Olhando minha esposa sendo arrombrada


BY: casalml
Olá amigos, meu nome é Marcos, tenho 30 anos, sou casado com a Luana, ela tem 26 anos, é morena, 1,70, 55 kl, tem uma bunda grande e arrebitada, seios médios, cabelos cacheados. Sempre tive a fantasia de vê-la sendo comida por outro macho, e principalmente se fosse bem dotado, e sempre falei isso pra ela, mas ela não aceitava muito, sempre dizia que me amava e que não conseguiria me trair. Mas de uns tempos pra cá ela vinha mudando de idéia e parecia estar aceitando minha proposta e foi então que planejei tudo. Falei pra um amigo meu a minha fantasia e ele até ficou surpreso e disse que eu era louco, mas adoraria comer minha esposa, pois achava ela muito gostosa e me confessou que sempre teve vontade de comer aquela bunda dela. Combinei tudo com ele e marquei de ele ir na minha casa num sábado a noite. Estávamos lá eu e minha esposa, e foi quando ele chegou, chamei ele pra sala e ele se sentou no sofá, minha esposa me chamou na cozinha e perguntou o que ele estava fazendo lá, disse pra ela que iríamos tomar umas cervejas apenas, mas ela ficou meio desconfiada. Voltamos pra sala e ficamos tomando e comendo uns aperitivos, num certo momento minha esposa já estava um pouco alta por causa da cerveja e começou a ficar mais descontraída,. E eu já estava ficando excitado de imaginar o que poderia acontecer ali, foi quando comecei alisar seus seios, e ela me olhou de um jeito bem safado e passou a mão em meu pau, foi quando comecei a tirar sua roupa, ela ficou sem nada e chamei meu amigo e disse, pode pegar é toda sua, e fiquei só olhando. Meu amigo abraçou ela, e deu um beijo em sua boca, ela já estava muito excitada e o beijava com muita vontade, ele a deitou no sofá com as pernas abertas e se ajoelhou na sua frente e começou a chupar sua buceta, ela gemia muito e ele chupava com muita vontade, ela gozou umas duas vezes, e então ela disse que era sua vez, ela se levantou e tirou sua camisa, e começou a beijar seu peito, e abaixou sua calça, e pude notar o grande volume de sua cueca, foi quando ela ficou ajoelhada e abaixou a cueca e viu aquele pau enorme, devia ter uns 24 cm e grosso, ela até se assustou, e disse nossa que pauzão, será que vou agüentar tudo isso, e começou a chupar, mas não conseguir engolir muito, só a cabeça e punhetava ele com as duas mãos, ficava passando a língua por toda sua extremidade e lambia a cabeça, ele já não estava agüentando, quando ela parou e ele a colocou de quatro e se posicionou atrás dela, começou a pincelar a cabeça do seu pau na entrada da sua buceta e ela já gemia com vontade, ela pedia enfia esse pau gostoso, mete gostoso na sua putinha, foi quando ele começou a enfiar ela, gritou e ele enfiava devagar, foi entrando, até que entrou metade e ele parou um pouco e deixou ela se acostumar, e começou a fazer movimentou lentos, e foi acelerando, até chegar a um ponto que dava estocadas fortes em sua buceta, ele metia e batia em sua bunda, chamando ela de puta safada, e ela gritava e gemia de prazer, ficaram assim por uma meia hora e ela já devia ter gozado mais uma três vezes, foi quando ele anunciou que iria gozar, ele tirou o pau de sua buceta, e ela se virou e ficou sentada na sua frente, e ele gozou tudo na sua carinha, nossa quanta porra tinha aquele cara, ela ficou toda melecada de porra, e escorria pelo seu corpo. Depois disso ela foi tomar banho, e fiquei conversando com ele, que me confessou que eu tinha sorte de ter uma esposa assim, ela é demais. Se algum homem quiser nos escrever e enviar fotos, estaremos aguandando, um abraço.


Foto 1 do conto: Olhando minha esposa sendo arrombrada



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

 


Próximo Conto

Boquete no Shoping - By MarceloDot