Jack me fez tremer


BY: Regininha
olá, esse é o meu primeiro conto, e é real mesmo, bom sou loirinha tenho 1,61 e sou bem malhadinha, pois faço dança desde os 03 aninhos, meu nome é Regina, tenho 18 e olhos azuis;Vamos lá, sempre fui muito folgosinha, nem sei quando comecei a me tocar, me esfregava na quina da cama, usava a duchinha do banheiro, travesseiro, mãos, o banco da bicicleta e até esfregava nas pernas de uma amiguinha (dos 12 aos 16), mas que vou contar aconteceu no dia 08 de fevereiro de 2015, em um domingo, quatro dias após fazer 18 aninhos, e a culpa é do "frouxo" do meu namorado, não vou falar o nome dele, ele é lindo, mas é mole, vive me deixando na mão, no dia anterior, dia 07, sábado, saímos a noite, e estava uma noite ótima, dançamos, bebemos um pouco, depois, já quase amanhecendo, ele estava me levando em bora e eu com um tesãosinho, parti pra cima dele, beijando e apertando, ele parou em uma rua deserta e começamos um amaço espetacular, eu de vestidinho sem calcinha e ele de calça sem cueca, beijavamos e ele com os dedos já na minha raspadinha, arranquei o vestido e fiquei nua, ele chupava meus peios e como sou pequena, ele me puxou e me colocou em cima do freio de mão, eu disse, seu safadinho quer que eu transe com seu carro, e penetrei o freio na minha raspadinha, escorria meu melzinho e eu louca da tudo, nisso ele soca um dedinho no meu cuzinho, ai eu perdi a linha de vez e fui chupar o pau dele, quando estava chupando o pau dele com o dedinho dele no meu cuzinho e o freio na raspadinha escutei um barulho no vidro, tomamos um super susto, a policia militar, mandou pararmos, disse " Menina poe a roupa e vazam daqui já", foi tão autoritário e másculo que escorreu mais ainda, mas fiz isso, meu namorado pediu desculpa para o policial e saímos rapidinho, mas eu louca de tesão fiz com que ele parasse novamente, já bem pertinho de casa, e já fui pegando no pau dele, Mas o frouxo tava mole, chupei, me esfreguei, tentei mas ele "estava" preocupado demais com a policia para continuar, fiquei puta da vida, queria fazer amor com ele e ele "broxa", o policial me deixou mais acesa ainda, mas não teve acordo, depois de mais de meia hora tentando, ele desistiu (pois eu não ia desistir) e me levou pra casa, no caminho fui tocando a maior siririca, gemia e estava todinha arrepiada e falava, faz amor comigo vai, te quero - ele ' hoje não tenho mais clima', ai se eu pudesse ligava 190 e pedia para o policial fazer amor comigo no lugar do "broxa"; ao chegar em casa, ainda estava com muito tesão, pois na siririca no carro não deu tempo de gozar pois estava bem pertinho de casa, ao entrar meus pais estavam saindo, estavam descendo para praia, só os dois, minhas irmãs já haviam ido dormir na minha avô, eu disse " vou também"   na hora minha mãe disse de forma exaltada NÃO, vamos para passar um tempo só nosso, respondi tá eu fico aqui sozinha viu, ela disse "liga paro o seu namorado" eu ri e disse tá, assim que eles saíram eu liguei, o molenga demorou pra atender, mas atendeu, eu chamei e ele disse que iria mais tarde, depois de dormir um pouco, eu comecei a falar que estava com tesão e comecei a me bolinar e narrar pra ele, ele começou a tocar uma e falar pra mim que tava fazendo, quando o negocio tava chagando no climax, escutei a mãe dele chamar, ele parou e disse que depois ligava.... EU TAVA MAIS PUTA DA VIDA DO QUE NUNCA tava implorando para o meu namorado molenga fazer amor comigo e estava disposta a tudo... ai resolvi que ia ter um orgasmo de qualquer forma, liguei a TV em um canal erótico (meus pais não sabe que descobri a senha) e fiquei nua, já era mais de 06h da manhã e eu elétrica de tesão, a poltrona que eu estava já tinha uma mancha de tando que eu escorria, estava passando um filme de grupal, eu me masturbando freneticamente, estava já meio que fechando os olhos quanto tomei um susto, JACK o meu Dalmanta veio me cherar, meus pais esqueceram a porta dos fundos aberta, ele entrou e foi perto de mim, ao tentar levantar para empurrá-lo com intuito de por o cão pra fora da sala, ele lambeu minha raspadinha, nooooosssssaaaaaa, arrepiei, nunca imaginei em deixar um animal me lamber lá, mas estava tão doida que abri as pernas, nnnnnooooossssaaaa, ele lambia muito, eu estava entrando em êxtase, gemia, urrava e me contorcia, ai para facilitar as lambidas resolvi ir para bem na beirinha da poltrona, ficando o meu quadril inteirinho para fora, apoiada só nas costa, ai que delicia, fechei os olho e estava me deliciando, quando sem aviso o JACK subi em cima, grudou as patas na minha cintura e me penetrou, que medo, tentei tirar ele de cima de mim, só que au fazer força ele acabou de me penetrar de vez e estocava com força e bem rápido, eu gemia e gritava de prazer, tava muito bom, eu transando com um cão, nunca tinha imaginado, mas como estava muito molhada entrou fácil e tive a impressão que aumentando de tamanho ou ia socando mais, ai eu tive tantos orgasmos que comecei a tremer muito, jack baforava mas não parava e eu gozava, realmente descobri o que é virar os olhos, ai o JACK deu umas estocadas mais longas e soltou um tipo de uivo baixo, senti o pênis dele latejando dentro de mim, ele tava gozando, ele forçava e eu tremia de prazer, ele parou, tirou o pênis de uma vez e já foi me lambendo, ai gozeeeeeeeeeeeeeeeei
novamente, sentei no chão tremula sem forças, dormi e até hoje não fiz mais, tenho vontade, principalmente quando o meu namorado me deixa a ver navios, depois conto outras coisa que fiz, com o cão é só esse, estou descobrindo o que é zoofilia, vi na internet e li contos, comigo foi sem querer que aconteceu mas foi MARAVILHOSO até hoje eu sonho e me masturbo lembrando, beijos até outro dia



Foto 1 do conto: Jack me fez tremer

Foto 2 do conto: Jack me fez tremer

Foto 3 do conto: Jack me fez tremer



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

Enganei o bobinho