Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Gozando com os olhos.

Por: Thom - Categoria: Heterosexual

Oi pessoal. Sou tonho e estou contando experiências que vivi ao longo dos meus 36 anos. E hoje eu vou contar sobre um ocorrido na minha puberdade.
Eu estava com uns 15 anos, hormônios a flor da pele. Minha mãe tinha uma amiga chamada Sandra (fictício) era mais alta que eu, e tinha uma grande semelhança com. A atriz da novela kassandra. Daquela época também. Quem já viu a novela. Sabe como era atraente a atriz, e a amiga da minha mãe também. Vês por outra eu sonhava que ela queria trepar comigo, eu tinha um tezão louco por ela. E o fato de ela ser mais velha fazia com que eu a desejasse ainda mais. Minha mãe sabia minha tara por mulheres mais velhas. E Sandra tinha uns 15 anos a mais que eu. Se eu a visse em algum lugar, assim que estivesse só, tocava uma pra ela. Tentei por várias vezes chamar a atenção dela, mas assim como eu me sentia atraído por as mais velhas, elas gostava de coroas. A cidade onde nasci é pequena, logo era fácil de ver ela pelo menos uma vez por dia, logo eu me masturbava pensando nela quase todos os dias. Mas um certo dia resolvi que não irá gozar pra ela. Não pelei o sabiá neste dia. Mas foi algo constrangedor na manhã seguinte. Tive uma ótima noite de sono, mas sonhei fudendo a Sandra no sítio do meu avô, em pé apoiada em uma porteira e com a bunda toda empinada para eu foder gostoso. O sonho acabou, era manhã e ao me levantar e sair do quarto, vejo ela, ali na minha frente, de costas conversando com minha mãe. Usava uma salinha curta, que deu para ver a poupa de sua bunda. Na hora o tezão foi a 1000, e acabei gozando por cima da roupa. Minha mãe me viu e falou bom dia. A Sandra se virou e me viu com um líquido esbranquiçado na roupa. Corri para o banheiro. Quando eu sai, ela havia ido embora. Minha mãe deve ter dito algo a ela, pois certo dia ao encontrar a Sandra, ela passou por mim, me deu um beliscão de carinho da bunda e falou que me faltava alguns anos. Me conformei que ela não era pra mim e parti pra outra.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados