MINHA PRIMA E VOVÔ DO CACETÃO


BY: betoleandro
OI PESSOAL ESTOU EUFORICA, PARA QUEM AINDA NÃO ME CONHECE OU LEU MINHAS HISTORIAS, SOU RITA, 30 ANOS, SOLTEIRA, VETERINARIA E APAIXONADA PELO MEU AVÔ RUI, HOMEM MASCULO 64 ANOS, MAIS COM UMA DISPOSIÇÃO SEXUAL COMO SE TIVESSE 30 ANOS, DONO DE UM CACETE EXPLEDIDO COM 32 CM COM 6CM DE CIRCUNFERECIA, A PRIMEIRA VISTA CHEGA A CAUSAR MEDO, MAIS DEPOIS DE MUITA CARICIA QUE MEU AVÔ SABE FAZER TÃO BEM, DEIXO VOVÔ ENFIAR ATÉ O TALO E PEÇO BIS, NO ULTIMO CONTO CONTEI DA VINDO DE VOVÔ PARA PASSAR UNS DIAS EM MEU APARTAMENTO, JA NÃO TRABALHO MAIS DIREITO, POIS MINHA VONTADE É DE VOLTAR PARA CASA, PARA TRANZAR LOUCAMENTE COMO VOVÔ, NÃO SEI ONDE ELE ARRANJA TANTO TESÃO PARA COMBATER MEU FOGO UTERINO, POIS BEM, COM VOVÔ EM CASA ACABOU-SE A SOLIDÃO, NÃO FALTAM VISITAS, ENTRE MINHAS PRIMAS A QUE MAIS TEM CONVIVIO COMIGO É A CARMEM, TEM 20 ANINHOS, BRANQUINHA, CABELOS ALOIRADOS, MENINA PEQUENA COM 1.55 E PESA UNS 48 QUILOS, PERNINHAS GROSSAS DE PEITINHOS PEQUENOS, UMA GRAÇINHA, NEM APARENTA A SUA IDADE PELO SEU TAMANHO E ROSTINHO DE MENINA, COMO VOU LOGO CEDO PARA A CLINICA,, ELA SE OFERECEU PARA FICAR FAZENDO COMPANHIA A VOVÔ ACHEI MUITO BOM, POIS ASSIM ELE TEM QUE LHE FAÇA AS COISAS, ESTES DIAS AO CHEGAR EM CASA, ENCONTREI CARMEM NA SALA COM VOVÔ VENDO TELEVISÃO, ATE AÍ NADA DEMAIS,A FINAL ELA TAMBEM E NETA, ELE ESTAVA DE PIJAMA, E ELA ESTAVA DEITADA NO SOFÁ COM A CABEÇA APOIADA NO COLO DELE, VO0VÔ ACARICIAVA SUA CABEÇA, COMPREI OS DOIS E FOI ATE MEU QUARTO, RETORNEI E ELA PERGUNTOU SE EU IA JANTAR, , TINHA PREPARADO UMA LAZANHA QUE ESTAVA NO FORNO, FUI A COSINHA PREPAREI MEU PRATO E VIM PARA A SALA, PASSAVA UM FILME DO HOMEM DE FERRO AO QUAL GOSTO MUITO DA SERIE, SENTEI-ME NO SOFÁ AO LADO PARA COMER E ASSISTIR O FILME, O TEMPO FOI PASSANDO E NINGUEM FALAVA, TODOS ESTAVAM CONCENTRADO NO FILME, MINHA PRIMA SE MEXEU PARA APOIAR MELHOR A CABEÇA NO COLO DE VOVÔ LEVANDO UMA DE SUAS MÃOS PARA O COLO DE VOVÔ, FIQUEI ATENTA A MANOBRA DELA, NÃO ERA POSSIVEL QUE CARMEM ESTIVESSE ACARICIANDO ELE ALI EM MINHA FRENTE SERIA MUITA LIBERTINAGEM, POIS BEM, CONTINUEI ATENTA AOS MOVIMENTOS DELA, POR UM MOMENTO IMAGINEI DE QUE EU ESTA COM CIÚMES, O FILME TERMINOU, VOVÔ FALOU QUE IA SE DEITAR, QUE ESTAVA CANÇADO, TAMBEM NÃO ERA PRA MENOS, NA NOITE ANTERIOR TREPAMOS A NOITE INTEIRA, PARECIA QUE AQUELA SERIA A ULTIMA DE NOSSAS VIDAS E QUERIAMOS GOZAR AO EXTREMO, ELE, AO SE LEVANTAR PERCEBI QUE ESTAVA EXCITADO, ERA CLARO O VOLUME QUE FAZIA EM SEU PIJAMA, ELE ME OLHOU MEIO DESCONFIADO, VEIO ME BEIJAR E DAR BOA BOA NOITE, CARMEM ME PEDIU PARA DORMI CONOSCO, POIS JA ERA TARDE E NÃO QUERIA CHAMAR O PAI PARA VIM BUSCA-LA, FALEI QUE TUDO BEM, PODERIA USAR O OUTRO QUARTO, MEU APARTAMENTO E BEM AMPLO TEM TRES QUARTOS, DEPOIS DE ALGUM TAMBEM RESOLVI IR ME DEITAR, O DIA FOI PUCHADO , TAMBEM ESTAVA CANÇADA, , FIQUEI UM POUCO CONSTRAGIDA, POIS QUERIA PASSAR A NOITE NOS BRAÇOS DO QUERIDO VOVÔ, DESDE QUE ELE CHAGOU QUE TRANZAMOS LOUCAMENTE TODAS AS NOITES, MAIS TUDO BEM, PENSEI, HOJE ELE SE RECUPERA DA NOITE ANTERIOR, AMANHÃ NOS ENTREGAMOS AOS PRAZERES DO SEXO NOVAMENTE, FUI PARA ,O MEU QUARTO TOMEI UM BANHO QUENTE, BEM DEMORADO, A MINHA BUCETA AFLOROU O TESÃO, VEIO UMA VONTADE LOUCA DE SENTIR O CACETÃO DE VOVÔ, MAIS NÃO TINHA COMO FAZER ISSO, COM MINHA PRIMA EM CASA, HOJE EU FICARIA SO NA VONTADE, ENTÃO APROVEITEI O QUE TINHA A MINHA DISPOSIÇÃO, PEGUEI A DUCHA QUE TEM UM TAMANHO SIGNIFICANTE E COMESSEI A JOGAR AGUA QUENTE NA BUCETA, O CONTATO DA AGUA ERA MUITO EXCITANTE, COLOQUEI A DUCHA NA ENTRADA DA BUCETA, COM O CONTATO MEU TESÃO AUMENTOU, EU PRECISAVA SER PENETRADA, ENTÃO PENSEI, PORQUE NÃO ENFIAR A DUCHA, E COMPRIDA E TEM O FORMATO GROSSO NA PARTE QUE SAI A AGUA, FUI COLOCANDO DEVAGARINHO POIS E MUITO GRASSA A EXTREMIDADE, NA SEQUENCIA QUE IA ENTRANDO A AGUA RETORNAVA FAZENDO DA MINHA BUCETA UMA CACHOEIRA, NÃO DEMOROU MUITO E GOZEI, NÃO TINHA A MESMA INTENSIDADE DAS FODAS COM VOVÔ, MAIS RELAXEI , COLOQUEI MINHA ROUPA DE DORMI, EM POUCO TEMPO ADORMECI, ACORDEI OUVINDO GEMIDOS VINDO DO QUARTO DE VOVÔ, PENSEI SERÁ QUE ELE ESTA SENTINDO DORES E NÃO QUIS ME CHAMAR , A PORTA DO QUARTO QUE CARMEM ESTAVA FECHADA, MAIS O DE VOVÔ ESTAVA ENTRE ABERTA, OUVI QUE OS GEMIDOS NÃO ERA DELE, MAIS DE UM SOM DE MULHER, MEU CORAÇÃO ACELEROU, SENTI MEU CORPO GELAR, SENTI UMA TREMURA NAS PERNAS, NÃO SERIA POSSIVEL, QUE VOVÔ ESTAVA TREPANDO COM CARMEM, FUI DEVAGARINHO ATE A PORTA, EMPURREI O SUFICIENTE PARA QUE EU PUDESSE VER , VOVÔ ESTAVA DEITADO E CARMEM DEITADO SOBRE ELE, SEU CORPINHO SE PERDIA