MEU AMANTE IVISIVEL OITAVA PARTE


BY: betoleandro
CONTINUAÇÃO DA SETIMA PARTE:
OI PESSDOAL PESSOAL, QUE BOM ESTA COM VOCÊS CONTANDO A MINHA HISTORIA, PARA OS QUE NÃO ME CONHECEM, SOU KELLY, DESDE QUE COMESSEI A TRANSAR COM O ESPIRITO DO RUAN, TENHO VIVIDO MOMENTOS MARAVILHOSOS, PORQUE NÃO FALAR EXTASIANTE, ELE NUNCA SE CANSA, ESTA SEMPRE PRONTO A ME FUDER, JA ME SINTO PREJUDICADA NOS ESTUDOS, POIS TUDO QUE TENHO VONTADE DE FAZER É CORRER NO FINAL DE SEMANA PARA A FAZENDA, PARA ME ENTREGAR A MEU AMANTE INVISIVEL, AGORA NEM TANTO, COM O PASSAR DO TEMPO ELE SENTINDO CONFIANÇA EM MIM, PASSOU A MATERIALIZAR-SE ME DEIXANDO VE-LO E ADMIRAR SUA BELAZA MASCULA, PRECISO ESTA BEM SEDENTA PARA FUDER, PARA PODER DEIXAR ELE ENFIAR TODO SEU CACETÃO EM MINHA PEQUENA BUCETINHA, QUEM OLHA PARA MEU CORPINHO FRANZINO, NÃO ACREDITA QUE EU CAIXA VAGINAL PARA AGAZALHAR UM CACETÃO TÃO GRANDE E GROSSO, POIS BEM, EU QUERIA COMPARTILHAR MEUS MOMENTOS DE EROTISMO COM ALGUEM, POIS SO ASSIM ALGUEM PODERIA DA TESTIMUNHO DESTA GRANDE AVENTURA SOBRENATURAL, , CONTEI PARA MINHA IRMÃ CARLA, QUE INICIALMENTE NÃO ACREDITOU, SO AGORA QUE ANDA TRANZANDO COM O RUAN, E TAMBEM NÃO PENSA EM OUTRA COISA, ATE O NAMORADO ELA JA DISPENSOU, PARA PODER FICAR TEMPO INTEGRAL NA FAZENDA COMIGO, ONDE NOS TRANCAMOS EM MEU QUARTO COM O RUAN E ADENTRAMOS A MADRUGADA COM ELE NOS FUDENDO LOUCAMENTE, ESTA SEMANA O RUAN AO CHEGAR PARA NOS FUDER, TROUXE UM ANTIGO FUNCIONARIO DA FAZENDA, QUE FOI ASSASSINADO PARA NÃO CONTAR PARA NINGUEM SOBRE SUA MORTE E DE SUA IRMÃ RUANA, POIS SE A HISTORIA SE ESPALHA PELA VISINHANÇA SERIA UMA VERGONHA PARA SEUS PAIS, AMBOS FORAM ENTERRADOS NO CEMITÉRIO DA FAZENDA, HOJE VIVEM VAGANDO JUNTOS, CONTINUANDO, DEPOIS DE FODER MUITO COM RUAN E A CARLA ESTAVA COMIGO NO QUARTO, A CARLA ESTAVA ANSEOSA PARA FUDER NOVAMENTE, COMESSOU CHUPANDO O CACETÃO DELE, SO QUE ATE AQUELE MOMENTO ELA AINDA NÃO TINHA VISTO SEU CORPO, SO O SENTIA, ENTÃO O RUAN FALOU DE QUE ELA HOJE PODERIA VISUALIZA-LO, MAIS QUE SERIA NO QUARTO DELA, ENTÃO ME FALOU, KELLY EU TROUXE O CHAGAS MEU AMIGO DE INFANCIA, NOS CRIAMOS JUNTOS AQUI NA FAZENDA, SEI QUE VOCE VAI GOSTAR DELE, ELE APARECEU ENCOSTADO A CABEÇEIRA DA CAMA, ONDE EU ESTAVA SENTADA, ENQUANTO A CARLA TENTAVA COLOCAR O CACETÃO DE RUAN EM SUA BOCA MAIS NÃO CONSEGUIA ENFIAR MUITO, DEVIDO AO SEU TAMANHO E GROSSURA, ELE SAIU COM CARLA PARA SEU QUARTO ME DEIXANDO COM O CHAGAS, NÃO TIVE MEDO DA SUA PRESENÇA, ELE ERA UM NEGRO MUITO ALTO, COMO EU NUNCA TINHA VISTO NINGUEM PARECIDO,ESTA SEM CAMISA, VESTINDO APENAS UMA CALÇA LARGA, QUE MAIS PARECIA ROU DE CAPOEIRISTA, SEU PEITO ERA LARGO, COM OS BRAÇOS MUSCULOSOS, ELE ME SORRIU, FICOU ME OLHANDO,EU ESTAVA APENAS DE CALÇINHA, POIS TINHA TERMINADO DE FUDER COM O RUAN, ELE ME ESTENDEU SUA MÃO ENORME COM DEDOS LONGOS, AO SEGURAR A MINHA MÃO, MAIS PARECIA UMA MÃOZINHA DE CRIANÇA COMPARADA A DELE, ME PUXOU DA CAMA, ME DEIXANDO EM PÉ, SO AI PERCEBI O QUANTO ELE ERA REALAMENTE ALTO, MINHA CABEÇA MAL CHEGAVA A ALTURA DO SEU PEITO, PRECISEI ENCLINAR A CABEÇA PARA TRAZ PARA PODER LHE OLHAR, ELE ME ABRAÇOU, SEUS BRAÇOS LONGOS ME ENVOLVERAM OS OBROS, ELE TINHA UM CHEIRO BOM, COMO SE TIVESSE PASSADO ALGUMA ERVA CHEIROSA EM TODO SEU CORPO, ME ENCOSTEI A SEU CORPO, LHE ABRAÇANDO COM FORÇA, SO ENTÃO ELE ME FALA, O RUAN ME TROUXE AQUI PARA EU LHE CONHECER, ME FALOU QUE VOCE ADORA FUDER, CHEGA A SUPERAR A IRMÃ DELE, NO DESEJO E NA VONTADE DE GOZAR, QUANDO ELE ME CONTOU DE QUE VOCE DEIXA ELE ENTERRAR SEU CACETE INTEIRINHO NÃO SUA BUCETA, EU QUASE NÃO ACREDITEI, POIS SEMPRE PRESENÇIEI ELE FUDENDO COM A IRMÃ, QUE É BEM MAIS ALTA E TEM MAIS CORPO DO QUE VOCE, E ELA RECLAMAVA SEMPRE DE QUE ESTAVA SENDO MACHUCADA PELO SEU CACETÃO, SO DEPOIS DE MUITO TEMPO QUE ELA SE ACOSTUMOU,E VOCE NOS VIU FUDENDO, PERGUNTEI VI SIM, DESDE QUE ELE CHEGOU QUE EU ESTAVA AGUARDANDO A SUA PERMISSÃO, PARA ME APRESENTAR, VOCE REALEMENTE E UMA PEQUENA DESVAIRADA, GULOSA, QUE ADORA SER PENETRADA, POR CACETES GRANDES, AI LHE FALEI, PORQUE TEVE ESTE INTERESSE EM MIM, ELE ME FALA, ACREDITO0 DE QUE VOCE VAI DESEJAR QUE EU TAMBEM FODA COM VOCE, QUANDO O RUAN NOS DEIXOU A SOZINHOS É EXATAMENTE PARA QUE ISSO ACONTEÇA, CASO VOCE NÃO QUEIRA NÃO TEM PROBLEMA, SEI QUE VOCE ESTA FOSTANDO DELE,, DESDE QUE VOCE DEIXOU ELE FUDER COM SUA IRMÃ, ELE ACREDITA DE QUE A GENTE TAMBEM POSSA, ENTÃO LHE FALEI, PORQUE VOCE ACHA QUE VOU QUERER FUDER COM VOCE, O RUAN FOI MEU UNICO HOMEM, EU NEM SABIA O QUE ERA GOZAR, ANTES DELE, ELE ABRE UM SORRISO, DEIXANDO A MOSTRA UNS DENTES BRANCOS QUE BRILHAVA, AI ME FALA, VI SEU OLHAR PARA O MEIO DAS MINHAS PERNAS, ACHO QUE VOCE VAI QUERER CONHECER O QUE TENHO AQUI, FALANDO ISSO SEGUROU MINHA MÃO LEVANDO PARA SEU CACETE, ELE ESTAVA SEGURO DE SE, AO SEGURAR EM SEU CACETE SOBRE A ROUPA SENTI ALGO MUITO GROSSO,E QUENTE, FIQUEI APALPANDO ENTÃO ELE ME FALA, BAIXA A MIN HA CALÇA,, ME SENTEI NA CAMA, SUA CALÇA ERA PRESA POR UM CORDÃO GROSSO, QUE MAIS PARECIA OS CORDÕES DOS FRADES FRANCISCANOS, DESFIZ O NÓ, SOLTEI O BOTÃO DA CALÇA E FUI ARRIANDO, SEU CACETE IA APARECENDO E ESTAVA EMPINADO PARA BAIXO, SÓ AO PASSAR SUA CALÇA PELOS JOELHOS E QUE SEU CACETÃO SE LIBEROU, FIQUEI ASUSTADA COM SEU TAMANHO E GROSSURA, MAIS PARECIA O CACETE DO JEGUE QUE TINHA NA FAZENDA, ESTAVA SEMI ERECTO, MAIS DEMONSTRAVA ESTA EXCITADO, ALIZEI AQUELE CACETÃO COMO QUEM UM CABO DE MACHADO SEGUREI AO MEIO DO SEU CACETE COM AS DUAS MÃOS, EMPURREI ELE UM POUCO PARA PODER ABOCANHAR SEU CACETÃO, A DISTANCIA ENTRE NÓS ERA EXATAMENTE O COMPRIMENTO DO MEU BRAÇO ESTICADO, ACABEÇA DO SEU CACETE ERA TÃO GRANDE QUE MAIS PARECIA UMA LARANJA MÉDIA, , LEVEI A BOCA, MAIS QUEM DISSE QUE O ABOCANHEI, ERA MUITO GRANDE, NÃO ENTRAVA EM MINHA BOQUINHA, AO TOCAR MEUS LÁBIOS NA CABEÇONA, SENTI SEU PAU PULSAR, ESTAVA GANHANDO VIDA, FICANDO MAIS DURO, ELE ALIZAVA MINHA CABEÇA, ME SEGURANDO COMO SE NÃO DESEJASSE QUE SAISSE DALI, , COMESSEI A ALIZAR SEU CACETÃO DE CIMA ABAIXO, NÃO IMAGINAVA COMO UM CACETÃO DAQUELE IRIA ENTRAR EM MIM. PRATICAMENTE TINHA QUASE O DOBRO DA GROSSURA DO CACETE DE RAUN, ENTÃO RESO9LVI ME DEITAR, FUI ME ESTIRANDO NO COLCHÃO E CHAMEI, DEITA AQUI, QUERO TE ACARICIAR, , SEU CORPO ERA TÃO GRANDE QUE SEUS PÉS FICARAM FORA DA CAMA, COMESSEI A PASSAR A BOCA EM TODA A EXTENÇÃO DO SEU CACETE, POR MAIS QUE EU UMEDEÇESSE MEUS LÁBIOS FICA SECO EM SEU CACETE, SEGUREI E COMESSEI A PASSAR EM MEUS PEITINHOS, A GENTE ESTAVA DEITADOS DE LADOS, ELE APOIAVA SUA CABEÇA EM UMA DAS MÃOS ME OBSERVANDO, ELE PEDIU PARA EU FICAR DEIDATA DE BRUÇOS, AO FAZER ISSO OLHEI PARA TRAZ, TIVE MEDO AO VÈ AQUELE CACETÃO APONTADO PARA MIM, ELE PUCHOU MINHA CALÇINHA, SE DEITOU SOBRE MEU CORPO, SEU CACETE FICOU SOBRE MINHAS NÁDEGAS, FOI DEIXANDO SEU CORPO ARRIAR SOBRE O MEU, E COMESSOU A SE MOVER, SEU CACETÃO QUENTE DESLIZAVA, EU SENTIA QUE A CABEÇONA DO SEU CACETE ESTAVA QUASE TOCANDO MINHA NUCA, AI FUI RELAXANDO, E SENTIDO VONTADE DE TE-LO DENTRO DA BUCETA, ACHO QUE EU ESTAVA QUERENDO ME SUICIDAR, SE AQUELE PAUZÃO ENTAR EM MINHA BUCETINHA, COM CERTESA VAI ME MATAR, MAIS O INSTINTO DE FEMEA FALAVA MAIS ALTO, EU NÃO ESTAVA COM MEDO, APENAS PENSAVA QUE ELE IA ME ARROMBAR, ELE FOI DEIXANDO O CORPO ESCORREGAR PARA TRAZ, JUNTO EU SENTIA SEU CACETÃO DESLIZANDO, ATE QUE PAROU SEU MOVIMENTO DEIXANDO A CABEÇONA DO CACETÃO ENCOSTADA NO MEU CUZINHO, CONTRAIR O CORPO, TENTANDO FECHAR AS PERNAS, MAIS ELE TINHA ABERTO FICANDO ENTRE ELAS, ERA IMPOSSIVEL FECHAR, CONTRAI MEU CUZINHO, SENTI A QUENTURA DA CABEÇONA BEM NA ENTRADA, ELE FEZ UMA ESPECIE BOCEJO NA BOCA E DEU UMA CUSPIDA NA MÃO, PASSOU O CUSPE NA CACEÇONA DO SEU PAU E UMA PORÇÃO NA MINHA BUCETA, PINCELOU SEU CACETÃO COMO SE ESTIVESSE SE EXIBINDO, AI EU SABIA O QUE ESTAVA PRESTE A ME ACONTECER, QUANDO ELE ENCAIXOU NA ENTRADA DA MINHA BUCETA, NÃO ME CONTIVE E FALEI, POR FAVOR, NÃO FAZ ISSO, NÃO ESTOU PRONTA PARA RECEBER UM CACETÃO DESTE, MAIS ELE FEZ UMA PRESSÃO MAIOR, A CACEÇONA ESTAVA COLADA A ENTRADA DA MINHA BUCETA, EU SENTIA QUE ESTAVA TODA MOLHADA, MAIS NUNCA IA CONSEGUIR ENFIAR AQUELA CABEÇONA NA MINHA BUCETA, ELE PERCEBENDO O QUANTO ERA FECHADINHA, PAROU, SENTIA A PRESSÃO DIMINUIR, QUE ALIVIO, AI ELE SOLTOU SEU CACETÃO, E COLOCOU AS MÃOS POR BAIXO DO MEU CORPO, SEU DEDOS TOCARAM EM MEUS PELOS, COMESSOU A DEDILHAR MEU CLITORES, FUI RELACHANDO ATE QUE ELE ENFIOU DOIS DEDOS NA MINHA BUCETA, DEI UM GRITINHO AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AIIIIIIIIIIIIIIII, SEUS DEDOS MAIS PARECIA UM CACETE ENTRANDO E SAINDO, TIROU A MÃO AGORA COLOCANDO POR ENTRE MINHA COXAS, APALPOU MINHA BUCETA E FICOU ACARICIANDO, NESTE MOVIMENTO LEVANTEI A BUNDA, ME APOIANDO NOS JOELHOS, ELE APROVEITOU MINHA POSIÇÃO E COMESSOU A ESFREGAR O CACETÃO EM MINHAS NÁDEGAS, COMESSEI A SOLTAR PEQUENOS GEMIDOS, ANNNNNN, ANNNNNN, ELE AUMENTAVA A VELOCIDADE, ESTAVA MUITO GOSTOSO, EU ESTAVA TOTALMENTE ABERTA NAQUELA POSIÇÃO, NUMA INVSTIDA EU NÃO TERIA COMO ME DEFENDER, FOI QUE ELE FEZ, AO CONTRAIR SEU CORPO PARA TRAZ, SENTI SEU PAU SE DESPRENDER DA MINHA BUNDA, QUANDO VOLTOU SEU PAU FOI DIRETO PARA A MINHA BUCETA, A CABEÇONA ENCAIXOU FIRME, , AI VI ESTRELAS, , GRITEI NÃO, NÃO, NÃO FIZ ISSO VAI ME ARROMBAR, PARA, PARA, PARA, TA DOENDO, TA DOENDO, UUUIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIII, MASI QUEM DISSE QUE ELE ME ATENDEU, GARROU EM MINHA COXAS E ME PUCHOU, A FODA QUE EU TINHA DADO COM RUAN DEIXOU MINHA BUCETA ALARGADA, A UMIDADE QUE EU ESTAVA SENTIDO ERA NA VERDADE A PORRA QUE ELE DEIXOU DENTRO DE MIM, A CABEÇONA ENTROU, EU SENTIA MINHA BUCETA SENDO ESFOLADA, COMO DOIA,, MEUS GRITOS DEVIA ESTA SENDO OUVIDO PELOS VIZINHOS, PARA MINHA SORTE SO ESTAVA EU E CARLA, MEUS PAIS TINHAM IDO A CIDADE E SO VOLTAVA NO OUTRO DIA, ELE CONTINUAVA SE MOVENDO LENTAMENTE, PARECIA QUE ESTAVA EM CAMERA LENTA, , EU SENTIA QUE ALGO MUITO GRANDE ESTAVA TOCANDO EM MEU ULTERO, A PRESSÃO ERA MUITO GRANDE, COMO EU NUNCA TINHA SENTIDO ANTES, MESMO FUDENDO COM RUAN, MAIS SE FALA AQUI NA REGIÃO CACETE NÃO TEM OMBRO E BUCETA NÃO TEM MEDIDA, SEU CACETÃO ESTAVA GORA DENTRO DE MIM, A DOR FOI DIMINUINDO E ELE NÃO PARAVA OS MOVIMENTOS, , ME APOIEI NOS BRAÇOS, FICANDO AGORA DE QUATRO, ELE POR SER MAIS ALTO SEU PAU ENTRAVA COM A PRESSÃO ME SUSPENDIA, QUASE ME TIRANDO DO COLCHÃO, COMESSEI A SENTIR PRAZER, MINHA BUCETA TINHA SE ACOSTUMADO AQUELE MONSTRO, COMESSEI A SOLTAR PEQUENOS GRITINHOS, UUIIIIIIII,UUIIIIII
OOIIIIIIIIIIIIIIIIIIII,OOOIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ELE BOMBANDO, AGORA BOMBAVA COM MAIS VELOCIDADE, ERA UMA AMANTE CALTELOSO, DEIXAVA ENTRAR SOMENTE O QUE MINHA BUCETINHA AGUENTAVA, DE REPENTE COMESSEI A SENTIR MEU GOZO, AI GRITEI COM VONTADE, VOU GOZAAAAAAAAAARR, VOU GOZARRRR
AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, MINHAS PERNAS TREMIA MUITO, NÃO ME CONTROLAVA, , EMPURRAVA O CORPO PARA TRAZ, SEU PAU NÃO IA MAIS, TINHA ENTRADO TUDO QUE EU CONSEGUIA AGAZALHAR, MEU GOZO ERA INTENSO, PENSEI QUE IA DESMAIAR DE TANTO PRAZER, FUI ME ACALMANDO, ME ENCOSTANDO NO TRAVESEIRO, MINHA RESPIRAÇÃO ERA MUITO ALTA, DAVA PARA SENTIR MEU CORAÇÃO PUKANDO DENTRO DO PEITO, ELE CONTINUAVA DANDO SOCADA FORTES, AI LHE PERGUNTEI VOCE AINDA NÃO GOZOU, ELE DISSE NÃO, QUERO SENTIR MAIS ESTA BUCETA MORDENDO MEU PAU, SUAS PALAVRAS FORAM COMO FAISCAS, ME ASCENDEU O DESEJO NOVAMENTE, AI LHE FALEI QUERO SENTAR EM SEU PAU, , VEM, VEM, DEITA AQUI, ELE FOI TIRANDO SEU PAU DE DENTRO DE MIM, EU SENTIA QUE ALGO ESTA DESLIZANDO, DENTRO DE MIM, ATE QUE SEU PAU SAIU, E FEZ UM BARULHO PLOFT, FOI COMO UMA PEDRA JOGADO DENTRO DAGUA, QUANDO ELE SE DEITOU E SEU CARALHÃO ARRIOU PARA O LADO PELO SEU PESO, OBSERVEI QUE QUE TINHA UMA MANCHA DE ESPUMA PROVOCADO PELA MINHA BUCETA, DAVA PARA VÊ QUE ELE TINHA ENFIADO MAIS DA METADE , FUI PARA CIMA DELE, DESUREI SEU CACETÃO E GUIEI PARA MINHA BUCETA, ME SEGUREI NA CABEÇEIRA DA CAMA, FUI DEIXANDO O CORPO ARRIAR, SEU CACETÃO FOI ENTRANDO AGORA SEM MUITA RESISTENCIA, COMESSEI A SUBIR E DESCER O CORPO, ATE QUE ALCAÇEI A MARCA DE ONDE ELE TINHA ENFIANDO, SEU CACETÃO TOPOU, TENTEI ENFIAR MAIS, MAIS NÃO CONSEGUI, CHEGOU A DOER, AI DESISTI, SUBIA E DECIA , ELE AGORA ACARICAVA MEUS PEITOS,, MEUS MOVIMENTOS ERA CADENCIADOS,, ELE SOLTAVA PEQUENOS SUSPIROS, FIQUEI NESTE SOBE E DESCE, POR UJM BOM TEMPO ATE QUE, QUE ELE SOLTOU MEUS PEITOS E SEGUROU EM MEUS QUADRIS, COMESSOU A ME SUPENDER, SEU CACETE ENTRAVA E SAIA, AI9 COMESSEI A SENTIR UM NOVO ORGASMO, COMO SEMPRE GRITO MUITO, AAIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIII, VOU GOZAR, VOU GOZAR, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIII,ELE ME PUCHOU PRA BAIXO, O CACETÃO, TOPOU, AI GRITEI AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ELE URROU FEITO UM TOURO, SUSPENDENDO O CORPO, UMA TORRENTE QUENTE ,ME INVADIU, , ELE BUSCOU CHUPAR MEUS PEITOS, MAIS DEVIDO O TAMANHO DO SEU CACETE, EU ELE NÃO ME ALCANÇAVA, DEIXEI MEU CORPO CAIR PARA O LADO, FICANDO EMPARELHADA COM ELE, SEU CACETÃO CONTINUAVA DENTRO DE MIM, AGORA ELE CONSEGUIU, BEIJAR MEUS PEITINHO, DEI GRITINHOS DE TESÃO, SUA LIGUA QUENTE LABIA OS BIQUINHOS DO PEITO, FICAMOS ALI AGARRADOS, DE REPENTE CHEGA CARLA E RUAN AMBOS NUS, AO NOS VÊ ABRAÇADOS CARLA FALA, EXCLAMA, NOSSA QUE CACETE TÃO GROSSO, COMO PODE ENTRAR EM VOCE KELLY, AI LHE FALO, VOCE PRECISA VÊ É O QUANTO ESTA DENTRO DA MINHA BUCETA, NISSO ELE FOI SE AFASTANDO DE MIM, CARLA ESTAVA DE OLHOS ABUTICADOS, COM O QUE VIA, QUANDO SEU CACETÃO SAIU TODO ELA EXCLAMOU, KELLY O CACETE DELE MAIS PARECE O JEGUE, COMO TU CONSEGUE AGUENTAR TANTO PAU, NUNCA MAIS TU VAI ENCONTRAR UM CACETE DESTE TAMANHO, SEU CACETÃO BRILCOM O MEU MEL DEIXADO NELE, , FOMOS PARA A BANHEIRA TOMAR BANHO, CARLA ESTAVA RADIANTE COM O RUAN, NÃO PARAVA DE ELOGIAR SUA BELEZA, HOJE ESTOU REALIZADA, FUDI POR TRES VESES, COM DOIS CACETÕES, NÃO SEI POR QUANTO TEMPO ISSSO VAI CONTINUAR, BEIJOS A TODOS..........................FIM



Foto 1 do conto: MEU AMANTE IVISIVEL OITAVA PARTE



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

Adorei a promoção da vivo - saindo novamente com a vendedora 1