FODIDA PELO PILOTO MACHÃO


BY: Caca
Depois de tentar a faculdade não quis mais e resolvi tentar outra coisa, o curso de comissária de bordo, no Aeroclube de são paulo, adoro estar nesse meio, sempre gostei e achei lindo, farda e uniforme pra lá e pra cá, e um pessoal muito charmoso.

Fui me informar certo dia á respeito do curso, chegando lá hummm... que delícia de homem ...um gostoso foi mostrar a escola pra mim, era um piloto, moreno cabelo lisinho , nem curtinho mas tbm não era grande, 1,70 de altura mais ou menos, sobrancelhas grossas e olhos bem negros, pele bem morena, uns 25 anos, lembrava um pouco um ìndio, todo fortinho e o melhor...o uniforme. Quando ele chegou e se apresentou como piloto e instrutor da escola quase não consegui nem responder, fiquei babando literalmente pela aquela delícia, mas com muito custo saiu um..

-Oi muito prazer, sou a Cacá e quero conhecer a escola e saber sobre o curso

E ele todo simpático, me levou pra conhecer a escola, falando...falando...falando...e eu não conseguia prestar atenção em nada, olhando a bunda dele quando ele virava de costas e me imaginando metendo com ele dentro de um avião daqueles que estava lá. Mas aí comecei a pensar poxa eu sou casada ele tem aliaça na mão esquerda, deve ser casado tbm e eu aqui esperando o que, pra eu sair daqui sem pelo menos dar uma pegadinha no pau dele... só se eu tiver ficando maluca de dispensar uma delícia dessas, e duvido que ele resista, e continuamos á andar pela escola. Me mostrou até um modelo de avião que tinha, abriu a porta e falou pra eu olhar por dentro, já pra provocar coloquei o pé no apoio subi e fiquei de quatro na asa do avião e ainda abaixei pra olhar direitinho né rsrsrs, percebi que olhou meu rabinho e ficou encabulado passou a mão na cabeça parecia preocupado em não trair sua esposa. Levantei e elogiei dizendo que gostava muito de aviões. Depois fomos andando pelo outro lado ele encostou próximo de uma porta

-Aqui é a sala da turma de comissários

E eu já mal intencionada, pedi pra entrar pra ver, ele abriu a porta e fui atras me fingindo de distraída e esbarrei nas costas dele, mas fui seca pra pegar no pau dele, não peguei mas consegui passar a mão

-Ai desculpa, eu estava olhando pro outro lado e não vi que você tinha parado na minha frente

Mas ele percebeu o que eu realmente queria fazer

-Não foi nada, ainda bem que foi de uma mulher se não ia ficar meio constrangedor

Ainda brinquei:

- É ainda mais que você é casado né, se alguém visse ia pegar mal rsrsrs

-Pois é... sou casado mas não sou de ferro, com todo respeito, essa esbarradinha que você me deu encostando a mão aqui em baixo...fiquei animado rsrsrsr

Eu ri meio sem graça e pensando "tá funcionando"...mas respondi bem cara de pau já que ele tinha tocado no assunto:

-Que bom que você percebeu minha mão, pelo menos não perdi o trabalho de te dar a esbarradinha rs

-Ah então foi de propósito???

-Claro que foi, ou você acha que eu sou boba de perder uma oportunidade dessas?

-Então aproveita que a demonstração é só hoje..

Fechou a porta com a chave, fora do horario de aula não circula ninguém, só os funcionários da escola, mas como lá é muito grande as chances de alguém querer entrar na sala eram mínimas ainda mais com a porta trancada, pois ele tinha as chaves. Continuamos naquele amasso, eu sentia o pau dele durinho na minha perna, aí enlouqueci, peguei na gola da camisa dele, lambia o pescoço dele, beijava e chupava a lingua dele, rodava a minha lingua na boca dele até do lado de fora, lambia a cara dele toda, me jogou sobre a porta prendendo meus braços, me cheirava, apertava meus seios, me mordia,cheirava minha bucetinha por cima da calça:

-Sua buceta tá cheirando de longe, na hora que você me cumprimentou já senti o cheiro gostoso que ela tem e já fiquei todo aceso

-Hummm como você é safado,uau...assim eu vou ficar meladinha, de ouvir você falar essas coisas, tem essa cara de santinho, usa essa aliança no dedo pra que? Se a intenção é afastar as mulheres, comigo não funciona, adoro gostosões casados assim como você

-Ah é sua putinha? Vou te mostrar o safado

Ele puxou o botão da minha calça com tanta força que o zíper estourou e o botão se perdeu pela sala em baixo das cadeiras

-Pode ficar molhadinha, fica que eu já te dou um trato aqui mesmo

Peguei no pau dele

-Eu quero isso aqui, eu quero rola, surra de pau na minha cara

-Vou te dar sua safada...

Nem esperei,desabotoei o cinto dele abaixei a calça até os pés, só deixei a cueca, eu lambia o pau dele por cima da cueca e ele segurava minha cabeça

-Ai...continua que tá muito bom

-Bom vai ficar agora delícia

Tirei o pau dele pra fora pela perna da cueca, ohhhhh que rola mais gostosa e perfeita, grossa que parecia uma tora, cabeçuda do jeito que eu gosto e toda meladinha parecia um morango de tão vermelinha, enfiei logo na boca, ele deu até um suspiro, eu sentia os espasmos dele , ele pressionava minha cabeça contra a rola dele puxando meus cabelos

-Agora minha vez, chupa minha periquita um pouquinho chupa, você disse que ela tá cheirosa do jeito que você gosta, aproveita e lambe todo o melzinho

Ele puxou minha calcinha de lado e lambia minha virilha, e foi subindo, chupou meu grelinho que até puxei o cabelo dele rsrsrs, e continuou chupando

-Isso chupa gostoso...chupa direitinho pra sair melzinho na sua boquinha

Ele levantou de repente

-Vai melar minha rola de melzinho

E posicionou aquela tora na minha bucetinha tão apertada e meteu sem pausa, enfiou tudo de uma vez dei até um gritinho, doeu um pouco, mas depois foi ficando bem melado, aiiii como entrava e saia lisinho...

-Tá gostando safadinha?

Eu mal conseguia responder com aquele macho me arrombando

-Aaaaai...que delícia mete mais, soca com força, pode arrombar, mete gostoso mete...mete...

Eu dava tapas na cara dele e ele gemia

-Bate mais sua puta, bate que eu fico mais louco de tesão, judia que eu sou seu

-Hummmm....bom saber, agora você é meu, tenho um piloto só pra mim...

Quando olhei e vi ele gemendo com os olhinhos fechados não aguentei, a gozada já avisava que tava pertinho e falei que eu ia gozar

-Então goza no meu pau cachorra, goza...

-Aiiiiii to gozando...

Minha buceta latejava e apertava o pau dele, na verdade o pau dele era tão grosso que minha buceta nem tinha espaço suficiente pra latejar, o que me deixava mais louca ainda

-Nossa, que gozada gostosa você deu sua safada melou todo meu pau, agora minha vez de melar você

Me mandou ficar de quatro apoiada numa cadeira e começou a socar, e como socava forte, eu sentia as bolas dele batendo na minha bunda, ainda bem que ele nem pediu pra foder meu cu se não iria me arrombar rsrsr, mas se ele pedisse eu não negaria rsrs. Dava estocadas cada vez mais fortes e rápidas, e finalmente...

-ah eu vou gozar...

Tirou o pau fora da minha bucetinha e deixou em cima da minha bunda e colocou as mãos na cintura, bem pose de machão,eu sentia a rola dele pulsando na minha bunda e espirrando porra nas minhas costas e cabelos, porra quente cheirando macho, deu um tapa na minha bunda lambeu minha buceta enquanto eu ainda estava de quatro. Se vestiu. Eu subi na mesa do instrutor fiquei agachada de frente pra ele abri bem as pernas e mijei a frente da sala toda, ele não acreditava que eu estava fazendo aquilo

-Você é maluca, depois vão me perguntar o que aconteceu aqui

-È simples, só falar que não sabe kkkkkk

Lambi os dedos e a mesa cheia de xixi, esfreguei a buceta melada na calça preta dele kkkk, ficou toda esbranquiçada de gozo,me vesti demos o ultimo beijo e saímos, em agosto deste ano começo o curso rsrsrsrs...estou ansiosa rsrsrr





Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

TREPADA COM O PROFESSOR VALENDO NOTA!