MINHA PRIMEIRA VEZ COM UMA TRAVESTI


BY: kellyfe
Oi Amores to de volta com mais uma das minhas peripecias rsrs. pra quem ainda nao me conhece Eu sou KELLY, Sou Morena, olhos e kbls castanhos, 28 anos, 1.70al, 68kg, seios e Bumbum fartos, Hoje vou contar como conheci a GABRIELA (GABY para os intimos) Ela e uma Travesti linda, Uma Mulata de 1.78al. 65kg, coxas Saradas, Seios e Bumbum Fartos, quem nao a conhece diz que ela nao e o que e, resumindo ela e um Mulherao que faz muito sucesso onde passa, eu mesmo tenho uma tara danada por ela. Entao comecamos a historia. Uma vez conversando com uma amiga do trabalho, ela me disse que nao tava aguentando seu casamento, porq seu marido nao ligava mais pra ela, nem na cama quando ela o procurava. Eu so ouvindo ela desafando pra mim continuou dizendo que as vezes tinha ate vontade de trair ele, mais nao tinha coragem. Entao depois de eu ouvir ela se lamentando disse, Amiga se vc quizer posso te ajudar, e ela sabendo da minha opcao sexual, foi direta, Amiga se for o que to imaginando pode esquecer, dei uma risada e falei Amiga nem me passou pela kbca isso poxa. E ela pergunta: Entao como vc pode me ajudar? Eu disse vou te dar uma ideia, vc vai no Sexshop e compra uns assecorios, tipo vibrador e coisas parecidas, ai ela riu e disse: Ai e que piorou porque eu nao tenho coragem de entrar la e comprar, rsrsrs. Ai eu falei que isso nao seria problema porque eu iria comprar e dar de presente pra ela. Nao hora ela se assustou, ficou vermelha mais depois riu e falou: Serio amiga vc vai fazer Isso pra mim? Nosaa nem sei como te agradecer. Eu disse nao precisa agradecer miga, e ja to indo la me aguarde e sai pro sexshop que eu mesma tinha ido so 2 vezes quando abriu. Xegando la comecei olhar umas coisas aki e ali ate que veio uma mulata maaaaravilhoosaaa que disse com uma voz de boneka: No que posso te ajudar querida, eu tava distraida olhando algumas fantasias e nem prestei atencao, ate que ele me Xamou -Hey posso te ajudar. So ai que vi aquele monumento na minha frente e um pouco atrapalhada disse pode sim linda, preciso de alguns assessorios sexuais, me mostra o que vc tem de melhor, ela me olhando fixa me disse vem comigo que te mostro tudo que ira te dar satisfacao total. Ai eu disse que nao era pra mim sim que ia dar de presente pra uma amiga, ai ela se desculpou e foi pegar os assessorios pra me mostrar, entao xegou uma amiga que tambem trabalha la me abracou e disse sorrindo: Eita Kelly vc nao deixa passar nada neh safada rsrs. Eu com uma cara de inocente disse: que isso amiga nao to fazendo nada e dei uma risada. Entao ela me disse e amiga mais ai vc nao pega nada e sorriu, Eu perguntei mais porq vc ta dizendo isso? E ela disse, Amiga esse monumento de mulher e uma Travesti. Eu quase cai de costa com o que ela disse, e pedi um copo dagua, ela trouxe e quando eu bebi e me refiz daquele susto falei: Hummm agora fiquei mais interessada ainda e caimos na risada, entao a GABY voltou com o meu pedido e vendo nos rindo tanto disse: posso saber o motivo dessa Risada toda hem gatas, ai paramos de rir eu disse: Nao e nada querida, foi sou uma piada que a paula me contou, mais que e tao sem graca que comecamos a rir assim. Ela entao disse com uma cara seria, Aki os assessorios escolhe os que vc axa que combina com sua Amiga. Ai fui olhar e notei que ela nao tirava os olhos de mim, mais nem dei bola e comecei conversar com ela, tipo perguntando seu nome, idade, de onde era, coisas assim e ela foi respondendo tudo disse que se xamava GABRYELA mais que eu podia xama-la de GABY, que tinha 23anos, e que tinha mudado so ha 3 meses pra ka, que tinha vindo de uma cidadezinha proxima daki pra trabalhar e fazia faculdade de Medicina. Ai fomos convesando e vendo os produtos, e ela se soltou mais um pouco e ate ja tava rindo das minhas palhacadas que fazia, ate que fiz as minhas escolhas, paguei e quando olhei no relogio ja era 18:00hs e a loja ja tava fexando entao perguntei o que ela ia fazer depois do trampo? Ela disse: Nao tenho nada previsto no momento, ate porque eu quase nao saio. Entao joguei meu xarme e convidei ela pra bebermos alguma coisa na lanxonete que tinha ali perto. E pra minha surpresa e alegria ela aceitou na hora, e disse vc pode me esperar la uns 20min. Que so vou fexar meu caixa e ja te encontro ok. Ai peguei minha moto e fui pra lanchonte me sentei e pedi uma cereja e 2 copos sem saber se ela bebia, e depois de 30min. Ela xega ja se desculpando pela demora, eu disse que isso gta nem percebi o tempo passar. Ela sentou e ja colocou cerveja no copo dela, no que ja gostei, e papo vai papo vem, uma perguntando da outra e tal. Ai perguntei se ela tinha namorado ela disse que nao e antes que eu falasse alguma coisa ela disse pretendente nao faltava mais que quando descobriam o que ela era realmente caiam fora. Eu fiz uma cara de inocente e disse me explique isso flor e ela abaixou a kbca respirou fundo e tomou o copo de cerveja todo de uma vez e confidenciou, Anjo eu nao sou Mulher e sim Travesti, e vi seus olhos em lagrimas, e disse que nunk teve um amor deverdade e que quem aceitava ela como era, so a usava pra se divertirem e sumia dela. Entao peguei na sua mao e falei, guxa comigo vc podera contar para o que vc precisar e apartir de hj vc encontrou uma amiga, pois eu tambem nao sou tao normal como a sociedade queria, pra eles eu tambem sou difirente. Ela me olhou espantada, pediu outra cerveja e perguntou porque eu me axava diferente. Ai respondi que eu nao me axava diferente e sim a sociedade que axava, porque sou Lesbica. Ela deu uma risada e falou, Nossa amiga entao estamos no mesmo barco neh. E comecei a rir e concordei. E a conversa proseguiu mais solta do que nunk.

Eu perguntei onde ela morava e com quem e ela disse que morava numa republica com mais 3 colegas de facu mais o quarto dela era no fundo separado da casa, eu disse: humm entendi(mais por dentro me deu odio porq apesar das colegas ter dado um quarto nos fundos pra ela, isso me pareceu discriminacao) e continuamos Beber e conversar, ai ela me disse que nao era travesti porq ela queria, mais desde os seus 4 ou 5 anos comecou agir como uma menina e que seu rosto, voz e corpo foi mudando com o passar do tempo e disse mais ainda que ela nao tinha feito nada pra se tornar a mulher de hoje, a nao ser malhar. Isso me deixou admirada, nao sabia se acreditava ou nao, e ela percebendo minhas duvidas disse, Amiga nao te culpo por duvidar, mesmo porque ninguem acredita mesmo, so minha familia sabe que digo a verdade, mais nem importo com que os outros pensam, o que manda e minha consiencia. Karaka aquela mulher me conquistou de uma maneira que passei a acreditar em tudo que me disse, e continuamos beber porq era sabado mesmo, Num dado momento ela disse, posso te confessar uma coisa? Respondi rapido que sim. E ela falou - que jamais tinha olhado para uma mulher como tava me olhando, axo que vc mexeu com minha kbca. Eu atortoada disse, Nossa assim vc me deixa encabulada, e ela diz eh pra ficar mesmo, porq eu tambem estou, deu uma risada e segurou minha mao com forca, aquilo me arrepiou porq jamais imaginei que aquilo poderia me acontecer. E continuando ela disse que seu kct quase nao endurece mais naquele momento tava ate dolorido, e que iria no banheiro pra tentar acalmar ele com agua fria, e deu uma gargalhada, ai eu disse vou junto com vc, e ela -Jura que vai comigo, Olha la hem. Eu ja tava meio zuada de cerveja, nos levantanos e fomos abracadas em direcao ao banheiro, ela usava um vestido lilas Curto e justo e que nada aparecia mais quando entramos no banheiro e ela levantou o vestido eu quase cai de costa outra vez vendo aquele volume por baixo da calcinha e pensei, que coisa neh como tem tantos homens heteros que sonham ter uma kct como esse, e ela que tinha que suportar mesmo nao querendo rsrs. Ai a abracei e dei um beijo na bok no que fui correspondida, mais ela logo se afastou e pegou um pouco de algua com as duas maos pra jogar nele ai eu falei nao faz isso que vou dar um geito pra vc e antes que ela dissesse algo eu abocanhei aquele pau enorme e engoli tudo e fazendo movimentos de vai e vem com a bok e com movimentos circular com minha lingua, olhei pra ela que mordia os labios pra nao emitir sons e apertava seus seios com toda forca, ate que depois de uns cinco min. Mais ou Menos ela esguixou todo teu mel na minha bok. Nos recompomos e saimos do banheiro dando risada.

