UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA


BY: kellyfe
UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA

Olá Amores pra quem nao me conhece, sou KELLY, Morena, olhos e kbls castanhos, 29 anos, 1.70al, 68kg, seios fartos, Bumbum e coxas sarados. E modestia parte me acham muito bonita e gostosa. Rsrs

essa historia aconteceu comigo quando eu ainda tinha 17 anos, eu morava em uma cidade bem pequena em Minas Gerais, e estava fazendo cursinho para o vestibular, como vocês sabem eu curto mulheres desde meus 14 anos mais minha família não aceitava a minha opção, portanto eu tinha meus casinhos escondidos, o que tornava uma adrenalina só. E Por minha família na época não ter uma boa situação financeira eu resolvi arrumar um trabalho pra poder pagar o curso, e consegui de recepcionista num escritorio de advocacia do amigo do meu pai. O que foi ótimo pra mim pois nesse trabalho conheci varias pessoas, mais uma dessas pessoas me chamou muito a atenção. Dava pra notar que ela era alguns anos mais velha que eu, descobri que ela curtia mesmo era homens e tinha acabado de se formar advogada. Ela era uma mulher charmosa,cheirosa, simpatica e sempre ia trabalhar super bem vestida, nos tornamos muito amigas pois minha mesa era ao lado dela e tudo que eu precisava com minhas duvidas, etc. Eu a procura, e ela sempre era prestativa por isso meu interesse por ela aumentava a cada dia. Nos nossos intervalos a gente ficava sempre juntas e fazíamos algumas brincadeiras no trabalho, tipo uma jogar bolinhas de papel uma na outra só pra descontrair e dar risadas. Um dia faltava pouco mais de uma hora para o final do expediente tivemos uma reunião que acabou logo e ficamos de boa ate dar o horario de sairmos.

Ai fui na cozinha tomar um copo de aguá e quando eu estava guardando o vidro na geladeira ela veio e me agarrou por traz e disse que só me soltaria se eu adivinhasse quem era, aquilo me deu um arrepio, um frio na barriga e minha calcinha ficou molhada. E pra que ela não me soltasse eu disse eu disse com uma voz tremula mais bem safada que nem fazia ideia rsrs. Eu sabia que Pra ela aquela brincadeira não havia nenhuma maldade, mais eu estava gostando de sentir ela me agarrando. Ai ela me soltou dando risada e foi na pia lavar alguns copos e eu aproveitei e também a agarrei e aproveitei e beijei seu pescoço senti que ela arrepiou toda e jogou a cabeça pra traz, e foi nessa hora que percebi que ela sentia algo mais por mim. Numa de nossas conversas mais picantes ela disse que nunca havia ficado com mulher, mas também nunca disse que não ficaria, então aproveitei aquela situação que estavamos sozinhas, pois o pessoal já tinham ido embora, comecei sussurrar no seu ouvido tentando fazer a sua cabeça, e disse que ela iria ate gostar e que se quisesse matar sua curiosidade eu estaria ali pra ajuda-la. Mais ela se afastou e disse que sentia medo de acabar gostando ou sofrer com decepção. Mesmo eu sentindo um enorme tesão por aquela mulher eu respeitei seus sentimentos e decidi parar com minhas insinuações e que iria esperar ela mesmo me procurar. E isso logo aconteceu. E numa quinta feira na hora que sai começou um temporal e eu tinha que ir no curso pra pegar umas apostilas, e quando ela me viu já toda molhada parou seu carro e me ofereceu uma carona,

eu mais que depressa aceitei, pois alem de eu estar super atraida por ela,tínhamos uma bela amizade. Entrei no carro com minha roupa encharcada, ela pegou uma caixa de lenço de papel que ela sempre carregava e começou me secar, passando no meu rosto e por dentro da minha blusa, pois estava toda ensopada, então eu para provoca-la um pouco mais subi minha minha blusa e olhei fixo nos seus olhos, com meus seios quase amostra pois eles eram bem maiores que meu sutiã rsrs. E eles pulsavam querendo saltar pra fora com vontade de serem chupados por ela. E ela ficou me olhando estática sem saber o que fazer. Mais assim mesmo um pouco sem jeito começou acaricia-los, e foi descendo com suas caricias pelo meu corpinho que estava todo arrepiado que naquele momento já não era por causa da chuva claro, e eu fiquei olhando pra ela, mordendo meu lábios e com cara de safada aguardando que ela tomasse a decisão de me atacar, pois eu sentia sua respiração ofegante. E derrepente ela chegou bem perto do meu ouvido deu uma mordiscada na minha orelha e sussurrou bem baixinho, que tinha a alguns dias tinha criado coragem de ficar comigo e que só tava esperando ter uma oportunidade e que tinha chegado naquele momento e que naquela noite eu iria ser totalmente só dela e pegou na minha nuca e sem eu esperar
me deu um beijo ardente, então eu segurei na sua cintura e a puxei pra perto de mim, seu corpo como sempre perfumado. estava arrepiado e tremia todo. E como naquela noite eu estaria sozinha em casa,

