Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Amor vale mais que sexo

Por: Thom - Categoria: Heterosexual

Então pessoal, sou o tonho, 36 anos, ainda não contei, mas sou descendente indígena. Sou do Norte do Brasil. Hoje vou falar de uma das melhores amizades feminina que eu tive.
Eu ainda era jovem e solteiro, estava no 2º ano do ensino médio. Conheci uma garota chamada cleo(fictício) ela era 1 ano mais nova, bahiana, magrinha, muito linda, e um amor de pessoa. Foi uma amizade curta, mas verdadeira. Estávamos sempre juntos, era cinema, teatro, shows e praia, sempre a noite. Pois meu dia sempre foi muito corrido. Logo no início da nossa amizade ela me contou que era virgem, que não teve muitos namorados, e sempre que começava um relacionamento, o rapaz já queria tranzar, e ela esperava que fosse algo especial, então logo terminavam. A gente sempre se cumprimentava ou se despedia com um beijo na boca, e fortes abraços. Ela até contou que pensava em se relacionar com garotas, pois homens só queriam sexo. Eu disse que não era bem assim, ela disse que eu não contava pois era seu amigo quase irmão e me perguntou se eu achava ela atraente e gostosa. Disse que sim, mas nossa amizade era mais importante. Ela sorriu, me deu um selinho, e disse que eu não era de se jogar fora também. A gente sempre provocava um ao outro com palavras picantes e carícias em pastéis sensíveis do corpo. Quando estávamos no ônibus, eu sempre abraçava ela e ficava com as mãos em seus seios, que eram uma delícia, peitinhos firmes e de tamanho perfeito pra mim. Um dia, antes de nossa amizade acabar por motivos que nunca entendi, ela me disse que o sonho dela era eu ser o primeiro homem da sua vida, que a gente tinha uma liberdade entre nós, que a fez querer isso. Eu fiquei muito feliz em saber daquilo, mas meu amor por ela estava acima de tudo, e o medo de estragar nosso relacionamento. Ela disse que também tinha este medo. Mas não queria outro homem. Pois sua atração por garotas era forte, mas não queria deixar de ser virgem com um instrumento sem calor humano. Tentamos deixar nossa amizade mais picante com brincadeiras e palavras excitantes, mas o medo magoar era mútuo, e não aconteceu. Ela teve a oportunidade de ir para a Itália estudar, e não era barato ligar pra lá, e o Orkut, eu não tinha computador na época.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados