Logo casa dos contos
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Fudi a Minha Amante Grávida.

Por: Pretonegao - Categoria: Heterosexual

Olá pessoas.. vou me identificar aqui como Jeff.. o que aconteceu comigo foi um relato muito gostoso, atrevido e safado. Tenho uma amante que se chama Samy , uma gordinha baixinha linda de rosto, cabelos longos , um par de tetas maravilhosamente gigantes e duros . Uma gordinha com tudo em cima .toda durinha é muito safada...uma puta de verdade. Isso aconteceu quando ela estava no período de gravides,, digo que ela é puta pois mesmo casada e grávida ela dava a xota pro Negão aqui com vontade. Deixava de trepar em casa pra trepar comigo . Num belo dia chamei samy para fazermos nosso sexo safado como sempre fazíamos , só que dessa vez ela queria que foce em sua casa.. ela já estava com 6 pra 7 meses então a barriga dela estava imensa..e eu sou maluco feticheiro por fuder mulher grávida. E assim fizemos , tive um pouco de receio de ir a casa dela pois o marido poderia chegar , mais ela me garantiu que isso não aconteceria , então fui até sua casa , ela estava com um decote que deixava seus peitões super avantajados e pulando pra fora. Já era gigante por Natureza e cheio de leite entao parecia que eles iam explodir .. cheio de veias duros e com o bicão super rígido.. eu adorei aquela cena , ver minha puta grávida me pedindo pra ser fudida na casa, na cama onde ela dorme com seu maridinho corno. Ela estava com um shortinho pequeno e sem calcinha , eu prontamente já fui botando aqueles melões de vaca pra fora e comecei a mamar com força que chega já tava saindo leite daquelas tetas , apertava uma teta e a outra eu ordenhava aquela vaca com a boca.. ela foi agachando devagarinho e botandoeu cacete pra fora já foi abocanhando meu cacete preto cabeçudo e grosso, a boquinha dela era pequena mais ela sabia engolir uma vara como ninguém.. ela mamou agachada como se foce uma cabrita esfomeada,, e disse :
-vem pirocudo, vem esfolar minha xota aqui na cama onde eu durmo com meu marido corno.
-enche meu rabo e minha xota de leite.
-come sua vaca vai seu puto .
Eu logo a coloquei na cama de 4 e passando a língua em seu cu rosado ela piscava o cu que chega prendia minha língua no seu rabo.... A xota daquela vadia estava inxarcada e logo encostei a cabeçorra do caralho na entrada e empurrei com força.. nossos sexos sempre foram muito selvagens e agressivos , com tapas , socadas firmes e fortes..e assim foi.... Mesmo grávida eu a segurei pelos braços ,ela de 4 inpinando o rabo eu bombava na sua xota como um cavalo no cio ela gritava e mandava fuder a vaca dela sem pena... E foi assim até ela ganhar seu bebê.. e até hoje FUDEMOS muitoooooooo
Acho até que um dos seus filhos possa até ser meu , mais como ela tem o corno que assume todos os filhos , então assim ela faz... Eu fodo, encho sua buceta de leite e depois de 9 meses o corno assume .. abraços....

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario Pretonegao
Por: Pretonegao
Codigo do conto: 13808
Votos: 0
Categoria: Heterosexual
Publicado em: 16/04/2018

Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2018 - CasaDosContos.com - Todos os direitos reservados