Voltando a nos sentar e ela disse baixinho -Kelly tu e maluca mesmo, eu nunk tinha gozado assim muito menos com uma mulher me xupando, mais adorei tudo. Eu disse, e neh safada agora quem ficou com vontade fui eu, e rimos juntas. Entao voltei a ser a Kelly super direta e falei, ja que vc mora sozinha e ninguem vai sentir tua falta mesmo que tal vc dormir na minha casa hoj hem. Ela pensou por alguns segundos e disse Sim, aquilo foi o Apice pra mim e como ainda era cedo tipo 21:00hs. Eu disse vamos ficar mais um pouco curtindo musica e as 23:00hs iremos, ela concordou e pediu outra cerveja e uns Petiscos pra beliscar, tinha comecado um som ao vivo e as musicas eram bem legal, e ficamos ali ate por volta de 23:30 ai fomos pra casa. Quando ela muntou na moto e abracou minha cintura senti seus seios palpitando nas minhas costas. Bom 15min. Estavamos em casa, guardei a moto e entramos pra dentro, ela ficou admirada com minha casa e meu quarto, que nao era nada la essas coisas, perguntei se queria tomar um banho e ela disse que sim mais nao tinha calcinha pra trocar entao puxei uma gaveta so de lingerie novas e disse, escolhe uma pra vc e vai pro banho mais nao fexa a porta ta, ela me agradeceu, esolheu uma e entrou no banheiro, e eu fui na cozinha tomar agua e imaginando o que eu ia fazer com aquela mulher na minha cama, rsrsrs. Subi pro quarto tirei minha roupa e entrei no banheiro, ela ainda tava no box mais ja tinha desligado a duxa, entao entrei no box dei um beijo nela e ela saiu pra se trocar e eu tomei um banho demorado de uns 45min. So pensando nela, acabei o banho e coloquei apenas um vestido de malha, ela tava sentada na cama vendo um video das brasileirinhas MONICA MATTOS, BABALU e FABIANE THOMPSON e nesse video elas transavam entre si e com alguns travesti, eu tinha colocado esse video de proposito e quando sai vi qe ela se contorcia e apertava seus seios de tanto tzao vendo as cenas do video, sentei ao lado dela tirei seu vestido e comecei xupar seus seios duros, dava mordidas nos bicos e ela gemia baixinho ai falei no ouvido dela aki vc pode gritar porque Estamos sozinhas Amor, ai ela disse gritando -Kelly me come vai quero ser fudida por vc como nunk fui, ai tirei sua calcinha, peguei meu vibrador, deitei ela de costa na cama e subi em cima fazendo um 69, esfreguei minha bucta na cara dela que logo comecou me xupar com vontade, e eu abocanhei seu pau que pra mim era como se fosse um consolo como cinto, e fui lambendo ate xegar naquele cuzinho lizinho, xeiroso e apertadinho (motivo por falta de sexo) abri ele e meti a lingua toda dentro dele fazendo movimento circulatorio deixando ele relaxado e molhado e pra facilitar dei uma guspidinha e enfiei o vibrador todo no seu cu e ela tremendo de tzao gritava, fode sua vadia sem parar Amor, ai liguei o vibra e voltei xupar seu pau, ate que fala -aiai kelly to quase gozandooo, e como eu tambem tava pra gozar, parei de mamar e tirei o vibra do seu cu e sai de cima dela ficando d4 pra ela e disse - ja que vai gozar Amor, goza dentro da bucta da sua puta vai, e como se ela tivesse recebido uma ordem enfiou aquela vara enorme e dura na minha bucta e um dedo no meu cu e alternando entre minha bucta e meu cu por alguns minutos ate que explodimos num orgasmo alucinado, ela ficou parada com ele dentro por alguns segundos e saiu e desabou na cama exausta, eu passei a lingua no kct dela todo lambuzado e limpei tudo depois dei um beijo apaixonado e deitamos agarradas e acabamos dormindo ate no outro dia as 09:00hs. Eu levantei primeiro, tomei um banho e fui preparar o cafe da manha, Depois do cafe pronto subi no quarto pra xama-la, entrei e percebi que ela tava no banho, e falei - O cafe ta pronto dorminhoca, logo ela saiu e descemos pra cozinha, perguntei se ela queria ficar pro almoco, que depois eu a levaria na casa dela, ela topou e ja foi me ajudando dar uma arrumada na nossa baguncinha. Bom pessoal essa foi o inico da minha historia com a (hoje) Dra. GABRYELA que eu em nenhum momento a via como um homem. Apenas uma pessoa com rosto de mulher, corpo de mulher, coracao de mulher e principalmente com mente e atitudes de mulher. Seu penis era apenas um mero orgao que estava onde nao devia, se que me expressei correramente. SE GOSTARAM CURTAM E COMENTEM. Abracos e Beijinhos da Kelly...... Ps. AH O PRESENTE DA MINHA AMIGA EU ENTREGUEI NA SEGUNDA FEIRA rsrsrs.




Foto 1 do conto: MINHA PRIMEIRA VEZ COM UMA TRAVESTI

Foto 2 do conto: MINHA PRIMEIRA VEZ COM UMA TRAVESTI



Comentarios
meu deus como queria transar com uma transex assim morena, sempre sonhei de ser comido por uma. adoraria dar meu cu pra uma, mas aqui8 onde moro não tem nem uma. Comentado por:tesouromeu em 16/03/2016 03:03
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu vonto junto com o meu comentario:

Outros contos publicados desse mesmo autor
11309 - UM AMOR VIRTUAL
 


Próximo Conto

Ensinando ao Sobrinho a fude-la toda III