MEU PONEI ANORMAL


BY: betoleandro
OLA GENTE VOLTEI, SAUDADES DE VOCES, PARA QUEM AINDA NÃO ME CONHECE ME CHAMO RITA, SOU VETERINARIA, MORO NO INTERIOR DA PARAIBA, 32 ANOS, BRANQUINHA, TENHO 1.65 CM PESO 58 KILOS, POIS BEM, SEMANA PASSADA RECEBI A VISITA DE UM CONHECIDO CRIADOR DE CAVALOS AQUI DA REGIÃO, VEIO ME PROCURAR PARA PARA QUE EU FOSSE A SUA FAZENDA, EXAMINAR SEUS ANIMAIS, POIS ADQUIRIU UM LOTE DE ANIMAIS, ENTRE ELES, 5 PONEIS, QUE DESEJA FORMAR UM PLANTEL EM SEU HARAS, MARCAMOS PARA O FINAL DE SEMANA, NO SABADO, POIS ESTOU COM MINHA AGENDA LOTADA, NÃO TENHO DO QUE RECLAMAR, MESMO COM A CRISE QUE ESTAMOS PASSANDO, TRABALHO AQUI É QUE NÃO ME FALTA, CHEGADO O SÁBADO, FUI COM MINHA ASSISTENTE JAQUELINE AO ENCONTRO DO MEU CLIENTE, CHEGAMOS LOGO CEDO, POIS COMO É DIA DE FEIRA NA CIDADE VISINHA, TODOS OS FUNCIONARIOS VÃO COMPRAR SEUS MANTIMENTOS E PRECISAM SAIR PARA SEUS COMPROMISSOS, O SR RUFINO NOS ATENDEU COM BASTANTE ALEGRIA, E NOS CHAMOU PARA TOMAR CAFÉ, POIS O DIA SERIA PUCHADO COM TANTOS ANIMAIS, PARA EXAMINAR, FALOU QUE A GENTE PRECISAVA, ESTA DE BARRIGA CHEIA, COMEMOS UM POUCO E SEGUIMOS PARA A BAIA, ELE FOI NOS MOSTRANDO SEUS CAVALOS E ÉGUAS, MUITOS DOS QUAIS EU JA CONHEÇO, ATE QUE FOMOS A ALA DOS PONEIS, OS ANIMAIS, SE APRESENTAVAM UM POUCO DESNUTRIDO, MAIS APARENTAVA NÃO ESTAREM DOENTES, FIZ OS EXAMES DE PREXA ATE QUE ME CHAMOU ATENÇÃO UM PONEI PRETO QUE SE ENCONTRAVA SOZINHO NA EM SEU RECINTO, PERGUNTEI PORQUE ELE NÃO TINHA SUA FEMEA COMO OS DEMAIS, ELE ME FALOU QUE ESTE ANIMAL NA VERDADE VEIO COMO BRINDE, POIS ELE TEM HABITOS EXTRANHOS E SEU SEU PROPIETARIO NOS DEU DE PRESENTE, PARA QUE EU O USAR-SE COMO MONTARIA DAS CRIANÇAS, PERGUNTEI QUE HÁBITO ESTRANHO ELE TEM, O SR. RUFINO DEU UM SORRISO, BALANÇOU A CABEÇA E FALOU, DEIXA PRA LÁ DRA. RITA, VEJA SE ELE ESTA BEM, QUE DEPOIS QUERO LHE MOSTRAR UMAS VACAS HOLANDESAS QUE CHEGARAM SEMANA PASSADA , POIS ESTOU PRETENDENDO AUMENTAR MINHA PRODUÇÃO DE LEITE, ENTREI NA COCHEIRA PARA EXAMINAR O TAL PONEI, ENQUANTO ANALIZAVA O PEQUENO ANIMAL PERCEBI QUE ELE ESTAVA FICANDO EXITADO, JAQUELINE PERCEBEU E ME OLHOU COM EXPRESSÃO DE ADMIRAÇÃO, EU TAMBEM FIQUEI ADMIRADA COM O TAMANHO E GROSSURA DO SEU CACETE, PRATICAMENTE SEU CACETE QUASE ENCOSTAVA NO CHÃO, E A GROSSURA DO PENIS QUASE SE EQUIPARAVA A UM CAVALO DE GRANDE PORTE, TIPO MANGA LARGA, O SR RUFINO PRESENTIU NOSSO EMBARAÇO, MESMO A GENTE TER CONTATO DIARIOS COM OS ANIMAIS,ASSISTINDO SEUS CRUZAMENTOS, FAZENDO PARTOS, TUDO É NORMAL PARA NÓS, MAIS ACHO QUE NA VERDADE FOI ELE QUE FICOU ACANHADO, POIS BEM AO IR PARA A COCHEIRA MAIS ADIANTE FIQUEI SOZINHA COM O PONEI, SENTI VONTADE DE SEGUARAR AQUELE CACETE DESCOMUNHAL, NÃO FIZ DE ROGADA, SEGUREI NO MEIO DAQUELE COLOSSO SIMPLESMENTE MEUS DEDOS NÃO SE ENCONTRARAM DE TÃO GROSSO QUE ERA, SENTI UMA PONTADA DENTRO DA BUCETA, SUA TARADA POR NATUREZA POR CACETES GRANDES E GROSSOS, COMO ESTAVA DE COSTAS PARA O CORREDOR QUE DIVIDE AS COCHEIRAS, CONTATEI SEUS BATIMENTOS CARDIACOS, ESTAVA ACELERADO, PROVAVELMENTE DEVIA SER POR CONTA DA SUA EXCITAÇÃOAO ME VIRAR PARA SAIR DEI DE CARA COM O PEÃO QUE ME OLHAVA COM UM SORRISO MALICIOSO, ELE ME OLHOU DE CIMA A BAIXO, COMO SE DESEJASSE TIRAR MINHAS ROUPAS COM OS OLHOS, PARA QUEBRAR OP GELO LHE DEI BOM DIA, ELE SIMPLESMENTE RESPONDEU BOM DIA MOÇA, ACREDITO QUE ELE JA ESTAVA ALI POR ALGUM TEMPO, ENTÃO PRESENCIOU MINHAS CARICIAS, NO PONEI, NÃO PUDE DEIXAR DE PERCEBER QUE NO MEIO DE SUAS PERNAS FORMAVA UM GRANDE VOLUME, O FILHO DA MÃE ESTAVA EXCITADO, ERA BEM ALTO, MORENO FORTE DE 1.90 MAIS OU MENOS, ELE ABRIU A PORTA PARA EU SAIR, QUANDO OLHEI EM DIREÇÃO DE JAQUELINE E O SR. RUFINO VI QUE ELE ALISAVA A BUNDA DELA, O CABLOCO COMENTOU, O PATRÃO NÃO PERDE TEMPO, OLHA LÁ, ELE SORRIU PARA MIM, MOSTRANDO SEUS DENTES AMARELADOS, COMO ESTAVA-MOS PROXIMO, DAVA PRA SENTIR SEUS CHEIRO FORTE DE SUOR IMPREGNADO PELO AÇÃO DO CIGARRO, O SR. RUFINO ESTAVA TÃO ATENTO A CARICIA QUE FAZIA EM JAQUELINE QUE NÃO PERCEBEU NOSSA APROXIMAÇÃO, ELA POR SUA VÊZ FICOU SEM PALAVRAS, ENTÃO FALEI, O PONEI ESTA BEM, SO QUE OS BATIMENTOS CARDIACOS UM POUCO ACELERADO, PRECISA FICAR EM OBSERVAÇÃO, TERMINADO OS EXAMES JA ERA QUASE MEIO DIA, RETORNAMOS PARA A SEDE DA FAZENDA, PARA ALMOÇAR E RETORNAR PARA A CIDADE, ENQUANTO A GENTE ALMOÇAVA, PERCEBI QUE O SR, RUFINO ERA TODO ATENÇÃO COM JAQUELINE, DAÍ VEIO O CONVITE, OLHA DRA. RITA HOJE É SABADO, PORQUE NÃO FICA AQUI ATE AMANHÃ, TEMOS PISCINA, A SRA VAI SE SENTIR EM CASA, JAQUELINE ACEITOU DE IMEDIATO, A JAQUELINE TEM 25 ANOS, BRANQUINHA TINGE O CABELO DE LOIRA, TEM 1.70 UNS 60 KG, UM ENCANTE DE GAROTA, O SR. ACHO QUE TEM UNS 50 ANOS, ALTO TALVES 1.85 CORPO ESBELTO, E SEPARADO A FAMILIA MORA NA CIDADE, ELE VIVE MAIOR PARTE DO TEMPO, NA FAZENDA, POIS BEM TERMINADO O ALMOÇO, FOMOS PARA A VARANDO, O SR. RUFINA NÃO TIRAVA OS OLHOS DA JAQUELINE, ELA POR SUA VÊS SE MOSTRAVA TODA ENCANTADA COM OS OLHARES DELE, O SOL ESTAV QUENTISSIMO AQUELA HORA DA TARDE, FOI AI QUE VEIO O CONVITE, VOCES NÃO QUEREM IR PARA A PISCINA, LA EM MEU QUARTO TEM BIQUINIS DAS MINHAS FILHAS, ACHO QUE VAI DAR EM VOCES, ACEITAMOS O CONVITE, POIS NÃO TINHA NADA MELHOR PARA FAZER, ENTÃO APROVEITAR O TEMPO LIVRE. SEGUIMOS PARA O QUARTO INDICADO, ELE ABRIU UMAS GAVETAS E MANDOU A GENTE ESCOLHER O BIQUINI QUE MAIS AGRADAR, ESCOLHI UM FIO DENTAL CAVADÃO, QUE MAL COBRIA MINHQ BUCETA, JAQUELINE ESCOLHEU UM BRANQUINHO QUASE TRANSPARENTE, FALOU COM ESTE VOU ENDOIDAR O SR. RUFINO, SORRI E COMENTEI, VAI FUNDO, SO SE CUIDA, PORQUER SE TIVER O CACETE PROPORCIONAL AO TAMANHO DO SEU CORPO VOCE VAI VER ESTRELAS, ELA DISSE QUEM ME DERA, ESTOU A SECO JA FAZ UNS TRES MESES, SO ME ALIVIANDO NOS DEDOS, COMENTEI NOSSA ENTÃO HOJE NINGUEM VAI DOR NESTA CASA, NOS TROCAMOS, COLOCAMOS UM CANGA PARA IR ATE A PISCINA, QUANDO CHEGAMOS ELE JA ESTAVA DE CERVEJA NA MÃO, PERGUNTOU SE QUERIAMOS TAMBEM, PERGUNTEI SE TINHA MARTINI, ELA FALOU QUE IA PEGAR, TROUXE UM LITRO, JUNTO COM GELO E NOS SERVIU, JAQUELINE PRATICAMENTE ENGOLIU TODO O CONTEÚDO DO COPO DE UM SO GOLE, FICAMOS BEBERICANDO, PERGUNTOU QUAL ERA NOSSAS MUSICAS FAVORITAS, FALEI GOSTAVA DE TUDO, EM ESPECIAL MUSICA ROMANTICA, ENTÃO ELE COLOCOU UM CD DE JULIO IGLESIAS, NÃO SEI PORQUE MAIS ESCOLHEU A MUSICA DE MENINA A MULHER, OLHOU PARA JAQUELINE E FALOU, ESTA MUSICA TEM TUDO HAVER COM VOCE, COMO NA CASA SO ESTAVA NOS E A MOÇA QUE CUIDA DA COSINHA E LIMPESA, ELE NOS FALOU, A TARDE É SOMENTE NOSSA, NÃO SE PREOCUPE QUE NINGUEM VAI INCOMODAR, JAQUELINE BEBIA UM COPO ATRAZ DO OUTRO, JA ESTAVA FICANDO ALEGRE, ENTÃO LHE DISSE, VAI COM CALMA, O MUNDO NÃO VAI ACABAR HOJE, ELE COMPLETOU DEIXA ELA SE ESBALDAR, EU CUIDO DE VOCES, FALEI QUE BOM, TEM UM CAVALHEIRO POR PERTO AO NOSSO DISPOR, O LITRO JA ESTAVA SECANDO ENTÃO ELE FALOU, DEIXA EU PEGAR MAIS UM POIS ESTE AQUI NÃO VAI DURAR MUITO TEMPO, FOI A CASA BUSCAR A BEBIDA, ENTÃO JAQUELINE ME FALOU, ACHO QUE ELE QUER NOS EMBRIAGAR, VOU ENTRAR NO JOGO DELE, POIS QUANTO MAIS BEBO MAIS TESÃO AUMENTA, VOCE NÃO SE IMPORTAR NÃO É, FALEI CLARO QUE NÃO, VEREMOS SE O CONVITE VAI VALER A PENA, ENTÃO ELE VOLTOU OBSERVEI QUE EM SEU SHORT TINHA UM VOLUME SIGNIFICATIVO, ME PARECEU QUE ELE ESTAVA NOS DESEJANDO, POIS NOSSOS BIQUINIS ERAM BEM PROVOCATIVOS, JAQUELINE COM SUAS COXAS LONGAS E TORNEADAS, DEIXAVA AMOSTRA SEUS PELINHOS DOURADOS E A MARCA NO BIQUINI O VOLUME DE SUA BUCETA, ACHO QUE ISSO O EXCITOU, NOS SORRIU E VEIO EM DIREÇÃO A PISCINA, SE JOGOU NA AGUA, FOI DE UMA PONTA A OUTRA SEM VOLTAR A TONA, DEMONSTRAVA SER UM BOM NADADOR, E QUE TINHA BASTANTE FOLEGO, AO EMERGI DA AGUA, NOS CONVIDOU A ENTRAR ALEGANDO QUE A AGUA ESTAVA QUENTINHA, REALMENTE UMA DELICIA, ELE APROVEITOU PARA FICAR QUASE ENCOSTADO EM JEQUELINE, ENTÃO FALOU, DRA, QUERO LHE FAZER UM COMENTARIO, FAZ TEMPO QUE DESEJO FALAR COM JAQUELINE,, MAIS NA SUA CLINICA NÃO TEM ESPAÇO, A FORMALIDADE COM QUE VOCE ME TRATAM BARRAVA MINHA INVESTIDA, ENTÃO RESOLVI CONVIDAR VOCE, POIS SABIA QUE A JAQUELINE ESTARIA LHE ACOMPANHANDO, E AQUI EI ME SENTIRIA MAIS A VONTADE PARA LHE FALAR, VOCE SABE QUE ESTOU SEPARADO JA FAZ UNS TRES ANOS, VOU PARA CASA POR CONVINIENCIA, TENHO MINHAS FILHAS, QUANTO A MULHER NADA EXISTE ENTRE A GENTE, JAQUELINE DEMONSTRAVA SATISFAÇÃO NAS PALAVRAS DE SR. RUFINO, ELE CONTINUOU, NÃO SEI SE LHE AGRADO PELA NOSSA DIFERENÇA DE IDADE, VOCE AINDA É QUASE UMA MENINA, EU FARIA DE TUDO PARA CONQUISTAR VOCE, ELE ESTENDEU SUA MÃO E SEGUROU A DE JAQUELINE, ELA CORRESPONDEU, ENTÃO VI QUE ALI SE INICIAVA UMA RELAÇÃO, FICAMOS CONVERSANDO ATE QUE DE REPENTE, ELE PASSOU SEU BRAÇOS EM VOLTA DA SINTURA DE JAQUELINE E A ABR5AÇOU, PELO ABRAÇO DEU PARA VER QUE SEUS CORPOS FICARAM BEM COLADINHO, ELA INCLINOU SEU COPRPA PARA TRAZ SE ENCOSTANDO NA BORDA DA PISCINA, PERCEBI DE QUE ELA ESTAVA REALMENTE QUERENDO FICAR COM ELE, AFINAL ELA JA TINHA DEIXADO ELE ALIZAR SUA BUNDA LÁ NA BAIA, A DIFERENÇA DE ALTURA DEIXAVA ELA A ENCOSTADA NAS COXAS DELE, MAIS ELE POR VÊS TINHA SEU MEMBRO ENCOSTADO EM SUA BARRIGA, VI ELA FECHAR OS OLHOS , DEMONSTRAVA PRAZER, ELA ERGUEU OS BRAÇOS ENLAÇANDO SEU PESCOÇO, SELARAM UM BEIJO, ELA LEVANTOU SUAS PERNAS, ENLAÇANDO A SINTURA DELE, COM ESTE MOVIMENTO SEU SUSPENDEU, DEIXANDO SUA BUCETA COLADA AO CACETE DELE, VOLTARAM A SE BEIXAR AGORA COM SOFREGUIDÃO, ERA PERCEPTIVEL DE SUAS LIGUAS ESTAVA AGORA ENTRELAÇADAS, PÉRCEBI QUE EU ESTAVA SOBRANDO ALI, ENTÃO RESOLVI DEIXA-LOS SOZINHOS, AO FALAR DE IA PARA MEU QUARTO ELE SE DESAGARROU DELA, AÍ DEU PARA VER QUE SEU CACETE ESTAVA DURO, FORMANDO UMA GRANDE ELEVAÇÃO, ENTÃO PENSEI, AÍ TEM CACETE PRA DAR E VENDER,, SAÍ DIRETO PARA QUARTO, A VISÃO DAQUELE CACETE POR BAIXO DA ROUPA ME FEZ LEMBRAR DE VOVÔ RUI, MEU GARANHÃO QUERIDO, QUE TEM O MAIOR CACETE QUE JA VI E DEIXO ELE ENFIAR ATE O TALO OS SEUS 32CM, M AO CHEGAR NO QUARTO, TIREI A ROUPA FICANDO COMPLETAMENTE PELA, FUI A JANELA QUE DAR VISÃO PARA A PISCINA, OS DOIS ESTAVA EMBALADO, ELE ENTRE SUAS COXAS, SE MOVIMENTANDO PARA FRENTE E PARA TRAZ, NÃO DAVA PARA VER SE O CACETE DELE ESTAVA DENTRO DELA, APENAS PERCEBIA DE QUE ELA TINHA ABAIXADO O BIQUINI, ELA DAVA GRITINHOS , AIIII, AIIIII, AIIIII, ELE SUSTENTAVA FIRME EM SEUS QUADRIS, MANTENDO OS MOVIMENTOS FIRMES DE VAI E VEM, LEVEI A MÃO A BUCETA, QUE ESTAVA TOTALMENTE ÚMIDA, ENFIEI O DEDÃO,, QUERIA MAIS, ENFIEI MAIS UM, COMO ERA GOSTOSO OS DOIS SE AMANDO, MEU TESÃO ESTAVA MUITO GRANDE, COMO SACIAR MEU DESEJO, FUI AO BANHEIRO, TINHAS UNS FRASCOS DE SHAMPOO LONGO, ENTÃO PENSEI, ISSO SERVI, VOLTEI A JANELA, OS DOIS PARECIAM UM SÓ CORPO, ELA CONTINUAVA COM AS PERNAS SUSPENSAS, ENQUANTO ELE , NÃO PARAVA DE BOMBAR, MEU DESEJO ERA TÃO GRANDE, QUE ENFIEI TODO O FRASCO DO SHAMPOO DE UMA SO VES NA BUCETA, A EMBALAGEM ERA BASTANTE GRANDE E OVAL, SENTI QUE TOCOU EM MEU ÚTERO, MAIS NÃO PAREI, FIQUEI EMPURANDO PARA DENTRO E ELE FICAVA SAINDO, NÃO DEMOROU MUITO E TIVE UM ORGASMO PROFUNDO, NUA COMO ESTA DEITEI-ME E NÃO DEMOREI A ADORMEÇER, POIS ALE DE ESTA RELACHADA PELA AÇÃO DO GOZO, TAMBEM A BEBIDA CONTRIBUIU, ESTAVA JA ANOITECENDO, LA PELAS 22;00 HORAS ACORDEI COM GRITOS QUE VINHA DO QUARTO AO LADO, LEVANTEI-ME, VESTI UMA CAMISA LONGA QUE TINHA NO ARMARIO, FICANDO SEM NADA POR BAIXO, ABRI A PORTA, E OS GRITOS ALMENTARAM, ENTÃO PERCEBI QUE A PORTA DO QUARTO DO RUFINO ESTAVA ENTRE ABERTA, ENTÃO PENSEI, QUERO VER ESTA FODA DE PERTO, ME ENCOSTEI NO UMBRAL DA PORTA, EMPURREI UM POUQUINHO PARA TER MELHOR VISÃO, POIS NA POSIÇÃO QUE ESTAVA NÃO DAVA PARA VER A CAMA POR INTEIRO, AÍ SIM, A VISÃO ERA EXPLENDIDA, JAQUELINE DEITADA DE COSTAS, ENQUANTO RUFINO BEIJAVA SEUS PEITINHOS DURINHOS TIPO PÊRA, ELA SEGURAVA SEU CACETE, ENTÃO VI COM ESPANTO O TAMANHO DA SUA FERRAMENTA, DEVIA TER O TAMANHO DO CACETÃO DE VOVÔ, SO COM UMA DIFERENÇA, ERA MUITO MAIS GROSSO, SUA CHAPELETA ERA INORME, ENTÃO PENSEI, A JAQUELINE É MESMO UMA GULOSA, COMO CONSEGUE DEIXAR ENFIAR ESTE PORRETE, MAIS PARECE UM CABO DE MACHADO,ENTÃO ELE SE ERGUEU UM POUCO E COMESSOU A PINCELAR AQUELA CABEÇONA EM SUA BUCETA, , SUA BUCETA CABELUDA SE ABRIA , QUANDO CABEÇONA PASSAVA ENTRE SEUS LÁBIOS VAGINAIS, ELA NÃO PARAVA DE GEMER, UIIII, UUUIIIIIII, ENTÃO ELA FALOU, QUER QUE ENFIE AGORA, ELA FALA, VAI DEGARINHO, TENHA CALMA, SEU PAU É MUITO GROSSO, ELE ENCAIXOU SEU CACETÃO, NA ENTRADA DA BUCETINHA E FEZ UM MOVIMENTO LENTO PRA FRENTE, ELA GRITOU AAIIIIIIIIIIIIIIIIII, NÃO AGUENTO, TENHA PENA DE MIM, AAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, ESTA ME RASGANDO, DE ONDE EU ESTAVA, DAVA PARA VER PERFEITAMENTE, QUE NEM A CABEÇONA TINHA ENTRADO, APENAS ACOMODOU-SE EM SUA BUCETA, ELA PARAVA DE FALAR, NÃO ENTRA, TA DOENDO, AAIIIIIIIIII, ELE PAROU, AI LEVANTOU-SE, FICOU DE LADO PARA MIM, SEU CACETE ESTAVA DURO COMO UM PORRETE, SE ELA SE ESCANCHASSE NELE, ACHO QUE ELE NÃO ARRIAVA, SAIU DA MINHA VISÃO, ME RECOLHI UM POUCO, POIS EU ESTAVA QUASE DENTRO DO QUARTO, ELA ELE RETORNOU, TRAZIA NA MÃO VIDRO DE OLEO, ENTÃO ELE LHE FALA, QUERIDA ISSO VAI NOS AJUDAR, ELA OLHOU PARA O VIDRO E SORRIU. ELE VOLTOU PARA O MEIO DE SUAS COXAS, ACARICIOU DO JOELHO TE SUA BUCETA, ELA SUSPENDEU A BUNDA DANDO APROVAÇÃO DA CARICIA, ELE ENFIOU DOIS DEDO NA BUCETA E FEZ UM MOVIMENTO SIRCULAR, ELA GEMEU HAAAAANNNNN, HAANNNNNN, FICOU UM TEMPINHO MOVIMENTA SEUS DEDOS ELA VOLTOU A DAR GRITINHOS, UUIIIIII, UUUIIIIII, ATE QUE ELE PAROU E TIROU OS DEDOS DA BUCETA, VEIO TODOS MELADOS DO SEU SULCO VAGINAL, EU JA AGUENTAVA MAIS, TANTA ANSIEDADE, QUERIA VER AQUELE CACETÃO ENTRANDO NA BUCETINHA DELA, ENTÃO DERRAMOU UMA BOA QUANTIDADE DO OLEO NA MÃO, E PASSOU EM TODO SEU CACETÃO, , PEGOU MAIS UM POUCO E PASSOU EM TODA SUA BUCETA, DAVA PARA VER QUE O OLEO OINGAVA DE SEU CACETÇAO, DEVIDO A GRANDE QUANTIDADE QUE ELE COLOCOU, COMESSOU A PINCETAR NOVAMENTE SEU CACETÃO NA BUCETINHA DELA, QUE AGORA GEMIA COM VOZ MAIS ALTA, HAAANNNNN, HAANNNNNN, ,VEM , VEM, BOTA UM POUQUINHO, OOIIIIIIIII, OOOIIIIIII, ELE ENCAIXOU A CABEÇONA QUE AGORA BRILHAVA COM TANTO OLEO, ELA ABRIU MAIS AS COXAS, DEIXANDO SUA BECETA TOTALMENTE ESCACARADA, SUAS COXAS AGORA FORMAVA UM TÊ DE ABERTA QUE ESTAVA, AÍ ELE NÃO PERDEU, FOI ARRIANDO O CORPO, ENTÃO ENTROU A CABEÇONA, AGORA COM MAIS FACILIDADE, ELE GRITOU, PARA, PARA, PARA, NÃO AGUENTO, AI MEU DEUS, QUE DOR, , QUE DOR, FICA PARADINHO, UUIIIIII, UUIIIIIIII, NUNCA PENSEI QUE UM HOMEM TIVESSE UM CACETÃO, AAIIIIIII, AAAIIIIIIII, MAIS ERA TARDE, RUFINO DEU MAIS UMA SOCADA, E METADE DO CACETE DESAPARECEU PRA DENTRO DELA, ACHO QUE TIVESSE VISINHOS A 300 METROS DALI, OUVIRIAM SEUS GRITOS, ELE PAROU UM POUQUINHO, PARA ELA SE ACOSTUMAR COM A INVASÃO DO SEU CARALHO, MAIS COMO DIZEM QUE CACETE NÃO TEM OMBRO E BUCETA ESTICA, ELA FOI TROCANDO OS GRITOS POR GEMIDINHOS, HAANNN, HAANN,E PEDIU, VAI ENFIAR MAIS UM POUCO, VAI, VAI, ELE FORÇO O CORPO PARA BAIXO, SEGUROU FIRME NOS OMBROS DELA, E SOCOU, AÍ SUMIU O RESTO, ELE ENFIAVA O CACETÃO ATE AS BOLAS TOCAR SUA BUNDA, ELA REBOLAVA ENBAIXO DELE COM UMA COBRA, EU ALIZAVA MINHA BUCETA PARA CONTER MEU DESEJO, PRECISAVA GOZAR NOVAMENTEM FUI A MEU QUARTO E PEGUEI O VIDRO DE SHAMPOO E VOLTEI PARA MEU PONTO DE OBSERVAÇÃO, COMO ESTAVA COM MUITO DESEJO ENFIEI O VIDRO INTEIRO NA BUCETA, ELA NÃO PARAVA DE SOCAR, SEUS CORPOS FAZIAM CHOC, CHOC, JAQUELINE TRANRMOU-SE NUMA INSACIAVEL, PEDIA MAIS, MAIS, MAIS, UUIIIIIIIII, UUUIIIIIIII, UUIIIIII, GRITOU QUE IA GOZAR, AAAIIIIII, AAIIIII, BOTA TUDO, AAAIIIIIII, AAIIII, ENFIAR QUERIDO, ME FAZ GOZAR, ME ARROMBA, AAIIIIII, AAIIIIIIII, SO QUE NÃO TINHA MAIS NADA DE FORA, SO SEUS PUBIS DE MEXIA,, O CACETÃO ESTAVA INTEIRO DENTRO DELA, AAAIIIII TO GOZANDO, TO GOZANDO, ELE SOCAVA SEM PARAR, NISSO ELE FALA QUE VAI FUDER ELA POR TRAZ, LEVANTOU-SE MANDOU ELA FICAR DE QUATRO,ELA PRONTAMENTE ATENDEU, A VISÃO DO SEU CACETÃO BRILHANDO PELA AÇÃO DO OLEO E O LIQUIDO DE SUA BUCETO, ME FEZ FICAR QUASE TONTA, EU PRECISAVA DE ALGO A MAIS, QUE O VIDRO SDE SHAMPOO NA BUCETA, ELE GUIOU O CECETE E ENFIOU DE UMA SO VÊS, ELA GEMEU, HHAAANNN, HAANNNNN, ENTÃO LEMBREI DE COMO IA SACIAR MEU DESEJO, VEIO A MINHA MENTE A IMAGEM DO CACETÃO DO PONEI, SAÍ DALI DE IMEDIATO COMO ESTAVA APENAS DE CAMISÃO EM DIREÇÃO A BÁIA, COMO FICA PERTINHO NÃO MAIS QUE UNS 200 METROS, FUI NA CARREIRA SÓ, SABIA QUE NINGUEM IA APARECER ALI, TINHA UMA LUZ ACESA NA ENTRADA, QUE PERMITIA ANDAR COM FACILIDADE, QUANDO CHEGUEI EM FRENTE A COCHEIRA , PARECE QUE ELA JA ME ESPERAVA, ESTAVA COM O CACETÃO DURO DANDO LAPADA NA BARRIGA, NÃO ACREDITEI, ABRI A PORTA, E ENTREI, MER ABAIXEI SEGUREI SEU CACETÃO E LEVEI A BOCA, ERA TUDO QUE EU PRECISAVA NAQUELE MOMENTO, A FODA DE RUFICO COM JAQUELINE TINHA PROVOCADO EM MIM, UMA ESPECIE DE TREMEDEIRA VAGINAL, MINHA VAGINA DAVA CONTRAÇÕES QUE CHEGAVA A DOER, A CABEÇONA DO CARALHO DO PONEI DE TÃO GRANDE NÃO ENTROU EM MINHA BOCA, APENAS FIQUEI LAMBENDO E PRENDENDO NOS LÁBIOS AS LATERAIS DELA,, ELE COMESSOU A FICAR IMPACIENTE, GIRANDO EM FORMA DE CIRCULO, EU PERCEBIA QUE ELE ESTAVA QUERENDO MOTAR EM MIM, PENSEI ISSO NÃO PODE SER REAL, CACHORRO FAZ ISSO , MAIS UM CAVALO NÃO TEM ESSA AÇÃO, MAIS EU ESTAVA ENGANADA, FIQUEI DE QUATRO DEIXEI ELE VIR POR TRAZ DE MIM, ELE LEVANTOU AS PATAS E ME COBRIU, PRATICAMENTE NÃO SENTI SEU PESO, POIS SUA PATAS DIANTEIRAS ESTAVA APOIADAS NO CHÃO, ELE COMESSOU A FAZER PRA FRENTE, SEU CACETE EM RISTE, ALOJOU-SE ENTRE MINHA COXAS, FICAVA DESLIZANDO ENTRE ELAS, A EXTENSÃO DO SEU CACETÃO MASSAGEAVA MINHA BUCETA, QUANDO ELE INCLAVA O COSPO COMO SE ESTIVESSE FUDENDO UM ÉGUA, EU SENTIA A BASE DE SEU CACETE ENCOSTAR NA MINHA, A CABEÇONA DO SEU PAU CHEGAVA A TOCAR MEU QUEIXO, EU NECESSITAVA DE ALGO DENTRO DA BUCETA, TAMANHO ERA MEU DESEJO. CREIO QUE ELE PERCEBEU QUE SEU CACETE, NÃO ESTAVA DENTRO DE UMA BUCETA, SAIU DE CIMA DE MIM, E VOLTOU LOGO EM SEGUIDA, SO QUE AGORA SEU CACETE VINHA RETO COMO UMA LANÇA, DEU UMA INVESTIDA, DEPOIS MAIS OUTRA, O CACETÃO DESLIZAVA ENTRE AS COXAS, OU POR CIMA DA MINHA BUNDA, PAROU DE SE MOVER, SEU CACETE ESTAVA AGORA SOBRE MINHA COSTAS, RECUOU O CORPO E VEIO RAPIDO, ELE ACERTOU EM CHEIO MINHA BUCETA, EU NÃO ESPERAVA, COM A FORÇA QUE VEIO SEU PAU ENTROU DE UMA VÊZ NA MINHA BUCETA, JA FODI COM CAVALOS ANTES, MAIS UMA PENETRAÇÃO VAGAROSA, A ENTRADA DO SEU CACETE, ME ARRIAR O CORPO, DEIXANDO MINHA CARA NO CHÃO, SENTI UMA DOR ENORME, TINHA ALGO ESPETANDO MEU ÚTERO, PENSEI QUE IA DESMAIR, ME FALTARAM FORÇAS, SEGUREI EM SUAS PATAS PARA ME SUSTENTAR, ELE SE MOVIMENTAVA, COM RAPIDEZ, MINHA BUCETA ESTAVA ARDENDO, EU TINHA CERTESA DE QUE ELE TINHA ME FERIDO, SUA PENETRAÇÃO FOI MUITO BRUSCA, AGORA EU ESTAVA RECEBENDO QUE TANTO QUERIA, BUCETA COM ROLA GRANDE E GROSSA, TINHA VONTADE DE GRITAR PELO PRAZER DAQUELE CACETÃO DENTRO DE MIM, NÃO SEI SE ENTROU TUDO, NA POSIÇÃO QUE EU ESTAVA NÃO PODIA VER, COMESSEI A GOZAR E ELE CONTINUAVA COM O CACETÃO DENTRO DE MIM, ATE QUE QUE SENTI UMA ENCHENTE DENTRO DA BUCETA, MEU ORGASMO FOI INSTATANEO, SEU JATOS QUENTES ME ACELEROU, ELE FOI SAINDO DE CIMA DE MIM, QUANDO SUA CHAPELETA, SAIU DA MINHA BUCETA, TROUXE UMA GRANDE QUANTIDADE DE PORRA, DEIXANDO MINHA BUCETA ESCORRENDO COMO SE FOSSE UMA CACHOEIRA, MINHA COXAS FORAM BANHADAS POR TANTA PORRA, AGORA EU ESTAVA SATISFEITA, SAÍ DA COCHEIRA E FUI PARA CASA, COMO ERA PERTO, TENTEI ALMENTAR OS PASSOS, POIS NÃO QUERIA SER VISTA SO DE CAMISAS AQUELA HORA DA NOITE, OLHEI QUE A LUIZ DO QUARTO DE RUFINO CONTINUAVA ACESA, ENTREI SEM FAZER BARULHO, FUI DIRETO AO MEU QUARTO TOMAR BANHO, POIS ESTAVA TODA MELECADA DE TANTA QUE AINDA ESCORRIA PELAS MINHAS COXAS, TOMEI MEU BANHO, COLOQUEI UMA ROU LEVE, SHORT E BLUSA DO PESSOAL DA CASA, SENTI FOME,RESOLVI IR ATE A COSINHA, NA GELADEIRA TINHA SUCO QUEIJO E PRESUNTO, FIZ UM SANDUICHE, ENTÃO ME CHEGA, JAQUELINE E RUFINO, COM A MAIOR CARA DE FELICIDADE, SENTARA, E FORAM COMER TAMBEM, AÍ ME VEIO A LEMBRANÇA DAS PALAVRAS DELE, DE QUE AQUELE PONEI ERA ANORMAL , AÍ LHE PERGUNTEI, PORQUE VOCE FALA QUE O PONEI E ANORMAL, FIQUEI CURIOSA, ELE ME OLHOU E PERGUNTOU, QUER SABER MESMO, NA FAZENDO ONDE ELE VIVIA A MILHER DO DONO, ENSINOU ELE A TREPAR COM ELA, DE FORMA QUE NÃO MAIS PROCURAVA CRUZAR COM AS EGUAZINHAS, NISSO JAQUELINE FALOU, LEMBRO DO TAMANHO DO CACETE DELE, COMO SERÁ QUE A MULHER AGUENTAVA, SORRI E PENSEI, AGUENTA SIM, EU QUE O DIGA, BEIJOS A TODOS, ESPERO QUE CURTAM MINHA HISTORIA, ATE BREVE..............


Foto 1 do conto: MEU PONEI ANORMAL

Foto 2 do conto: MEU PONEI ANORMAL

Foto 3 do conto: MEU PONEI ANORMAL



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
 


Próximo Conto

) Viúva de Marido Vivo: Dando um Trato na Xoxota