SOBRE VOVÔ, ELE TEM 1.87 COR MORENA, , ELA TEM 1.55 FRANSINA ATE PARECE CORPO DE CRIANÇA, ELA PRENDIA O CACETÃO DELE ENTRE AS COXAS, DE FORMA QUE O CACETÃO PASSAVA DA ALTURA DA SUA BUNDA, ERA UMA VISÃO MAGNIFICA AQUELA PICONA PRETA ENTRE SUAS COXINHAS BRANCAS, ELA SUBIA E DESCIA O CORPO, COM A PICONA PRESA ENTRE AS COXAS, GEMIA COM MUITO TESÃO, ISSO DEVE SER MAL DE FAMILIA, EU TAMBEM ADORO GEMER QUANDO ESTOU TREPANDOVOVÔ ALISAVA SUAS COSTAS E SUA BUNDA, SEGURAVA A PARTE QUE PASSAVA DO SEU CACETÃO, PARA PRECIONAR A EXTENÇÃO DO SEU CACETE EM SUA BUCETINHA, CADA VÊS MAIS ELA GRITAVA, AIII, AAIII, , SUA CABEÇA ESTAVA A ALTURA DO PEITO CABELUDO DELE, SUAS MÃOS GRANDES AGORA APERTAVA SUAS NÁDEGAS, ELA PEDIU PÁRA ELE PENETRALA- GRITOU QUE NÃO AGUENTAVA MAIS TANTA VONTADE, ELA A SUSPENDEU COMO QUEM LEVANTA UM TRAVESEIRO, DEIXOU ELA A ALTURA DO SEU CACETÃO E PEDIU PARA ELA GUIAR O CACETE PAPA SUA BUCETA, NÃO ACREDITEI NO QUE ESTAVA VENDO, TINHA CERTESA DE QUE ELA NÃO AGUENTARIA NEM A CEBEÇONA DO SEU CACETÃO, MUITO MENOS ELE ENFIAR AQUELE MONSTRO EM SUA BUCETINHA, SEU CORPO É MUITO FRANZINO, COM CERTESA NA ENTRARIA, ELA SEGUROU O CECETÃO PELO MEIO, E COMESSOU A PINCELAR, AGORA ELA ESTAVA DE COCARAS, VOVÔ ACARICIAVA SEUS CABELOS, ELA PINCELAVA E GEMIA, HAAAAAM, HAAAAM, AIIII VOZINHO, COMO É GRANDE SEU CACETE, MINHA BUCETINHA É PEQUENA, OOOIIIIIII, OIIIII, NUNCA TIVE UM DESTE TAMANHO, ELA, ENCAIXOU A CABEÇONA ENTRADA DA BUCETINHA, UUIIIII, UUUIIIIIII, MINHA NOSSO VOINHO COMO COLOCAR ESTE MONSTRA AQUI, FOI ARRIANDO O CORPO, EU PODIA VER A CABEÇONA PRESA AOS LABIOS DA BUCETINHA DELA, ELA DEIXOU O CORPO ARRIAR MAIS UM POUQUINHO, A CABEÇONA ENTROU, AI ELA GRITOU, AAAIIIII, AAIIIII, AAAIIIIII, VOZINHO ESTA ME RASGANDO, UUUIIIII, UUUIIIIII, FICOU PARADA, SO QUE SUAS PERNAS TREMIAM, ELA APOIOU AS MÃOS EM SEU PEITO PARA CONTROLAR A ENTRAR DO CECETÃO, VI QUE ELA NÃO AGUENTARIA MUITO TEMPO AQUELA POSIÇÃO ESTAVA LITERALMENTE ESPETADA, OU ELA SAI DE CIMA DELE, OU FATALMENTE IA SER ARROMBADA, MEUS PENSSAMENTOS ESTAVÃO CORRETOS, AS FORÇAS DE SUAS PERNAS FORAM ENFRAQUECENDO E ELA DEIXOU O CORPO ARRIAR, AGORA O CACETÃO ENTROU A METADE, ELA NÃO SE CONTEVE, VOINHO VOU MORRER, AI QUE DOR, OOIIIIIII, OOIIIII, AAIIIIII, AAIIIIIII, AAAIIIIII, TIRA, TIRA, TIRA, MAIS ELE NADA PODIA FAZER, POIS ERA ELA QUE ESTAVA POR CIMA DELE SENTADA NO TORMO, ELE CARINHOSAMENTE A ABRAÇOU, PEDIU PARA ELA VIRAR PARA O LADO, ASSIM ELA NÃO DEIXAVA O CACETE ENTRAR MAIS, NÃO ME CONTIVE, LEVEI A MÃO PARA DENTRO DO MEU PIJAMA, TOMEI MINHA BUCETA QUE ESTAVA TODA MELADA, COMESSEIA TOCAR UMA SIRIRICA, ENFIEI DOIS DEDOS NA BUCETA IA PARTICIPAR DAQUELA FODA, CARMEM AGORA ESTAVA DEITADA ABRAÇADA A VOVÔ, DAVA PARA VER O CACETÃO ENFIADO EM SUA BUCETA, ELA TINHA COLOCADO UMA DAS COXAS SOBRE VOVÔ, DESTA FORMA SUA BUCETINHA FICA ESPOSTA, NÃO SE MEXIAM, VOVÔ ESTAVA COM A RESPIRAÇÃO FORTE, NISSO ELE COLOCA UMA DAS MÃOS EM SUA BUNDINHA E A PUCHA DE LEVE DE ENCONTRO A ELE, ELA GRITA, AAIIIIIII, AAIIIIIII VOZINHO, FAZ ISSO, DEIXA AI PARADINHO, AINDA ESTA DOENDO, UUIIIII, UUUIIIIII, ELE PAROU, FICARAM ALI APENAS SE TOCANDO, ELA NÃO ALCANÇAVA SUA BOCA DEVIDO0A DIFERENÇA DE TAMANHOS, MAIS ELE A BEIJAVA EM SUA TESTA, NISSO ELE SE CURVA, PARA BEIJAR A SUA BOCA, ELA ABRE A BOQUINHA, SELAM UM BEIJO FORTE, ELE SE PRENDEU A SEU PESCOÇO, ELE MOVEU O CORPO, ELA SUSPIROU, FORTE, ENTROU MAIS UM PEDAÇO, DO CACETÃO, AIII, AIIII, HOOOO, HHOOOO, GRITA ELA, SO QUE AGORA ELA TAMBEM COMESSOU A MOVIMENTAR OS QUANDRIS, ERA IMPRECIONANTE AQUELA QUASE MENINA DEIXANDO O CACETÃO DE VOVÔ IR ABRINDO SUAS ENTRANHAS, NÃO RESISTE ENFIEI MAIS DOIS DEDOS NA BUCETA, MINHAS PERNAS ESTAVÃO TREMENDO FUI ARRIANDO O CORPO SEGURANDO NA SOLEIRA DA PORTA ATE FICAR DE JOELHOS,, A APALMA DA MINHA MÃO ESTAVA NA ENTRADA DA MINHA BUCETA FIZ FORÇA ENTRO ATE TOPAR NO MEU POLEGAR AGORA EU ESTA PREENCHIDA REALMENTE, CARMEM GRITA AGORA DE PURO TESÃO, VAI VOZINHO, MEXE COMIGO, DEIXA EU SENTIR TOTO ESTE CACETÃO, UUIIIII, UUUIIIIIII, MAIS, MAIS, MINHA NOSSA, COMO É BOM, AAAIIIII, AAIIII
VOZINHO ACHO QUE VOU GOZAR, AIIIII, AIIIIII, AIIIIII, MAIS FUNDO, VAI, VAI, OIIIII, OIIII, AGORA O CACETÃO ENTRAVA ATE O TALO, QUE COISA, EU NUNCA IMAGINARIA QUE CARMEM FOSSE CONSEGUIR AGUENTAR O CACETÃO DE VOVÔ, ELA NÃO PARAVA DE GRITAR, AAIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIII, TÔ GOZANDO, NÃO PARA, NÃO PARA, NISSO ELA QPERTOU VOVÔ TÃO FORTE QUE SEU CACETÃO SUMIU DENTRO DELA, DEIXANDO SOMENTE OS CULHÕES COLADO A SEU CUSINHO, PAROU OS MOVIMENTOS E FICARAM ABRAÇADOS, DE REPENTE ELA FALA VOINHO SEU CACETE CONTINUA DURO DENTRO DE MIM, VOCE NÃO GOZOU, ELE FALA QUE AINDA NÃO, PEDE PARA FICAR POR CIMA DELA, ELA SE VIRA E ABRE AS PERNAS, VEJO A PULJANÇA DA SUA EREÇÃO, SEU CACETE BRILHAVA COM LIQUIDO DA BUCETA, ELA OLHA ADMIRADA PARA O CACETÃO E EXCLAMA, VOINHO TUDO ISSO ENTROU EM MINHA BUCETINHA, AI MEU DEUS, NÃO É POSSIVEL, ELE DIZ ENTROU SIM, E VAI ENTRAR NOVAMENTE, SEGUROU O CACETE E DEU UMAS PINCELADAS. BATIA COM O CACETÃO EM SUA BARRIGA COMO SE FOSSE UM PORRETE, GUIOU O CACETE E FOI ENFIANDO, ELA O ABRAÇOU, ELE FOI ARRIANDO O CORPO, E O CACETÃO FOI SUMINDO DENTRO DELA, MOVIMENTEI MINHA MÃO QUE ESTAVA TODA DENTRO DA BUCETA, NUNCA TINHA FEITO ISSO, SO TINHA COLOCADO OS DEDOS, EM MINHAS TRANSAS SOLITARIAS, , FEXEI O POLEGAR E DEIXEI O ENTRAR JUNTO COM O PUNHO, QUASE CAÍ DE COSTAS AO FAZER ISSO, EU NÃO ACREDITAVA NO QUE ESTAVA FAZENDO, VOVÔ AGORA SOCAVA SEM PIEDADE, CARMEM NÃO DESAGARRAVA DE SEU PESCOÇO, SE BAIJAVAM FORTEMENTE, AGORA ELA CRUZOU AS COXAS EM SEU QUADRIL, SEU PAU ENTRAVA TODINHO, SE TIVESSE COMO VER POR DENTRO DELA, A CABEÇONA DEVIA ESTA TOCANDO SEU CORAÇÃO, POIS ERA MUITO CACETE PARA UM CORPO TÃO PEQUENO, ELA AGORA GRITAVA, AAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII VOINHO, VOU GOZAR DE NOVO, GOZA DENTRO DE MIM, QUE SENTIR SUA GALA, BOTA MAIS, AAIIIIII, AAIIIIII, NÃO TIRA, UUIIIIII, UUUIIIIII HOOOOOOOO, HOOOOOOOOOO, VOVÔ DEU UMA SOCADA COM TANTA FORÇA QUE A CABEÇA DELA BATEU NO ESPELHO DA CAMA, ELA NÃO PARAVA, AAAIIIIII, AAAAIIIIIIIIII, GRITAVA E FALAVA, QUE BOM QUE BOM, SENTI QUE VOVÔ TINHA GOZADO, POIS PAROU OS MOVIMENTOS, FICARAM ABRAÇADOS COM A RESPIRAÇÃO FORTES, TIREI O BRAÇO DA BUCETA, POIS TINHO O ENFIADO ALEM DO PUNHO, MINHA MÃO ESTAVA TODA MELADA DO MEU LIQUIDO, FUI PARA MEU QUARTO, MINA MADRUGADA TINHA SIDO ESPETACULAR,, VOU DESCANÇAR, A NOITE VOU ME DIVERTIR, SO QUE EU VOU COMANDAR A FESTAS, BEIJOS,       CONTINUA


Foto 1 do conto: MINHA PRIMA E VOVÔ DO CACETÃO

Foto 3 do conto: MINHA PRIMA E VOVÔ DO CACETÃO

Foto 5 do conto: MINHA PRIMA E VOVÔ DO CACETÃO



Comentarios
tsto que é coragem--rola inesquecivel Comentado por:ervilha em 30/11/2015 07:11
eita vovo de sorte em? rrrrrrr Comentado por:jonyquest em 12/04/2016 12:34
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

mudança de cidade -viadinho