Minha esposa e meu grande amigo de trabalho


BY: contosclassicos
Ola amigos, oque venho aqui contar a vcs, aconteceu realmente essa semana. Me chamo Antonio e minha esposa Regina, temos 35 e 31 anos, casados a 9 anos, ela e uma tremenda gata, tem 1,74 de altura, pele branquinha e loira, por onde passa chama atenção. Bom vamos ao fato acontecido, tenho um amigo que trabalha na mesma area que eu, porem mora em outra cidade, e sempre que vem a nossa cidade ele dormia em nossa casa, desde a primeira vez que a Regina o viu ficou morrendo de tesão, mas por se tratar de um amigo de trabalho fiquei um tanto quanto recioso de lhe contar sobre o meio liberal e que nós eramos desse meio. Portanto da ultima vez que esteve em nossa casa, não aguentamos e armamos uma situação para que nós ficassemos juntos. Chegei em casa com ele era por volta das 21:00 hs, porem já havia mandado uma msg para a Regina que ele estava na cidade e estaria indo para casa com ele, assim que chegamos ele tomou um banho eu tb, e ficamos batendo um papo na sala, a Regina arrumou a cama para as nossas filhas na sala e como sempre ele foi dormir no quarto das meninas. Nós deitamos eu e a Regina e ficamos conversando como iriamos fazer, então tive a ideia de ir até o quarto dele e dizer a ele que nós tinhamos a fantasia de tranzar com mais um cara, e que ela o achava muito bonito e gostoso e que com ele ela tinha coragem, pois ela sentia que ele era uma pessoa de confinça. Nesse momento ele ficou louco disse que nunca tinha pensado nisso e que ela não deixava transparecer que ela tinha coregem pra tal coisa. Assim eu sai do quarto dele e fui para o nosso, e disse a ela que eu tinha contado e que agora era com ela. Ela se levantou, colocou uma minuscula calsinha e foi ate o quarto. Eu fiquei esperando por alguns minutos na cozinha, e quando chegei ao nosso quarto ela já estava com ele na nossa cama, e ele o chupava muito fortemente a deixando louca de tesão. Começamos a ficar juntos os 3, hora eu a chupava e ela o chupava o pau, hora chupava o meu pau e ele a bucetinha. Assim ficamos por um tempão. Em um determinado momento começei a beijar ela e dizer que ela poderia dar para ele sem camisinha, que eu tinha confiança nele e que queria depois comer ela com a buceta cheia da porra dele. Nesse momento eu coloquei ela de 4 e começei a meter nela bem gostoso, e ela a chupar o pau dele, depois eu fiquei sentado na cama e ele foi pro traz e meteu a pica na buceta dela sem dó. Ela gritava de tesão e demostrava que estava gostando muito, ela ficou por cima dele , depois por cima de mim e ficamos nessa meteção até que nao aguentamos mais e gozamos muito gostoso todos os dois em cima da bariguinha dela. Depois disso tomamos um banho e fomos todos dormir. No dia seguinte mais uma vez ficamos juntos, primeiro ela foi para o quarto dele e la tranzaram bem gostoso e eu ficava observando pela porta entre aberta ele metendo gostoso nela, e ai depois vieram para o nosso quarto e ficamos juntos, porem ele não conseguiu gozar pois tinhamos ido a um barzinho antes e ele bebeu um pouco a mais, o pau duro como uma pedra mas não conseguiu gozar, por fim eu a comi bem gostoso e ela estava com a bucetinha toda meladinha e larga como o corninho dela sempre gosta. Na ultima noite dele em nossa casa, fizemos uma janta, e depois de jantados fomos nós dois para a sala ver tv, e ela ficou na cozinha arrumando as coisa, nesse momento peguei meu celular e mandei uma msg no dela dizendo que naquela noite eu queria provar o gosto da bucetinha dela com a porra dele la dentro, ela mandou resposta que me daria leitinho quentinho na boquinha. Passado algumas horas eu acabei por bater um sono, e fui para o nosso quarto deitar, e acabei dormindo, ela fez as crianças dormirem, nosso amigo tb foi para o quarto dormir e depois que todos ja estavam dormindo ela foi para o quarto dele e la meteu gostoso sozinha com ele, e fez com que ele gozasse dentro dela, depois veio ao nosso quarto me acordou com beijinhos me acariciando pegando no meu pau se ajuelhou em cima do meu rosto e colocou a buceta na minha boca e despejou toda a porra do meu amigo em minha boca e me dizia " Limpa corninho a bucetinha da sua putinha, bebe toda a porra do seu amigo que eu se que vc gosta" Aquilo eu quaze morri de tezão. Delicia ver aquela porra saindo de dentro dela e eu sentido aquele gosto delicioso misturado com o gozo dela tb.Limpei tudinho e depois ela veio e sentou no meu pau. Fiquei metendo nela por mais de 1 hora até que gozei em cima da bunda dela bem gostoso. Tomamos um banho e fomos dormir abraçadinhos, eume sentindo o corno mais feliz do mundo. Hipoctras os cornos que não assumem que tem desejo de pegar a mulher dele com a bucetinha cheia de porra do outro e deixar limpinha, é uma delicia isso. Agora e esperar a proxima estadia do nosso amigo em nossa casa. Comentem

                                

Foto 1 do conto: Minha esposa e meu grande amigo de trabalho



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
13192 - A carona
6809 - Ele desejou
 


Próximo Conto

O meu amigo e minha mulher