VOVÔ RUI E O PEÃO JOAQUIM NOS FUDERAM


BY: betoleandro
OI PESSOAL ESTOU DE VOLTA, A SAUDADE DO CACETÃO DE VOVÔ RUI ME FEZ VOLTAR A FAZENDA, PARA OS QUE NÃO ME ME CHAMO JOANA, TENHO 21 ANOS, 1.58 DE ALTURA, 52 KILOS, PEITINHOS MEDIOS, BUNDINHA REDONDA, COXAS DELENEADAS, RESIDO NUMA CIDADE DO INTERIOR PARAIBANO, SOU NETA DO SR RUI, PROTAGONISTA DE VARIOS RELATOS, PELAS SUAS NETAS, POIS AMBAS TEM FOGO NA BUCETA, QUE SUA MANGUEIRA DESCOMUNHAL APAGA, NA SEMANA PASSADA FUI PASSAR O SÃO JOÃO NA FAZENDA DO MEU AVÔ RUI, CHEGUEI LOGO CEDO ACOMPANHADA DA MINHA FAMILIA, TIOS, TIAS, PRIMAS, A CASA FICOU LOTADA, COM TANTA GENTE, VOVÔ TINHA PREPARADO UM ALMOÇO ESPECIAL PARA NÓS, OS EMPREGADOS PREPARARAM O ARRAIAL AO ÇADO DA CASA GRANDE, CHAGOU A HORA DO ALMOÇO, FOMOS TODOS PARA A PALHOÇA PREPARADA ESPECIALMENTE PARA A FESTA, VOVÔ CONVIDOU TODOS OS EMPREGADOS PARA A FESTA, FALOU QUE HOJE E PARA TODOS SE DIVERTIREM, AOS POUCOS ELES FORAM CHEGANDO SE ACOMODANDO A MESA ESTENÇA COM BANCOS DE MADEIRAS, EU ESTAVA VESTIDA COM UMA CALÇA DE MOLETON BRANCA,E BLUDA BRANCA, SEM SUTIEN, UM POUCO CURTA QUE DEIXAVA MINHA BARRIGUINHA DE FORA,, VOVÔ SE SENTOU A MEU LADO E COMENTOU, JOANINHA, VOCE ESTA MUITO LINDA, SORRI UM TANTO FELIZ, PELO SEU ELEGIO, LHE BEIJEI O ROSTO E APROVEITEI PARA LHE FALAR OA OUVIDO QUE IA FICAR NA FAZENDA, ELE ENTENDEU MEU RECADO, ENTRE OS EMPREGADOS DA FAZENDA, TAMBEM ESTAVA SENTADO A MINHA FRENTE O JOAQUIM, O CARA QUE COM SUA ROLA DESCOMUNHAL TIHA ARREGAÇADO A BUCETA DA PRIMA RITA NA ULTIMA VÊS QUE ESTIVEMOS NA FAZENDA, QUANDO ELA ME CONTOU EU NÃO ACREDITEI, DAÍ PRA CÁ MEU SONHO É CONFERIR O TAMANHO DO SEU CACETÃO, DE VÊS EM QUANDO EU PERCEBIA QUE ELE NÃO TIRAVA OS OLHOS DE MIM, APROVEITEI PARA LHE DAR UM SORRISO. MEIO TIMIDO, ELE RETRIBUIU, FICAMOS TROCANDO OLHARES, CRISTINA MINHA PRIMA, VEIO SE SENTAR JUNTO A VOVÔ, O ALMOÇO ERA UM VERDADEIRO BANQUETE, CHURRASCO DE BODE, GALINHA CAIPIRA, E A FAMOSA BUCHADA, A BEBIDA CORRIA SOLTA, PINGA CERVEJA, RUN, TINHA DE TUDO, VOVÔ BEBIA DE TUDO, O PESSOAL PEDIA PARA ELE MODERAR, DEPÓIS DE TANTAS ELE JA ESTAVA MUITO ANIMADO, ENTÃO PEDIU PARA O PESSOAL QUE IA TOCAR NA FESTA COMESSAR O FORRÓ, ASSIM QUE O FORRÓ COMESSOU VOVÔ FOI O PRIMEIRO A INICIAR A DANÇA, MULHERES NÃO LHE FALTAVA PARA DANÇAR,TODAS AS NETAS ESTAVAM, RITA, CRISTINA, CARMEM , ELE FOI DANÇANDO COM CADA UMA DE NÓS, O PESSOAL O ACOMPANHOU NA DANÇA ERA UM TROCA-TROCA DE CASAL, EU DANÇAVA COM VOVÔ QUANDO ELE ME FALOU, TO COM SALDADES NÃO VA EMBORA, FALEI VOU FICAR SIM, O PESSOAL ESTA INDO PARA SANTA LUZIA, DEPOIS DA FESTA AQUI, ENTÃO PEÇO PARA FICAR, ELE ME ABRAÇOU FORTE EM SINAL DE AGRADECIMENTO, FOI ENT~]AO QUE O JOAQUIM SE APROXIMOU E FALOU, SR RUI ME PERMITE DANÇAR COM A MENINA, VOVÔ ME ENTREGOU, O CARA ERA BEM ALTO, MINHA CABEÇA FICAVA A ALTURA DO SEU PEITO, USAVA UM PERFUME DO TIPO MADEIRA, NÃO ERA TÃO RUIM, SEU BRAÇOS FICARAM SOBRE MEUS OMBROS, ENQUANTO EU LHE ABRAÇAVA A CINTURA, NUM DADO MOMENTO ELE ME APERTOU FORTE, SENTI O VOLUME DO SEU PENIS ENCOSTAR EM MINHA BARRIGA, GOSTEI DO CONTATO, ME VEIO A LEMBRANÇA DA HISTORIA QUE RITA ME CONTOU, COMO A GENTE ESTAVA NO CANTO DO DANCIN, APROVEITEI PARA LHE FALAR, A RITA ME FALOU SOBRE VOCES, TAMBEM QUERO FICAR COM VOCE, ELE PERDEU O RITMO DO XOTE QUE DANÇAVAMOS, PRECISOU PARAR PARA RECOMESSAR, ENTÃO ME DISSE DEPOIS FALAMOS SOBRE ISSO TA BOM, RESOLVI IR FICAR JUNTO DE VOVÔ E CRISTINA, QUE ESTAVAM NUMA CONVERSA ALEGRE, ENTÃO LEVANTA-SE E VAI DANÇAR COM CRISTINA, QUE TEM QUASE A MESMA ALTURA QUE EU, ELE ESTAVA BEM ABRAÇADO A ELA, QUE POR SUA VÊS DANÇAVA COM AS PERNAS UM POUCO AFASTADAS, QUE ERA PARA ELE ENCAIXAR SUA COXA ENTRE AS DELAS, DURANTE UM BOM TEMPO FIQUEI ADMIRANDO ELES DANÇAR, ATE QUE ME VEIO A LEMBRANÇA DA NOITE QUE PASSEI COM ELE, ONDE ME DEIXOU DE BUCETA ARDIDA DE TANTO CACETE QUE LEVEI, AGORA ERA ELA QUE ESTAVA RECEBENDO OS CARINHOS DELE, SENTI MINHA BUCETINHA PALPITANDO, NÃO SEI POR QUANTO TEMPO IA AGUENTAR, A NOITE COMESSOU A CHEGAR, VOVÔ VOLTOU PARA A MESA, NÕ PUDE DEIXAR DE OLHAR PARA O MEIO DE SUAS PERNAS, TINHA SINAL DE EREÇÃO, MAIS ACHO QUE TINHA PREVISTO ISTO E ESTAVA USANDO SUAS CUECAS ESPECIAL DE LYCRA QUE DEIXA SEU CACETÃO PRESO, EM DADO MOMENTO MEUS PAIS E MINHAS TIAS E DEMAIS FAMILIARES COMUNICARAM QUE IAM CONTINUAR A FESTA EM SANTA LUZIA NA CASA DE AMIGOS QUE OS ESPERAVA, ENTÃO APROVEITEI QUE IA FICAR COM VOVÔ, POIS ELE DEMONSTRAVA ESTA UM POUCO ALTO PELA BEBIDA, CRIATINA ENTÃO FALOU QUERIA FICAR TAMBEM, O RESTANTE FOI SE DESPEDINDO INDO EM DIREÇÃO A SEUS CARROS, SO ENTÃO RITA ME FALOU AO OUVIDO, SABIDINHA, SEI O QUE VOCE QUER REALMENTE,FORAM EMBORA O EMPREGADOS TRATARAM DE RETIRANDO O RESTANTE DAS COMIDAS QUE TINHA A MESA, VOVÔ FALOU QUE IA EM SEU QUARTO, PRECISAVA TIRAR A AGUA DO JOELHO(URINAR)FIQUEI CONVERSANDO COM CRISTINA, ENTÃO ELA ME FALOU, OLHA COM O TESÃO QUE EU ESTOU, HOJE EU VOU FUDER ATE SAIR SANGUE, SO ESPERO QUE VOVÔ AGUENTE, POIS ELE BEBEU MUITO, COMPLETEI, HOJE ELE REALMENTE VAI MOSTRAR TODA SUA POTENCIA, PORQUE JA ESTOU DE BUCETA MOLHADA, SO EM VÊ VOCES AGARRADOS, DANÇANDO, TARADA ELA FALOU, QUEM JA VIU ALGUEM SE MOLHAR VENDO OUTRO DANÇAR, RISOS,, VOVÔ COLOCOU A CABEÇA PARA FORA NO ANDAR DE CIMA E FALOU QUE IA TOMAR BANHO E SE DEITAR, ERA O CONVITE PRA GENTE IR FICAR COM ELE, CRISTINA RESOLVEU IR NA FRENTE, FIQUEI SENTADA NO ALPENDRE, QUANDO ELA SAIU O JOAQUIM SE APROXIMOU, PERGUNTOU SE EU TINHA GOSTADO DA FESTA, FALEI QUE SIM, ENTÃO ELE ME DISSE, EU TAMBEM GOSTEI MUITO, EM ESPECIAL PORQUE VOCE VEIO A FESTA, DESDE A ULTIMA VÊS QUE VOCE ESTEVE AQUI, QUE AINDA OUÇO SEUS GRITINHOS COM SEU RUI, QUE GRITOS FALEI, ORA FALOU ELE, EU ESTAVA SENTADO AQUI, DAVA PARA ESCUTAR SEUS GRITOS DE GOZO, FIQUEI ALUCINADO, PENSANDO EM VOCE TÃO PEQUENA DANDO PRO SEU RUI, JA TOMAMOS BANHO NO RIO DEPOIS DO TRABALHO, ELE TEM UM CACETÃO DANADO DE GRANDE, FIQUEI SEM RESPOSTA, NÃO TINHA COMO NEGAR, POIS GRITO COM VONTADE NOS MEUS ORGASMOS, ELE ENTÃO FALA, O QUE A DRA. RITA LHE FALOU, EU DISSE ELA ME CONTOU QUE SEU PAU MAIS PARECE UM CAVALO, NÃO ACREDITO, ACHO QUE ELA EXGEROU, ELE SORRIU, BOM SE QUISER VER VÁ A MINHA CASA MAIS TARDE, DEPOIS QUE SEU RUI DORMI, DO JEITO QUE ELE BEBEU ACHO QUE NEM TROVÃO VAI ACORDAR ELE, SORRI E FALEI, VOU TOMAR BANHO, SUA CASA É AQUELA ATRAZ DA BÁIA, ELE FALOU ISSO MESMO, DEIXO AS LUZES ACESA OK, , ME ESTENDEU A MÃO E ME PUXOU NUM ABRAÇO FORTE,, ME SOLTOU E FOI SAINDO, VIROU-SE E FALOU, TO AGUARDANDO, SENTI MINHAS PERNAS TREMER, SO DE PENSAR COMO SERIA FICAR COM AQUELE HOMEM GRANDÃO E SEGURAR SEU CACETÃO, FUI ENTRANDO NA CASA, TODO O PESSOAL JA TINHA SE RETIRADO, FECHEI A PORTA E FUI SUBINDO AS ESCADAS, OUVI RISADAS VINDO DO QUARTO DE VOVÔ, FUI ENTRADO ENTÃO VI CRISTINA JA SEM ROUPAS, SENDO ACARICIADA POR VOVÔ, ELE BEIJAVA SEUS PEITINHOS E ACARICIAVA SUA BUCETINHA, PASSANDO O DEDO EM SEU CLITORIS, ELA LEVANTABA AS PERNAS QUERENDO PRENDER SUA CABEÇA, ATE QUE SUAS COXAS FICARAM SOBRE SEUS OMBROS, AI ELE NÃO PERDEU TEMPO, FOI CHUPAR SUA BUCETA, ELE DEU UM GRITO, QUANDO ELE PASSOU A LIGUA NA ENTRADA DA SUA BUCETA, FICOU MASSAGEANDO, ELA COMESSOU A IMPLORAR, VAI VOZINHO ME COME, NÃO AGUENTO MAIS, TAVA COM SALDADES DESTE CACETÃO GOSTOSO, FIQUEI ENCOSTADA A PAREDE OLHANDO OS DOIS AGARRADOS, VOVO PERCEBEU MINHA PRESENÇA E FALOU, VAI FICAR AI SO OLHANDO, VENHA DAR PARA AS DUAS, ENTÃO PENSEI CHEGOU MINHA VÊS, VOU ATRAZ DO JOAQUIM, ENTÃO LHE DISSE, HOJE QUERO VÊ ESTE CACETÃO ENTRANDO NUMA BUCETINHA IGUAL A MINHA, ABRI MINHA CALÇA E BAIXEI ATE O MEIO DAS COXAS, COLOQUEI A MÃO ENTRE AS COXAS E COMESSEI A ACARICIAR MINHA BUCETA, VOVÔ FICOU ME OLHANDO SEM ENTENDER DIREIRO MINHA ATITUDE, ENTÃO FALOU, PENSEI QUE IA COMER AS DUAS, COMO FIZ COM CRISTINA E CARMEM, NISSO AFASTOU AS COXAS DE CRISTINA, DEU UMA CUSPIDA NA PALMA DA MÃO R PASSOU NA CABEÇONA DO SEU CACETE, PEGOU MAIS UMA BOA QUANTIDADE E PASSOU NA BUCETA DE CRISTINA, ACHO QUE ELE NEM PRECISAVA FAZER, POIS SEUS DEDOS FICARAM PEGAJOSO DO SEU LIQUIDO VAGINAL, FICOU PINCELANDO O CACETÃO NA ENTRADA DA SUA BUCETA, ELA NÃO PARAVA DE FALAR, NÃO FAZ ISSO VOZINHO, ENFIA, NÃO JUDIA DA SUA NETINHA, VEM,, VEM QUERO VOCE ATOLADO NA MINHA BUCETA, ENFIA, VEM,VEM, ELE ECAIXOU E FOI ENFIANDO, A BUCETA DELA TÃO UMEDECIDA, QUE O CACETÃO FOI DESAPARECENDO, QUANDO ENTROU A METADE, ELA CRUZOU SUAS PERNAS EM SUA CINTURA, AGARROU ELE POR DEBAIXO DO SEUS BRAÇOS E GRITOU, BOTA TUDO, AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, QUE DELICIA, SOCA VOZINHO, MATA MEU DESEJO, UUIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIII, VOVÔ DEIXOU SEU CORPO ARRIAR, AI VI SEU CARALHÃO ENTRAR TODINHO, ELA MORDEU SEU OMBRO, COM TANTA FORÇA QUE ELE GEMEU, COMESSOU O VAI E VEM, O CACETÃO ENTRAVA E SAIA, ELA GRITAVA COMO LOUCA, SOQUEI DOIS DEDOS NA BUCETA, ERA DEMAIS ASSISTI AQUELA FODA, COMESSEI A ENFIAR E TIRAR, EU QUERIA MAIS, ENTÃO FECHEI A MÃO EM CONCHA E SOQUEI O QUATRO DEDOS ATE TOPAR NO POLEGAR, PELA PRIMEIRA VÊS EU ENFIAVA A MÃO INTEIRA NA BUCETA, FIQUEI ESTASIADA, MINHA VONTADE ERA ENFIAR A MÃO INTEIRA COM O BRAÇO, MAIS NÃO TINHA COMO EU ESTAVA EM PÉ, ENTÃO TIREI A MÃO DA BUCETA TODA MOLHADA COM MEU MEL, RESOLVI SAIR DALI DIRETO PRA CASA DO JOAQUIM, QUASE CORRI PARA SUA CASA EM PASSOS LARGOS, QUANDO CHEGUEI ELE ESTAVA SENTADO NUMA CADEIRA DE CABEÇA BAIXA, ACHO QUE IAMGINANDO DE QUE EU NÃO IA LHE PROCURAR, QUANDO ELE ME VIU ABRIU UM SORRISO ENORME, ABRIU OS BRAÇOS E FALOU VA ENTRANDO, QUE BOM QUE VOCE VEIO, CADE SEU RUI JA DORMIU, FALEI QUE NADA, ESTA FUDENDO A CRISTINA, ACHO QUE VAI FICAR A NOITE TODA, VEIO EM MINHA DIREÇÃO E ME ABRAÇOU, EU ME SENTIA UMA CRIANÇINHA JUNTO DELE PELO SEU TAMANHO, ELE ESTAVA USANDO UMA CAMISETA REGATA E UMA BERMUDA QUE IA ATE OS JOELHOS, AO ME ABRAÇAR A ELE SENTI O VOLUME DO SEU CACETE, DENTRO DA ROUPA, FIQUEI PRECIONADO MEU MEU CORPO AO DELE
POR SER BAIXINHA SEU CACETE PRECIONAVA MINHA BARRIGA NA ALTURA DO UMBIGO, MEU CORAÇÃO FOI SE ACELERANDO, ME DANDO UMA TREMURA NAS PERNAS. ELE PERCEBEU E PERGUNTOU SE EU QUERIA SENTAR, FALEI QUE SIM, ELE SE SENTOU E PEDIU PARA EU SENTAR EM SEU COLO, SENTEI DE FRENTE PRA ELE, ADMIREI SEUS BRAÇOS FORTES E OMBRO LARGO, MASSAGIEI SUAS COSTAS, ELE ME ABRAÇO, FIQUEI ABRAÇADA A ELE COMO UM BEBÊ ENCOSTANDO MINHA CABEÇA EM SEU OMBRO, AGORA DAVA PRA SENTIR QUE SEU CACETE ESTAVA MAIS DURO. EU CONTINUAVA AINDA VESTINDO A CALÇA DE MOLETON, ELE LEVOU SUAS MÃOS A MEUS PEITINHO QUE DE TÃO DUROS PARECIA QUERER FURAR A BLUSA, FICOU MASSAGENDO OS BIQUINHOS DOS PEITOS ENTRES SEUS DEDOS LONGOS, GEMI, HANNNN, HAANNNN, ELE PAROU, PERGUNTOU SE ESTAVA DOENDO, LHE DISSE NÃO TA GOSTOSO, CONTINUA, MAIS, MAIS, ELE AGORA FOI SUSPENDENDO A BLUSA, SUSPENDI OS BRAÇOS PARA FACILITAR A RETIRADA, AO VER MEUS PEITINHOS ELE EXCLÇAMOU, QUE LINDOS, SEUS BIQUINHOS DOURADOS, QUE LINDOS, AO TIRAR A BLUSA ELE DIRIGIU SUA BOCA A UM DOS PEITOS, POR SEREM PEQUENOS COLOCOU INTEIRO NA BOCA, DAVA CHUPADAS QUE O PEITO DESAPARECIA INTEIROEM SUA BOCA, COMESSEI A REBOLAR SOBRE SEU PAU, SUBIA E DESCIA, ELE ACOMPANHAVA MEU MOVIMENTO SEU SOLTAR MEU PEITO, COMESSEI A TREMER COMO VARA VERDE, QUERIA VER SEU CAETE LIVRE DAS ROUPAS, ENTÃO LHE DISSE, QUERO SEU CACETE, ELE ESTAVA DURO QUE PARECIA QUERER SAIR PELA PERNA DA BERMUDA, ELE PEDIU PARA EU SAIR DE DE CIMA DE SUAS COXAS, ME LEVANTEI, SENTINDO AS PERNAS BAMBAS DE TANTO DESEJO, ELE SOLTOU O BOTÃO DA BERMUDA, BAIXOU O ZIPPER, AO FAZER ISSO PERCEBI DE QUE ELE ESTAVA SEM CUECAS, SEU MEMBRO ERA REALEMENTE MUITO GROSSO NA BASE DO SEU CACETE, ERGUEU A BUNDA DA CADEIRA E PEDIU PARA EU TIRAR SUA BERMUDA, ME AJOELHEI E FUI PUCHANDO SUA BERMUDA, NA MEDIDA QUE A BERMUDA IA DESCENDO SEU CACETE IA APARECENDO, EU ESTAVA ABISMADA COM O TAMANHO DO SEU CACETE, QUE NÃO TERMINA DE SAIR DA BERMUDA, SO AO BAIXAR ATE OS JOELHOS E QUE LIVREI SEU CACETÃO, EXCLAMEI NOSSA ISSO NÃO EXISTE, VOCE ATE PARECE O CAVALO QUE COBRIA A EGUA OUTRO DIA, A CABEÇONA DO SEU CACETE ERA ENORME, TINHA A DIMENSÃO DE UMA COCA COLA DE 500ML, PASSEI A MÃO DE CIMA A BAIXO, PARA SENTIR TODO SEU CARALHÃO, DE TÃO GRANDE ELE NÃO FICAVA LEVANTADO, SEGUREI AO MEIO DAQUELA ANACONDA HUMANA E LEVEI A BOCA, NÃO TINHA XEIRO DE PAU MAU LAVADO, O CAIPIRA SABIA COMO SE LIMPAR, COLOQUEI NA BOCA, ELE ESTIROU AS PERNAS NUM SINAL DE QUE GOSTAVA DE SER CHUPADO, CONSEGUI ABOCANHAR NADA MAIS QUE UNS 6CM, ERA MUITO CACETE PRA MINHA BOQUINHA, FIQUEI SUGANDO INDO E VINDO, ATE QUE SENTI A NECESSIDADE DE ENFIAR AQUYELE MONSTRO NA BUCETA, PENSEI SE VOVÔ ENFIOU SEU CACETE INTEIRO NA MINHA BUCETA, EU PELO MENOS IRIA AGUENTAR A MATEDA DAQUELE CACETÃO, ENTÃO FIQUEI DE PÉ, E FUI ABAIXANDO MEU MOLETON, ELE NÃO TIRAVA OS OLHOS DE MIM, BAIXEI O MOLETON COM CALÇINHA E TUDO, NÃO QUERIA PERDER TEMPO, ELE AO VER MINHA BUCETINHA CABELUDINHA, OS PENTELHOS LONGOS COBRIA A ENTRADA DA BUCETA ENTÃO ME DISSE, ESTA BUCETINHA PEQUININA CONSEGUIU ENGOLIR O CACETÃO DO SEU RUI, BALANÇEI A CABEÇA AFIRMANDO ELE COMENTOU, SE ME CONTASSE EU NÃO ACREDITARIA, VEREMOS O QUANTO VOCE VAI AGUENTAR DO MEU, SENTI UM FRIO NA BARRICA COM O COMENTARIA DELE, MAIS EU JA ESTAVA ALI, NÃO IRIA DESISTIR LOGO AGORA, ELE PEDIU PARA MIM SE SENTAR NOVANEMTE EM SEU COLO, MAIS EU QUERIA MESMO ERA SENTIR SEU CACETÃO, NA CADEIRA NA IA DAR, PPOIS TINHA MUITO CACETE A MINHA FRENTE, EU NÃO IA CONSEGUIR FICAR A ALTURA DA CABEÇA DO SEU PAU, QUE PELO TAMANHO QUASE CHEGAVA A SEU QUEIXO, A CASA ERA PEQUENA, APENAS SALA E BANHEIRO, ONDE TINHA UMA CAMA DE SOLTEIRO, PEDI PARA ELE, VAMOS PARA A CAMA, ELE SE LEVANTOU, ME COLOCOU NOS BRAÇOS, PARECIA QUE EU NÃO TINHA PESO ALGUM, ME LEVOU ATE A CAMA, ME SEGUREI A SEU PESCOÇO, ELE FOI ME DEITANDO DE LEVE EVEIO POR CIMA DE MIM, FICOU SENTADO SOBRE MINHA COXAS, SEU PAU CHEGOU A ALTURA DOS MEUS PEITINHOS, COM UMA DAS MÃOS ELE ALISOU MINHA BUCETINHA, FICOU MASSAGEANDO O DEDÃO MEDIO NA ENTRADA DA MINHA BUCETA, TENTEI LEVANTAR O CORPO, AMIS ELE MUITO PESADO NÃO CONSEGUI ME ELEVAR, LEVANTEI UM POUCO A CABEÇA DO TRAVESSEIRO E ABOCANHEI SEU CACETE, O CONTATO DA MINHA BOCA, FEZ QUE ELE ENFIASSE O DEDÃO EM MINHA BUCETINHA, SEU DEDO PARECIA UM CACETINHO PEQUENO. ESTIREI MEU BRAÇO PARA ACARCIAR SEUS CULHOES, ENTÃO PERCEBI QUE SEU CACETÃO ERA DO TAMANHO MEU ANTE BRAÇO, AGORA QUE ELE ESTA MAIS ERECTO TINHA FICADO MAIS GROSSO, ENTÃO PENSSEI, NÃO VAI SER FACIL AGUENTAR ESTE CAVALO, AO TOCAR SEUS CULHÕES ERAM GRANDES COM LIMÕES TAITY, ELE SO RESPIRAVA, MEU QUEIXO JA ESTAVA DOENDO PELO ESPEÇURA DA CABEÇONA DO SEU CACETÃO, TIREI O PAU DA BOCA PARA DESCANÇAR, ENTÃO PEDI PARA ELE SE DEITAR COMIGO, POIS EU QUERIA CAVALGAR SEU CACETÃO, ELE DEITOU EU SUBI EM CIMA DELE, ENCAIXEI O CACETÃO ENTRE AS COXAS, E COMESSEI A ME MOVIMENTAR PRA FRENTE PRA TRAZ, ERA MARAVILHOSO AQUELE MONSTRO SENDO ALIZADO PELA MINHA BUCETA, QUE DE TÃO MOLHADA, DEIXAVA ELE TODO MOLHADO, PARECIA QUE TINHA UMA CACIMBA DAGUA DENTRO DE MIM, PARA DERRAMAR TANTO LIQUIDO, ME CURVEI SOBRE ELE, AGORA EU QUERIA LHE BEIJAR, FUI SUBINDO O CORPO PARA PODER ALCANÇAR SUA BOCA ELE É GRANDÃO, NOS BEIJAMOS, SUA BOCA ERA XEIROSA E DOCE, NOSSAS LINGAS SE ENCONTRARAM E FICAMOS MASSAGEANDO O CEU DE NOSSAS BOCAS, FICAMOS NOS BEIJANDO POR UM BOM TEMPO, FAZIA TEMPO QUE NÃO BEIJAVA ALGUEM COM TANTA VOLUMPIA, FOMOS NOS SOLTANDO DO BEIJO, ENTÃO FALEI QUE QUERIA ENFIAR SEU CACETÃO EM MINHA BUCETA, ELE ME DISSE VOCE MANDA, MENINA BONITA, MOSTRE O QUANTO GOSTA DE PICA GRANDE, JA QUE VOCE FUDEU COM SEU AVÔ, SI QUE VAI GOSTAR DE FUDER COMIGO, ERGUI O CORPÓ QUASE ENCOSTANDO MINHA BUCETA EM SUA BOCA, SEGUEI SEU CACETÃO E FIQUEI PINCELANDO, INDO DO CUZINHO ATE A ENTRADA DA BUCETINHA, MINHAS PERNAS JA TREMIAM DE ANSIEDADE PELA PENETRAÇÃO, ENTÃO ENCAIXEI A AQUELA CABEÇONA NA ENTRADA DA BUCETA, SENTI QUE NÃO IA SER FACIL ELA ENTRAR, FUI EMPURRANDO O CORPO PARA TRAZ ATE QUE A CABEÇONA ACOPLOU, SENTI MINHA BUCETINHA
SE ALARGOU, DOEU UM POUQUINHO GEMI, HAANNNNNN, HAANNNNN, FIQUEI PARADA ELE ALIZAVA MINHAS COXAS INDO ATE MINHA BUNDINHA, A DORZINHA DIMINUIU, ENTÃO EMPURREI O CORPO NOVAMENTE PARA TRAZ, A CABEÇONA AGORA ENTROU, FUI DESCENDO ATE QUE SENTI MINHA BUCETINHA SE ALARGANDO, PAREI NOVAMENTE, AGORA JA NÃO SENTIA DOER, APENAS QUE TINHA PREENCHIDO MINHA BUCETA, COMESSEI A ME MOVER DEVAGARINHO, NÃO INDO ALE, DO QUE TINHA ENTRADO, COMESSEI A DAR GRITINHOS BAIXINHOS DE UIIIIIIII, UUIIIII,, ME DEBUSEI SOBRE ELE, NOS BEIJAMOS NOVAMENTE, EU QUERIA APROVEITAR CADA SEGUNDO DAQUELA FODA, ELE COM MÃO ALIZAVA MEU CABELO, COM A OUTRA ALEZAVA MINHA BUNDINHA, LEVANDO O DEDO A MEU CUZINHO, AO FAZER ISSO MEU CORPO EXTRECEU JOGUEI O CORPO PARA TRAZ, ELE NA MESMA HORA DEU UMA EMPURRADA, AI SEU PAU ENTROU COM VONTADE, GRITEIIIIIII AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ACHO QUE CRISTINA DEVE TER OUVIDO MEU GRITO, SENTI QUE SEU PAUZÃO TINHA AVANÇADO MUITO, POIS ENTI ALGO TOPAR DENTRO DE MIM, LEVEI A MÃO PARA TRAZ, PARA CONFERIR O QUANTO TINHA ENTRADO, CONSTATEI QUE FALTAVA AINDO MUITO DE FORA, AGORA QUE SEU TINHA ENTRADO9 BASTANTE EU SENTIA QUE ESTAVA ENTUPIDA, PARAMAOS UM POUCO ATE QUE ME ACOSTUMEI COM TAMANHA INVASÃO, COLOQUEI MINHA MÃO EU SEU PEITO E COMESSEI A ME MOVIMENTAR INDO E VINDO, O PRAZER AGORA ERA INDESCRITIVEL. SE FUDER COM VOVÔ ERA DELICIOSO AGORA EU ESTAV NO PARAIZO EM CARNE E OSSO, EU SUBIA E DESCIA, QUERIA MAIS DO QUE NUNCA ENCOSTAR MEUS PENTELHOS AOS DELES, MAIS ERA IMPOSSIVEL, EU NUNCA IA CONSEGUIR ENFIAR TODO SEU CARALHÃO NA MINHA PEQUINA BUCETINHA, ENTÃO APROVEITEI NO QUE PODIA, PRECIONAVA O CORPO PARA BAIXO ATE SENTIR SEU CACETÃO TOPAR EM MEU COLO UTERINO, COMESSEI A SENTEI QUE MEU GOZO ESTA SE APROXIMANDO, MEU GRITOS FORA ALMENTANDO, GRITAVA AI MEU CAVALINHO VOU MORRER NESTA PICONA, ESFOLA SUA EGUINHA, NÃO TENHA PENA, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIII
AINDA FALTA ENTRAR MUITO, NÃO CONSIGO, TA TOPANDO AQUI DENTRO HHOOOOOOOOOOOOOOOOO, HHOOOOOOOOOOOOOOOOO, MEU DEUS, QUE FODA, NUNCA IAMGINEI QUE ALGEUM PUDESSE, SUPERAR O VOVÔ, OOIIIIII, UUUIIIIIIIIIIIIIIIIIII, VOU GOZAR , QUERO TUDO, ELE TAMBEM TENTAVA AJUDAR, MEU SUBIA JUNTO COM O DELE,, AGORA ELE TINHA ENFIADO O DEDÃO MEU CUZINHO, ISSO ALMENTOU MEU DESEJO, MEU GOZO ESTA CHEGANDO EU GRITAVA SEM PARAR, AAIIIIIIIIIIII, AAAIIIIIIIIIIIII, VEM MEU CAVALO, GOZA COMIGO, DEIXA EU SENTIR SUA PORRA DENTRO DE MIM, DEI UM GRITO UUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, E QUASE DESMAEI, NUNCA TINHA GOZADO TANDO, FIQUEI ABRAÇADA A ELE OFEGANTE, SO ENTÃO PERCEBI QUE SEU CACETÃO CONTINUAVA DANDO IMPULSO DENTRO DA BUCETA, ENTÃO LHE PERGUNTEI, VOCE NÃO GOZOU, ELE DISSE AINDA NÃO, NÃO TENHO PRESSA, NÃO E TODO DIA QUE TENHO UMA PEQUENA TÃO GOSTOSA COMO VOCE, O MELHOR DE TUDO E QUE VOCE GOSTA DE PICONA, AGORA QUERO QUE VOCE FIQUE DE QUATRO, QUE LHE COMER POR TRAZ, ENTÃO FUI SAINDO DE CIMA DELE, PRECISEI ERGUER MEU CORPO NOVAMENTE ATE A SUA BOCA, AO SAIR SEU CACETÃO TINHA A AMRCA DE QUANTO TINHA ENTRADO EM MINHA, DEVIA TER ENTRADO UNS 30 CM, ERA INAQUEDRITAVEL QUE EU TÃO PEQUENA TENHA CONSEGUIDO ENFIAR QUASE AQUELE CACETÃO INTEIRO, EM ESPECIAL A SUA GROSSURA, ELE E BEM MAIS GROSSO DO QUE O DE VOVÔ, ESTAVA FELIZ POR TER AGASALHADO TANTO CARALHO, ENTÃO ME AJOELHEI NA CAMA, ENCOSTANDO A CABEÇA NO TRAVESSEIRO, ELE VEIO TRAZ, PINCELOU SEU CACETÃO NA MINHA BUCETINHA QUE AGORA ESTAVA SUPER LUBRIFICADA, ENCONTOU A MANJARRA NA ENTRADA DA BUCETA E FOI ENFIANDO, EU SO SENTIA AS PAREDES DA BUCETA SENDO ALARGADA NOVAMENTE, EU COMESSOU A SE MOVIMENTAR, ENFIAVA E TIRAVA ATE QUASE O CARALHÃO SAIR, DEPOIS ENFIAVA, OLHEI POR ENTRE AS COXAS E PERCEBIA QUE SEUS CULHOES ESTAVA PERTO DA MINHA BUCETA, CADA SOCADA QUE ELE DAVA, MAIS EU SENTIA O CONTATO DAS SUAS COXAS NAS MINHAS MINHAS ENTÃO PERCEBI DE QUE ELE ESTAVA ENFIANDO O MAXIMO DO SEU CACETÃO PRA DENTRO DE MIM, ESTA VISÃO ME AGUÇOU PARA UM NOVO ORGASMO, EU REMEXIA O CORPO INDO DE ENCONTRO AO DELE, NISSO COMESSEI A SENTIR O INICIO DE UMA NOVA GOZADA, COMESSEI A GRITAR, AI MEU DEUS, QUE LOUCURA, VOU GOZAR DE NOVO AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII OOIIIIIIIIIIIIIIII
ELE BOMBAVA COM FURIA, CADA SOCADA MEU CORPO SE LEVANTAVA DA CAMA, ENTALADA EM SEU CACETÃO, GRITEEIIIIIIIIIIIII, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, UUIIIIIIIIIIIIIII
TO GOZANDO VEM, VEM, ME ARROMBA, ME LASCA, UUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, OOIIIIIIIIIIIIIII
BOTA MAIS, MAIS, MAIS, JA NÃO SENTIA, NENHUM CONTATO POR DENTRO, PARECIA QUE EU ESTAVA ANESTISIADA, NISSO ELE DEU UM URROOOOO FORTE E ME PUXOU COM FORÇA PEÇOS QUADRIS, NESTA HORA EU GOZEIIII, SEU CORPO ENCOSTOU AO MEU, ELE TINHA ENFIADO TUDINHO, DEU MAIS UMAS SOCADAS E GOZOU, SEU PAU TREMULA DENTRO DE MIM, PARECIA UM VIBRADOR, FUI ENCLINANDO MEU CORPO PARA FRENTE, POIS MINHAS PERNAS TINHA PERDIDO AS FORÇAS, ELE VEIO JUNTO, DEIXANDO SEU CACETÃO ENTERRADO ATE AS BOLAS, FICAMOS AGARRADOS POR UM BOM TEMPO, FICAR ALI COM AQUELE CACETÃO ENTERRADO ERA TUDO QUE EU QUERIA, SENTI QUE SEU PAU ESTAVA PERDENDO A RESISTENCIA, ENTÃO FOI SE VIRANDO PARA O LADO LEVANDO JUNTO SEU CACETÃO QUE PARACIAUM MANGOTE SAINDO DE DENTRO DE MIM, FICOU DE LADO PARA, DE FORMA QUE EU PODIA SEU PAUZÃO TODO MELADO DE NOSSAS PORRAS, COM FILETE DE SANGUE QUE DA CABEÇONA DO CACETE ATE A METADE DO SEU PAU, ENTÃO LHE FALEI ACHO QUE VOCE ME MACHUCOU OLHA O SANGUE, ELE ENTÃO ME DISSE, NUNCA UMA MULHER DEIXOU EU ENFIAR ATE O TALO, COMO VOU FAZER PARA DAR CONTINUIDADE, ESTOU IMPRECIONADO COM VOCE, QUERO VOCE SEMPRE, LÇHE BEIJEI E FALEI, SEMPRE QUE PUDER VOU VIR AQUI, NÃO E TODO DIA QUE ENCONTRO UM CACETE CAVALAR COMO O SEU, POR HOJE TERMINO, VOU PRA CASA DO VOVÔ ACHO QUE ELE E CRISTINA JA FORAM DORMIR, ESTE SÃO JOÃO VAI FICAR NA HISTORIA, ATE BREVE, BEIJOS.............................TCHAU


Foto 1 do conto: VOVÔ RUI E O PEÃO JOAQUIM NOS FUDERAM



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

A Janela