Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Amiguinha do Trabalho

Por: JPAULO79 - Categoria: Heterosexual

Olá a todos!

O que vou narrar, foi algo que jamais imaginaria que acontecesse, pois, nunca nem tinha passado pela minha cabeça.

Bom, vamos lá!

Quando essa amiga entrou na empresa, vou chamá-la de Soraia, não vi nada demais! Pretinha, baixinha, magrinha, nada fora do normal. Eu estava em outra equipe e só depois, fui para a mesma equipe dela.

Até um dia que tivemos que trabalhar juntos e começamos a conversar mais. Ela tem uma cabeça bem "aberta" e é muito inteligente. Não sei porque, mas me senti atraído de alguma forma.

Comecei a reparar melhor, olhar com outros olhos! Parece que ela escondia algo a mais, algo selvagem, sei lá!

Aquilo foi me deixando meio "pirado". Ficava imaginando como seria uma transa com ela, como ela reagiria, será que geme muito, será que faz gostoso!?!? Nisso, fiz várias homenagens à ela!

Um dia, ela não apareceu e fiquei sabendo que tinha pedido prá sair do trabalho Fiquei meio chateado, pois, perdi a chance de tentar algo. No dia seginte, ela apareceu apenas para finalizar as coisas e ficou pelos corredores da empresa. Enviei uma mensagem a ela, pedindo para vê-la e conversarmos.

Nos encontramos no café e ela me disse que estava descontente e resolveu sair. Naquele momento, me deu uma vontade de confessar o tesão que tinha por ela, mas, acabei não falando.

Então, passamos a nos falar de vez em quando, por mensagens e curtidas em redes sociais. Até que em um destes "Ois", acabei comentando uma foto dela, sobre sua boca que estava tentadora. Aquilo foi a faísca que faltava.

Ela respondeu com risos e dizendo: "Pena que você tá longe!"

Aaaahhhhhh!!! Naquele momento, queria sumir, me chingando de burro e tal, rsrsrs, pois, podia ter rolado algo muito antes e pelo que a conheço, a amizade permaneceria a mesma!

Chamei-a para um almoço dois dias depois. Ela topou!

Marcamos num restaurante que não ficasse ruim para os dois, num shopping próximo. Ela já estava em outro emprego e nos veríamos na hora do almoço. Chegando lá, rolou um abraço muito gostoso e um beijo de cantinho de boca! Eu queria sentir mais o corpinho dela naquele momento, mas estávamos na rua. Meu tesão, já estava a mil! Era um misto de tesão e nervosismo, sei lá!

Entramos e fizemos os pedidos. Fui direto ao assunto e falei:

- Então, agora eu tô perto!

Ela riu me olhando direto nos olhos, abriu a bolsa, tirou um batom, começou a passar e falou:

- Agora ela tá como você viu! O que vai fazer?

Ante dela terminar de falar, por sobre a mesa mesmo, a puxei de encontro e nos beijamos como se nunca tivéssemos beijado alguém! Não pude aproveitar mais, pois, a garçom chegou com as saladas e fez aquele tradicional "Uhumm!".

Olhamos os dois para ele e pedimos desculpas, rindo! Ele riu como que compreendesse.

Falei à ela tudo que sentia, imaginei e, continuava imaginando, com ela. Ela me falou que também sentia a mesma vontade, mas, achava que eu não iria querer nada e também não sabia como falar isso.

Contei algumas fantasias que pensava com ela. Percebi que estava se mexendo muito. Enquanto falávamos, meu pau pulsava só de olhar prá ela, sentir o cheiro e imaginar as loucuras que estávamos falando. No que ela me diz:

- Se você souber como tá minha calcinha, só de você falar isso! Tô quase gozando aqui, tá subindo um calor...rsrs!

EU:
- Sério!?!? Caramba, queria poder passar minha língua beeem devagar aí!

ELA:
- Pára porra! kkk! Vai me fazer molhar minha calça assim! Cachorro!

EU (rindo):
- É mesmo? E meu pau que tá explodindo aqui, como faço? Putinha!

Daí a conversa virou uma "putaria" gostosa! Ao invés de almoçarmos, nos comíamos com os olhos. Então, resolvemos sair dali.

Fomos até meu carro, que estava num canto deserto (estrategicamente estacionado). Assim que entramos, nos beijamos como loucos. Ela já foi abrindo minha calça, pegando e batendo um bem gostosa. Sentia sua mão pequena tomando conta do meu pau. Então, parou de me beijar, me olhou e disse:

- Minha boca é uma tentação é?

E, desceu me olhando, abocanhou meu pau com uma vontade louca, chupando, lambendo, babando, engolindo, tirando e voltando a engolir! Pqp! Eu estava louco de tesão, quase gozando. Eu já tinha aberto seu zíper e estava tocando aquela bucetinha, lisinha e molhadinha. Puxei-a pelo cabelo, deu um beijo, deitei mais seu banco, fiz ela encostar. Com a outra mão, puxei um pouco sua calça e afastei a calcinha.

Olhei aquela bucetinha toda molhada e caí de boca! Caralho, que delícia! Ouvi ela gemendo cada vez mais alto, pedindo mais e mais!

- Isso seu puto, chupa minha bucetinha vai! Morde! Mais! Entre gemidos e pedidos de mais, senti ela tremendo as pernas e soltando um gemido mais alto e demorado. Fique com receio de ouvirem no estacionamento, mas foda-se, eu não queria que ela ficasse sem gozar!

Assim que ela gozou gostoso, levantei a cabeça e olhei em volta. Ufa, tudo certo!

Ela falou:

- Caralho que delícia! Podíamos ter feito isso antes!

EU:
- Concordo!

Como eu não tinha gozado ainda, ela veio terminar o serviço.

Continuou uma punheta gostosa, me olhando e falando:

- Goza aqui na minha boca vai Cachorro! Goza na boca da sua Putinha!

Ela punhetava e lambia! Quando não aguentei mais, ela percebeu e engoliu meu pau. Foi uma explosão de tesão como a muito eu não sentia! Ela segurou, sem tirar a boca. Foi tirando beeeem devagar e eu sentindo aquela sensação de satisfação e prazer com o pau quase dormente.

Nos beijamos prá terminar e quando percebemos, a hora do almoço já estava acabando.

Creio que essa foi a primeira de muitas que ainda iremos ter. A amizade continua numa boa como sempre! Continuamos nos falando, agora com mais "putarias" eu diria - rsrsrs - e estamos planejando um outro encontro.

Até!

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario JPAULO79
Por: JPAULO79
Codigo do conto: 18782
Votos: 1
Categoria: Heterosexual
Publicado em: 16/10/2020

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados