Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

A surpresa que ela + gosta: o outro

Por: Marcos1001 - Categoria: Fantasias

Olá, tenho 43 anos, branco de olhos azuis e minha esposa 42, morena, gostosa, dos peitos grandes, bundona redondinha e belas coxas. Além disso, sabe chupar como ninguém. Já fiz outros contos onde narrei as safadezas que fazemos, e que fez nosso casamento melhorar. Tudo começou quando descobri que ela falava com um garoto no whatsapp e ele se declarava de amores por ela. Tudo está nos outros contos que estão abaixo desse, lá no final da página.
Bom, nesse vou contar uma nova surpresa que fiz pra ela. Ela já saiu umas 2 vezes com ele. Foi delirante, como ela mesmo narrou. Afinal ele tinha apenas 20 anos e muita energia, mas pouca experiência. Nessa eu iria junto pra ver como era, queria muito ver.
Mas ela não gostava da ideia de 3. Então pensei em fazer de um jeito que ela não soubesse e não desse para voltar atrás. Estávamos muito bem no casamento, transando muito e feito loucos, com vontade, tesão e muito prazer. Cada trepada com ela era uma loucura. O garoto fez bem pra ela.
Marcamos uma saída para um shopping onde eu daria alguns presentes pra ela e lá que aconteceria o truque. Marquei com o garotão no mesmo shopping, no mesmo horário. Falei exatamente onde iria estacionar. Combinei que ele entraria no carro que eu deixaria aberto e iria para o porta malas, escondido. Quando eu voltasse iríamos para um motel e ele ficaria lá, quietinho.
E fizemos como o combinado. Falei que iríamos no shopping fazer compras e depois iríamos para um motel passar a tarde e almoçar por lá. Ela amou a ideia. Fizemos as compras e quando voltamos para o carro, tudo normal. Ela nem percebeu que deixei o carro aberto. Fomos para o motel e entramos. Ela queria transar na garagem mesmo, mas eu pedi calma que tinha uma surpresa. Levei uma máscara para os olhos e algemas. Entramos e fomos nos beijando, tirando a roupa e quando ela estava só de calcinha, coloquei as algemas e e o tapa olho. Tirei a calcinha dela e disse que ia chupar até ela gozar e ela já começou a gemer. Mas antes disse que tinha esquecido uma outra surpresa no carro. que ela me esperasse que eu ia voltar chupando aquela buceta linda, capozuda, lisinha, como eu gosto. Ela pediu pra não demorar.
Fui e chamei o garoto. É sua hora. Entramos no quarto sem fazer barulho para que ela não percebesse que tinha 2. Dei a instrução pra ele e tirou a roupa e sem falar nada começou a lamber o grelo dela. Eu fiquei perto da porta, só espiando pela cantinho, olhando a reação. Ela gemia e se contorcia e dizia que eu estava diferente. O que eu tinha feito. Sem responder ele continuou a chupar e ela gozou. Gozou como uma louca e pediu que eu metesse, mas era ele. Quando ele foi em cima dela e meteu, ela percebeu.
Perguntou o que era aquilo e ele tirou a máscara dela. Ela assustada disse: você? Cadê ele. Eu estava escondido e ele disse que ele tinha deixado ela pra mim. E começou a meter com força nela, rápido e ela ainda sem entender começou a sentir tesão e a gozar. Gozou várias vezes e pediu pra ele tirar as algemas. Quando ele tirou ela pulou em cima dele e começou a cavalgar. Com muita força, meteu e gozou forte. Eu apenas espiando, mas ela percebeu pelo espelho, mas continuou. Trepou muito, gozou e fez ele gozar. Eu olhei aquela mulher linda trepando gostoso como uma ninfeta, gozando desesperadamente e sabendo que eu estava ali.Como ela era cachorra, sem vergonha.
Ele exausto com a trepada, disse que ia tomar um banho. Ela foi até a garagem e me chamou: vem! Eu entrei no quarto e ela me levou para a cama e pediu: me come de quatro como só vc sabe. Tirei a roupa e ela fiquei e pé aolado da cama. Ela chupou gostosamente e quando não aguentei mais, subi na cama e comecei a comer aquela buceta que tinha levado muita rola daquele garoto.
Metia e ela gemia, como uma louca, desvairada, até que o garoto saiu do banheiro. Quando viu a cena seu pau endureceu instantaneamente. Ela chamou ele e pediu para que ele colocasse seu pau na boca dela. Eu enfiava naquela buceta linda e ela chupava ele. Saí da buceta dela e me deitei na cama, ela rapidamente entendeu e sabia que eu queria que ela cavalgasse. Ela veio e cavalgou com vontade. Olhava para o garoto e dizia: vou gozar de novo. Eu mamava naqueles lindos peitos deliciosos. Ele tentou ir por trás dela e comer o cuzinho, mas ela disse não, que ali era só meu. Isso me deu um baita tesão. Falei pra ela cavalgar um pouco nele e chupar meu pau, e fizemos isso.
Enquanto ela cavalgava, chupava meu pau. O incrível era o quanto ela gozava. O garoto disse que ia gozar e ela disse ue iam juntos. Me largou e focou nle. Nesse momento eu fui por trás e quando eles gozavam, vi aquele cuzinho piscando. Sem demora coloquei a cabeça do meu pau e a cada piscadinha de gozo, ele entrava um pouco. Ela me olhava e gemia de dor e tesão. Ainda sentia o pulsar daquele cuzinho, mas foi bom pq ela gozava e o cuzinho piscava e eu enfiava. Ela não reclamou muito e quando vi meu pau estava todo dentro dela. Ela disse que nunca tinha sentido aquiloe pediu para que eu enfiasse e bombasse gostoso. Comecei sem parar, e o garoto por baixo metia na buceta dela também. Com desespero ela gritava de tesão, e metemos muito assim até que ela disse que ia gozar.
Ela se levantou e eu a abracei por trás e beijei seu pescoço e continuava a socar minha rola naquele cuzinho. Abracei ela por trás e segurei aqueles peitos deliciosos e ela me pediu para gozar junto com ela. Enquanto isso também rebolava e o garoto disse que ia gozar também. Quando ele gozou, ela sentiu a porra dele e me falou que ele estava gozando que era a nossa vez agora.
E ela me implorou: goza comigo. Eu não aguentei e disse que ia gozar. Ela gozou um pouquinho antes e gemia como se estivesse desmaiando. Senti aquele cuzinho piscando e gozei tudo que podia. Enquanto gozava, ela me beijava e pedia mais.
Fomos à loucura. O garotão estava quase desfalecido. Eu tirei devagarinho meu pau enquanto ela sentia sair e gemia. Ela saiu de cima dele e me chamou para tomarmos banho juntos, na banheira. Eu enchi a fomos. nos beijamos muito na piscina e o manate fcou na cama, só olhando. Sentei na beirada da banheira e ela veio por cima do meu colo, pegou meu pau e colocou na bucetinha dela. Sussurrou no meu ouvido que eu era a melhor coisa da vida dela e que me teria para sempre, que ninguém seria capaz de me substituir. Transamos devagar, gostoso e ela rebolava, abraçada em mim. Falou baixinho no meu ouvido que ia gozar e gozou gostoso. Saiu de cima de mim e se ajoelhou na piscina, no meio das minhas pernas e começou a mamar, a chupar gostoso, devagar om carinho. Depois foi sugando mais forte e me fez gozar naquela boca maravilhosa. Sugou todo o meu esperma, chupou e limpou meu pau com a boca. Tomamos nosso banho e nem pedimos o almoço. Todos nos trocamos e fomos embora. O garotão muito feliz, dizendo que jamais conheceria uma outra mulher como ela. Deixamos ele em casa e fomos almoçar num restaurante. Lá conversamos e ela estava muito feliz e satisfeita.
À noite, em casa, quando fomos dormir teve mais, mas foi aquele sexo devagar, com calma, carinhoso, sem pressa. Deitamos de ladinho, de conchinha e meti naquela buceta gostosinho até gozar. Adormeci com meu pau dentro dela e ficamos a noite toda assim, dormindo, pelados, agarrados. Pela manhã fizemos mais, foi uma delícia, e hoje ela transa comigo coo se fosse a primeira vez, sempre, com vontade, com tesão, até a próxima surpresa, que eu não sei ainda qual será, mas vai ter, com certeza.

Comentarios

amei d+, fiquei excitada, pena que estou sozinha em casa, mas toquei uma siririca bem gostosa. Será que ela não aceita sair nós 3, eu adoraria ter um homem assim, que me desse essas surpresas. Vocês são demais!!!

Por:Luly em 20/04/2018 04:44
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2018 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados