Almocei, tomei um banho delicioso, me vesti do jeito que ele gosta, uma saia longa bem rodada e uma blusa de alcinha, mal encostando na cintura. Estava tão excitada, pensando no tesão do meu pai, que não vesti a calcinha...

Tomei um táxi e lá fui eu ao encontro dele, no escritório.

Assim que cheguei, já encontrei meu coroa na porta do escritório, com um sorriso enorme naquele rosto que eu adoro....me beijou na boca e me apertou gostoso no seu corpo....Senti logo seu pau duro e ele, rindo muito, tratou de baixar o mastro e me abraçando, fomos rumo ao cinema...

Quando chegamos, estava na hora de começar o filme, então nos apressamos para não perdermos nada. Assim que nos sentamos nas cadeiras, papai foi logo botando seu caralho para fora da calça e eu fui tratando de segurar naquela delícia duríssima, prontinho para receber meus carinhos.

À medida em que o filme ia ficando mais quente, ele enfiou uma mão embaixo da minha saia e ficou maravilhado, quando não encontrou minha calcinha...Ficamos os dois nos bolinando...eu batia uma punhetinha leve no cacete dele e ele brincava de acariciar meu grelinho.....A brincadeira estava uma delícia e ele então me abraçando, enfiou a outra mão embaixo da minha blusa e ficou a brincar com meus mamilos durinhos de tesão...Ele me beijou na boca e me disse que queria hoje experimentar uma nova forma de gozar......E me mostrou um homem já com uns 50 anos, que não tirava os olhos de nós dois; falando no meu ouvido, papai me pediu para olhar para o coroa e fazer ele vir sentar perto de nós....

Assim o fiz; comecei a olhar descaradamente para o homem, enquanto batia uma punheta no meu pai. O homem mudou de lugar e veio sentar-se perto de mim. Assim que sentou, foi logo abrindo a calça e botando um cacetão grosso e grande para fora e com a mão, procurou a minha, colocando-a no seu caralho.

Só que teve 2 caralhos nas mãos é que pode avaliar o tesão que senti ao segurar aquela delícia....Comecei a acariciar aquela maravilha enquanto ele começou a enfiar a mão debaixo da minha saia, à procura da minha buceta. Papai retirou logo a mão, deixando que o coroa se servisse da minha cona, que já estava muito molhada...E ele foi tocando uma siririca no meu grelo, mas tão gostosamente, que não agüentei e gozei...

Então, o coroa chega no meu ouvido e diz que quer me comer gostoso. Na mesma hora, digo ao meu pai o que o homem queria e meu pai se levantou e me levou para o banheiro feminino (não havia mulheres naquele dia), chamando o coroa para ir também.

Ao chegarmos no banheiro, o homem vai logo puxando a minha saia, meu pai tirando a minha blusa...fiquei pelada e o coroa caiu de boca na minha xoxota, lambendo como louco o meu grelinho...meu pai me dá o seu cacete para chupar e eu fico ali, feliz por estar sendo chupada por um macho e chupando um outro bem gostoso....

Gozei como uma cadela, como uma puta e então invertemos as coisas; meu pai me chupou enquanto eu mamava no caralho do outro coroa...tornei a gozar gostoso e nessa hora só queria ser penetrada por esses machos deliciosos. Como o cinema é antigo, havia um sofá num canto do banheiro; então os meus dois machos me levaram para lá....Papai deitou-se no sofá e eu fui para cima dele, me sentando no seu cacetão..que delícia de caralho....o outro coroa me pegou por trás e enfiou no meu cuzinho....Que delícia é ser possuída por dois machos tesudos, tarados e de cacete enorme..

Ali ficamos fodendo por um bom tempo, até que gozamos os três, entre gemidos gostosos.......O coroa mamou nos meus peitinhos gostosamente e se vestindo, nos deu seu telefone.....Vamos telefonar para ele, a fim de combinarmos uma suruba num motel.....

Acabado o filme, papai me abraça, me beija na boca e me convida para voltarmos para casa, no metrô....

Como já está virando hábito, voltamos agarrados, meu pai levantou minha saia e vem pra casa com o pau enterrado no meu rabo.

Chegando à nossa estação, desembarcamos e vamos para o nosso terreno baldio, em busca de mais umas trepadas gostosas e chupadas maravilhosas.....

Por hoje é só; se gostaram, votem no meu conto e me escrevam, pois adoro falar de sexo com coroas gostosos....

Beijos,

Priscila

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario Priscila
Por: Priscila
Codigo do conto: 248
Votos: 5
Categoria: Incesto
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

TARDE DE CHUVA COM PAPAI

NO METRÔ COM PAPAI

NO METRÔ COM PAPAI II

Viagem ao Nordeste

O MOTORISTA DO PAPAI

O MÉDICO DO PAPAI

Titio veio morar na minha casa

NO ESCRITÓRIO DO MEU PAI

FÉRIAS COM MEU TIO

FÉRIAS COM TITIO II


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados