Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

O Armário

Por: RODRIGO - Categoria: Cornos-Cuckold

Todos os fatos escritos abaixo são verídicos. Eu Rodrigo sou casado há 7 anos com a Vanessa, desde 2 anos de casados, nos praticamos ménage masculino, onde eu fico quase que o tempo todo assistindo.

A Vanessa tem 1.65m 55kg, morena clara, cabelos lisos, é muito bonita.

De uns tempos pra cá, começaram a surgir algumas fantasias em minha cabeça, que logo procurei realiza-las. Uma fantasia levava a outra, a primeira seria dela transar com outro homem, mas que ela pensasse que eu não sabia, onde eu ficaria assistindo a tudo escondido, a segunda vocês lerão abaixo.

Nos sempre conhecíamos os homens com que saiamos no bate-papo, e como eu sempre entrava sozinho, pois teclava de meu trabalho, comecei a propor esta fantasia, na qual para dar certo sairíamos os 3 normalmente algumas vezes para a Vanessa pegar confiança no rapaz depois armaríamos alguma. Era um pouco mais difícil conseguir alguém, pois eu precisava que a pessoa tivesse o local, até que um dia teclei com um rapaz chamado Roberto. Ele topou a idéia no ato e disse que tinha um apto que daria para fazer isso.

Marcamos os 3 de nos conhecer, e já no mesmo dia a Vanessa o adorou, ela ficou cheia de tesão. Fomos para um motel e eles transaram como loucos. Continuamos nos encontrando durante uns dois meses, nas outras vezes que saímos passamos a ir ao apto do Roberto.

Até que eu e Roberto resolvemos colocar minha fantasia em pratica. Marcamos normalmente de irmos para o apto de Roberto, iríamos encontrar com Roberto as 18:00 horas num shopping como de costume. Geralmente eu me encontrava com a Vanessa no mesmo shopping, pois vinha direto do trabalho, depois nos dirigíamos até Roberto. Mas neste dia quando eram 17:50 liguei para a Vanessa dizendo que teria uma reunião no trabalho e não sabia a hora em que iria sair, ela já estava no shopping, pedi a ela que fosse se encontrar com Roberto e marcar para um outro dia. Minha parte eu havia feito, agora era com Roberto.

Ele fez como combinamos, chamou-a para tomar um chopp e ela foi na maior inocência, eu fiquei observando tudo de longe. Entre um chopp e outro ele perguntou se ela não toparia em ir sozinha com ele para seu apto. De inicio ela não concordou, mas como o Roberto é bom de papo, acabou convencendo-a.

Eu que já tinha a chave de seu apto fui na frente e me escondi dentro do armário, logo em seguida eles chegaram. Aconteceu o que eu nem esperava, a Vanessa que era meio inibida na minha frente e nunca dava a bunda, se soltou. Ela chegou e foi tomar um banho com Roberto, logo depois já estavam na cama que ficava bem na minha frente. Ela começou a chupa-lo com vontade, enfiava todo aquele pau que devia ter no mínimo uns 20 cm em sua boca, ficou assim uns 10 min, depois ela pediu que ele a fudesse como nunca tinha feito Roberto colocou-a de 4 e meteu naquela xota apertada com vontade, ficou metendo com força e ela gemendo como doida, depois ela ficou em cima dele, ele em cima. Até que aconteceu o surpreendente, ela lhe pediu que comesse sua bunda, a qual ela nunca me deixou comer. Roberto meteu devagar, mas logo parecia que ela já havia dado antes, pois ele metia tudo e ela adorava, transaram por mais de uma hora. Quando ela viu que já era tarde e foi embora.

Antes de eu ir falei com Roberto, que havia adorado, é que queria repetir sempre. Cheguei em casa a Vanessa estava me esperando, e dizendo que havia ficado muito triste por eu ter tido reunião. Fingi-me de inocente e perguntei se ela havia falado com Roberto, ela disse que falou e veio embora em seguida meio desapontada.

Ficamos fazendo isso por um tempo, até que eu e Roberto colocamos a segunda fantasia em pratica. Que era dela transar com Roberto mais outro homem.

Foi tudo normalmente, me escondi no armário a Vanessa e o Roberto chegaram, quando tocou a campainha, era o amigo do Roberto, com o qual já havíamos combinado tudo. Ele se chamava Anderson, e fingiu ter ido resolver algo com Roberto. O Anderson iria dar em cima da Vanessa, mas isso nem foi necessário, a própria Vanessa pediu para o Roberto chamá-lo para participar. Foi maravilhoso vê-la com dois homens, ela chupava os dois juntos, fizeram dp nela, ela gozou como louca. A partir daí ela virou uma putinha, mas na minha frente finge que é santa e eu finjo não saber de nada.

Depois desse dia ela começou a arrumar mais homens para levar para o apto de Roberto, mas o Roberto sempre estava junto. Todos os amigos dele já haviam comido-a, teve um dia que fizeram uma suruba, foi ela Roberto e mais 7 amigos dele, eu ficava sempre no armário.

Hoje estou realizado, pois continuamos fazendo isso. Ela me pediu para pararmos de fazer ménage, disse estar cansada em transar com outros homens, e eu fingi que acreditei. Eu nunca contei a ela que eu fico assistindo, e ela pensa que eu nada sei. Mas pelo menos umas duas vezes na semana ela vai ao apto de Roberto e eu sempre assisto escondido.

Aos homens que sentem vontade de ver sua esposa com outro, não perca tempo, pois é muito bom. Escrevam-me contando suas aventuras, responderei a todos.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario RODRIGO
Por: RODRIGO
Codigo do conto: 125
Votos: 0
Categoria: Cornos-Cuckold
Publicado em: 11/08/2002

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados