Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Descoberta perfil secreto pai - parte 3 matando curiosidade

Por: AFP - Categoria: Incesto

Após uns dias da última conversa que rolou revelado no último conto, era um dia de semana e eu fui buscar a mulher no trabalho (que trabalha junto com minha madrasta) que fica no prédio na frente da casa do meu pai ao chegar me encontro com meu pai também e ficamos conversando coisas alheias por breve momento e como estava apenas minha esposa e minha madrasta trabalhando finalizando o último cliente do salão e outras funcionárias já haviam partido estávamos mais a vontade até porque a cliente é conhecida nossa e como de uniforme nossas mulheres estavam de legging e regatinha e pra variar minha madrasta estava com uma legging bem transparente na bunda e ainda pra realçar estava com calcinha constratante na legging sendo perceptível facilmente principalmente em determinadas posições até que enquanto estava conversando com meu pai na porta mas para lado de fora do salão acendemos cigarro e minha madrasta comentou que tava louca pra fumar e pediu pra minha esposa ir fazendo que ela iria fumar um cigarro conosco rapidinho e assim vindo que pegou o cigarro com meu pai e quando foi pegar esqueiro derrubou e quando se encurvou para pegar ficando de costas pra nós e inclinando ficou mega transparente a legging deixando eu e meu pai hipnotizado admirando a bunda dela que ao levantar e virar pra nós notando nossa admiração soltou em meio a risada que éramos safadinhos e meu pai brincando diz tá vendo por isto depois fica falando que ele não tira o olho da sua bunda tu também não colabora e atenta o santo dele assim caímos na risada e ela brinca alegando que se for olhar de admiração sem problemas mas o duro se for olhar de repúdio e soltando gargalhada nisto digo brincando que é impossível não ser olhar de admiração na beleza dela ainda mais assim como não adimirar e não pagar pau? Ela dando risada e meu pai cortando dizendo pra ter respeito aí peço desculpas e digo que mesmo assim fique tranquila e se valorize pois tu é linda e duvido algum homem neste mundo não concordar comigo e ela dando risada soltando um eita exagerado mas obrigada e voltando terminar o serviço assim ficando a sós com meu pai e ele solta apenas um rapazinho rapazinho lembra do combinado nosso e digo que sim lembro mas um elogio não é nada de mais e com certeza fez o dia dela melhor que alguns minutos depois terminaram a cliente e enquanto limpavam o salão eu e meu pai admirando elas e minha mulher notando começou a exibir e provocar nós até que minha madrasta deu ideia de pedir pizza e jantarmos juntos e concordando que ao ir pra casa minha mulher brinca dizendo que é uma pena não ter trazido o biquíni pois com aquele calor seria top um banho de piscina aí falei que se eles não se importar por mim ela poderia entrar de calcinha e sutiã aí ela envergonhada disse que tava doido aí olhando para meu pai brinquei dando risada alegando que ao menos nós dois iria gostar agora não sei se minha madrasta iria aceitar? Minha esposa novamente dizendo que tô doido e minha madrasta dizendo que nada haver se quiser não teria problemas nenhum e também caso queira esperimentar emprestaria shorts pra ela mas provavelmente ficariam grandes que no momento acabou desistindo da ideia e pedimos a pizza e enquanto sentados na área tomando cerveja até que minha madrasta foi tomar banho e numa oportunidade brinquei dizendo a minha mulher que estes dias o pai havia comentado que adorou a massagem que ela uma vez fez nos pés dele e (mentindo e dando sinal a ela) disse que como ela andava reclamando de dor na coluna deveria aproveitar o momento que estávamos tendo a sós e pedir pra ele estralar suas costas né? Ela dizendo verdade e meu pai sem jeito dizendo muleque olha lá o que está fazendo!? Aí dei risada brinquei dizendo o que a de mais nisto? Estrala ela ué nada de mais? Aí ela indo até ele e pegando mão dele dizendo verdade sogro estrala minhas costas por favor? Ele dizendo tá bom e se levantou e ela soltou um ebaa e demos risada que ele ao abraçar ela por trás para estralar notando sorrisinho dela enquanto se encaixando contra o corpo dele não resisti e chegando próximo a eles digo baixinho que iria contar um segredinho posso? Ela dando risada risada pediu pra contar ué e aí olho pra ele perguntando se posso? Ele diz fala ué? Aí dei risada e digo que vendo eles encoxadinhos sabendo que estão adorando a oportunidade me fez lembrar de algo que ela me disse (mentindo parcialmente) e ela questionou o que eu falei? Aí digo que uma vez ela confessou que tinha a pira de rolar isto mas com ela de calcinha ou de biquíni e soltei gargalhada e eles deram risada sem jeito envergonhados aí me retirando entrando em direção a casa pra pegar cerveja digo que seria massa entrar na piscina e ela de calcinha né? Nisto apenas deram risada aí me direcionando a ela pergunto se rolar de entrar assim ela deixaria o pai estralar ela novamente? Ela solta rapidamente claro ué e ambos são gargalhada e me retiro buscando a cerveja e enrolando pra voltar...
Ao voltar eles estavam sentados e meu pai me chamou pra entrar na piscina com ele e como estava de jeans pedi um shorts a ele aí ele disse que empresta sim e se quiser poderia entrar de cueca sem problemas que escolha era minha aí dando risada digo que o shorts seria mais seguro aí ele brinca dizendo que não tem certeza pois emprestaria o shorts e não a cueca e caímos na risada nisto minha madrasta chega e ele chama pra ir pegar o shorts e assim fomos ao quarto dele... Ele pegou um shorts e pediu pra provar aí ao pegar e indo em direção ao banheiro do quarto ele perguntou aonde estava indo e digo no banheiro provar ué? E ele dando risada dizendo pra parar de ser besta que poderia trocar ali mesmo ué? Qual problema? As mulheres não estão ali! Aí digo é mesmo e todo envergonhado tiro a calça e quando vou vestir o shorts sobre a cueca ele brinca dizendo que não entendeu, porque que não coloco o shorts sem cueca assim não molha a cueca e quando for embora minha roupa toda está seca! Aí sem graça digo verdade né? E morrendo de vergonha discretamente me virando de costas a ele enquanto tirava a cueca e do nada levo tapão na bunda seguido do elogio eita filho que bundão seguido de uma gargalhada que me deixou além de surpreso mega envergonhado mas não posso negar que fiquei mega feliz pelo elogio inesperado e me vestindo alegando que ficou um pouco grandinho mas sem problemas e ele dizendo que iria pegar outro pra provar que na sequência jogou pra mim dizendo para experimentar assim sem jeito me despindo de frente a ele ficando visível meu pau pra ele que ao vestir outro shorts notando que ficou bom ele diz baixinho que eu havia falado sobre o pau dele estes dias mas não é muito diferente do meu aí eu morrendo de vergonha mas mesmo assim brinco dizendo que é quase igual só dá dois do meu e dando risada e ele alegando nada haver e se despindo pra colocar o shorts pra entrar na piscina que entre isto quando nu pegando no pau virando para um lado e para o outro exibindo alegando que poderia reparar que não é tudo aquilo que disse me deixando sem reação nenhuma hipnotizado paralisado admirando enquanto ele com sorrisinho no rosto dizendo tá vendo as vezes por ter olhado rápido e não ter reparado aparentou ser mais mas não é tudo que pensou né? Nisto ele já vestindo outro shorts aí respondo em meio a vergonha e sem jeito mas não resistindo e revelando soltando um eita porra antes que realmente é grosso sim e muito mais que o meu caraca e ambos caindo na risada e ele soltando um besta e chamando pra piscina assim indo... Entramos e chamamos as mulheres mas negaram e ficaram conversando na área que meio distante mal dava pra ouvir elas assim como elas nos ouviam... Enquanto ali na piscina certo momento meu pai chama pra irmos até a ponta da piscina e assim indo ficando mais distantes um pouco delas que ao chegarmos na borda ele me pede desculpas pelo que fez? Aí questionei o que pai? Ele diz sobre aquele momento do quarto desculpa por aquilo? Aí digo ué desculpar porque sendo que me mostrou algo que queria ver saber apesar de que fiquei morrendo de vergonha e nem aproveitei pra reparar mesmo e matar minha curiosidade assim caindo na risada e ele dizendo que eu era besta enquanto dava risada na sequência questionou se realmente não fiquei sentido pelo que rolou e digo claro que não nisto ele diz dá um abraço e nos abraçamos rapidamente de frente um para o outro que mesmo que por segundos mas ao sentir o pau dele mesmo que pouco mas tocando no meu não sei explicar mas fiquei duro na hora, foi realmente muito rápido a minha ereção que não sei explicar que assustado me afasto pedindo desculpas não sei explicar afff e ele caindo na gargalhada dizendo que não entendeu mas tudo bem! Ambos dando risada aí não sei como tive tamanha cara de pau e coragem pra falar mas do nada em meio a situação soltei quer saber vou pedir mas não leva a mal, me abraça novamente? Ele dando risada abrindo os braços mesmo após ter notado que fiquei de pau duro e ainda estava duro chamou dizendo ué quer abraço vem ué? Aí assustado e sem graça questiono sério? Ele diz que sim aí perguntei se não levou a mal o que aconteceu comigo aliás ao menos percebeu? Ele sem jeito dando risadinha pergunta baixinho se era sobre eu ter ficado duro? Aí balanço cabeça concordando morrendo de vergonha e ele dando risada dizendo que não tem problemas não assim nos abraçando e como tava duro colando meu pau nele ele soltou eita ainda tá duro e deu risada aí perguntando se posso e já levando a mão rapidamente apalpando por milésimos de segundos o pau dele na sequência pedindo desculpas e ele dizendo rapazinho para com isto tá doido, respeita seu pai! Aí peço desculpas e na sequência enquanto me virava peço pra me dar outro abraço mas assim e ficando de costas pra ele e pegando seus braços induzindo a me abraçar assim feito ficando nossos corpos totalmente colados como nunca antes foi tão intenso que segundos durou e senti que seu pau latejou contra minha bunda começando a endurecer que na sequência ele me soltando alegando que era melhor parar por ali que tava ficando estranho assim nos afastando e eu pedindo desculpas e ele dizendo tudo bem mas aquilo realmente é estranho e ainda não tinha cabeça pra saber conduzir o decorrer assim ambos ficando calados por poucos minutos até que a pizza chegou e as mulheres nos chamou pra comer e que iriam arrumar a mesa enquanto tomávamos banho que por sorte se retiraram pois estávamos ambos meia bomba que não tinha como disfarçar assim sai primeiro correndo pegando a roupa e indo para banheiro da casa que mal entrei no box e liguei o chuveiro o pai bateu na porta pedindo pra entrar e todo sem jeito abri e voltei ao banho por motivo da vergonha ficando de costas a ele por estar com pau meia bomba ainda que pouco depois ele se aproximou perguntando após mijar se poderia tomar banho comigo e apenas balancei a cabeça concordando e indo um pouco mais ao canto pra ele entrar que nisto pegando na minha cintura enquanto entrava disse baixinho que o que iria falar deveria ser segredo nosso e não era pra ficar triste e entender como elogio aí disse beleza aí ele revela que quando estava provando o shorts pra entrar na piscina ele sem perceber acabou reparando na minha bunda e que eu tenho um bundão e deu risada e eu também enquanto agradeci todo sem jeito e envergonhado aí ele pede pra não levar a mal que ele disse isto na intenção de elogio que não queria me magoar aí disse tudo bem pai e ele perguntando se era sincero que não havia ficado chateado aí digo claro que não tipo fiquei surpreso pois nunca imaginei escutar isto aí ele interrompe pedindo desculpas novamente com feição triste nisto me viro pra ele e abraço dizendo que o que queria dizer é que não esperava um dia receber este tipo de elogio dele mas que poderia ficar despreocupado pois não sei explicar mas adorei saber disto e receber o elogio dele, juro que gostei de saber mesmo que estranho mas realmente adorei isto aí ele dando uma risadinha soltou um uffa assim eu também rindo e voltando abaixo do chuveiro de frente com ele e acabando olhando para o pau dele na sequência notando que ele percebeu que estava olhando para o seu pau e soltando uma risadinha aí digo baixinho que também adorei poder ver ele e obrigado por deixar nisto ele dando risada vindo me abraçar pedindo pra jamais falar com alguém sobre isto e eu dizendo lógico pai mas quero diferente e me viro de costas pra ele enquanto segurando suas mãos induzindo a me abraçar que meio arisco alegando melhor não e eu insisto baixinho por favor rapidinho que ao me abraçar e me fazendo sentir aquele pauzao grosso colado na minha bunda mesmo que não sei como mas ainda mole me fez soltar um eita enquanto me abraçou forte colando nossos corpos que não resisti e dei uma reboladinha com a bunda colada nele soltando um eita porra baixinho em meio aos suspiros que ao sentir o pau dele latejando na minha bunda começando endurecer que ele foi me soltar pedi por favor deixa só um pouquinho? Ele diz melhor não aí insisto enquanto forçando minha bunda contra ele sentindo aquela rola grossa crescendo mais e mais contra minha bunda baixinho na novamente solto eita porra que delícia ele concentindo mas alegando melhor parar e eu insisto dizendo que não era nada de mais e não faríamos nada e que queria apenas sentir isto um pouquinho e novamente ele me abraçando forte roçando aquele pauzao contra minha bunda mega duro me deixando louco sem perceber dando umas reboladinhas contra ele esfregando minha bunda contra aquele pauzao que tanto sonhei até que ele se afasta alegando melhor parar nisto me viro de frente pra ele e pela primeira vez podendo ver o pau dele duro soltando um eita porra deixando ele envergonhado e cobrindo o pau assim me aproximando e abraçando ele que na sequência tirou a mão de sobre o pau e me abraçou enquanto disse que assim como ele elogiou minha bunda não poderia deixar de retribuir mesmo que estranho mas eita porra que pauzao nisto ele da risada e peço em seu ouvido se poderia pegar nele rapidinho e já levando a mão e pegando soltando novamente eita porra enquanto ele dava um sorrisinho sem jeito enquanto sem jeito eu pegando no pau dele meio que punhetando estranhamente até que rapidamente me abaixei ajoelhando alegando que queria ver melhor ficando de cara com aquela rolona na minha frente e reparando ele erguendo a cabeça fechando os olhos que dei umas poucas punhetadas e não resisti a oportunidade e pela primeira vez na minha vida fiz isto e abrir a boca e rapidamente soquei aquela rolona na minha boca ele se assustou e disse tá doido muleque aí peço espera aí rapidinho deixa eu ver mais uma vez ele sem reação e novamente soquei aquele pauzao na boca todo sem jeito por mais uns segundos e me levanto morrendo de vergonha e sem jeito soltando eita porra caralho que loucura desculpa melhor eu sair daqui e assim fui saindo e me vestindo morrendo de vergonha enquanto ambos calados que na sequência eu saí do banheiro e depois um pouco ele sai também e assim agindo como nada tivesse acontecido...

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario AFP
Por: AFP
Codigo do conto: 19064
Votos: 2
Categoria: Incesto
Publicado em: 12/01/2021

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Fotos do conto
Foto 1 do conto: Descoberta perfil secreto pai - parte 3 matando curiosidade

Foto 2 do conto: Descoberta perfil secreto pai - parte 3 matando curiosidade

Foto 3 do conto: Descoberta perfil secreto pai - parte 3 matando curiosidade

Mais contos desse usuario

Finalmente aconteceu e dei para meu irmão

Início pai e Filho parte 2

Início pai e filho parte 3

Recendo visita pai e madrasta final de semana, parte 1

Recendo visita pai e madrasta final de semana, parte 2

Recendo visita pai e madrasta final de semana, parte 3

Recendo visita pai e madrasta final de semana, parte 4

Revelação da minha cunhada para minha mulher sobre irmão

Mãe indo visitar o filho finalmente realizando o sonho dele!

Esposa com marido, sogro e cunhado na piscina

Pai em apuros com a filha atentada

Pai ganhando uma punhetinha da filha

Pai em apuros com a filha atentada 2

Filho usando calcinha da madrasta a pedido do pai

Amo me exibir e provocar meu filho

Visita quente do primo

Marido a trabalho passa semana fora, episódio irmão

Mãe tirando satisfação com filho após notar sua calcinha gozada

Mãe provocando filho e acontecendo banho juntos

Meu irmão como eu pira em nossa mãe 1

Meu irmão como eu pira em nossa mãe 1,5 relato extra

Desejo inesplicavel pelo meu pai 1

Uma das vezes entre meu irmão e minha mulher

Pai estimulando tesão entre filho e madrasta 1

Descoberta perfil secreto do pai - parte 2 (conversa direct pai)

Minha filha 1

Minha filha 2

Filha 3

Festas de final de ano, matando saudade pai e filho - parte 1

Final de ano, pai e filho - Parte 2

final de ano - pai e filho - parte 3

Swing - parte 1 - nora

Swing - parte 2 - ajuda filho

Swing - parte 3 - meu filho com sua madrasta

Fetiche da esposa - parte 1 - sentir desejada

Fetiche esposa - parte 2 - exibicionismo

Fetiche esposa - parte 3 - primeira vez

Separei e meu filho veio morar comigo - 1

Descoberta de perfil secreto do pai no insta - parte 1

Separei e meu filho veio morar comigo - 2

Meu filho se masturbando com as calcinhas da minha mulher (madrasta de

Minha filha 4

Minha filha 6 - finalmente

Bate papo com enteado sobre a mãe dele

Conversa enteado sobre a mãe dele 2

Minha filha do meio sabe me deixar doido

Conversa enteado sobre mãe dele 3


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados