relembrando a infancia em familia


BY: xuquinha
me lembro de todas as passagens da minha infancia,e vou contar a voces tudo o que eu vivi e aprendi.tudo começou com meu tio..era ainda muito pequena,quando perdi meus pais,restando apenas meu irmão e eu..titio morava sozinho e era o unico da familia,entao,fomos morar com ele na fazenda.ali eu me sentia bem,até me acostumei sem meus pais,e logo meu irmão foi estudar na cidade,visto q ja iria fazer 18 anos e na roça não tinhamos recursos.fiquei apenas eu e titio..as vezes eu notava ele me olhando,mas achava que era inocentemente,e me chamava p sentar no colinho dele..eu ia feliz e saltitante..ele gostava q eu usasse vestidinhos curtos,e assim eram,bem curtinhos,deixando a mostra minha calcinha.quando sentava no colinho dele,o vestido subia ainda mais,e eu podia sentir a mao dele me tocando.fui começando a sentir as delicias do sexo!ele,na maioria das vezes,nao usava cuecas,apenas bermudas mais largas e confortaveis.entao,eu podia sentir aquele enorme cacete,duro,quente e grosso se encaixar no meio das minhas coxas.como era gostoso!ele também gostava,claro,pois não me deixava sair do colinho..depois ele me botava de bruços no colo dele,e ficava acariciando meu bumbum..uma vez,ele afastou minha calcinha,dizendo q tinha uma pequena mancha q era de familia,e ele ia confirmar se realmente era..como eu nao podia ver ali,entao deixei ele ficar observando.aí,ele me virou de frente e pediu p ver a xaninha,eu na hora me virei e perguntei se ali tbm tinha manchinha..ele disse q não,mas q era uma xaninha linda e peladinha..ele abriu os labios,e perguntou se podia beijar,eu perguntei se era gostoso..ele disse q se eu experimentasse,jamais ia querer outra coisa..e assim,acabei consentindo..ele tirou minha calcinha,e meu vestido,eu estava sentindo um calor,arrepios pelo corpo e lago inexplicavel na bucetinha. delirei quamndo ele separou os labios e pos a boca ali!dobrou minhas perninhas,e começou a mamar mais intensamente!que loucura!eu tentava me esquivar das boca dele,mas estava amando demais aquilo tudo!quando ele pos a mão nos meus peitinhos,eu gozei..gozei na boca dele,senti meu corpinho desfalacer,amoleci de tal maneira q achei q estava em outro mundo!e não parou por aí..ele continuou me sugando,me pos de 4,lambeu meu reguinho,enfiava a pontinha da lingua e descia até o grelo,q estava durinho..a bucetinha careca,completamente molhadinha e melada..assim ele me fez gozar novamente,eu achei q ia desmaiar,ele me falou que aquilo acontecia pq a mibha rachinha tinha gostado da lingua dele,e que sempre teriamos q repetir aquilo,pra ficarmos mais felizes!eu achei q tinha nexo,claro,e concordei..ele me virou de frente p ele,me pos sentadinha na beirada da cama,e me pediu p mamar o caralho dele..eu fiz,muito sem jeito,e até por não saber como se fazia,mas ele pacientemente me ensinou..ele me avisou que a qualquer momento iria sair um leitinho quente,branco e mais grosso do que o que eu tomava no copo,mas que era tipo um remedio necessario pra ficar mais bonita e crescer fortinha..e por isso,eu teria que engolir esse leitinho,e não desperdiçar nada..eu concordei,mamei a cabeça do cacete dele até q senti q ia explodir..entao,ele me avisou que ia sair o leite,fiquei ansiosa p experimentar..me assustei com os jatos,mas fiquei firme e forte de boquinha aberta esperando cair tudo na goela p engolir,conforme titio pediu!ele urrava,dizia que estava gozando,e que eu ia ser pra sempre a putinha dele,e que eu seria mulherzinha dele,etc,na hora não entendi bem,mas depois passei a entender sim..eu engoli tudinho,nao deixei escapar nada,era muito leite,adorei o gosto e a textura,me viciei naquilo,toda hora eu queria chupar,pra ganhar o leite!ele não se fazia de rogado,a qualquer hora que eu pedisse,ele tirava o pau e me dava de mamar!e assim foi a meu primeiro contato com o sexo..claro,muitas outras vezes vieram,deliciosas, maravilhosas!no proximo conto,narrarei a continuação de minhas aventuras,a principio com meu tio,depois com meu irmão,e por aí afora!espero que tenham gostado..beijinhos!




Comentarios
me masturbei para voce lendo teu conto, me fez relembrar minha infância onde uma priminha não de sangue, iniciou eu e o próprio irmão no sexo, no fundo do quintal de minha casa,que delicia de loirnha,q saudades da mara. carlos.lorran Comentado por:carloslorran em 30/04/2015 06:15
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

kasadodotadoMG/GO