MEU PRIMO ESPECIAL TERCEIRA PARTE


BY: betoleandro
OLA A TODOS, SOU FERNANDA, TENHO 19 ANOS, SOU BRANQUINHA, MAGRINHA, TENHO 1,55CM 50 KG, PINTEI O CABELO DE LOIRO, ME TRANSFORMANDO NUMA PEQUENA SEXY, QUE CHAMA A ATENÇÃO POR ONDE PASSO, GOSTO DE ME EXIBIR, USANDO SEMPRE ROUPAS CURTAS, SOMOS UMA FAMILIA GRANDE, POR PARTE DE MEUS AVÓS MATERNO 6 IRMÃOS , FUI CRIADA NO RIO GRANDE DO SUL, NA CIDADE DE CHARQUEADA, MEU PAI É GAÚCHO E MAMÃE PARAIBANA, MEUS PAIS RESOVERAM SE MUDAR PARA A CIDADE DE MINHA MÃE, ELA É MEDICA E ELE AGRONOMO, TENHPO MAIS DUAS IRMÃS, FRANCESCA E RAMONA, SOU GEMEA COM A RAMONA, ELA UM POUCO MAIS ALTA DO QUE EU, SO QUE TEM O CABELO RUIVO DE NASCENCIA, NOS MUDAMOS AGORA EM DEZEMBRO PASSADO, O NATAL E ANO NOVO FOI MARAVILHOSO, FESTAS EM TODAS AS CASAS DE MEUS TIOS E TIAS, NEM PRECISARAM CONVIDAR AMIGOS, POIS A FAMILIA É MUITO NUMEROSA, ENTRE OS PARENTES UM ME CHAMOU A ATENÇÃO O ROBSON FILHO DA MINHA PRIMA RITA, ELE BEM ALTO SE PARECE MUITO COM MEU AVÔ RUI, NA ALTURA E E PORTE FISICO, , NOTEI QUE MINHAS PRIMAS ESTÃO SEMPRE JUNTO A ELE, E O FOCO DE ATENÇÃO DE TODAS ELAS, MINHA IRMÃ RAMONA LOGO SE JUNTOU AO GRUPO E TRATOU DE FICAR SEMPRE JUNTA AO ROBSON, ELE BEM MAIS ALTO DO QUE ELA, DEPOIS DO JANTAR QUE FOI NA CASA DE RITA RESOLVEMOS DANÇAR, TIOS TIAS PRIMAS ERA UMA SO ALEGRIA, VOVÔ RUI TAMBEM ENTROU NA DANÇA, , RAMONA E ROBSON SE ENTREGARAM A DANÇA, TOCAVA UMA MUSICA DE JULIO IGLESIAS MUITO ROMANTICA QUE SE CHAMA DE ( NINA A MUJER ) ESCOLHIDA POR MINHA MÃE, QUE COMENTOU QUE FOI AO SOM DESTA MUSICA QUE CONHECEU MEU PAI, E QUE HOJE ERA PARA RELEMBRAR BONS MOMENTOS, O ROBSON E ROMANA PARECE QUE ENTRARAM NA NOSTAUJIA E FICARAM DANÇANDO BEM AGARRADINHOS, NÃO NEGO QUE FIQUEI COM UMA PONTINHA DE CIÚMES, FUI SENTAR PROXIMA A RITA, ELA ERA TODA ALEGRIA ENTÃO ELA ME FALA, QUE ACHOU DO ROBSON FERNANDO, ELE NÃO UMA TENTAÇÃO, FALEI É SIM, LINDO ATE TOU COM CIUME DA RAMONA, BOBINHA FALOU ELA, ELE É ASSIM MESMO, ESTA SEMPRE DANDO ATENÇÃO AS PRIMAS, SORRI, BRINCADEIRA MINHA, RITA SAIU E ROBSON VEIO SE SENTAR JUNTO A MIM COM RAMONA, A CONVERSA NTRE ELES ESTAVA ANIMADA, AI PASSEI A PRESTAR ATENÇÃO NO QUE ELES FALAVAM, ESTAVAM TÃO ABSORVIDO QUE NEM LÇIGARAM PARA MIM, DE REPENTE RAMONA LHE FALA ESTA MUSICA É BEM SUJESTINA, DE MENINA A MULHER, O QUE VOCE PREFERE DE MIM, A MENINA OU A MULHER, ELE FALA AS DUAS, A MENINA QUE QUERO TRANSFORMAR EM MULHER, SENTI UM COMICHÃO POR DENTRO AO SOM DAQUELAS PALAVRAS, NISSO SE LEVANTARAM E FORAM PARA A SAÍDA DA CASA, A FESTA ROLAVA, , ACOMPANHEI PARA VER ONDE ELES IAM, , RAMONA SEGURAVA EM SUA MÃO E SEGUIRAM EM DIREÇÃO A NOSSA CASA QUE FICAVA AO LADO, ENTRARAM , POR A CASA SER SOLTA, , ENTREI INDO PELO LADO DE FORA, FUI DIRETO PARA ONDE FICAVA O QUARTO DE RAMONA, A JANELA DE VIDRO ESTAVA SEM A CORTINA, AO ME ESPREITAR PARA VER O QUE ESTAVA ACONTECENDO, ELES ESTAVAM DE LADO PARA MIM, EM PÉ AO LADO DA CAMA, RAMONA SE AGARROU AO SEU PESCOÇO, SE ESFREGANDO NELE E SUGANDO SUA BOCA, ELE ALIZAVA SEU CORPO DAS COSTA A ATE A SUA BUNDA, ELA TINHA LEVANTADO UMA DAS PERNAS, DEIXANDO SUA COXA DESCOBER, NÃO DEMOROU MUITO ELE FOI SUBINDO SEU VESTIDO PRETO, DESCOBRINDO SEU CORPINHO BRANQUINHO, OS PEITOS DELA SÃO IGUAL AOS MEUS, DE TAMANHO MÉDIO EM FORMA DE PÊ, ELA LEVANTOU OS BRAÇOS PARA FACILITAR A RETIRADA DO VESTIDO, ELA ESTAVA COM A RESPIRAÇÃO TÃO OFEGANTE QUE DAVA PARA OUVIR DO LADO DE FORA, COMESSEI A SENTIR TENSÃO, TUDO QUE EU QUERIA QUEM ESTAVA RECEBENDO ERA MINHA IRMÃ, SEMPRE FOMOS MUITO CONFIDENTES EM RELAÇÃO AS NOSSAS ESPERIENCIAS SEXUAIS, PERDEMOS A VIRGINDADE AINDA NO TEMPO DE COLEGIO, COM UNS GAROTOS DE NOSSA RUA COM QUEM A GENTE NAMORAVA, ELE A DEITA NA CAMA E COMEÇA A BEIJAR SEUS PEITINHOS, ELA DAVA GRITINHOS E RISADAS, ELE SUGAVA EU EPITO COLOCANDO INTEIRINHO EM SUA BOCA, COM ZA OUTRA MÃO ELE ALIZAVA SUA BUCETA SOBRE A CALÇINHA, DAVA PRA VER SEU DEDÃO FORÇANDO A ENTRADA DA SUA BUCETA, AGORA ELA GEMIA ALTO, AANNNNNNNNNNNNNN, AANNNNNNNNNNNN, ELE DEU UMA PARADA E COMESSOU A SOLTAR SEU SINTO, ELA FALAVA, VEM, VEM, ANDA LOGO, ANDA LOGO, AO ARRIAR A CALÇA PERCEBI UM GRANDE VOLUME NA SUA CUECA DE LYCRA, TIPO SAMBA CANÇÃO, ELA TAMBEM TAMBEM PERCEBEU, FICOU OLHANDO COMO QUE HIPINOTIZADA, ELE FOI SE SENTANDO AO LADO DELA, ELA SE ERGUEU, LHE BEIJOU E FOI EMPURRANDO ELE PARA O TRAVESSEIRO, MONTOU EM SUAS COXAS LEVANDO SUA MÃO PARA SEU CACETE, FOI PUXANDO A CUECA PARA BAIXO, QUANDO SEU CACETE SE LIVROU DA CUECA, QUASE QUE MINHAS PERNAS NÃO RESISTE , PRECISEI ME FIRMAR NA PAREDE, TÃO GRANDE FOI MINHA EMOÇÃO AO VISUALIZAR O TAMANHO DAQUELE CACETE, ERA INACREDITAVEL A DIMENSSÃO DO SEU CACETE E GROSSURA, RAMONA FICOU PARADA ADMIRANDO O MONSTRO QUE TINHA NAS MÃOS, TUDO QUE ELA CONSEGUIU FALAR FOI, NOSSA É MUITO GRANDE, NUNCA VI UM DESTE TAMANHO, ALIUZOU DE CIMA ABAIXO, SUA MÃO NÃO CONSEGUIA SE FECHAR EM VOLTA DO CACETÃO, ELE LHE FAVA, E TODO SEU, FAÇA O QUE QUISER, ELA ENTÃO LHE DIZ , ESTOU COM MEDO,, A MINHA BUCETINHA NÃO VAI AGUENTAR ESTE MONSTRO, ENTÃO BEIJA ELE VAI, MOSTRA O QUE MINHA GAUCHINHA SABE FAZER, DIZEM QUE AS GAUCHAS TEM SANGUE QUENTE E MISTURADO COM O SANGUE DAS PARAIBANAS ACHO QUE VAI INCENDIAR ESTE QUARTO, ELA AGORA SORRIU, BAIXOU A CABEÇA E ABOCANHOU SEU CACETÃO, FOI DEIXANDO A CABEÇONA ENTRAR EM SUA BOCA, MAL A CABEÇONA ENTROU ELA TOSIU, LHE FALTANDO AR, , SUSPENDI O VESTIDO, COLOQUEI A MÃO POR DENTRO DA CALÇINHA, MINHA BUCETINHA JA ESTAVA TODA UMEDEÇIDA, SENTI MEUS DEDOS UMIDOS, ENFIEI DOIS DEDOS NA BUCETA PARA CONTER MEU DESEJO, ENFIEI ATE TOPAR, NÃO TIRAVA OS OLHOS DOS DOIS, NISSO ELA SE DEITA AO SEU LADO, TIRA A CALÇINHA MOSTRANDO SUA BUCETINHA CABELUDA, PEDE PARA ELE LHE FUDER, ELE SE LEVANTA, SEU CACETÃO DE TÃO DURO APOINTAVA PARA CIMA, COMO ELE CONSEGUIA, MANTER UM MONSTRO DAQUELE EM PLENA EREÇÃO, SE COLOCOU ENTRE SUA COXAS, ELA DOBROU OS JOELHOS SE ABRINDO TODA, ELE SE DEITOU SOBRE ELA, SE BEIJARAM ELE COMESSOU A SE MOVER PRA FRENTE E PRA TRAZ, DAVA PARA VÊ O CACETÃO IDO ACIMA DO SEU UMBIGO, ELA COMESSOU A FALAR, AI
ROBSON ESTOU MORRENDO DE VONTADE DE TER SEU CACETÃO ENTRANDO EM MIM, MAIS ESTOU COM MEDO, , SEJA CARINHOSO, NÃO ME MACHUQUE, AAIIIIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIIIIIII, BOTA A CABEÇINHA, VAI, VAI, ELE AGORA AFASTOU O CORPO DE MODO QUE SEU CARALHÃO FOI SE ENCAIXAR NA ENTRADA DA BUCETINHA DELA, SEGUROU AO MEIO DO CACETE E COEMSSOU A PINCETAR, A DIMENSÃO DO CABEÇÃO DO SEU CACETE PRATICAMENTE OCUPAVA O VÃO ENTRE AS COXAS DELA, ELE ENCAIXA O CACETÃO NA ENTRADA DA SUA BUCETA E ARREIA O CORPO INDO LHE BEIJAR SUAS BOCAS SE FUNDIRAM, ELA SE SEGURA EM SUA BUNDA E LHE PUXA, NISSO A CABEÇONA DO CACETÃO ABRE SEUS LABIOS VAGINAL, ELA SOLTA UM GRITO, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, TA ENTRANDO, TA ENTRANDO, COMO DOI HHOOO, OOIIIIIIIIIIIIIIIIIII, PARA UM POUQUINHO, PARA, PARA, ELE PAROU , FICOU LHE BEIJANDO OS PESCOÇO, DAVA BEIJOS QUE ESTALAVA, ELE MOVEU O CORPO PARA CIMA, PEDIU, VEM, VEM, DEVAGARINHO, EMPURRA, EMPURRA, AI VI SEU CACETÃO IR ADENTRANDO. ELA CRUZOU AS PENAS EM SUAS COSTAS, E GRITOU, VEM COM TUDO, BOTA O RESTO, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII ENFIA MAIS, AAIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ELE DEIXOU SEU CORPO ARRIAR POR COMPLETO, PERCEBI QUE AINDA FALTAVA A METADE DO SEU CACETÃO PARA ENTRAR, SEUS GRITOS FORAM ALMENTANDO , VOCE ESTA ME ARROMBANDO, QUE CACETÃO TÃO GRANDE AAIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, TO SENTIDO ELE TOPAR LA DENTRO, TA DOENDO, TA DOENDO UUUIIIIIIIIIIIIII UUIIIIIIIII ELA GRITOU E MORDEU SEU OMBRO, , VOU GO9ZAR , VOU GOZAR, AAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, EUGUEU O CORPO QUE SE LEVANTOU DA CAMA,SEU MOVIMENTO FOI TÃO FORTE QUE SUSPENDEU ELE, AI BAIXOU O CORPO, ELE LHE AGARROU POR BAIXO DOS BRAÇOS, FICANDO TOTALMENTE ENGATADO, ENFIAVA E TIRAVA O CACETÃO, , NÃO AGUENTEI, ENFIEI MAIS DOIS DEDO NA BUCETA COM PARTE DA MÃO, NÃO SEI COMO CONSEGUI, FAZER ISSO ISSO, ERA A PRIMEIRA VÊS QUE EU SOCAVA A MINHA MÃO NA BUCETA, UMA TREMURA PERCORREU TODO MEU CORPO, ME SENTI COMO SE FOSSE EU QUE ESTIVESSE COM AQUELE CACETÃO DENTRO DA MINHA BUCETA, MINHA PERNAS TREMIA, QUASE ME FAZENDO ARRIAR O CORPO, FUI SAINDO DALI, PRECISAVA TROCAR MINHA CALÇINHA QUE A ESTA ALTURA ESTAVA MOLHADA, DEI A VOLTA ENTREI PELA PORTA DA FRENTE, FUI AO MEU QUARTO, TOMEI UMA DUCHA, PARA RETIRAR O CHEIRO DE SEXO QUE EXALAVA DE MIM, COLOQUEI UMA CALÇINHA LIMPA, USANDO MAIS UM POUCO DE PERFUME, NÃO QUERIA VOLTAR PARA A FESTA EXALANDO MEU GOZO, AO CHEGAR NA FESTA, ME PERGUNTARAM ONDE EU TINHA IDO, FALEI QUE EM CASA COLOCAR UM ABSORVENTE POIS MINHA MENSTRUAÇÃO TINHA CHEGADO, LOGO DEPOIS ENTRA ROBSON E RAMONA ABRAÇADOS, MINHA PRIMA RITA COMENTA, EITA VAMOS TER CASAMENTO EM FAMILIA, TODOS RIRAM, ELAS COMENTAM, NOSSA PRIMOS NÃO PODE SE ABRAÇAR QUE JA É NAMORO, FOMOS ANDAR PELA PRAÇA E UNS RAPAZES, FICARAM NOS SECANDO ENTÃO PEDI PARA O ROBSON ME ABRAÇAR, AI FALEI, PELO VISTO ELE GOSTOU DO ABRAÇO, POIS NÃO TE SOLTOU, TODOS SORRIRAM , NOS AFASTAMOS UM POUCO DO GRUPO, ENTÃO LHES FALEI, PRAÇA NÉ, EU SEI QUAL PRAÇA VOCES ESTAVAM, NÃO SE PREOCUPEM SERÁ NOSSO SEGREDINHO, TA BOM, AMBOS FICARAM ME OLHANDO, ELE ME PISCOU CONFIRMANDO QUE ENTENDEU, BEIJOS A TODOS ATE BREVE


Foto 1 do conto: MEU PRIMO ESPECIAL TERCEIRA PARTE



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

MEU PRIMO ESPECIAL QUARTA PARTE