MEU PRIMO ESPECIAL SEXTA PARTE


BY: betoleandro
OLÁ A TODOS, SOU JUSSARA. TENHO 20 ANINHOS, MAGRINHA, TENHO 1.55 CM TENHO 45 KG, SOU BRANQUINHA COM CABELOS PRETOS, QUE VÃO ATE A CINTURA ME CRIEI NUMA FAMILIA NUMEROSA DE MULHERES, PARA MIM O CONTATO COM O MUNDO DO SEXO SE INICIOU LOGO CEDO, POR SER UMA FAMILIA MUITO NUMEROSA, AS CONVERSAS E ATE MESMO PRESENCIAR ALGUMAS TRANSAS ESCONDIDA ATRAS DAS PORTAS, OU OUVINDO OS GRITOS DE GOZOS ALUCINANTES, ENTRE MEUS PAIS, TIOS, TIAS, PRIMAS, QUE NÃO SE IMPORTAM ERM ESTRAVAZAR SUAS LUXURIAS, ESPECIALMENTE QUANDO NOS REUNIMOS NA FAZENDA DO MEU AVÔ RUI, COM SEU PENIS SUPER AVANTAJADO, QUE MUITO PRAZER TEM DADO A MINHAS PRIMAS, SUAS NETINHAS GULOSAS E PERVERTIDAS, QUE SE TRANSFORMARAM EM SUAS FIÉIS MESSALINAS, IGNORANDO O PARENTESCO, NA VERDADE FOI ELE QUE ME AGUÇOU E DESPERTOU MEU DESEJO AINDA JOVEM, POIS BEM, NO FINAL DE ANO DE 2013 NOS REUNIMOS NA FAZENDA DE VOVÔ, ESTAVA TODA A FAMILIA, ERA UMA FESTA PARA COMEMORAR O NATAL, ENTRE A TURMA DO GRUPO, ESTAVA O ROBSON NOSSO PRIMO QUE MORA EM NATAL, E COMO A MAIORIA DE NOSSOS PARENTES SÃO MULHERES, OS HOMENS QUE PARTICIPAVAM DA FESTA, ERA MEUS TIOS, VOVÔ, O ROBSON E OS EMPREGADOS DA FAZENDA, MAIS RESOLVI ME APROXIMAR DO ROBSON, POIS QUERIA CONFERIR AS INFORMAÇÕES DAS MINHAS PRIMAS, SOBRE O TAMANHO DO SEU PAU, COMO EU TINHA TRANSADO COM ALGUNS GAROTOS DA MINHA ESCOLA, ONDE NÃO TINHA ENCONTRADO NENHUM AVANTAJADO, CONFORME DESCREVERAM AS MINHAS PRIMAS MAGDA E FERNANDA, ELE PERCEBENDO MINHA APROXIMAÇÃO ME OLHOU DE FORMA COMO SE ESTIVESSE LENDO MEUS PENSAMENTOS, A CONVERSA DO GRUPO ERA EM TORNO DA SUA VIDA EM NATAL, AS PRAIS, SHOPING, BALADAS, COMO EU ERA A MAIS NOVA DO GRUPO, FIQUEI A OBSERVAR A CONVERSA, QUANDO ELE ME FALA, SENTA AQUI CONOSCO JUSSARA, AI DEIXOU UM ESPAÇO PARA MIM NO BANDO DE MADEIRA GRANDE , AO SENTAR MINHA SÁIA SUBIU UM POPUCO DEIXANDO MINHAS COXINHAS AMOSTRA, ELE OLHA DE RELANÇE COMO SE ESTIVESSE ME ANALIZANDO, LHE DEI UM SORRISOCOMO QUE AGRADECENDO PELO SEU OLHAR, SENTI QUE ALGO IA ACONTECER ENTRE NÓS, DAÍ FOMOS CHAMADOS PARA IR ALMOÇAR, QUE O ALMOÇO ESTAVA SENDO SERVIDO, , AS MINHAS PRIMAS SAIRAM NA FRENTE ME DEIXANDO A SÓS COM ELE, SO ENTÃO ELE ME FALA, BELAS COXINHAS VOCE TEM, VOCE UMA MAGRINHA BEM GOSTOZINHA, IMAGINO QUE VOCE JA TENHA NAMORADO, É MUITO LINDINHA PARA ESTA SOZINHA, , QUASE QUE NÃO CONSIGO FALAR DE TANTA EMOÇÃO, LHE DISSE ESTOU SOZINHA, TERMINEI O NAMORO HA UNS DOIS MESES, HUMM. RESMUNDO ELE, ENTÃO ESTA CARENTE MINHA LINDINHA, QUEM ME DERA SER EU SEU NAMORADO, COM ESTE CORPINHO LINDO QUE VOCE TEM, NÃO ARRANJA OUTRO NÃO TÁ, FALEI HORA PORQUE NÃO, VOCE JA TEM SUA NAMORADA, ELE ME FALA, DEPOIS DO ALMOÇO A GENTE VAI TOMAR BANHO NO RIO, VOCE ESTA CONVIDADA, FIQUEI EUFORICA, ATE PASSOU A VONTADE DE IR COMER, MIS MESMO ASSIM SEGUIMOS PARA ONDE ESTAVA O RESTANTE DO PESSOAL, A ALEGRIA ERA GERALELE FOI SE SENTAR JUNTO DAS DEMAIS PRIMAS, ME DEIXANDO SOZINHA, PENSEI QUE CARA CONVIDA UMA GAROTA PARA FICAR COM ELE E LOGO DEPOIS A DEIXA SOZINHA, SENTEI -ME NUM CANTO, QUE FICAVA DE FRENTE PARA ELE, NOSSOS OLHARES SEMPRE SE CRUZAVAM, ELE SORRIA PARA MIM, TERMINADO O ALMOÇO ELE CONVIDOU AS MENINAS PARA IREM PARA O RIO TOMAR BANHO NA CACHOEIRA, NOTEI QUE ELAS NÃO ESTAVAM MUITO INTERESSADAS, ENTÃO PENSEI, MELHOR ASSIM, FUI AO QUARTO, COLOQUEI UM SHORT DE MALHA CURTINHO, COM UMA BLUSINHA QUE EIXAVA A BARRIGUINHA DE FORA, ELE ME VENDO ASSIM COMENTOU, NOSSA QUE CORPINHO MARAVILHO, ESTOU QUASE TE AGARRANDO AQUI MESMO, FALEI SE COMPORTE, NÃO VENHA ME EXPOR, INFORMAMOS QUE IA PARA A CACHOEIRA, MINHA MÃE FALOU, ROBSON, TOME CONTA DELA, AINDA NÃO SABE NADAR, ELE DISSE, DEIXA COMIGO TIA, , SAIMOS E QUANDO PASSAVAMOS PELO ESTABULO, OUVIMOS RELINCHO DOS CAVALOS, ELE ME CHAMOUI PARA OLHAR OS ANIMAIS, AO ENTRAMOS NO GALPÃO NOS DEPARAMOS COM UM CAVALO, COBRINDO UMA EGUA, O MACHO ESTAVA MORDENDO A CLINA DA EGUA, SE MOVIA ENFIANDO SEU CACETÃO DESCOMHUAL ATE AS BOLAS TOPAR, AQUILO ME EXCITOU DE IMADIATO, ELE PERCEBENDO ME ABRAÇA POR TRAZ, COMO ELE É BEM MAIS ALTO DO QUE EU SENTI EM M INHAS COSTAS APRESSÃO DO SEU CACETE, FICAMOS OBSERVANDO O CAVALO, DE REPENTE ELE, DESLIZA SUA MÃO EM DIREÇÃO A MINHA BUCETINHA E A OUTRA ALIZOU MEUS PEITINHOS, SUBI AS NUVENS, O CONTATO DAS SUA MÃOS, MAIS A VISÃO DO CAVALO SOBRE A EGUA ERA DEMAIS, FORÇEI MINHA BUNDINHA PARA TRAZ, ELE ME APERTOU MAIS AINDA, SUA MÃO FOI ADENTRANDO DENTRO DO MEU SHORTINHO TOTANDO MEUS PELINHOS RALOS, ELE ME BEIJOU NO PESCOÇO, PASSANDO A LINGUA ATE MINHA ORELHA.ME ARREPIEI TODA, NÃO RESITI E SOLTEI UM GEMIDO HAAANNNNNNNNNN, EU NÃO TIRAVA OS OLHOS DO CAVALO, ELE AGORA ESTAVA PARADO. NISSO FOI SAINDO DE CIMA DA EGUA RETIRANDO SEU ENORME CARALHO DA EGUA, QUANDO A CHAPELETA SAIU DA BUCETA DA EGUA, TROUXE UMA GRANDE QUANTIDA DE PORRA JUNTO, QUE MOLHOU O CHÃO, UM MACHO MESMO SENDO ANIMAL SABE AGRADAR SUA FEMEA, FOI CHEIRAR A BUCETA DA FEMEA, SENTI UM GRANDE DESEJO DE SER PENETRADA, EU ESTAVA COM UMA VONTADE LOUCA DE SER PENETRADA, ENTÃO FUI ME VIRANDO ENTRE SEUS BRAÇOS, AO FICAR DE FRENTE PARA ELE, PERCEBI QUE SEU CACETE ESTAVA ENORME EMBAIXO DA BERMUDA, SO AI LEMBREI DAS CONVERSAS DAS PRIMAS, LEVEI A MÃO A SEU CACETE E ALIZEI SOBRE O TECIDO, ELE ME FALA, EI LINDINHA, CUIDADO, POSSO NÃO ME CONTROLAR, FALOU ISSO ME BEIJANDO, SENTI SUA LIGUA QUERENDO ENTRAR EM MINHA BOCA, ABRI DEIXANDO-A ENTRAR, CONTINUAVA SEGURANDO SEU CACETE, QUE ENCHIA MINHA MÃO, ERA QUENTE E PULSAVA, ENTÃO ELE TIRA SUA BOCA DA MINHA E FALA, VAMOS SAIR DAQUI, NÃO QUERO SER PEGO POR UM EMPREGADO DE VOVÔ, EU NÃO QUERIA SAIR DALI, QUERIA MESMO ERA TIRAR SEU CACETE PRA FORA DA BERMUDA E CHUPAR ELE ALI MESMO, MINHAS PERNAS ESTAVA UM POUCO TREMULA PELO DESEJO, SENTI QUE MINHA BUCETINHA ESTAVA DANDO CONTRAÇÕES, SAIMOS EM DIREÇÃO A CACHOEIRA, PRATICAMENTE A GENTE IA QUASE CORRENDO COM ELE SEGURANDO MINHA MÃO, AO CHEGAR NA CACHOEIRA ELE JA FOI TIRANDO SUA BERMUDA FICANDO COM O SGORT DE LYCRA, MEGULHOU NO POÇO INDO EM DIREÇÃO A QUEDA DAGUA, ME JOGUEI NA AGUA ATRAZ DELE, , AO CHEGAR AS PEDRAS ELE ME FALA, VEM VAMOS PASSAR PELA QUEDA DAGUA, AQUI ATRAZ TEM UMA GRUTA, ELE MERGULHOU DESAPARENDO POR TRAZ DA CORTINHA DAGUA, FUI ATRAZ,, AO PASSAR PELA AGUA ME DEPAREI COM UMA GRUTA QUE MAIS PARECIA UMA SALA, A PEDRA ESCURA ERA LISA , MAIS PARECIA UM PALANQUE, FOUI ME ABRAÇANDO A ELE, AGORA EU PODIA FAZER O QUE QUISESSE COM ELE, ESTAVA PROTEGIDA PELA CORTINA DAGUA, ELE NÃO PERDEU TEMPO, JA FUI TIRANDO MINHA BLUSA, AO VER MEUS PEITINHO PEQUENOS COMENTOU, QUE LINDOS, PARECE DOIS LIMÕES, ACARICIOU PRENDENDO EM ENTRE SEUS DEDOS LONGOS, A AGUA FAZIA UM BARULHO ENORME, ENTÃO LHE DIGO, FAÇA DE MIM O QUE QUISER, HOJE QUER ME SCIAR NESTE CACETE ENORME, TIRA O SHORT, DEIXA EU VÊ-LO, ELE SE DEITOU NA PEDRA E FALOU, PORQUE NÃO TIRA VOCE MESMA, FIQUEI A SEU LADO E FUI SOLTANDO O LAÇO QUE PRENDIA SEU SHORT, ELE CRUZOU AS MÃOS PARA TRAZ, APOIANDO A CABEÇA, FUI PUCHANDO SEU SHORT, SEU CAETE ESTAVA INCLINADO PARA BAIXO, ASSIM FOI APARECENDO O DORÇO DO SEU CACETE, COMO ERA GROSSO EM SUA BASE, MAIS PARECIA MEU ANTE BRAÇO, NÃO SEI COMO EU IA AGUENTAR TODA AQUELA GROSSURA EM MINHA PEQUENA BUCETINHA, FUI ARRIANDO ATE QUE SEU CACETE SE LIBERTOU, PELO TAMANHO NÃO FICOU RIGIDO, TAMBEM NÃO ERA PARA MENOS, MESMO SENDO EU UMA INCIANTE, SABIA QUE ELE NÃO PODIA MANTER AQUELE CACETÃO EM PÉ, POIS JA TINHA VISTO VARIOS FILMES, ONDE OS ATORES FICAVA SEGURANDO EM SEUS CARALHOES PARA MANTELOS FIRMES, A SUA CABEÇO MAIS PARECIA UM COGUMELO GIGANTE, SEGUREI EM SUA BASE MAIS MINHA MÃOZINHA NÃO O ABARCOU DEIXANDO OS DEDOS SEM SE ENCONTRAR, PENSEI, VAI SER DURO COLOCAR ELE EM MINHA BUCETA, OS GAROTOS COM QUE JA TREPEI NEM DE LONGE SE COMPARAVA A ELE, SE FOSSEM MEDIR SEUS CARALHOS COM CERTESA IAM MORRER DE VERGONHA, AI ELE ME FALA, CHUPA LINDINHA, NÃO PERDI TEMPO, FUI PARA CIMA DE SUAS PERNAS ME SENTEI, AI ELE ME FALA, NÃO VAI TIRAR SEU SHORTINHO,, TIRA QUERO VER SUA BUCETINHA, PERCEBI LA NO ESTABULO QUE TEM POUCOS PELOS, REALMENTE MEUS PELINHOS SÃO AINDA RALOS, COM FIOS LISINHOS, EU QUE ESTAVA HIPONOTIZADA COM SEU CARALHÃO, ME LEVANTEI FICANDO DE PÉ, FUI ARRIANDO O SHORTINHO COM CALÇINHA E TUDO, ELE ME FALA, QUE LINDA BUCETINHA VOCE TEM OLHANDO DAQUI, ME SENTI ELOGIADA, NÃO EXISTIA BARREIRA E PUDOR ENTRE NÓS, ATE PARECIA QUE A GENTE JA TINHA FICADO ANTES, TAL QUAL ERA A LIBERDADE DE LINGUAGEM , LHE SORRI, ELE FALOU, VEM , ME CHUPA, QUE SENTIR SUA BOQUINHA, FUI ME ABAIXANDO, FIQUEI DE JOELHOS, SEGUREI SEU CACETÃO AO MEIO, O TROUXE ATE MINHA BOQUINHA, BEIJEI SUA CABEÇA, ERA LISINHA E CHEIROSA,, ALISEI DANDO-LHE UMA PUNHETADA, RODANDO MINHA MÃO EM VOLTA DA GLANDE, SO AÍ LEVEI ATE MINHA BOCA, PERCEBI QUE NÃO SER TÃO FACIL COLOCAR AQUELA CABEÇONA DENTRO DA BOCA, ABRI O MAXIMO, SENTIDO MEU MAXILAR DOER, MESMO ASSIM CONSEGUI COLOCAR A CABEÇONA, , SO QUE ENCHEU MINHA BOQUINHA ME CAUSANDO FALTA DE AR, RESPIREI PELO NARIZ NÃO QUERIA TIRA-LO DA BOCA, TENTAVA MASSAGEAR COM MINHA LINGUA, MAIS MINHA BOQUINHA ESTAVA TOTALMENTE PREENCHIDA, PASSADO UM TEMPO LHE SUGANDO EU OLHAVA PARA ELE, QUE TINHA UM SORRISO MUITO SAFADO ESTAMPADO EM SEUS LABIOS, ELE TIROU OS BRAÇOS QUE APOIAVA SUA CABEÇA, ACARICIOU MEUS CABELOS, AFASTANDO DOS MEUS OLHOS, ENTÃO ME FALA, VENHA MAIS PARA CIMA, QUERO TE BEIJAR, SENTA EM MEU CACETE, QUERO SENTIR SUA BUCETINHA, TIREI O CACETE DA BOCA, SOLTANDO SEU CACETE, FUI SUBINDO EM SUAS COXAS. MINHA BUCETA ENCOSTOU EM SEU CACETE, QUE FICOU PRESO ENTRE MINHAS COXAS, OLHEI PARA SEU CACETE E IMAGINEI, NOSSA COMO É GROSSO, EU SENTIA SEUS PENTELHOS, ROÇANDO MINHA BUCETA, E A CABEÇONA DO SEU CACETÃO PASSAVA MUITO DO SEU UMBIGO, , ME MOVI SOBRE ELE, A QUENTURA DO CACETÃO, ENTRE OS LABIOS DE MINHA BUCETA QUE ESTAVA AGORA SEPARADOS, COM UM PÃO CRIOLO, EU DESLIZAVA MOLHANDO TODA A ESTENÇAO DO CACETÃO COM MEU LIQUIDO VAGINAL, SOLTO TANDO LIQUIDO, QUE QUANDO GOZO, SE ESTIVER POR CIMA DO GAROTO DEIXO ELE TODO ENSOPADO, CHEGO A EJACULAR COMO FAZ OS GAROTOS, NOS BEIJAMOS, AGORA SIM, EU ME SENTIA A GAROTA MAIS FELIZ DO MUNDO, ESTAVA REALIZANDO MEU SONHO, MAIS RAPIDO DO QUE TINHA IMAGINADO, TINHA TODO AQUELE CARALÃO A MINHA DISPOSIÇÃO, IA MATAR MEU DESEJO, SUBI MAIS O CORPO, DESTA VES AGORA FOI MEUS PEITINHOS QUE FICARAM A ALTURA DA SUA BOCA, ESTAVA DOIDA PARA ENFIAR SEU CARALHO EM MINHA BUCETINHA, SO NÃO SABIA COMO, MAIS QUE IA ENFIAR EU IA SIM, COM OS MOVIMENTOS, SEU CARALHÃO ESTAVA SE ENCAIXANDO NA ENTRADINHA DA MINHA BUCETINHA, LEVEI A MÃO PARA TRAZ, SUSPENDI O CORPO FICANDO QUASE DE COCARAS, AI PINCELEI SEU CACETE NA BUCETA, ERA TANTO LIQUIDO QUE SAIA DE MIM, QUE ESCORRIA PELO SEU CACETE, EU PERCEBIA, POR DEIXAR MINHA MÃO TODA MELADA, OLHEI PARA O MEU DAS COXAS, MINHA BUCETINHA ESTAVA TODA OCUPADA PELA DIMENSÃO DA CABEÇONA DO SEU CACETÃO, NÃO IMPORTYAVA DE IA DOER OU NÃO , SE JA ENTROU OUTROS CARALHOS NÃO TÃO GRANDE E GROSSO COMO O DELE, TAMBEM ENTRARIA O SEU, ENCAIXEI E FUI BAIXANDO, A CABEÇONA ESTAVA NA ENTRADINHA DA BUCETINHA, PENSEI QUE IA DOER, MAIS NÃO DOEU, ACHO QUE MEU DESEJO ESTAVA ME ANESTESIANDO, DESCI MAIS UM POUQUINHO, SEMPRE OLHANDO PARA BAIXO, AI VI SUA GRANDE DESAPARECENDO,, ELE ENTÃO ME FALA, LINDINHA VAI COM CALMA, NÃO QUERO QUE VOCE SE MACHUQUE, SEI QUE TENHO UM PAU GRANDE, PRECISA SE ACOSTUMAR TA BEM, QUANDOSENTI QUE A CABEÇONA JA ESTAVA DENTRO DA BUCETA, FUI ME DEITANDO SOBRE ELE, AGARREI EM SEUS OBROS, QUE ME SEGURAR, PARA PODER ME MOVIMENTAR, EU ESTAVA LITERALMENTE ESPETADA, EM SEU CACETE, COMESSEI A ME MOVER, SEU CACETÃO IA ENTRANDO, ERA GOSTOSO A MACIEZ DO SEU CACETE, TALVES POR NÃO FICAR TOTALMENTE DURO MAIS ERA RIGIDO, COMESSEI A SENTIA MAIS PRAZER, PERDI O MEDO, POIS PENSEI QUE IA DOER MUITO, MAIS MINHA LUBRIFICAÇÃO ESTAVA AJUDANDO, ELE COMESSOU A LEVANTAR O CORPO, PARECIA QUE QUERIA ENFIAR MAIS SEU CACETE EM MINHA, EMPURREI O CORPO MAIS PARA TRAZ, AI SIM ENTROU UNS CENTIMENTROS, MINHA BUCETINHA ESTAVA AGORA TODA ALARGADA, EU NUNCA TINHA SENTIDO NADA IGUAL, GRITEI DE PRAZER UUIIIIIIIIIIIIIIIIII , UUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ISSO E MUITO GOSTOSO, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, TA DOENDO PERGUNTA ELE, TA NÃO, TA NÃO, ESTA ME ALAGANDO TODA, MAIS É BOM, , MEXE, MEXE, MAIS MAIS, VAI, VAI, AI SEGUROU EM MINHA CINTURA E ME EMPURROU PARA BAIXO, SEU CACETÃO ENTROU MAIS AINDA, SENTI QUE ALGO ESTAVA TOCANDO DENTRO DE MIM, SEU CARALHO TINHA ENCOSTADO NA PAREDE DO MEU ULTERO, MEU CORPINHA MAGRINHO NÃO TINHA ESPAÇO SUFICIENTE NO CANAL VAGINAL PARA ACOMODAR TANTO CACETE, AI COMESSEI A GRITAR QUERO GOZAR, QUERO GOZAR, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, SOCA, SOCA, ELE LEVANTAVA O CORPO ME LEVANDO JUNTO COM ELE, SO ENTÃO LHE PEDI, VEM POR TRAZ, VEM, VEM, ADORO QUE ME COMA ASSIM, ELE PEDIU PARA EU SAIR DE CIMA DELE, QUANDO SEU CACETÃO FOI SAUINDO DE DENTRO ME MIM, AGORA PARECIA ESTA MAIS DURO, ME IMPRECIONEI DE AQUELE MONSTRO ESTAVA DENTRO MIM, ERA ALGO IMCOPATIVEL EU TÃO MAGRINHA AGAZALHANDO TAMANHO CACETÃOSEU CACETÃO FICOU EM RISTE, FIQUEI DE QUATRO ELE INDO PARA TRAZ, DEU UM TAPINHA E MINHA BUNDINHA E COMENTOU, VOCE ESTA ME SURPRENDENDO MINHA MAGRINHA LINDA, GUIOU SEU CACETÃO ENCAIXOU E FOI ENFIANDO, NOSSA QUASE DESFALECI, AO SENTIR CACETÃO IR ENTRANDO, COM SUAS MAÕS GRANDES ELE SEGURAVA EM MEUS QUADRIS, ME PUCHAVA DEIXANDO O CACETÃO IR ENTRANDO, AI ME ESVAÍ EM GOZO, , AI MEUS DEUS, AI MEU DEUS, VOU GOZAR, VOU GOZAR, BOTA MAIS, MAIS, MAIS, VEM, VEM, VAMOS GOZAR JUNTO, ELE AGOIRA TINHA OS MOVIMENTOS MAIS RAPIDO ME EMPURRAVA PARA FRENTE ME PUCHANDO DE VOLTA, AI SEU CACETÃO FUICAVA TOPANDO DENTRO DE MIM, SENTI ME FALTAR RESPIRAÇÃO, COM A APROXIMAÇÃO DO MEU ORGASMO, EMPURREI O CORPO PARA TRAZ, COM TANTA FORÇA QUE QUASE O FIZ CAIR DE COSTAS, GRITEI, TO GOZANDO, TO GOZANDO AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ELE ME SEGUROU FIRME, ME PUCHANDO CONTA FORÇA QUE SEUS PELOS ENCOSTAR EM MINHA BUNDASEUS CULHOES ENCOSYARAM EM INHA BUCETINHA, NÃO SEI COMO, MAIS SEU CACETÃO TINHA ENTRADO TODO EM MIM, GRITEI VEM, VEM, VAMOS GOZAR JUNTO AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, NÃO RESISTI, ME FALTOU FORÇA, NAS PERNAS, ELE QUE ME SEGURAVA ME SUSTENTO NO AR, SEU CACETÃO PULSAVA DENTRO MIM, FICAMOS PARADOS, RECUPERANDO NOSSA RESPIRAÇÃO, NISSO ELE FOI ME SOLTANDO DE DEIXANDO DE BRUÇOS SOBRE A PEDRA, DEITOU-SE SOBRE MEU CORPO, COM CACETÃO AINDA DENTRO DE MIM, SENTI A PRESSÃO DA BUCETA IR DIMINUINDO, ELE VAI SE VIRANDO PARA O LADOM RETIRANDO SEU CACETÃO DE DENTRO DA MINHA BUCETINHA, , ENTÃO ME PERGUNTA VOCE GOSTOU LINDINHA, EU ENTÃO LHE RESPONDO AINDA COM A VOZ UM POUCO ROUCA, SE GOSTEI, NUNCA SENTI UM GOZO TÃO INTENSO, PENSEI QUE IA DESMAIAR, EU PERCEBI FALOU ELE, ESTOU IMPRECIONADO COM SEU FUROR UTERINO, JAMAIS IMAGINEI QUE VOCE AGUENTARIA FUDER COMIGO, NINGUEM IRIA ACREDITAR, MAIS VOCE CONSEGUIU, AI LHE PERGUNTEI ISSO É BOM OU RUIM, MUITO BOM COMPLETOU, QUE MAIS EU POSSO QUERER, TEREI BONS MOTIVOS PARA ESTA SEMPRE AQUI, TE ADOREI PEQUENA LINDA, NOS ABRAÇAMOS, TROCANDO BEIJOS GOSTOSOS, SO0 AI NOS LEMBRAMOS QUE PRECISAVA VOLTAR PARA JUNTO DO PESSOAL NÃO SEI QUANTO TEMPO FICAMOS ALI, VESTIMOS NOSSAS ROUPAS, AO MERGULHAR PARA ATRAVESSAR A QUEDA DAGUA, EMERGIMOS OS DOIS, AI NOS DEPARAMOS COM MAGDA, QUE ESTAVA EM PE SOBRE A PEDRA, NOS OLHA COM A CARA MAIS SAFADA E DIZ, ESTE ESCONDERIJO ESTA FICANDO MUITO VISITADO, SORRIMOS E FALAMOS, FOMOS OLHAR COMO É LA ATRAZ, ELA FALA, EU SEI, EU SEI, SAIMOS E FOMOS PARA CASA, MINHAS PERNAS AINDA ESTAVAM BAMBAS,, SENTIA QUE MINHA BUCETINHA TINHA UM ARDOZINHO, TAMBEM, RECEBENDO O CARALHÃO DO ROBSON ERA UM MILAGRE NÃO ESTA SANGRANDO, ESPERO QUE TANHAM GOSTADO, BEIJOS A TODOS, ..... FIM


Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

Participando do menage surpresa da minha esposa. (prt1)