EU E DUAS COLEGAS


BY: casauser80548
Meu nome é Marcos... 40 anos, este fato aconteceu quando fui chamado a sala do diretor para uma reunião sobre um projeto em desenvolvimento juntamente com minhas colegas Silvia 30 anos e Carla 27... o projeto estava em fase final devendo alguns ajustes operacionais no que ao termino da conversa o diretor sugeriu que nos três viajássemos para no local da obra definir o restante do projeto...
Acertamos tudo para a semana seguinte nossa viagem... Silvia uma louca cabelos pelos ombros com uma bunda muito gostosa que deixava todos os homens da empresa de pescoço virado mas que vivia em brigas constantes com o marido sendo atualmente atravessava mais uma crise matrimonial... Carla tb casada cabelos mexados tb pelos ombros fisicamente chamava atenção os seios fartos uma delicia... com um cara bem mais velho já ouvira comentar superficialmente algumas carências afetivas em virtude das constantes viagens do marido... esse era o quadro matrimonial das minha colegas de trabalho e agora de viagem... estávamos neste projeto a 5 meses e nos dávamos muito bem tendo algumas liberdades piadinhas elogios mais íntimos... as duas já se conheciam mesmo antes de entrar na empresa eram muito amigas.
Uma semana de afastamento, que ótimo, foram unânimes em dizer que aquela viagem chegaria em bom tempo, estavam precisando dar um tempo sair da cidade e da rotina casa trabalho... fizemos planos marcamos hotel elas dividindo um apartamento eu sozinho e claro...
Na segundo pela manha nos encontramos no aeroporto... chegamos no meio da tarde em nosso local de destino sendo recepcionado pelos nosso cliente que depois de um rápido para nos levou ate o hotel... marcamos então uma reunião para a manha do dia seguinte... o hotel muito confortável subimos para os apartamento e como era final de tarde um calorzinho gostoso elas ligaram me convidando para aproveitarmos o resto da tarde na piscina do hotel... desfiz minha mala ajeitei tudo e algum tempo desci... fiquei impressionado ao ver minhas colegas usando biquínis que realçavam seus corpos, era a primeira vez que nos víamos assim de forma mais despida... claro que rolou piadas comentários mas a impressão foi a melhor possível. Carla tinha um par de seios que me deixou louco e o biquíni ainda realçava mais ainda... entre um mergulho e algumas brincadeiras já que a piscina estava praticamente vazia aproveitei para tirar uma lasquinha... entre um mergulho e um “caldinho” passei a mão de leve no bumbum da Silvia mais risonha e descontraída aceitava e um momento que abracei por trás dando um beijo no pescoço... ela se virou me chamando de tarado mas de brincadeira... sendo que Carla na borda da piscina disse...
-- hum acho que o Marcos vai ter que dar um tempo para sair da água... no que Silvia disse que pelo que sentira no bumbum seria um bom tempo... elas riram... pensando que iria me intimidar sai da piscina... as duas se olharem me chamando de louco Sandra olhando pros lados para ver se ninguém vinha... meu pau duro marcando visivelmente o volume na sunga... depois se olharam naqueles rizinhos de mulher que gosta do que viu...
-- hum interessante... falou Carla...
-- hum parece o tamanho ideal... disse Silvia...
-- e isto que ele ta acomodadinho descansado... elas riram me chamando de convencido... mas é claro que eu estava brincando meu cacete tava que nem uma pedra... me deitei em uma cadeira cama ao lado da Carla... Sandra a toda hora de brincadeira ajeitava os óvulos olhando para meu volume... mas tudo no maior clima de gozação... mas com um fundinho de verdade...rs..rs.. estava começando a escurecer quando resolvemos subir para os apartamentos... combinamos de jantar no restaurante do hotel... quando nos aproximamos do elevador havia chegado uma escursão... fomos os primeiros a entrar o pessoal entrou lotando elas usavam cangas amarradas nas cinturas.. Carla virou o rosto falando no meu ouvido... é só o elevador que tem que subir... Sandra tb sacou e as duas riram... puxei as duas para próximo e falei no ouvido...
-- isto depende... então levai uma mão em cada bunda... elas não esperavam e deram uns gritinhos algumas pessoas de viraram e ficou uma situação muito engraçada nos três rimos ninguém entendendo nada mas continuei alisando as bundas por cima do fino tecido das cangas... quando descemos as duas correram atrás de mim pelo corredor.. rindo... combinamos de jantar por volta das 21 horas... liguei o ar tomei uma ducha me deitei na cama como vim ao mundo... próximo ao horário combinado acordei com a compainha do telefone... era Sandra... falando que estavam terminando de se aprontar para o jantar.... disse que iria me vestir...
-- vestir? Então vc ta peladinho? Alguns rizinhos ela continuou... nossa que desperdício.... ao fundo ouvi Carla... falar... olha que nos vamos ai te agarrar...
Quando cheguei ao restaurante elas me esperavam...
-- mas assim vcs vão me enlouquecer... elas riram... e Carla comentou...
-- e isto ai amigo, nos decidimos que somos solteiras não queremos saber de marido família vamos curtir a vida nestes cinco dias...
-- é mesmo, queremos mais é provocar... riram.. sentei, olhando mais detalhadamente, usavam minissaias que nunca vestiram na empresa.. revelando pares de coxas grosas e Carla uma blusa um pouquinho mais degotada... pedimos um drinque antes do jantar... conversamos um pouco sobre nosso projeto para a reunião do dia seguinte... mas era difícil manter a conversa seria por mais de 5 minutos sempre um largava uma piadinha sacana... Carla chamando atenção da sua amiga para algum homem em outra mesa Sandra tb aprontando... fizemos o pedido, salada e um grelhado... e um bom vinho branco gelado.... após o jantar e com ajuda da segunda garrafa de vinho elas estavam mais risonhas ainda... os comentários sobre os hospedes eram mais sacanas possíveis...
-- há mas aposta que aquele cara não e tão gostoso como o nosso... falou Sandra colocando a mão ma minha coxa por baixo da mesa tendo a toalha que ia ate o chão nos cobrindo...
-- há sua safada e por isto que fez questão de sentar no cantinho perto do Marcos...
-- não seja por isto vem mais pra ca... falei... ela riu mas não se aproximou... enquanto Sandra mexia com o braço mas na realidade sua mão estava parada sobre minha perna... olhando pra amiga fez cara de tesão...
-- hum ta começando a ficar durinho...
-- não aperta sandrinha seja mais carinhosa... rimos da Carla que tentava esticar o pescoço para ver o que estava acontecendo que na realidade não rolava nada... Sandra voltou a colocar a mão sobre a mesa quando o garçom trouxe a sobremesa... logo depois Carla aproximou a cadeira da minha...
-- há e assim? Falou Sandra...
-- eu tb sou filha de deus querida... coloquei o braço por cima dos ombros...
-- ai para Marcos e só de brincadeirinha... rimos...
-- eu sabia que ela ia amarelar... disse Sandra... e Carla olhando baixou o braço colocando tb a mão na minha coxa... eu e claro fiz todo aquele tiatrinho... mas depois de um tempo para minha surpresa ela começou a passar de leve a ponta do dedo sobre meu pau... ainda havia meia garrafa de vinho... somos para o jardim ao lado da piscina que não havia ninguém... me sentei entre as duas servindo nossas taças...
-- nossa que vinho bom... disse Sandra...
-- eu já to meia tontinha... quero ver acordar amanha... falou Carla..
-- deixa que eu te acordo com mil beijinhos... e virei o rosto dela dando um selinho... no que ela deu um grito...
-- seu louco para mas que coisa... enquanto Sandra ria...
-- amiga vc parece uma adolescente virgenzinha, um selinho não tira pedaço de ninguém não é Marquinho... e levando a mão ao meu rosto colou de leve os lábios aos meus...
-- desse jeito vão nos expulsar do hotel... disse Carla.. rimos... coloquei os braços para trás sobre os ombros delas as puxando para mais próximo... então aconteceu algo que gostei.. a luz do jardim apagou ou apagaram ficamos com a claridade da p lua e luzes ao longe...
-- hum agora ficou melhor ainda.. disse Sandra me dando outro selinho... virei para Carla que tentou fugir mas consegui outro selinho... levei a mão tocando os seios ela tirou minha mão... Sandra pegou no pe dela mais uma vez...
-- ai tadinho Carlinha o Marco ta muito carente não e querido...
-- to sim... dei um beijo mais gostoso em Sandra... toquei o seio ela não falou nada...
-- hum to sentindo que tem um “moço” que ta querendo carinho... disse rindo descendo a mão passando na minha perna.. eu vestia bermuda... então Sandra desceu a mão enchendo no meu pau...
-- hum que delicia... virei a beijando mais uma vez...
-- nossa vcs quere se comportar? Falou Carla mas com voz mais clama e foi colocando a mão por baixo da minha camiseta passando os dedos sobre meus mamilos... nossa não tava acreditando aquelas duas me arretando daquele jeito que delicia... virei o rosto beijando Carla que correspondeu plenamente.. e depois senti sua mão tb tocando meu pau... ficamos assim um bom tempo... ate que Carla disse que já passava da meia noite era melhor subirmos.... no elevador beijei as duas... e quando ia para o quarto delas fui barrado..
-- há vcs não vão fazer isto comigo...
-- não leva a mão querido mas amanha e nosso primeiro dia deixa rolar... falou Carla... e Sandra apesar de todo o tesão que estava sentindo falou com a voz da razão... resolvi entender ate porque as coisas estavam bem encaminhadas... fui para meu quarto.
No dia seguinte 7 horas em pe... tomei banho vesti terno naquela calor todo nos encontramos no restaurante para o café... que já foi um papo de trabalho... um carro da empresa nos esperava na portaria do hotel...
REUNIÃO pela manha almoço reunião a tarde mais reunião nossa que loucura... aquilo foi o dia inteiro ate as 20 horas... quando chegamos no hotel cansados... subimos para os quartos, tomamos banho descansamos um pouco uma hora depois nos encontramos no restaurante... pedimos uma bebida antes do jantar conversando sobre o dia de trabalho... depois do jantar subimos para o apartamento delas a fim de usando o computador realizar algumas alterações no projeto... enquanto tomávamos outra garrafa de vinho... terminado o trabalho fomos para a sacada onde havia um pequeno sofá sentamos eu no meio... Carla apagou as luzes apenas a claridade que vinha da rua iluminava...
-- ta agora chega de trabalho gente... falei
-- olha só que lindo esse marzão... disse Carla...
-- lindo esse mar a lua bom para namorar falou Sandra... passei de leve a mão no seu corpo principalmente as coxas apertando chamando ela de gostosa... segurei seu rosto dando um beijo na boca... ela correspondeu plenamente passando a mão no meu corpo...
-- hum não faz assim que vc me deixa com tesão... ela veio mordendo de leve meu lábio inferior... toquei o seio ela suspirou... quando senti a mão da Carla acariciando minhas costas... comentando...
-- hum esse clima, o vinho isto não vai dar certo... deu uma risadinha... me virei pra ela... passando a mão no seu rosto... dando uns beijinhos no pescoço ela passando os dedos entre meus cabelos suspirando....
-- eu acho que tem tudo pra dar muito certo entre nos três... falei elas deram risadinhas... as mãos deslizando pelo meu corpo... dei um beijo forte de língua em Carla... que ao seprar se abanou...
-- hum que gostoso querido... entreguei as taças de vinho e propus um brinde...
-- somos todos bem crecidinhos e sabemos o que estamos querendo, então esses dias que vamos passar aqui vamos deixar rolar sem restriçoes... o que vcs acham? Elas se olharam riram e brindamos... nosso pacto estava feito... voltei abraça-las alternando beijos e carícias de leve sendo plenamente correspondido... elas cada vez mais entrando no clima...
-- tira essa camiseta... pediu Carla... as mãos deslizando pelo meu peito...
-- gostoso... falou Sandra aproximando os lábios do meu peito passando a língua em meus mamilos... enquanto Sandra ia abrindo minha bermuda puxando para baixo... a mão correu pela minha coxa subindo ate meu pau coberto pela sunga... apertando de leve....
-- como é gostozinho o nosso colega... mais beijos carícias...
-- mas vcs estão muito vestidas meus amores... com ajuda as blusas foram despidas... mais um tempo estavam de calcinha e sutiã...
-- deixa eu ver o que todo mundo na empresa morre de tesão...   levei a mão passando nos peitoes.. da Carla... ela sorriu me olhando.. beijei por cima... vc adora me provocar com aqueles degotes chegou a hora...
-- eu provocando nunca fiz nada... falou com jeitinho dengoso ela levou a mão atrás abrindo o sutiã segurando na frente fazendo um charminho para tirar... beijei o pescoço e fui baixando...
-- hum que lindos carlinha... levei a mão tocando seios fartos mantendo rigidez durinhos os mamilos grandes...
-- deixa eu ver se ta gostando mesmo... Sandra levou a mão passando sobre meu pau por cima da sunga... beijei os seios da minha colega ela suspirando...
-- hum que gostoso Marcos... suspirou Carla... me virei para Sandra abrindo o sutiã...
-- agora a tua vez querida...
-- os meus são tão pequeninhos perto desses peitoes... ela riu passando de leve a mão nos seios da Carla...
-- mas são muito gostosos...
-- vamos ver esse garoto... falou Carla levando a mão por dentro da minha sunga tirando meu pau pra fora...
-- hum que delicia... disse Sandra... tocando meu pau ao mesmo tempo a puxei beijando os seios dela... senti a boca da Carla beijando meu pau...
-- deixa eu chupar um pouco... falou Sandra que juntou-se amiga, começaram a beijar meu pau por baixo e foram subindo ate a cabeça disputando meu cacete uma delicia quando chegaram na cabeça as língua se tocando e logo rolou um beijinho entre elas...
-- assim que gosto então vcs duas gostam de brincar... elas deram uma risadinhas e Carla comentou...
-- nos somos muito amigas... Sandra sorriu e mais um beijo...
-- adoro duas mulheres assim se beijando... incentivei elas colaram as bocas para um beijo de lingu amais demorado sem largar meu pau... foi uma loucura... o sofá estava pequeno... entramos ainda em pe na frente da cama tirei as calcinhas abrasando elas beijando uma e outra nossos corpos todos juntos... os seios se encostando... elas se abrasaram de frente para um beijo mais gostoso fiquei ao lado passando a mão nas bundas principalmente da Sandra que era um bundao grande gostoso... fui por trás esfregando meu cacete no rego...
-- vcs são muito gostosas minhas putinhas... elas gemendo eu tocando os seios de uma e outra...
-- ai isto quero ser bem puta para vc meu querido.. disse Carla... segurando meu pau...
Me deitei no meio da cama ela se agacharam uma de cada lado me chupando por mais um longo tempo ate que Sandra foi a primeira sentou entre minhas pernas e foi deixando o pau descer...
-- hum que delicia vc vai adorar ele carlinha... disse Sandra que lentamente desceu todo o corpo e depois começou a subir...
-- vem aqui Carla quero sentir o gostinho dessa xoxota... ela ficou com meu rosto entre suas coxas me deixando lamber a xoxota olhei pelo espelho da parece elas se beijavam na boca nos seios uma delicia enquanto Sandra subia e descia no meu pau eu lambia Carla... depois de um longo tempo elas gozaram... então trocaram de lugar... Carla adorou meu cacete cravado na boceta... se mexeram me alucinando depois de gozaram não agüentando mais pegaram meu pau para uma chupada gozei na boca rosto seios elas se beijaram lamberam os corpos se esfregando...
-- hum foi muito gostoso... falou Carla... que foi tomar um banho fiquei curtindo uns arretinhos com Sandra... quando ela saiu nos entramos no banho.... beijos carícias... ela me chupando mais uma vez.. Sandra saiu primeiro do banheiro... me sequei saindo quando chego ao quarto elas estão deitadas de ladinho se beijando acariciando... fiquei curtindo... passando a mão nos corpos nas bundas nas xoxotas...
-- vem Sandrinha fica de 4 querida... ela atendeu elevando aquela bunda gostosa... enfiei na xoxota segurando pela cintura fui cravando ela gemendo Carla se ajoelhou ao meu lado beijando minha boca passando a mão no meu corpo.. e no da amiga tb... depois juntou-se de 4 ao lado.. enfiei o dedo na xoxota enquanto comia a outra depois troquei enfiando o dedo na Sandra ficquei assim invertendo uma e outra... ate elas gozaram...
-- agora quero comer essa bunda gostosa... falei pra Sandra que se deitou de ladinho... ela bem molhada na xoxota chegou a escorrer para o cuzinho o que facilitou mais ainda... Carla quir ver de perto aproximando o rosto olhando de pertinho meu cacete que ia entrando naquele cu delicioso... uma tesão... cravando ela passando a língua na xoxota da amiga de ladinho começaram um 69 muito gostoso as vezes tirava meu pau dando pra Carla chupar e voltava a entrar no cu da Sandra...
-- ai que gostoso Marcos isto assim come meu cu me deixa louca... bombei com tudo ate ela dar um grito e gozar... não perdi tempo e fui para trás da Carla que já me recebeu molhadinha, com ajuda da Sandra que abriu bem o cu da amiga entrei... elas continuaram no 69 foi maravilhoso... e no final fiquei em pe na cama elas deitadas juntinhas os seios grudados e dei um banho de porra nos peitos rostos elas dando gritinhos de estase... caímos na cama os três satisfeitos adormecendo...
Despertei no meio da madrugada com a garganta seca.. levantei a procura de água, abri o frigobar vazio... Sandra tb despertou fazendo o mesmo pedido... falei da nossa situação... sugeri que fossemos para o meu quarto..
Sandra vestiu uma camiseta em cima do corpo nu o suficiente para alguns passos pelo corredor que naquela hora estava vazio... matamos nossa cede, resolvi tomar uma ducha rápida, quando sai do banheiro fiquei adimirando o corpo gostoso nu da minha colega estendido em minha cama... me deitei ela virou-se de lado fui me aconchegando por trás dando alguns beijinhos no pescoço...
-- ai Marquinhos deixa eu dormir...
-- hum vc ta uma tesão querida... minha mão deslizando pela coxa subindo ate tocar no seio beijando mais no pescoço...
-- ai querido deixa eu dormir fica quietinho... pediu toda sonolenta, mas era tarde meu pau estava duro... desci a mão por trás passando na bunda os lábios da xoxota expostos pela posição dos joelhos dobrados... ao toque dos meus dedos fui sentindo ela molhada mais e mais... Sandra continuava quieta com os olhos fechados... passei a cabeça do cacete entre os lábios e fui penetrando...
-- ai seu safado... disse ainda meia sonolenta... enquanto eu entrava mais no seu corpo.. tirei o pau voltando a entrar lentamente, comecei a ouvir seus suspiros que logo eram gemidos...
-- ai seu safado que gostoso... comecei a cravar com mais força e algumas cravadas ela deu uma gozadinha... tirei o pau encostando no cuzinho...
-- ai não Marcos to com sono querido...
-- deixa eu comer essa bundinha...
-- ai não no meu cuzinho não... falou daquele jeitinho meio dengoso que me deixa louco de tesão... ela tentou se virar a segurei firme pela cintura e dei uma cravada mais forte a cabeça entrando...
-- ai não Marcos...
-- fica quietinha querida sei que vc gosta de dar essa bundinha... entrei mais um pouco...
-- ai seu malvado... hum... aiii.... aiii.... meu pau foi entrando mais e mais comecei a movimentar segurando pelos seios beijando de leve no pescoço ouvindo ela suspirar gemer...
-- ai malvado hum que gostoso ai me come hum isto assim vai come a tua putinha enfia tudo no meu cu vai goza bem gostoso... suas palavras me deixaram com mais tesão ainda em poucos movimentos gozei bem gostoso e adormeci com o pau dentro daquela bunda gostosa... aos poucos fui sentindo meu cacete sair e peguei no sono de vez.
Despertei com a campainha do telefone...
-- seus fujões... falou Carla do outro lado da linha... olhei pela cortina o sol começava a bater em nossa janela passava das 8:30... como só tínhamos compromisso próximo ao meio dia poderíamos esticar nosso descanso... Sandra dormia tranqüila de bruços... dei um beijinho naquela bunda gostosa vesti um calção e foi para o outro quarto... a cama estava vazia o barulho do chuveiro... me despi entrando no Box... abraçando Sandra que estava linda água correndo pelo corpo os seios fartos gostosos com os bicos saltados... nos abraçamos e um beijo demorado de língua...
-- então é assim, vcs fogem me deixam sozinha é... contei o motivo da nossa saída... pegando o sabonete passando no seu corpo...
-- mas agora estou aqui para te dar um bainho... passei em todo seu corpo meus dedos tocando a xoxota a bunda e principalmente os seios... ela foi se excitando me acariciando... o desejo aumentando... desligamos água nos secamos e fomos para a cama... me deitei ela veio me beijando... segurando meu pau...
-- acordei cheia de tesão... disse Carla... que desceu o rosto levando meu pau a boca numa gostosa chupada... parecia faminta, os lábios a língua descendo pelo meu saco ate passando no meu cu o que me deixou com mais tesão ainda... depois de se farta com as chupadas ele veio sentando de frente no meu cacete... foi a minha vez de chupar os seios grandes gostosos dando algumas mordidinhas nos bicos... ela subindo e descendo gemendo...
-- ai que tesão Marcos a muito tempo que não era comida assim... quero dar pra vc todos os minutos desses dias... Carla ficou assim ate gozar varias vezes depois deitou-se se acomodando subi colocando meu pau entre os seios e partimos para uma gostosa espanhosa... uma delicia, ela com aqueles peitos fartos apertava meu pau entre os seios dando chupadas na cabeça ate tomar toda minha porra... cai pro lado e ai foi a minha vez de pedir trégua e dormir por mais uma hora.
Despertamos passava das 10 horas com a entrada da Sandra, deixei as gurias e fui para meu quarto me aprontar... nossa do hotel próximo ao meio dia, fomos para a empresa onde fomos convidados para um churrasco com alguns fornecedores.. uma delicia depois passamos o resto do dia com muito trabalho. Quando o expediente terminou saímos pela cidade para umas comprinhas básicas jantamos retornando para o hotel... tomei um banho descansei um pouco e fui ao quarta das minha colegas... Carla estava no banho Sandra havia saído a pouco enrolada em uma toalha secava os cabelos na frente do espelho... me atirei na cama conversando sobre o trabalho olhando o jornal na tv, mas a a visão da minha amiga enrolada em uma tolha de banho que mal tapava aquela bunda Maravilhosa acendeu meu desejo... me levantei aproximando por trás abraçando encostando meu rosto junto ao seu pescoço... sentindo o perfume gostoso... encostando meu pau...
-- ai querido vc me matou na noite de ontem ainda to com sono...
-- mas foi por um bom motivo, vc não gostou? Ela virou o rosto me beijando na boca...
-- claro que sim querido... levei a mão tirando a tolha olhando aquele corpo gostoso nu...
-- ai deixa terminar de secar meu cabelos fica quietinho...
-- pode continuar, não estou segurando tuas mãos... ela riu voltando a ligar o secador de cabelos enquanto minhas mãos tocavam os seios apertando os bicos me esfregando no seu corpo... quando sentir ela arrepiadinha... comecei a passar a pontada minha língua nas costas dei vários beijinhos e com a ponta da íngua desci desde a nua pela coluna ate a bunda passando no rego deu um arrepido dando um gritinho...
-- nossa mas já? Parece que vcs estão no cio... falou Carla que saiu do banheiro nua.. com uma toalha secando os cabelos nos observando...
-- esse tarado que não me deixa em paz... disse Sandra gemendo quando sentiu minha língua descer tocando o cuzinho...
-- ai safado que gostoso...
-- inclina um pouco pra frente querida? Ela desligou o secador   apoiando as mãos no balcão... minha língua deslizou pelos lábios da xoxota sentindo seu gostinho... lambi enfiei a língua... uma delicia por um longo tempo ela gemendo mais e mais fazendo com que Carla aumentasse mais o som da tv para não chamar atenção... depois dela gozar pedi que ficasse de 4 na beira da cama, tirei minha camiseta e a bermuda meu pau duro detalhe que não passou despercebido por Carla...
-- hum que delicia vem aqui só um pouquinho... inclinou dando uma chupadinha básica no meu cacete... me liberando para sua amiga... dei mais algumas lambidas na xoxota e comecei a enfiar meu pau, que gostoso a boceta parecia que sugava meu cacete... a segurei pela cintura começando a me movimentar com mais força...
-- ai que tesão vai meu macho isto assim me come... hum que tesão enfia esse pauzao todo na minha xoxota... comecei a cravar com mais força ela gemendo gritando de tesão gozando... Carla se aproximou pelo lado passando a mão nas costas e depois deu uma palmada na bunda da Sandra...
-- olha só que bundona gostosa ate eu fico com tesão de comer essa bunda gostosa... Carla me beijou a boca depois inclinou passando a mão nos seios dela e lhe beijou a boca... Sandra era só gemidos e gritinhos... veio pro meu lado me beijando a boca...
-- deixa eu beijar esses seios gostosos... ela subiu na ponta da cama colocando os seios na minha boca enquanto continuava a comer a xoxota da Sandra... que depois de um tempo deu um grito gozando mais profundamente... mas continuei dentro... então Carla foi ate a cômoda voltando com um creme passando...
-- quero ver vc comendo esse cu bem gostoso... disse passando bem em cima...
-- ai não de novo não... disse Sandra...
-- fica quietinha sua puta, seu que vc adora ser enrabada... falou Carla dando mais algumas palmadas o que a deixava louca de tesão a mim tb... tirei o pau da boceta...
-- vem carlinha da uma chupada antes... prontamente ela mamou bem gostoso... depois posicionou no cuzinho da Sandra veio pra trás me abraçando, o contado da sua xoxota na minha bunda suas mãos passando no meu peito apertando meus mamilos me deixou com mais tesão ainda...
-- vai macho tesudo enfia esse cacete no cu da minha amiga... Carla por trás me empurrava controlando meus movimentos... uma delicia fui forçando cravando com mais tesão foi muito gostoso Sandra abraços alguns travesseiros para abafar seus gritos de tesão ao mesmo tempo Carla continuava se esfregando em mim me deixando louco beijando meu pescoço orelha eu aumentando as cravadas... sentia os bicos dos seios da Carla em minhas costas nossa duros uma tesão...
-- ai goza comigo Marcos vai enche meu cu de porra ai vai goza tudo dentro do meu cuzinho... aiii... vaiiii... aiiiii ... agoooraaa... aiiiiii então acabei no mesmo instante derramando tudo dentro uma delicia e Carla que ao mesmo tempo estava se masturbando tb gozou... quando tirei o pau Sandra caiu na cama imóvel... Carla me virou dando um longo beijo...
-- hum que delicia... querido... ela segurando meu pau... depois falou no meu ouvido...
-- vou te dar um tempinho mas eu tb quero levar esse cacete... olhamos para a cama nossa amiga havia pego no sono de vez...
-- não tem melhor remédio para pegar no sono que esse aqui... disse Carla apertando meu pau...
-- tem sim essa aqui... levei a mão tocando a xoxota.. nos beijamos
-- vem querida vamos deixar a Sandra dormir tranqüila essa noite vc vai dormir comigo... ela sorriu me beijando pegando suas roupas e fomos para meu quarto...
Tomei um banho bem relaxante... quando sai Carla havia arrumado a cama ajeitando os travesseiros... me acomdei...
-- Carlinha pega uma cervejinha querida....
-- claro que sim, tudo o que vc quiser... eu ali bem acomodado aolhando aquela mulher gostosa andando pelo quarto aqueles peitos deliciosos balançando conforme seus movimentos... veio serviu em um copo colocando ao lado...
-- agora vem aqui minha gostozinha... ela sorriu subindo na cama se aconchegando ao meu corpo apoiando a cabeça no meu peito... beijando de leve passando a mão no meu peito... decendo passando os dedo no meu cacete... nas coxas... foi baixando a cabeça começando a dar uns beijinhos de leve na cabeça... quando meu pau estava duro ela esfregava o bico do seio bem em cima da cabeça... e depois me dava para sugar fazendo sentir meu gosto atravez do seio... uma delicia... ficamos nesta brincadeira me deixando com mais tesão ainda... Carla sabia como deixa hum homem louco de tesão... sua língua desceu pelo saco levantou minha perna chegando ate meu cu sua língua era uma delicia... ao contrario da Sandra, Carla gostava mais de controlar a situação quando bem excitada veio por cima encaixando meu pau na xoxota desceu o corpo... nossa que gostoso quando mais eu beijava aquelees seios mais vontade tinha...
-- ai que tesão Marcos isto querido mama meus peitos hum como eu gostoso de sentir uma boquinha neles isto assim morde os biquinhos ai que gostoso... ela ia subindo e descendo meu deixando louco com esses movimentos ela subindo e descendo no meu cacete ate gozar... levei a mão por tras passando o dedo no cuzino ela suspirou...
-- vem minha putinha senta nele...
-- ai Marcos assim vai doer...
-- não doe não vc controla querida... ela levantou o corpo ajeitei bem na entrada ela foi baixando o corpo e controlando a penetração... e com algumas caretas e ais a safadinha foi engolindo meu pau...
-- ai nossa que gostoso Marcos hum como é bom... ao mesmo tempo eu tocava um siririca beijando os seios tudo ao mesmo tempo e tivemos um orgasmo maravilhoso resultando em uma noite de sono relaxante...
A quinta seria o nosso ultimo dia e ultima noite, nosso vôo de retorno fora antecipado pela chefia da matriz para a sexta pela manha... O dia foi de muito trabalho finalizando o projeto, total sucesso em nossa missão...
A noite não foi diferente das outras... jantamos fora do hotel... no quarto delas as duas me deram um banho que foi uma delicia... na cama assisti um chouzinho lésbico que foi o Maximo... beijos carícias e um 69 que me deixou louco... mais tarde Carla e Sandra disputaram meu pau com lábios e língua só parando para longos beijos ao mesmo tempo que eu tocava as xoxotas enfiando dedos em todos os buraquinhos fazendo elas gozaram com minhas carícias e para encerrar o primeiro tempo as duas pediram uma gostosa acabada em seus rostos seios... no que cada uma lambem no corpo da outra minha porra não desperdiçando uma gota... um providencial banho e novamente na cama os três... muita transa encerrando com uma gostosa penetração nas bundinhas para finalizar com chave de ouro...
Descobri em Carla e Sandra ótimas amantes sem duvida alguma aqueles dias pareceu estar no paraíso, qualquer homem sonha com isto ter duas mulheres ao mesmo tempo na cama e quando acontece com a intensidade e cumplicidade como descrevi é sem dúvidas a melhor transa que um homem pode ter.
Depois que voltamos para nossa cidade e por conseguinte rotinha mantemos nossa promessa de não transar... mas o desejo depois de uma semana ia aumentando a cada dia...
Dois meses depois Sandra chegou com uma expressão diferente no rosto... então nos comunicou que seu marido recebera um convite irrecusável para trabalhar em Portugal... só ai que percebemos que existia entre nos três muito mais que uma simples atração e tesão.. era um carinho muito grande, então nos permitimos uma ultima noite em um motel... foi maravilhoso...
Eu e Carla sentimos muito a falta da nossa colega, amiga e amante, conversamos por fone emails mas a sua falta era grande...
Com Carla ainda tive algumas transas embora continuasse com toda sua carga de sensualidade sentíamos a presença da nossa amiga e resolvemos não transar mais...
Alguns meses depois eu recebi uma proposta de outra empresa e com a mudança de cidade nos afastamos terminando assim o trio de carinho tesão paixão, mas ficou para sempre marcado em nossas lembranças as noites que passamos.





Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

Eu e meu primo no carro