pois meu pai tinha viajado e minha iria dormir na casa da minha irmã que acabara de ter nenem, eu a convidei pra que fosse na minha casa. E chegando la peguei uma garrafa de vinho e duas taças e servi pra ela e fui direto tomar um banho a deixando bem a vontade no meu quarto e quando sai do banho ela estava deitada na minha cama totalmente nua me esperando, na hora fiquei surpresa e abobada sem nenhuma reação, só fiquei uns minutos observando aquele corpo perfeito e aquele rosto de safada, passado o momento de espanto eu pulei em cima dela e beijei seus lábios carnudos e a segurei embaixo de mim, esfregando minha bucetinha na dela, que se arrepiava toda e soltava gemidos, comecei chupar e mordicar seus seios e ela soltando suspiros de prazer pedia pra que eu continuasse, eu querendo aproveitar o máximo daquele momento, a coloquei sentada na cama com as costas contra a parede e abrindo bem suas pernas comecei passar minha linguá na sua buceta que já estava molhada e latejando na minha boca, enfiei minha linguá com.vontade e fui aumentando o ritmo no seu grelo ai ela soltou um gemido tao gostoso que me deixou maluca, ela colocou suas pernas nos meus ombros e pegou meus cabelos me puxando contra ela e rebolava com frenesi na minha boca então naquele tesão frenetico
ela me empurrou me jogando de costas na cama, subiu em cima de mim, me beijando, me chupando e passou sua mão na minha buctinha encharcada, então senti seus dedos me penetrarem,

ela estava me comendo tao gostoso que comecei me contorcer e
gemer espontaneamente e ela me olhava com cara de safada falando que ia me foder e me chupar ate eu gozar, eu já estava louca e ela suava em cima de mim. Ai eu fiquei d4 em cima dela com minha bucetinha em sua boca e fiz ela me chupar bem gostoso e rebolei e me apertar na sua boca, enquanto eu a chupava todinha, abrindo sua buceta com os dedos esfregando minha linguá bem forte e rápido, isso a deixou maluca gemendo e gritando igual uma cadela no cio, e pedindo mais, ela tremia e pulsava na minha boca com aquela buceta gostosa e assim ficamos por uns bons minutos ate que explodimos num orgasmo louco. Então me virei pra ela e dei um beijo longo e pude sentir meu gosto em sua boca, isso me deixou mais excitada ainda, quase louca ao sentir nosso gozo, que engoli tudo sem deixar nada. Ai ela me disse que iria me comer de todas as formas possíveis e veio pra cima de mim segurando minhas mãos abrindo minhas pernas deixando minha buceta toda arregaçada e molhada. E me chupou novamente e dessa vez com muito mais vontade e força passando sua linguá no meu clitóris, que me fazia me contorcer e gemer de prazer. Nossa que fogo tinha aquela mulher que alem de tudo era muito gostosa. Eu já estava encharcada e ela me chupou ate que eu gozei na sua boca. Eu a arranhava e puxava seus cabelos gemendo muito, depois ela me pegou de jeito e me penetrou com seus dedos e me fez gozar gostoso novamente.

Nós transamos quase a noite toda. Já eram quase 3 da manhã, já cansadas e saciadas levantamos e fomos tomar um banho e dormir pois logo teríamos que trabalhar. Acordamos quase 8 horas levantamos rápido pois estavamos atrasadas, nos trocamos e saímos deixando pra tomar café no escritorio. Eu passei o dia todo sentindo o seu gostinho na minha boca e as vezes olhava pra ela em sua mesa passando a linguá nos meus lábios só pra provoca-la e ela dava risada. Depois disso tivemos varias transas ainda mais ardentes. Um tempo depois ela arrumou um namorado que hoje e seu marido então nós em comum acordo mais com dor no coração decidimos nos afastar, eu sai do emprego pra cursar a faculdade e ela quando se casou mudou pra outra cidade e nunca mais nos encontramos. E isso ai pessoal espero que gostem.

Beijokas da Kelly



Foto 1 do conto: UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA

Foto 2 do conto: UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA

Foto 3 do conto: UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA

Foto 4 do conto: UM EMPREGO QUE ME DEU MAIS QUE UMA AMIGA



Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
11309 - UM AMOR VIRTUAL
 


Próximo Conto

Dona de Fazenda e o Tocador de Gados