Transa depois de conhecer na praia


BY: guilhermeoprotetor
Olá !
Sou Guilherme e esse é meu pimeiro conto. Na verdade contarei apenas experiências vividas.
Tenho 32anos 1,72, 74kg, sou moreno pra branco dote de 18cm, olhos claros, cabelos preto e pelos no corpo (aparados por causa da higiene). Me relaciono com uma pessoa a 5 anos.

Belo dia fui a copacabana para atendimento a um cliente, para não perder a viagem pensei dar uma volta na praia, molhar o pé essas coisas...sentir que fui na praia.

Estava de calça, mas por baixo sunga de praia (sabia que poderia acontecer de naquele dia ir a copa). Tirei o sapato e fui andando pela areia, tb aproveitei pra ficar de sunga logo. Passeando pela areia avisto uns 100metros a frente um corpo lindo o biquine branco, uma mulher aproximadamente 40 anos,

Passei olhando em seus olhos e ela tb me encarou... fiquei um pouco tenso porque além de gostoso (corpo de panicat) ela tinha cara de rica. rs.
Apesar de eu sempre gostar e preferir mulher com corpo minhozinho, essa mulher do corpão me chamou atenção.

Continuei andando mas não poderia seguir ela não saia da cabeça, voltei e quando retorno ela está conversando com alguém que parecia conhecer. Sentei uns 50 metros de distancia ao lado só observando e torcendo pra aquele cara se mandar dali. Minha torcida surtiu efeito mas de maneira inesperada, ela estava saindo acompanhada dele. Como era fim de tarde resolvi acompanhar a distancia, ela segurava uma bolsa e o guarda sol que era alugado ele pediu pra levar.
No calçadão eles se despedem com beijo no rosto, pensei, é a hora. Ela já tinha vestido um short mas a perna com pelinhos loiros destoando naquelas curvas. ela branca bronzeada cabelo chanel loiro. Fiquei nervoso com a aproximação que estava se dando, andei ao seu lado e puxei assunto, me surpreendi com a receptividade dela. Batemos um papo bem bacana. Ofereci um suco em uma das dezenas de lanchonetes de copacabana, ela pediu abacaxi e eu morango. Enquanto se desenrolava a conversa fiquei observando como era linda a perna dela, me deu um tezão do carai...rs...Mas só conversamos mesmo, ela gostou do papo e peguei o telefone....
Dias se passam e marcamos um passeio na praia a noite em grumari... quem conhece sabe que é escuro pra caramba...Mas levamos de tudo vinho...aperitivo...e claro camisinha.
O clima estava esquentando na areia em um ponto que tinha um bocal de luz na barraca que a essa hora já estava fechada. Pois bem estava doidinho pra aproveitar aquela exuberancia toda...Uqando derrepente me aparece um grupo de adolescente que desceram de um carro e ficou a menos de 10 metros da gente. QUis matar um por umj...como mato mal baratas...saimos dali.
Fomos a um hotel proximo ao vidigal afinal não iriamos perder a noite. Entrei com carro...pedi um apartamento e sem nem me avisar a mulher me deu a chave da suíte, uma das mais caras (só não chamo ela de galinha porque valeu tudinho).
Entramos continuamos no vinho ..energetico,,,bate papo...
Os bjos foram esquentando percorri o pescoço dela com meus lábios, dando leves sugadinhasfui descendo...com uma pedra de gelo na boca fui percorrendo aquele corpo escultural de rata de academia. Quando cheguei na calcinha comecei a beijar por cima mesmo, ela foi ficando toda molhadinha e eu sem pressa de tirar... com o dente fui tirando a calcinha e passando a lingua ao mesmo tempo...ela toda meladinha enquanto minhas mãos escorriam pelo teu corpo e seios lindos. Chupei em volta até chegar na verilha virei ela e chupei ela de 4. Comecei a balançar pra cima e pra baixo meu cacete na portinha dela. olhando pra ela abri suas pernas e continuei o joguinho de coloco ou não....
Ela já estava urrando de desejo.... Quando falei baixinho no ouvido dela só vou botar depois que você pedir e falar bem convincente...EU QUERO...Ela com uma voz ofegante e intensa disse ..Bota esse caralho todo em mim... No joguinho ainda eu falei.. FALA EU QUERO ...Ela disse eu querooooo.
Empurrei com toda vontade até o talo ela urrou na hora.
Com aquela bunda linda e marca de biquine não podia deixar de virar ela de quatro. Encaixei e botei com gosto. Com a ponta do dedão fui massageando aquele cuzinho delicioso, só abrindo caminho enquanto estava segurando a cintra dela e mandando ver bem forte. Percebi que ela gostava que apertasse o bumbum... dei uns tapinhas....ela gozou no meu pau...Mas eu ainda queria meu premio e continuamos...
Encaixei a cabecinha no cuzinho já massageado fui empurrando dev agarzinho até os 18 cm estar dentro dela. Fui socando até ele acostumar e falei no ouvido dela...só vou gozar depois que você pedir pra eu gozar.... Pra quê que fiz aquilo...uma bunda linda daquela ela já tinha gozado... eu doidinho pra gozar...oensei ferrou..vou ter que controlar minha mente pra não gozar até ela pedir.... Enquanto socava nela dava uns tapas e apertava seu bumbum escultural....Ela foi gemendo mais forte até dizer que queria que eu gozasse por que ela ia gozar tb....
Gozamos deliciosamente juntos. Depois de um tempo ela pagou um boquete hiper gostoso que não tive como deixar de gozar na boca dela.....QUe noite deliciosa...Ainda deu tempo pra mais uma e depois saímos. Levei ela até o portão do apartamento dela em copacabana e eu pra minha casa que não fica tão próximo assim.

Espero que tenha gostado desta experiência, contarei outras depois... Até porque de vez em quando encontro esta mulher quando podemos.
Meu contato para uma conversa bacana, sem pressão e sem obrigação.




Foto 1 do conto: Transa depois de conhecer na praia



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

 


Próximo Conto

swing na fazenda