Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Enquanto a namorada não chega

Por: Cucklifebr - Categoria: Traicao

Já estava aflito, passava das 17:00 e nada dela chegar. O combinado era 16:30, mas sabe como é. Receios de alguém conhecido passar vinham a todo momento, já que era um encontro escondido da minha namorada, que para minha sorte, estava na casa da tia e só voltaria umas 18:30.

O celular vibra, mensagem da namorada, "o que está fazendo de bom?". Tive que enganar, senti culpa por isso, mas não teve jeito. "Estou revisando a matéria da faculdade, querida, mais tarde eu te mando mensagem". E ao guardar o celular, lá está ela, Jéssica, já sorrindo ao me ver, e que sorriso. Foi irresistível olhar ela de cima a baixo, "que gostosa!" pensei. Nos abraçamos forte, senti o coração dela pulsando, apreciei o seu cheiro, o encaixe de nossos corpos. A ereção foi inevitável, mas disfarçar foi fácil.

Estrategicamente escolhido, fomos a um local onde o trânsito de pedestre era escasso, já planejamos esse dia com muita antecedência, não podíamos desperdiçar um segundo sequer. Lá, após alguns minutos de conversa, era visível a nossa tentativa de se segurar para não avançar em cima um do outro. Olhava descaradamente para a boca dela, desejando sentir sua maciez, e a desgraçada sempre dava um sorriso sacana ao notar isso.

Encostada na parede, ela emitia sinais de "vem me pegar" com os olhos, e não hesitei, fui encostando cada vez mais perto, até conseguir sentir sua respiração em meu rosto. Ela mordiscando os lábios perguntou "o que foi que tá me olhando assim?". Segurei sua cintura, enconstei de vez nela e respondi "desejos". Ela provocou com um tom sarcástico "ah é? Desejo de que?". Não resisti e fui de encontro a boca dela. Num beijo lento, gostoso, molhado. Saciando uma pequena parte do desejo acumulado a semanas, nos enroscando como amantes, deslizando a mão por suas curvas, pegando em sua nuca arrepiada, sentindo cada vez mais sua respiração ofegante e o fogo subir.

Queria poder ficar horas ali, saboreando sua boca macia, a deixando desesperada para ir pra cama comigo, mas havia cautela, teria que voltar logo pra casa, e assim tivemos que encerrar como o combinado, só beijo. Confesso que embora tenha sido ruim parar, foi gostoso ver ela pegando fogo, já comentando que na próxima vamos aprontar de verdade, e espero que seja logo, quero sentir o sabor de sua buceta em minha boca e matar a minha sede.

E por último e não menos importante, cheguei em casa com tudo em ordem, tomei um banho e esperei minha namorada chegar, o que não demorou muito. Chegou já me beijando dizendo que estava precisando de uma massagem. O sabor de seu beijo, após minha boca ter sentido o sabor de outra, foi afrodisíaco, a beijei como se fosse a primeira vez. Prometi sua massagem e a mandei ir pro quarto que ela ia ganhar um trato especial.

Assim que ela entrou, olhei o celular, uma mensagem no WhatsApp, era Jéssica. "Olha como vc me deixou, seu safado", e seguida uma foto, sua calcinha encharcada. Sorri e fui pro quarto morrendo de sede. Havia prometido uma massagem pra namorada, mas pensando em Jéssica, o extinto foi um só, tirei a roupa dela e comecei a lamber sua buceta como um cachorro lambe a dona. Tudo como se fosse a Jéssica, e o mais incrível, minha namorada gozou loucamente com essa chupada. Até hoje nem sonha com isso.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario Cucklifebr
Por: Cucklifebr
Codigo do conto: 17215
Votos: 0
Categoria: Traicao
Publicado em: 11/10/2019

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

Noite de núpcias com o amigo do noivo

Minha primeira vez com outro enquanto namoro


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados