O MENINO EM CORPO DE MENINA


BY: betoleandro
OLÁ A TODOS, ESTOU DE VOLTA, MEU NOME É SHUMIKO, TENHO 22 ANOS, BAIXINHA 1.54CM, PESO 48 KILOS, SOU DESCENDENTE DE ORIENTAL, MINHA MÃE E NORDESTINA DA PARAIBA, MEU PAI É JAPONÊS, ME CRIEI NO JAPÃO NA CIDADE DE QUIOTO, CIDADE AO CENTRO SUL DO PAIS, QUE FOI CAPITAL DO JAPÃO ANTES DE TOQUIO, HA 5 ANOS RETORNEI COM MINHA FAMILIA PARA O NORDESTE BRASILEIRO, MAIS VAMOS AO ACONTECIDO, MEU AVÔ MATERNO TEM UMA FAZENDA, ONDE COSTUMAMOS PASSAR ALGUNS DIAS, APROVEITANDO A VIDA DO CAMPO, QUANDO PEQUENA VIEMOS PASSAR UM TEMPO COM MEUS AVÓS, EU DEVIA TER UNS OITO ANOS, COSTUMAVA BRINCAR COM OS FILHOS DO CASEIRO NO RIO, QUE ERAM NOSSOS ACOMPANHANTES.MEUS ´PAIS NÃO TINHA SEPARAÇÃO SOCIAL, QUANDO NÃO VINHA MINHAS PRIMAS DA CIDADE PROXIMA BRINCAVA COM ELES, A MÃE DAS CRIANÇAS DONA LUCIA CHEGOU A FAZENDA AINDA PEQUENA, LOGO QUE MEU AVÔ TI8NHA SE CASADO, PRATICAMENTE ERA DA FAMILIA, POIS BEM NO MÊS DE JULHO FUI VISITAR A FAZENDA PARA PASSAR O FINAL DE SEMANA, MEU AVÔ RUI ESTA NA CIDADE SE RECUPERANDO DE ACIDENTE, ,FUI COM MEU TIO RUBENS QUE CUIDA AGORA DOS AFAZERES JUNTO COM EMP´REGADOS, AO CHEGAR NA FAZENDA, MEU TIO PEDIU PARA EU LEVAR MINHAS COISAS PARA O QUARTO NO ANDAR SUPERIOR, ,ESCOLHI FICAR NO QUARTO DE VOVÔ MEU VELHO CONHECIDO, POIS PARA QUEM AINDA NÃO VIU MEUS CONTOS, VEJAM COM O TITULO, A NETINHA QUE VEIO DO JAPÃO, NOSSA QUANDO ENTREI NO QUARTO A VISÃO QUE TIVE FOI DE VOVÔ PELADO COM SEU CACETÃO DESCOMUNHALO, COLOQUEI A MOCHILA SOBRE A CAMA, PARA ARRUMAR MINHAS ROUPAS NA GAVETA DA COMODA, COMESSEI A SEPARAR, CALÇINHAS, SÁIAS , BLUSAS QUANDO ALGUEM ENTRA NO QUARTO, PELO ESPELHO VEJO UMA MOÇA ALTA, CABELOS LONGOS, , ENTÃO ME VIRO, ELA ME SORRI, E FALA SOU ANTONIA TODO BEM,, FALEI SIM ESTA TUDO BEM, ENTÃO LHE FALEI, QUEM VOCE, NÃO SABIA QUE MEU TIO TINHA CONTRATATO NOVOS EMPREGADOS, ELA FALOU, NÃO SOU CONTRATADA, SOU FILHA DE LUCIA, MINHA MÃE FOI PASSAR UNS DIAS COM MEU IRMÃO, QUE NASCEU SEU P´RIMEIRO FILHO, NOTEI QUE ELA, NÃO SE CANSAVA DE OLHAR PARA MIM, COMO SE DESEJASSE FALAR ALGUMA COISA, COMO EU ESTAVA USANDO UMA SÁIA CURTA DE JEANS, ELA NÃO SE CONTEVE E COMENTOU, VOCE ESTA MUITO LINDA, PERGUNTOU SE EU ESTAVA PRECISANDO DE AJUDA, FALEI NÃO ESTA TUDO BEM, DISSE I ELA SAIU CONTINUEI ARRUMANDO MINHAS COISAS, FIQUEI PENSANDO PORQUE ELA FALOU QUE EU ESTAVA LINDA, SERÁ QUE ELA ME CONHECIA DE ALGUM LUGAR, , TERMINEI MEU TRABALHO, APROVEITEI PARA ME DEITAR NA CASA, , NOSSA QUE SAUDADES DE VOVÔ, A LEMBRANÇA DO SEU CACETÃO ME FEZ LEVAR A MÃO ATE MINHA BUCETINHA, FEICHEI OS OLHOS E VIAJEI, COMO FOI BOM OS MOMENTOS DE PRAZER QUE TIVE COM ELE, RESOLVI SAIR DAQUELES PENSAMENTOS EROTICOS E DESCER PARA IR A COSINHA BEBER AGUA, LA CHEGANDO ENCONTREI MEU TIO SENTADO A MESA, CONVERSANDO COM ANTONIA, FOI ENTÃO QUE ELE ME FALOU, SHUMIKO, VOCE LEMBRA DE ANTONIA, FALEI NÃO TIO, ENTÃO ELE COMPLETOU, ANOTONIA É FILHA DE LUCIA, VOCES COSTUMAVAM BRINCAR NO RIO QUANDO CRIANÇAS, FALEI VERDADE, AGORA LEMBRO SIM, ENTÃO FOI POR ISSO QUE VOCE FALOU QUE ESTOU LINDA, ELA SORRIU, PEDI AGUA ELA ME OFERECEU DOCE DE LEITE, QUE TANTO GOSTO, MEU TIO TERMINOU E SAIU FALANDO QUE IA FALAR COM OS EMPREGADOS QUE ESTAVA NO CURRAL, FIQUEI LA COM ANTONIO, COMO TODA MULHER SOMOS MUITO CURIOSAS, ENTÃO NÃO ME CONTIVE E FALEI, SABE NÃO LEMBRO DE QUE TINHA MENINA AQUI, QUANDO EU VINHA PARA CÁ, ERAM DOIS MENINOS, ELA ENTÃO ME DISSE, É VERDADE, COM O PASSAR DO TEMPO, FUI ME MODIFICANDO, MEU CORPO COMESSOU A SE MODIFICAR, DOS 13 ANOS PRA CÁ, COMESEI A CRESCER OS SEIOS, MINHA MÃE ME ATACAVA PARA MEUS PEITOS NÃO APARECER, MINHA MUDANÇA ERA MOTIVO DE VERGONHA PARA MEUS PAIS, ENTÃO FUI MORAR COM MEUS AVÓS NO CEARÁ, ONDE NINGUEM ME CONHECIA, ENTÃO DEIXEI MEU CABELO CRESCER, NO PRIMEIRO ANO MORANDO COM MEUS AVÓS, FIQUEI AFASTADA DE TUDO E DE TODOS, ATE QUE MEUS CABELOS CRESCERAM, ENTÃO ELES ME FALARAM QUE EU ME APRESENTASSE COMO ANTONIA, TUDO PASSOU A SER MAIS FACIL EM MINHA VIDA, FUI ESTUDAR, NÃO TIVE PROBLEMAS EM FAZER NOVAS AMIZADES, TANTO COM MENINAS, E MENINOS, FALEI, NOSSA, EU JAMAIS IA LEMBRAR DE VOCE, VOCE CRESCEU MUITO, TEM VOZ E CORPO DE MULHER, ESTA MUITO BONITA, ELA AGRADECEU PELO ELOGIO, A CONVERSA ESTA DESCONTRAÍDA AÍ ARISQUEI EM LHE PERGUNTAR, E HOJE COMO O PESOAL DAQUI LHE TRATA, ELA ME FALOU POUCO SABEM DE MIM, SO OS MAIS VELHOS, POR SEREM AMIGOS DE MEU PAI, NÃO FAZEM COMENTARIOS OU ESPALHAM A NOTICIA, ENTÃO LHE PERGUNTEI E NAMORADO OU NAMORADA VOCE TEM, ELA SORRIU E FALOU QUE NADA, TENTEI ME RELACIONAR COM UM GAROTO, LA NO CEARÁ, IA TUDO BEM ATE QUE QUE ELE ME LEVOU PARA UM MOTEL, QUANDO ELE FOI TIRAR MINHA ROUPA, TENTEI LHE INFORMAR DA MINHA CONDIÇÃO, MAIS ELE ESTAVA TÃO APREÇADO QUE NÃO ME DEIXOU EXPLICAR, QUANDO ELE TETOU ME ACARICIAR E TOCOU MEU PENIS, FICOU ALARMADO, SAIU QUASE CORRENDO ME DEIXANDO SOZINHA NO MOTEL,, FIQUEI MUITO TRISTE COM O OCORRIDO, PASSADO UM TEMPO CONHECI A RUTH UMA GAROTA, QUE SE DIZIA GOSTAR DE MULHER, PASSAMOS FAZER AMIZADES, OS VISINHOS CHEGARAM A VIR FALAR COM EUS AVÓS DE QUE A MINHA AMIZADE COM AQUELA MOÇA NÃO ERA UMA BOA, COMPANHIA ELES FALARAM QUE IA CONVERSAR COMIGO A RESPEITO, O TEMPO FOI PASSANDO RUTH SE MOSTRAVA UMA PESSOA DOCE E AMAVEL, ATE QUE UM DIA RESOLVI CONTAR PARA ELA DE QUE EU ERA NA VERDADE HOMEM, ELA NÃO ACEITOU E SE AFASTOU DE MIM, VIVO UMA VIDA CRUEL, EM RELAÇÃO AO SEXO, , SAÍ DALI E FUI AO CURRAL ME ENCONTRAR COM MEU TIO, FIQUEI PENSANDO SOBRE ANTONIA, COMO SERIA SEU PENIS,, GRANDE ,PEQUENO FIQUEI CURIOSA, DEMOREI UM POUCO COM MEU TIO, ADMIRANDO OS ANIMAIS AO VOLTAR PARA CASA FICAMOS ASISTINDO ATE QUE CHEGOU A HORA DO JANTAR, ANTONIO NOS SERVIU COM MUITA ATENÇÃO , MEU TIO ATE COMENTOU, ELA ESTA MUDADA HOJE, RETORNAMOS PARA A SALA, NÃO DEMOROU MUITO, MEU TIO INFORMOU QUE IA SE DEITAR, TAMBEM O ACOMPANHEI, CADA UM FOI PARA SEU QUARTO, O DO MEU TIO FICA NO FINAL DO CORREDOR, UNS 12 METROS AFASTADO DO MEU, , ELE ME DEU UM BEIJO DE BOA NOITE, E SAIU, APROVEITEI PARA TOMAR MEU BANHO, SO QUE EU QUERIA TOMAR BANHO NA HIDRO, LIGUEI A AGUA QUENTE E FUI PEGAR MINHAS ROUPAS, TIREI A BLUSA, E A SÁIA, FICANDO SO DE CALÇINHA, DE REPENTE ALGUEM BATEU NA PORTA, ME ERROLEI NA TOALHA E FUI ABRI-LA, QUAL NÃO E MINHA SURPRESA QUANDO ME DEPARO COM ANTONIA, ELA ME PERGUNTA SE ESTOU PRECISANDO DE ALGUMA, PIS ELA VAI SE RECOLHER, ELA ME OLHAVA SEM PISCAR OS OLHOS, ENTÃO RESOLVI MANDAR ELA ENTRAR, NÃO QUERIA QUE MEU TIO LHE VI9SSE PARADA A PORTA DO QUARTO, ELA ENTROU E PERGUNTOU, VEJO QUE VOCE ESTA INDO TOMAR BANHO, PRECISA FECHAR A TORNEIRA, POIS ESTA ENCHENDO, VOCE NÃO VAI AGUENTAR A TEMPERATURA DA AGUA, AÍ ELA SE ADIANTOU INDO A HIDRO FECHAR A TORNEIRA, FIQUEI ADMIRANDO AQUELA MULHER ALTA, DESCONHECIDA PARA MIM, OU HOMEM, , PENSEI, ELA AO SE VIRAR FICOU OLHANDO PARA MIM, A TOALHA QUE NÃO ERA MUITO GRANDE, DEIXAVA PARTES DAS MINHAS COXAS BEM PROXIMO A CALÇINHA ESPOSTA, FIQUEI UM POUCO ENVERGONHADA PELO SEU OLHAR, ELA PERCEBENDO ME FALA, SE PREOCUPA COMIGO NÃO, É QUE VOCE TEM AS COXAS TÃO LISINHAS, QUASE SEM PELOS, NUNCA TENHO A OPORTUNIDADE DE VER ALGUEM TÃO BONITA, ENTÃO LEBREI DOS MEUS PENSAMENTOS DE COMO SERIA SEU PENIS, SERIA ESTA A CHANCE DE TIRAR MINHAS DÚVIDAS, SEGUI PARA O BANHEIRO, ELA CONTINUAVA PARADA ME OLHANDO, ENTÃO RESOLVI LHE PROVOCAR, TIREI A TOALHA COLOCANDO NUMA ARGOLA, FICANDO SO DE CALÇINHA, ANTONIO ESTAVA COMO UMA ESTATUA ME OLHANDO, TOQUEI A AGUA QUE ESTAVA COM UMA TEMPERATURA BOA, COLOQUEI BASTANTE SABÃO LIQUIDO, LIGUE A BOMBA PARA CIRCULAR A AGUA, A ESPUMA FOI SE FORMANDO, ENTÃO FUI ENTRANDO NA BANHEIRA, AO ME SENTAR TIREI A CALÇINHA, ANTONIA CONTINUAVA DE PÉ, ENTÃO LHE ESTENDI A CALÇINHA. PEDINDO PARA ELA COLOCAR NA PIA, QUE DEPOIS EU IA LAVAR, ELA SE APROXIMOU, PARECIA QUE QUERIA OLHAR MEU CORPO, QUE ESTAVA ESTAVA ENVOLTO DE ESPUMA, NOTEI QUE SEU VESTIDO LONGO TINHA UMA ELEVAÇÃO, PENSEI ELA ESTA EXCITADA COM A MINHA VISÃO, AO PEGAR A CALÇINHA ELA FIQCOU ADMIRANDO E COMENTOU, EU NUNCA PEGUEI EM UMA CALÇINHA ANTES, AI LEVOU AO NARIZ, E CHEIROSA, FIQUEI SEM PALAVRAS, NÃO ESPERAVA DE QUE ELA FOSSE CHEIRAR MINHA CALÇINHA, RESOLVI COLOCAR MINHA CURIOSIDADE EM AÇÃO, AI LHE FALEI, VOCE GOSTA DO MEU CHEIRO, ELA RESPONDEU MUITO BOM, QUE ACHOU DO MEU CORPO, LINDO RESPONDEU, SEUS PEITOS SÃO PEQUENOS E DURINHOS, ENTÃO LHE DISSE, JA TOMOU BANHO EM UMA HIDRA , ELA ME FALOU QUE NADA, AGENTE NÃO TEM ESTAS COISAS BOAS EM CASA, SO O PATRÃO, E NÃO PODEMOS USAR, VOCE QUER TOMAR BANHO AGORA COMIGO, ELA ARREGALOU OS OLHOS EFALOU, VOCE DEIXARIA EU FICAR AI COM VOCE , DEIXOU SIM, SO FECHA A PORTA, NÃO QUERO MEU TIO ENTRANDO AQUI, ELA FOI A PORTA E TRANCOU COM A CHAVE, AO VOLTAR VINHA COM UM SORRISO ABERTO, VEIO PARA JUNTO DA BANHEIRA E FOI LEVANTANDO O VESTIDO. SUA PERNAS NÃO TINHA MUITOS PELOS, SO QUE AO INVÉS DELA USAR CALÇINHA, USAVA UM SHORTINHO CURTO, QUE DELINEAVA O SEU PENIS, ENTÃO LHE FALEI, VEM ENTRA AQUI, ELA FOI ENTRANDO NA BANHEIRA, VESTIDA COM A CUECA, AO SENTAR-SE, A AGUA DA BANHEIRA TRANSBORDOU, , SENTI SUA PERNAS TOCAR AS MINHAS COXAS, O CONTATO ME EXCITOU, A LEMBRANÇA QUE TICE FOI DE VOVÔ, SERA QUE ANTONIA TERIA UM PENIS QUE FOSSE PELO MENOS A METADE DO DELE, ME LEVANTEI E FUI PARA CIMA DELE, SENTANDO EM SUA COXAS, ELA ME ABRAÇOU, SEUS PEITOS DE TAMANHO MÉDIO SE COLARAM AOS MEUS, FICAMOS NOS ACARICIANDO, COMO SE FOSSEMOS VELHOS NAMORADOS, ENTÃO LHE PEDI, TIRA SUA SEU SHORT, NÃO VAI PRECISAR DELE AQUI, ENTÃO DESCEU SUAS MÃOS PARA TIRAR O SHORT, A AGUA COBRIA SEU CORPO, A ESPUMA NÃO PERMITIA VER SEU CACETE, FUI SUBINDO MEU CORPO DE ENCONTRO A SEU CACETE, AI COLEI MINHA BUCETA A SEU CACETE, DESCI A MÃO PARA CONFERIR SEU TAMANHO, ERA BASTANTE GRANDE E GROSSO, NÃO CHEGAVA A SE PARECER COM VOVÔ, MAIS TINHA UM BOM TAMANHO, AO SEGURAR SEU PAU, ELA SEGUROU MEUS PEITONHOS, FICOU ACARICIANDO COM A ESPUMA ENTÃO ME DISSE, PORQUE ESTA FAZENDO ISSO COMIGO, NUNCA TIVE UMA GAROTA, VOCE É TÃO NOVINHA, COMO , JA ESTEVE COM ALGUM HOMEM ANTES, JA SIM LHE FALEI, VARIAS VESES, NA CIDADE GRANDE COMESSAMOS CEDO NOSSA VIDA SEXUAL, AI ELE ME PERGUNTA, POSSO TE BEIJAR, QUERO SENTIR SEUS LÁBIOS, SUA BOCA NA MINHA, ERGUI MAIS O CORPO, AGORA SENTANDO SOBRE SEU CACETE, DEIXANDO ELE PRESO ENTRE MINHAS COXAS, SOBRE OS LABIOS DA MINHA VAGINA, SEGUREI SEUS CABELOS E O BEIJEI, ELE NÃO TINHA MUITA EXPERIENCIA EM BEIJAR, SUA BOCA ESTAVA FECHADA, ENQUANTO EU TENTAVA ENFIAR MINHA LINGUA NELA, ENTÃO ME AFASTEI E LHE PEDI, CHUPA MINHA LIGUA, ELA AGORA OBDECEU, NOS BEIJAMOS NOVAMENTE, AGORA ELE SUGAVA MINHA LINGUA COM TANTA FORÇA QUE CHEVADA A DOER, SEU CACETE PULSAVA, DAVA PRA SENTIR SUA CONTRAÇÕES, ENTÃO COMESSEI A DESEJAR SER PENETRADA, FUI ERGENDO O CORPO, ATE QUE SENTI SEU PAU SE ENCAIXANDO NA ENTRADA DA MINHA BUCETA, LHE FALEI, QUERO SEU VCACETE DENTRO DE MIM, QUERO GOZAR COM VOCE ENTERRADO EM MIM, DITO ISSO SEGUREI SEU PAU, QUE ESTAVA MAIS DURO AINDA, AÍ COLOQUEI A CEBEÇA DO SEU CACETE , NA PORTINHA DA ENTRADA DA BUCETINHA, TINHA MUITA ESPUMA, DENTRO DA BANHEIRA, PINCELEI SEU PAU , INDO ATE O CUZINHO, TIVE VONTADE DE ENFIA-LO, MAIS EU QUERIA MESMO, ERA SEU PAU NA MINHA BUCETA, DEIXEI MEU CORPO IR ARRIANDO, NÃO TIVE MUITA DIFICULDADE, POIS A ESPUMA SERVIA DE LUBRIFICANTE, SEU PAU FOI ENTRANDO, ENTRANDO, ME PARECIA BEM GRANDE, ESTAVA ME ALARGANDO, ELA COMESSOU A SE MOVER, SEU MOVIMENTO FAZIA A AGUA DERRAMAR, ENTÃO COMESSEI A SENTIR QUE IA GOZAR, ME PRENDI A SEU CORPO, NÃO QUERIA DEIXAR NADA DE SEU PAU FORA DA MINHA BUCETA, ENTÃO COMESSEI A SOLTAR GEMIDINHOS, AIIII, AAIIIIIIII, UUIIIIIIII, UUIIIIIII, ME FODE, COM FORÇA, AAIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIII, ENFIA, ENFIA TUDINHO, TUDINHO, AI NÃO ME CONTROLEI, E COMESSEI A GOZAR INTESSAMENTE, FUI ME ACALMANDO, ME ABRAÇEI FORTE, DEIXANDO SEU CACETE PRESO DENTRO DA BUCETA, AI ELE ME FALA, AINDA NÃO GOZEI, FICA DE QUATRO, FUI SAINDO DE CIMA DELE ME AFASTEI PARA ELE IR PARA TRAZ DE MIM, ELE AO SE LEVANTAR AI VI SEU CACETE, ERA GRANDE E GROSSO, SO PEDIA PARA VOVÔ NO TAMANHO, ENTÃO ELA SE COLOCOU ATRAZ DE MIM E FOI ENFIANDO, SEGUROU EM MEUS QUADRIS ME PUCHANDO COM FORÇA, SEU PAU DESAPARECEU POR INTEIRO DENTRO DA MINHA BUCETINHA, SENTI A CABEÇA DO SEU CACETE TOPAR NO MEU UTERO, EU ESTAVA DE NOVO INICIANDO UM NOVO GOZO, EMPURRANA A BUNDA PARA TRAZ, QUERIA CADA CENTIMETRO DO SEU CACETE DENTRO MIM, AGORA SIM ELA DEMONSTRAVA QUE SABIA FUDER, FAZIA MOVIMENTOS SUAVES E CADENCIADOS, POUCAS VESE FUI COMIDA COM TANTA MAESTRIA, ENTÃO LEMBREI DO CACETÃO DE VOCE, ,VOVÔ NAQUELE MESMO QUARTO, COMESSEI A GOZAR, MEUS GRITOS SOAVAM COMO MUSICAS, AAIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIII, HO, HO, HO, TIVE QUE ME SEGURAR NA BORDA DA BANHEIRA, POIS MEU CORPO IA ARRIANDO E NÃO QUERIA ME AFOGAR, SO ENTÃO ELA DEU UMA SOCADA FORTE, E FOI TIRANDO SEU CACETE DE DENTRO DE MIM, ME VIREI PARA OLHAR PARA ELE, SEU CACETE SOLTAVA GOLFADAS DE PORRA, SUCESSIVAS, EU NUNCA TINHA VISTO UM HOMEM GOZAR DAQIELE JEITO, SENTOU-SE NA BANHEIRA, EU ME SENTEI TAMBEM, ELA ESTAVA OFEGANTE, COLOQUEI MEU PÉ SOBRE PEITE FAZENDO MASSAGEM, ELA ME OLHA COM MUITA TERNURA EM SEUS OLHOS E COMENTA, EU NUNCA TINHA GOZADO EM UMA BUCETA, NÃO SABIA DO PRAZER QUE ELA TEM, , TUDO QUE TENHO FEITO E ME ALIVIAR, COM OS ANIMAIS DA FAZENDA OU NA MÃO, OBRIGADO, NUNCA VOU ESQUECER ESTE MOMENTO, MAIS QUERO LHE PERGUNTAR UMA COISA, COMO VOCE TÃO PEQUENA CONSEGUIU ENFIAR MEU CACETE EM SUA BUCETINHA SEM RECLAMAR, NA ESCOLA EU OUVIA AS MENINAS FALANDO DE QUE OS CACETES GRANDES DOS RAPAZES FAZIAM ELAS SENTIREM DORES, VOCE JA ESTEVE COM GAROTOS DO CACETE GRANDE, ENTÃO LHE DISSE, COM GAROTO NÃO, MAIS COM UM HOMEM BEM VELHO, QUE TEM UM CACETE QUE DEVE SER QUAIS DUS VESES MAIOR DO QUE O SEU ,SE EU TE CONTAR VOCE NÃO VAI ACREDITAR, MAIS ISSO EU TE FALO OUTRA HORA, AI FICAMOS DANDO BANHO UMA NA OUTRA, FICAMOS UM TEMPÃO NA BANHEIRA, ATE QUE RESOLVEMOS SAIR, ELA ME BEIJOU, AGORA COM SUAVIDADE, APRENDEU RAPIDO A LIÇÃO, COLOQUEI MINHA ROUPA DE DORMI, SOMENTE SHORT E BLUSA, ELA SAIU DO QUARTO, ESTAVA RELACHADA, NÃO DEMOREI A ADORMECER, ACORDEI DE MANHA, COM MEU TIO ME CHAMANDO PARA TOMAR O CAFÉ, AO ME DESCOBRI ELE PERCEBEU QUE MINHAS COXAS ESTAVA TOTALMENTE AMOSTRA, DEIXANDO VER MINHA BUCETINHA CABELUDA APARECENDO PELA PERNA DO SHORT FOLGADA, ELE ESTAVA ADMIRADO ME OLHANDO, ENTÃO PEDI PARA ELE IR NA FRENTE QUE EU JA IA DESCER, SEI QUE ELE FICOU ME DESEJANDO, MAIS ISSO E OUTRA HISTORIA, NOS VEMOS EM OUTRA OCASIÃO, BEIJOS A TODOS, TCHAU...................FIM


Foto 1 do conto: O MENINO EM CORPO DE MENINA



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

EU , O CAVALEIRO E O VAGABUNDO 1.