Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

fui fuder uma putinha e fudi um putinho

Por: kinka - Categoria: Gays

eu tinha marcado de comer uma mina que era bem pitinha e ja tinha saido com ela outras vzs , e neste dia sair de casa com um tesao do caralho pois minha mulher estava de tpm , resolvi fuder esta puta p me desafogar . so que quando chegou no meio do caminho minha moto deu um problema e liguei p um mecanico amigo meu e ele veio ao meu socorro ,so que ja era quase 18.hs e tinha um cliente na oficina esperando tbm o conserto da moto dele e ficamos batendo um papo e comentei que eu estava indo da uma foda e me fudi e rimos com minha piado e o mecanico disse que minha moto tinha uma peça com defeito e so resolveria a troca e a dele tbm nao iria ficar pronta ,so que no meio do nosso papo o carinha tinha me dito que trabalhava em um hospital proximo e percebi ele meio que afeminado que usava uma calça branca e sua cueca parecia uma calçinha de tao pequena . no inicio achei que era coisa de minha cabeça .so que como minha moto iria ficar pronta eu tinha que voltar de buzu e ele tbm . ai fomos para o ponto conversando e percebi que ele era realmente afeminado . entramos no buzu estava meio cheio e estava um engarrafamento da poha e o buzu foi enchendo kd vez mas, ele estava bem em minha frente e de vez em quando dava um jeito de encostar a bunda em meu pau e me olhava pelo espelho p ver minha reaçao e eu afastava um pouco so que teve uma hora que como o buzu encheu muito nao tive como me afastar e ele começou a rocar a bunda em meu pau que começou a reagir e ficar duro e o buzu nao andava por causa do engarrafamento ele percebeu o meu pau duro e ficou me olhando pelo espelho do carro e mordendo os labios e forcando a bunda contra meu caçete que a esta altura parecia pedra e pulsava dentro do meu calçao ele percebia isso e mexia a bunda e continuava a me olhar pelo espelho eu parecia que iria gozar ali com as mexidas daquele viadinho sacana .teve uma hora que ele botou a mao em meu pau e apertou e me olhou mordendo os labios e tirou meu pau da posiçao que estava de lado e colocou p cima e assim o pau se alojou bem no meio da sua bunda por cima da calça dele o puto se arrempiou todo sentindo o pau roçar na bunda e em seu cuzinho por cima da calça . a esta altura eu ja queria fuder ele ali mesmo o fdp mexia o rabo e me olhava com cara de puta e fechava os olhos como se estivesse gemendo revirando os olhos eu ja encoxava ele tbm ,quando chegou perto do seu ponto ele olhou p mim e dissse no meu ouvido vem me fuder vem e foi saindo e sair atraz ele pediu o ponto e desceu sem falar nada eu o seguir ele morava perto do ponto entrou em uma casa trancou a porta e foi logo tirando a calça e ficando so de calçinha branca de quatro no sofa e foi dizendo me fode logo que nao aguento mas roça nesta pica gostosa eu vendo aquele puto de calçinha e queimado de sol com marca de biquini fiquei louco de tesao afastei a calçinha e coloquei meu pau na porta e dei uma cuspida na cabeça e ele jogou a bunda p traz com forca e o pau entrou todo de uma vez demos um gemido forte   aaaaaaahhhhhh deliçia    de   paaaauuuuuuu ssssssss ai caralho   e começamos a fuder com vontade ele jogava a bunda p traz gemendo igual puta aaaaaiiii me arromba vai seu puto nao saiu p fuder entao me fode seu cachorro fdp   e pegava em sua sintura e metia com vontade batendo na bunda e xingando de puto sacana viado comedor de rola mordendo seu pescoço e da xupao e ele jogava a bunda com mas vontade contra meu pau e ele começou a gemer aaaaiiiiiii aaiiiiiii poha   assimm vou gozar pelo cuuuuuuuu aiiiiiaiiiii meu ccuuuuuu aiiiii sssssss ahhhhhh eu parei deixei ele fuder meu pau com o cu e comei a mordeu seu pesçoso e ele começou a gozar   aiiiaiiiaa estou gozando pelo cuuuuuu aaiiiiii que deliçia   e começou jogar forte a bunda p traz e morder meu pau com o cu e fiquei alucinado e falei vai desgraça que vou gozar neste cu seu puto arrombado ssssssss    aaaaaaaa vou gozar poha e ele olhou p traz e gritou leita meu cu seu puto vai leita o cu de seu viado comecei gozar p caralho   sssssss ssaaaiaiia aaahahahha poha que cuzao gostoso . velho parecia que eu tinha um mes sem gozar , caimos e ficamos parado deitados no sofa ainda encaixados , um olhando p cara do outro rindo ele veio e me beijou com vontade e começou a me beijar todo e ajoelhou e começou a limpar meu pau com a boca e lamber meus ovos e nisso o meu pau ainda nao tinha abaixado e comecou a babar o puto comecou a mama igual a um bezerro querendo leite e me olhar gemendo com meu pau na boca nao aguentei muito tempo e começei a bater em sua cara xingando vai puta toma leite seu viado descarado mama esta poha caralho sssssssss   aahhahahha   vou gozaaaaaarrrrrrr poha   gozeiii seu puto ,o fdp sugou tudo me olhando e gemendo fiquei com as pernas tremendo kkkkk rimos muito e ele me disse agora vc sabe onde eu moro pode vim me fuder quando vc quizer. vestir minha roupa meio cansado ele veio me deu outro beijo e eu fui embora as vezes vou la p baixar meu tesao e arrombar o viado que tem um rabo deliçioso ,,,,valeu galera quem quizer pode me chamar no zap 7185089115 sou de salvador fuuiiii.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario kinka
Por: kinka
Codigo do conto: 17270
Votos: 0
Categoria: Gays
Publicado em: 22/10/2019

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

paasivo me mamou no cinema

colega de trabalho que adora pica

um putinho fudeu meu pau no cinema

o viadinho sobrinho da minha mulher me seduziu

nao resitir fudi minha enteada safada

foda na escada de incêdio do shopping

nao resistir a minha sobrinha gostosa


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2020 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados